Ultima atualização: 19 de maio de 2020

Como escolhemos

18Produtos analisados

21Horas investidas

7Estudos avaliados

73Comentários coletados

A cada dia ficamos mais conscientes dos riscos de adotar uma má postura durante o trabalho. Isso, unido ao design dos locais de trabalho de acordo com os critérios ergonômicos, reduziram de forma importante as lesões posturais. A cadeira ergonômica, portanto, se tornarou não apenas uma parte do mobiliário de um escritório, mas também das casas.

Hoje vamos tentar esclarecer quais características deve ter uma boa cadeira ergonômica e como você deve utilizá-la. Também vamos recomendar alguns modelos, adequados para o trabalho ou outras atividades na frente do computador. Por último, vamos finalizar com um breve guia de compra, para você acertar na sua escolha.



O mais importante

  • O desconforto no trabalho por uma cadeira inadequada é cada vez menos frequente, graças às cadeiras ergonômicas. Ajudam a aliviar dores e desconfortos posturais e também auxiliam a manter a concentração, portanto, você terá um maior rendimento no trabalho. Existem modelos para escritório, para gamers e também para crianças.
  • As cadeiras ergonômicas oferecem importantes benefícios. No entanto, devem ter algumas características básicas, como altura ajustável ou encosto inclinável. Além disso, você deve ser capaz de ajustar seu corpo. Essas cadeiras previnem muitas doenças, como problemas cervicais ou lombalgia.
  • Escolher uma cadeira onde você vai ficar sendo por muitas horas não é uma tarefa simples. Você deve avaliar seu tamanho, qualidade e idoneidade dos materiais, bem como o peso que suportam. Também deve considerar a qualidade das rodas e que o desenho da cadeira seja, efetivamente, ergonômico.

As melhores cadeiras ergonômicas: Nossas recomendações

A escolha de uma boa cadeira ergonômica vai proporcionar conforto e a saúde do seu sistema ósseo e muscular. Por isso, você deve escolher bem a opção que melhor se ajuste às suas características físicas e ao tipo de atividade que você vai realizar. Abaixo, vamos conferir um ranking com as melhores cadeiras ergonômicas, escolhidas cuidadosamente de acordo com sua qualidade.

Uma cadeira ergonômica para o seu escritório

Esta cadeira ergonômica recomendada para escritórios possui assento e encosto ajustáveis, com encosto de cabeça e braços, é fabricada em tela mesh e base em poliuretano. Suporta até 150kg. Tem acabamento de alta qualidade, sua montagem é simples e prática.

A melhor cadeira ergonômica para gamers

Esta cadeira ergonômica gamer é muito recomendada para quem passa horas jogando na frente do computador. Com a base em aço e revestimento em couro, é muito confortável e de alta qualidade. Possui encosto para o pescoço e braços, o encosto de coluna pode ser reclinado em até 180º. Suporta até 150kg e é fácil de montar.

Uma cadeira ergonômica com ótimo custo benefício

Este modelo de cardeira ergonômico é uma ótima opção em custo-benefício. A base é em polipropileno e o revestimento em couro sintético. Suporta até 120kg. Tem ajuste no encosto e braços e também regulagem na altura. É fácil de montar e é de alta qualidade.

Uma cadeira muito confortável

Esta cadeira ergonômica é super confortável. Tem uma estrutura reforçada, feita com uma material de qualidade e muito resistente. Suporta até 120kg. Tem uma função de sistema relax com trava no ponto inicial. Proporciona conforto para suas horas de trabalho.

Guia de compras: Tudo que você precisa saber sobre a cadeira ergonômica

Diversos estudos mostraram que as dores nas costas são uma das maiores causas de afastamento no trabalho em países industrializados (1). As pessoas passam muitas horas (mal) sentadas, em casa e no trabalho, o que gera diversas doenças. Para evitar isso, nada melhor que uma boa cadeira ergonômica e, claro, o correto uso dela. Você quer conhecer mais sobre este assunto?

girl relaxed

Sofrer desconfortos no trabalho por causa de uma cadeira inadequada é cada vez menos frequente, graças às cadeiras ergonômicas. (Fonte: Suebsri: 105204991 / 123rf.com)

Como são as cadeiras ergonômicas?

