A televisão está presente em muitos lares brasileiros, e muitas pessoas sofrem com a falta de sinal em suas casas. Por isso, uma antena interna é importante para aumentar o sinal e a quantidade de canais.

Mas uma antena interna não é exatamente uma escolha fácil de fazer. Ao buscar por um equipamento como esse, é importante conhecer os detalhes e as características que deseja obter. É a única maneira de garantir uma compra bem sucedida e evitar dores de cabeça.

O mais importante

  • O posicionamento é o primeiro elemento a considerar com relação a uma antena interna. Observe as necessidades do local em que deseja instalar sua antena, e assim ficará mais fácil descobrir de qual modelo você precisa.
  • É importante também que você observe se será necessária assistência técnica para a instalação da antena interna que deseja adquirir. Na maioria das vezes basta tirar da caixa, conectar à TV e começar a usar.
  • É importante também que verifique as caracteristicas técnicas da sua antena interna, e não somente se ela é bonita e barata. Observe elementos como polarização, impedância e tamanho, por exemplo. Quanto mais informações você obtiver, maiores são as chances de sucesso na sua compra.

As melhores antenas internas do mercado

Escolher uma antena interna nem sempre é uma tarefa fácil. Por isso, nesta seção, você encontrará uma lista com as antenas internas mais populares do mercado. Além disso, você poderá descobrir sobre os recursos e funções de cada uma delas. Confira os modelos abaixo:

A antena interna com o design mais compacto

Essa antena interna possui um design muito compacto e estilo, e assim pode ser colocada discretamente em qualquer parte da sua casa. Além disso, ela pode ser usada na posição vertical ou horizontal e possui uma excelente recepção de sinal analógico, digital e canais UHF.

A antena que proporciona a melhor definição

Essa antena interna possui o melhor desempenho do mercado, e capta sinais em VHF, UHF, FM e HDTV, o que proporciona diversas opções de entretenimento para você e sua família. Ela acompanha um cabo de 1,5 metros e tem tudo o que você precisa em um único produto.

A antena interna mais resistente

Essa antena interna é uma excelente opção para quem deseja obter um equipamento altamente resistente e com um acabamento rico em detalhes. Ela possui um design ultra fino que é perfeito para ambientes internos e uma excelente captação de sinais.

Guia de compras: O que você deve saber sobre uma antena interna

Para conhecer os aspectos mais importantes de uma antena interna, preparamos a seção a seguir. Reunimos informações relevantes que o ajudarão no processo de compra, bem como respostas para as perguntas mais importantes. Assim, você terá mais chances de fazer uma boa escolha.

segurando um cabo

O posicionamento da antena interna é um aspecto importante a ser considerado. (Fonte: Patrizio Martorana: 92569719/ 123rf.com)

O que é uma antena interna?

Uma antena interna serva para transmitir ondas eletromagnéticas. Basicamente, uma antena recebe as ondas transmitidas nas frequências VHF e UHF e elas são direcionadas por um cabo que as converte.

Antes da chegada da tecnologia por cabo e satélite, essa era a única maneira de captar sinais. Atualmente as antenas internas evoluíram e são projetadas em formatos elegantes e leves, e sua instalação é muito fácil.

antena compacta

Antes da chegada da tecnologia por cabo e satélite, a antena interna era a única forma de captar sinais. (Fonte: Pongsak Polbubpha: 47924509/ 123rf.com)

Quais tipos de antena interna existem?

Dependendo das condições, você terá duas opções de antena interna para escolher. A primeira opção é a antena interna unidirecional, projetada para receber sinais de uma única direção.
A antena interna unidirecional aponta em uma direção fixa.

A segunda opção que você tem é apostar em uma antena omnidirecional, que obtem transmissões de várias direções. Ela é vantajosa, pois é capaz de coletar mais sinais, mas, por esse mesmo motivo, também pode apresentar interferências ou distorções. Geralmente, é a opção mais segura se a origem do sinal for desconhecida.

O que considerar antes de instalar uma antena interna?

Se você deseja instalar uma antena interna na sua casa ou escritório, é necessário considerar alguns fatores. É importante, por exemplo, verificar o estado de outros dispositivos que emitem sinal para a sua casa.

Outro fator que você deve levar em consideração têm a ver com a posicionamento, como, por exemplo, o local que ela será instalada. Além disso, verifique se está comprando o que necessita, para que não pague a mais por funções que não precisa.

Quais são os benefícios de uma antena interna?

Atualmente, é mais raro encontrar uma antena interna nas casas. A razão para isso é que hoje em dia existem outras maneiras de sintonizar a TV, como por satélite e cabo. No entanto, o custo da tecnologia por satélite continua sendo alto e é uma opção que sofre com mais interferências.