As cadeiras ergonômicas são compostas por uma base, um assento e um encosto. Alguns modelos, como a cadeira de joelhos, não possuem encosto ou tem apenas um encosto para a lombar.

A base deve ter cinco pernas fortes, bem distribuídas para evitar tombos e devem ser equipadas com rodas. As cadeiras dinâmicas são cadeiras ergonômicas que seguem o movimento do corpo, geralmente são bem caras (2).

Outras características que as cadeiras ergonômicas devem ter são:

  • Assento regulável em altura, preferivelmente entre 40 e 52cm.
  • Controles de regulação acessíveis. Devem ser facilmente acessíveis estando sentado, sem possibilidade de fazerem mudanças involuntárias.
  • Assento com profundidade ajustável. Vai permitir deixar um espaço livre entre a parte posterior do joelho e a borda do assento. Assim, você evita pressões que podem dificultar a circulação sanguínea. O assento deve ter uma firmeza intermediária, nem muito dura, nem muito macia. Além disso, deve ter bordas arredondadas, principalmente na parte do joelho.
  • Encosto reclinável. Além de permitir várias inclinações, o assento deve poder ser ajustado em uma posição livre, adequada para o descanso. Também é aconselhado que a cadeira possua um sistema que ajuste a tensão do encosto de acordo com o peso do usuário. As melhores cadeiras também permitem coordenar a posição do encosto com a base, de forma que também incline. No entanto, esta inclinação não deve ser muito grande (2).
  • Encosto adaptado ao formato da coluna. Além da projeção lombar correspondente, ela deve ter a altura ajustável para se adaptar a diferentes usuários. O estofamento traseiro deve ter uma rigidez intermediária.
  • Materiais transpiráveis. Para minimizar a transpiração excessiva, é importante escolher uma cadeira com encosto de tecido tipo malha.
  • Propriedades antiestáticas. Enquanto você trabalha, geralmente acumula uma certa quantidade de eletricidade estática. Alguns modelos contam com sistemas para dissipá-la, onde as rodas fazem um papel fundamental.

Quais são os benefícios das cadeiras ergonômicas?

Quem é sedentário ou passa muitas horas na frente do computador, geralmente sofre com incômodos e dores associadas a posturas inadequadas. As cadeiras ergonômicas ajudam a minimizar estes efeitos, mas também fornecem outros benefícios importantes:

  • Conforto. Por serem muito confortáveis, este tipo de cadeira favorece a concentração no trabalho, o que aumenta a produtividade.
  • Resistência e durabilidade. Este tipo de assento é muito mais resistente que as cadeiras comuns de escritório. Tanto sua estrutura, como os materiais utilizados no estofamento devem ser de grande qualidade para resistir a muitas horas de uso.
  • Versatilidade. As cadeiras ergonômicas não apenas se ajustam ao corpo, mas também a mesa de trabalho ou escritório que você estiver utilizando.
  • Design. Existe uma ampla gama de modelos com diferentes designs, capazes de encaixar em qualquer lugar. Desde as mais modernas e ousadas até as mais conservadoras, sempre haverá uma cadeira ergonômica que se ajuste ao espaço em que será utilizada.
business man on a chair

As cadeiras ergonômicas oferecem importantes benefícios. (Fonte: Popov: 51450022 / 123rf.com)

Como ajustar corretamente uma cadeira ergonômica?

Para que uma cadeira ergonômica seja realmente efetiva, é necessário ajustá-la previamente de acordo com as características físicas do usuário. Uma vez sentado, ajuste a altura, de modo que seus pés encostem completamente no chão.

A cadeira ergonômica deve ser ajustada de acordo com as suas características físicas.

Você também deve observar que seus braços fiquem na altura da mesa e que formem um ângulo de entre 95 e 105º. Você também deve considerar que, uma vez que a altura seja ajustada, os ângulos que formam a coluna e as coxas com a perna deve ser de mais de 90º.