Uma antena interna usa um cabo coaxial e é conectada diretamente à televisão. Uma das principais vantagens é a praticidade deste dispositivo. Normalmente basta retirar o produto da caixa e seguir algumas etapas simples, para poder aproveitar a nitidez da imagem na sua televisão. O melhor disso é que o custo de uma antena interna é baixo.

Quais são as vantagens e desvantagens de uma antena interna?

Embora a antena interna seja um dispositivo com grandes qualidades, é importante também que você saiba quais são as desvantagens dela. Na tabela abaixo você poderá avaliar melhor os prós e contras de uma equipamento como esse:

Vantagens
  • Baixo custo
  • Instalação fácil
  • Design ergonômico
  • Portátil
Desvantagens
  • Precisa estar perto do emissor
  • Pode sofrer interferências
  • Lista de canais limitada

Como melhorar o sinal da antena interna?

A antena interna é um dispositivo de importância vital e de grande eficiência. No entanto, às vezes, é preciso tomar medidas específicas para resolver problemas com o sinal e a nitidez. Confira as dicas abaixo para melhorar o sinal da sua antena interna.

Um lugar para a antena interna

A melhora do sinal dependerá em muitos casos do posicionamento da antena interna. Para isso, você deverá escolher um ponto estratégico onde ela possa estar segura e captar melhor os sinais. Tanto no caso das analógicas, quanto nas digitais, você terá uma eficiência melhor se ela estiver perto de uma janela.

Saber qual é a distância até o repetidor de sinal

Este é um aspecto vital se você não deseja passar horas tentando capturar o sinal com uma antena interna. Você pode obter informações sobre isso na Internet ou entrar em contato com um fornecedor de antenas internas locais para escolher o equipamento ideal de acordo com a distância na sua área.

família no quarto

É importante ter uma boa antena interna para assistir televisão com uma nitidez melhor. (Fonte: Dotshock: 13270821/ 123rf.com)

O posicionamento é importante

A orientação do repetidor de sinal também é uma informação que você deve buscar. Uma técnica eficaz é simplesmente olhar as antenas dos vizinhos para saber qual é a direção do transmissor de sinal.

Horizontalmente é melhor

Para transmitir o sinal de televisão, os repetidores usam sistemas polarizados horizontal ou verticalmente. No entanto, é comum na maioria dos países usar a polarização horizontal. Por esse motivo, é necessário colocar a antena interna na mesma posição que o repetidor de sinal de televisão.

Cuidado com objetos metálicos

Caso a antena interna não esteja se adaptando à sua TV, pode ser que algum objeto esteja interferindo no dispositivo. Por isso, verifique a área em que a antena interna está localizada para garantir que objetos metálicos não atrapalhem o sinal.

conjunto de cabos

Verifique a área em que a antena está localizada para garantir que não haja falhas na recepção do sinal. (Fonte: Bruno Glätsch: 3645118/ pixabay.com)

Áreas de sinal intensa

Em alguns casos é comum que o usuário receba muito sinal. Esse é o caso das áreas com sinal intenso, onde a televisão perde o sinal. Para resolver isso, você pode reduzir a potência do amplificador girando o botão para controlar o ganho.

A exposição à antena interna causa problemas à saúde?

Na comunidade cientifica tem havido uma preocupação cada vez maior com a exposição prolongada a sinais de radiofrequência. Segundo a OMS, houve apenas um caso em que a temperatura corporal subiu um grau (1 ° C). Embora neste caso a exposição tenha vindo de uma área industrial, com níveis anormais de radiação.

Organização Mundial da Saúde (OMS)

“Embora a maioria das tecnologias de rádio use sinais analógicos, as telecomunicações sem fio modernas usam sinais digitais. Os estudos detalhados realizados até o momento não revelaram nenhum perigo específico derivado das diferentes modulações de RF (radiofrequência)”.

Critérios de compra

Antes de decidir comprar uma antena interna, é importante conhecer os principais aspectos e características desses tipos de dispositivos. Por esse motivo, preparamos a seguir uma lista com os critérios de compra que você deve levar em consideração ao escolher uma antena interna.

Tamanho

O tamanho e o tipo de antena interna estão intimamente ligados à frequência máxima do dispositivo. A frequência tem a ver com o comprimento da onda e define o tamanho da antena. Ou seja, a frequência mais alta, significa menor comprimento de onda e, portanto, um tamanho reduzido. Quanto menor a frequência, maior é o comprimento da onda e maior é a antena.

Definindo a frequência, você pode escolher a antena interna que melhor se adapte às suas necessidades. Este primeiro passo é vital se você deseja evitar inconvenientes com o sinal, então escolha com cuidado.

antena de instalação do casal

Quanto menor for a frequência, maior será a antena interna. (Fonte: Citalliance: 93322030/ 123rf.com)

Impedância

Quando um dispositivo eletrônico é conectado a outros dispositivos, existe uma resistência, ou seja, um impedimento para a passagem de corrente elétrica. A impedância é a medida da capacidade que um circuito tem de resistir ao fluxo de correntes elétricas.

Normalmente uma antena interna tem a impedância de 50 ohms, pois esse valor foi o acordado pelas fabricantes, já que diferenças de impedâncias entre o circuito e a antena causam problemas de reflexão de sinais.

ROE

Você deve prestar atenção a esse aspecto. Quando a impedância do cabo não é ajustada da maneira mais apropriada, é quando ouviremos o termo. ROE, ou relação de ondas estacionárias é a relação entre a quantidade de energia que o dispositivo emite e a energia refletida pelo cabo coaxial, pela antena ou por qualquer outro dispositivo.

Levar esse fator em consideração é vital para garantir a vida útil do seu dispositivo. O motivo é simples. Se o dispositivo não tiver a resistência adequada, a tendência será o desgaste acelerado dele, pois a energia acaba se acumulando, incapaz de ser transmitida e gera o superaquecimento do equipamento.

cabo de sinal da antena

A polarização tem a ver com a maneira como o sinal da antena é transmitido, bem como com a recepção do transmissor. (Fonte: Photochicken: 84053142/ 123rf.com)

Polarização

A polarização tem a ver com a maneira como o sinal da antena é transmitido, bem como com a recepção do transmissor. As ondas eletromagnéticas têm dois campos, um é elétrico e sua transmissão é vertical. O outro é magnético e sua transmissão é horizontal. Eles são determinados tomando por referência o campo elétrico.

Quando o sinal passa do transmissor ao receptor, ocorre uma espécie de tradução da onda. Para que a comunicação ocorra de forma positiva e sem perdas, as antenas dos dois dispositivos devem ser polarizadas da mesma maneira.

Diretividade

A diretividade permite que as antenas transmitam ou recebam energia irradiada em uma direção específica. No caso de uma transmissão fixa de ambos os lados, é possível concentrar a frequência na direção desejada. No entanto, para transmissões móveis, onde a localização é imprevisível, é conveniente irradiar em várias direções.

Essa diferença pode ser definida em dois tipos de antenas, com base na sua diretividade. Uma é a omnidirecional, que irradia uniformemente em todas as direções, em um efeito circular. O outro é a direcional, capaz de concentrar a recepção no local em que é colocada, como em uma linha reta.

Ganho

Esse é um especto vital de uma antena interna, pois é a intensidade com que uma antena recebe e envia sinais. As direcionais são as que captam os sinais com maior intensidade, enquanto as omnidirecionais perdem essa intensidade ao se dispersarem.

A decisão dependerá das suas necessidades e da sua localização, e isso acabará trazendo maior eficiência para a sua antena. Portanto, é conveniente considerar esse aspecto. Por fim, você deve saber que o ganho é expresso em decibéis.

Resumo

A escolha de uma antena interna é uma decisão importante que não deve ser subestimada, pois essa escolha afetará sua rotina diretamente. Se você estiver prestes a escolher uma antena para sua casa ou escritório, sua decisão será melhor tomada se tiver como base as informações que fornecemos acima.

Buscamos abordar todas as informações relevantes sobre as antenas e seu funcionamento, para assim resolver quaisquer dúvidas que possam surgir no momento da sua compra. Assim procuramos demonstrar que diversos aspectos devem ser considerados como tamanho, polarização, dentre outros.

Se você gostou do nosso guia, não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais para que outras pessoas possam ler esse conteúdo.

(Fonte da imagem destacada: Inspirestock International Exclusive Contributor: 26136410/ 123rf.com)

Why you can trust us?

Giovani Stack Fotógrafo e Videomaker
Giovani une seu gosto pela fotografia e pelos vídeos com seu interesse pelas nuances do universo tecnológico. Assim, analisa cada detalhe e compartilha com a internet todas as suas descobertas sobre os aspectos técnicos das máquinas, monitores, caixas de som e muitos outros acessórios que fazem seus vídeos e fotos encantarem seus clientes.
Nômade digital, já morou em 4 países diferentes e está sempre de olho no próximo destino. Como redatora, tem experiência escrevendo sobre diversas áreas, especialmente utensílios domésticos, tecnologia, esportes e boa forma. No Guia55, escreve e adapta artigos para auxiliar suas decisões de compra.