Feito isso, regule a profundidade do assento, de modo que sua borda não pressione a superfície interna dos joelhos. Em relação ao encosto, deve ter uma inclinação de entre 95 e 105º, nunca menor que o ângulo reto.

Certifique-se que a área do encosto esteja adequada com as suas costas. A maioria das cadeiras ergonômicas tem um sistema de regulagem de altura na área da lombar. O ideal é que o descanso para braços fique em baixo da mesa, sem prender em nenhuma parte.

Quais dores e lesões podem ser evitadas com o uso da cadeiro ergonômica?

Os trabalhos administrativos, mesmo que exijam mais do cérebro, podem provocar muitas dores e doenças. Assim como o corpo humano não é feito para levantar muito peso ou realizar atividades muito repetitivas, também não é feito para ficar muito tempo sentado.

Estas são algumas dores e doenças que o uso de uma cadeira ergonômica pode ajudar a evitar (3).

  • Tendinite. É a inflamação dos tendões que ligam o osso e o músculo. Pode estar relacionada com posturas incorretas ou por uma má posição de um osso ou articulação.
  • Dores nas costas. Dependendo da área em que ocorra, recebe diferentes nomes: cervicalgia (pescoço e ombros), dorsalgia (no meio das costas) e lombalgia (região lombar).
  • Deformidades da coluna. Uma má postura por muito tempo pode causar problemas como a escoliose (desvio na coluna), cifose (desvio na coluna levando a uma curvatura da mesma), lordose (excesso de curvatura na região lombar) e cifolordose (o mesmo que a lordose, mas uma diminuição na curvatura cervical).
  • Síndrome do túnel de carpo. É a dor no pulso que aparece ao realizar movimentos muito repetitivos. Ocorre quando há uma pressão excessiva sobre o nervo médio, situado no pulso. Para evitar, a coluna deve ficar reta, coladas no encosto, com os antebraços paralelos ao chão. O ângulo formado pelo braço e o antebraço deve estar entre 90º e 120º.

Como é uma cadeira ergonômica de joelho?

Existem diversos tipos de cadeira ergonômica de joelhos: com ou sem encosto, com rodas, de madeira ou metal. No entanto, todas elas tem a mesma finalidade: desviar, quando estamos sentados, parte do nosso peso das costas para os joelhos.

A cadeira de joelhos serve para melhorar a postura.

Isso ocorre porque o ângulo formado entre as coxas e pernas é de, aproximadamente, 60º. São adequadas para pessoas com problema de coluna, pois as obrigam a permanecer completamente erguidas, inclusive as sem encosto.

É normal que no começo seja difícil se acostumar, pois é necessário adotar uma postura diferente do comum. As opções com encosto são mais confortáveis, já que permitem leves mudanças na postura.

Com essas cadeiras, os pés mal tocam o chão e também não é possível ajustar a altura do assento. Então, se você tiver mais que 1,90m de altura e pesar mais de 100kg, talvez não seja muito confortável.

modern office

Escolher uma cadeira onde você vai ficar sentado por muitas horas é uma questão essencial. (Fonte: Białasiewicz: 48143117 / 123rf.com)

Como são as cadeiras ergonômicas para gamers?

As cadeiras ergonômicas para gamers são parecidas com as de escritório, mas geralmente possuem um design mais ousado. Além disso, são mais caras, já que contam com acessórios e funcionalidades que não estão presentes nas cadeiras de escritório.

Tanto sua estrutura como seus materiais são muito resistentes, já que devem resistir bem aos movimentos do jogador. Outra diferença comparada com as cadeiras de escritório é que estas podem reclinar até 180º.

Algumas tem repouso para pés removível, que facilita para tirar uma soneca. Também permitem ajustes que não são possíveis em muitas das cadeiras comuns, como adaptar a posição dos braços, da almofada cervical ou o apoio lombar.

Critérios de compra

A escolha de uma cadeira ergonômica não é algo que você deve fazer com pressa. São vários os fatores que você deve considerar, como o peso máximo aceitável ou a qualidade da fabricação. Abaixo, vamos mostrar os elementos mais importantes que você deve considerar ao comprar sua cadeira ergonômica.

Ergonomia

Algumas vezes as cadeiras são vendidas como ergonômicas, mas na verdade não são. Para que seja adequada, a cadeira deve contar com alguns elementos mínimos, como um encosto ajustável, reforço lombar e, se possível, apoio de cabeça.

Alguns modelos tem um encosto com memória, para não precisa ajustar a cadeira frequentemente. A altura da cadeira também deve ser regulável, para que os pés sempre descansem no chão.

Em relação ao apoio de braços, não são elementos essenciais nas cadeiras ergonômicas, sua presença vai depender do uso que será feito. Se tiverem, devem ser reguláveis em ângulo e altura.

man on a office

As cadeiras ergonômicas são compostas por uma base, um assento e um encosto. (Fonte: Drobot: 41289762 / 123rf.com)

Materiais resistentes

A qualidade ergonômica de uma cadeira de escritório também depende dos materiais com os quais é fabricada. Tais materiais estarão muitas horas em contato com o nosso corpo, por isso é importante que sejam transpiráveis.

As cadeiras com encosto fabricado com tecido de malha facilitam a ventilação e minimizam o suor. O preenchimento do assento e do encosto também são elementos que devem ser considerados na hora de escolher uma boa cadeira ergonômica.

As espumas injetadas de alta densidade, por exemplo, resistem muito mais tempo sem se deformar do que outros tipos de preenchimento. Certifique-se que a cadeira tenha estofamento de dupla camada, são mais confortáveis e duradouros.

Rodas de qualidade

As rodas também são parte essencial nas cadeiras ergonômicas. Permitem que você fique mais perto ou mais longe de sua mesa de trabalho sem muito esforço, facilitando um local correto na frente do computador.

As rodas devem ser de qualidade, fabricadas com materiais como nylon, duras, mas ao mesmo tempo pouco agressivas para o piso. Também é comum encontrar cadeiras com rodas de poliuretano, um material plástico altamente resistente a diversos agentes químicos.

Estas rodas se caracterizam por sua capacidade para suportar grandes pesos e por suas qualidades antiderrapantes. Além disso, se movem com mais facilidade que as rodas fabricadas com outros materiais.

man seated

Para que uma cadeira ergonômica seja realmente efetiva, é necessário ajustá-la previamente de acordo com as características físicas do usuário. (Fonte: Balcerzak: 20067570 / 123rf.com)

Uso

Obviamente, a atividade que você irá desenvolver sentado vai determinar as características da cadeira. Se você vai passar muitas horas na frente do computador, o mais aconselhado é escolher uma cadeira com encosto e assento ajustáveis.

Também deve ter mecanismos e materiais que sejam capazes de suportar um uso intensivo. Se o uso da sua cadeira for recreativo, o melhor é que você invista em uma cadeira para gamer.

São mais caras que as cadeiras de escritório, mas são mais confortáveis. Além disso, podem ser reclinadas em até 180º, então você pode utilizar, inclusive, para uma breve soneca.

Características físicas do usuário

O peso e a altura do usuário também interferem na escolha de uma cadeira ergonômica. A maioria dos modelos suportam até 100kg, mas também tem algumas opções que aguentam mais de 150kg.

Muito peso danifica rapidamente os materiais e mecanismos da cadeira. Por isso, é recomendado investir em uma cadeira de qualidade. Se a cadeira possuir rodas, exceder o peso máximo indicado pode significar estragar rapidamente a cadeira.

Resumo

As cadeiras ergonômicas já não são elementos exclusivos para os ambientes de trabalho, também estão adaptadas para as casas. Além de corrigir a postura, minimizam os incômodos causados pelo trabalho sedentário. Por isso, também se tornaram uma ferramenta para youtubers e gamers em suas maratonas de vídeos e jogos.

Neste guia de compra, tentamos ajudar a avaliar os elementos e características que deve ter uma boa cadeira ergonômica. Também explicamos que dores e incômodos posturais específicos este tipo de cadeira ajuda a aliviar. Por fim, esperamos ter te ajudado na escolha de um bom produto.

Se você gostou do nosso artigo, compartilhe em suas redes sociais para ajudar outras pessoas. Deixe um comentário para nós logo abaixo para dar sua opinião. Até mais!

(Fonte da imagem destacada: Skdesign: 28772825 / 123rf.com)

Referências (7)

1. UNE-EN ISO 9241-5:1999 Requisitos ergonómicos para trabajos de... [Internet]. Une.org. 1999 [cited 25 December 2019].
Fonte

2. UNE 89401-1:2008 Mobiliario de oficina. Materiales para mobili... [Internet]. Une.org. 2008 [cited 25 December 2019].
Fonte

3. UNE-EN 1335-2:2019 Mobiliario de oficina. Sillas de oficina. P... [Internet]. Une.org. 2019 [cited 25 December 2019].
Fonte

4. UNE-EN 1335-1:2001 Mobiliario de oficina. Sillas de oficina. P... [Internet]. Une.org. 2001 [cited 25 December 2019].
Fonte

5. Dueñas Nuñez MV. Ejercicios de gimnasia profesional aplicada para el informático. La Habana: Editorial Universitaria; 2012.
Fonte

6. González Gallego S. La ergonomía y el ordenador. México D. F.: Alfaomega Grupo Editor S. A.; 1990.
Fonte

7. Hidalgo Marcano, L. (2013). Prevención del dolor de espalda en el ámbito laboral. [ebook] Revista de Enfermería de Castilla y León, p.1.
Fonte

Por que você pode confiar em nós?

Marcela Campos Personal Organizer
Marcela sempre gostou de ter a casa organizada. E funcional. Tudo em sua casa precisa estar no lugar certo, limpo e, principalmente, funcionando. Daí surgiu seu interesse pela profissão que descobriu há 3 anos: a de Personal Organizer. Hoje, além de ajudar pessoas a a deixarem suas casa em equilíbrio perfeito, ela escreve artigos online sobre produtos que podem ajudar nesta tarefa.
Curiosa por natureza e apaixonada por viagens, ama estar por dentro das novidades que podem facilitar e tornar mais alegre o dia a dia das pessoas. No Guia55, escreve e adapta artigos para auxiliar suas decisões de compra.
Já trabalhou em diversos meios de comunicação, impressos e online. Apaixonado por leitura, cinema e música, escreve sobre muitos temas, mas especialmente sobre a tecnologia que envolve a fotografia e os vídeos, além de livros e instrumentos musicais.
Normativa
UNE-EN ISO 9241-5:1999 Requisitos ergonómicos para trabajos de... [Internet]. Une.org. 1999 [cited 25 December 2019].
Ir para a fonte
Normativa
UNE 89401-1:2008 Mobiliario de oficina. Materiales para mobili... [Internet]. Une.org. 2008 [cited 25 December 2019].
Ir para a fonte
Normativa
UNE-EN 1335-2:2019 Mobiliario de oficina. Sillas de oficina. P... [Internet]. Une.org. 2019 [cited 25 December 2019].
Ir para a fonte
Normativa
UNE-EN 1335-1:2001 Mobiliario de oficina. Sillas de oficina. P... [Internet]. Une.org. 2001 [cited 25 December 2019].
Ir para a fonte
Livro
Dueñas Nuñez MV. Ejercicios de gimnasia profesional aplicada para el informático. La Habana: Editorial Universitaria; 2012.
Ir para a fonte
Livro
González Gallego S. La ergonomía y el ordenador. México D. F.: Alfaomega Grupo Editor S. A.; 1990.
Ir para a fonte
Revista médica
Hidalgo Marcano, L. (2013). Prevención del dolor de espalda en el ámbito laboral. [ebook] Revista de Enfermería de Castilla y León, p.1.
Ir para a fonte