Ultima atualização: 6 de agosto de 2021

Como escolhemos

7Produtos analisados

21Horas investidas

6Estudos avaliados

30Comentários coletados

A cafeína foi descoberta em 1820 por Friedlieb Ferdinand Rungue. Entretanto, ele não poderia ser extraído sem perder os sabores do café até 1905. Assim, o primeiro café descafeinado comercialmente disponível foi criado. Após esta descoberta, diferentes processos foram desenvolvidos para extrair a cafeína do café, então sua qualidade frequentemente muda de um para outro.

A saúde é o fator mais importante que nos faz felizes e depende muito de nossos hábitos, dieta, exercício, descanso, pensamentos positivos e boas ações. Para nos ajudar a acordar e começar o dia com o pé direito, a melhor coisa a fazer é tomar um bom café da manhã com um sofisticado e aromático café descafeinado. Mas por que descafeinado?




A coisa mais importante a saber

  • O café descafeinado é obtido através de diferentes processos para extrair a cafeína do grão de café. Pelo menos 97% da cafeína é removida. O método de extração determina a qualidade, as propriedades nutricionais e os benefícios do café.
  • É ideal para aqueles que amam café mas têm uma intolerância à cafeína, como certas doenças e gravidezes. O tipo orgânico, extraído naturalmente e sem pesticidas, é o melhor de seu tipo.
  • Para experimentar os benefícios do café descafeinado, ele deve ser consumido com moderação. Ingredientes prejudiciais como açúcar, creme ou leite também devem ser substituídos. É aconselhável consultar o rótulo para obter informações sobre sua origem, a quantidade de cafeína que ele contém e as certificações obtidas.

Café descafeinado: nossas recomendações

Existem muitas marcas de cafés descafeinados com diferentes sabores, aromas e propriedades. Cada um tem seus próprios gostos, mas eu lhes asseguro que todos nós estamos procurando desfrutar de uma explosão de sabores únicos. Para ajudá-lo, nós fizemos a seguinte seleção de nossos cafés descafeinados favoritos.

O que você deve saber sobre café descafeinado

Você gosta de tomar café? Se você é um amante de café, você deve saber que muitas pessoas optam pelo café descafeinado. Ao fazer isso, eles evitam a ingestão de cafeína do café normal e levam uma vida mais saudável. Entretanto, há opiniões diferentes sobre se o café descafeinado é saudável ou não. Aqui, nós responderemos esta pergunta.

O café descafeinado é obtido através de diferentes processos de extração de cafeína do grão de café, onde pelo menos 97% da cafeína é removida. (Fonte: Drobot: 134014499/ 123rf.com)

Quais são as propriedades nutricionais do café descafeinado?

O café descafeinado tem muitas propriedades benéficas para a nossa saúde. Nesta bebida aromática podemos encontrar muitos nutrientes e vitaminas, que irão afetar de diferentes maneiras, dependendo do organismo de cada um de nós. Abaixo está uma tabela mostrando as propriedades do café descafeinado: (6)

Propriedades Características
Vitamina B3 Benéfica para o sistema circulatório. É recomendada para combater doenças como diabetes, artrite e contribui para a eliminação de substâncias geradas pelo estresse. (9)
Vitamina B2 Ajuda a superar enxaquecas e é benéfica para manter a boa saúde dos olhos, pele, densidade capilar e o sistema imunológico. Melhora problemas como insônia, ansiedade e estresse.
Phosphoro Ajuda a melhorar a memória. É aconselhável consumir alimentos com alto teor de fósforo durante os períodos de exames. (11)
Iron Contribui para o funcionamento correto do sistema sanguíneo e ajuda na renovação das células sanguíneas.
Calcium Ajuda a saúde de nossos ossos e dentes, mas também melhora a hipertensão e a síndrome pré-menstrual. (10)
Potassium Ajuda a boa circulação, regulando a pressão arterial. É muito benéfico para as pessoas que sofrem de hipertensão. Ele regula os fluidos corporais e pode ajudar a prevenir doenças reumáticas ou artrite.
Magnesium Mantém nosso equilíbrio corporal adequadamente.
Antioxidants Contém uma grande quantidade de componentes antioxidantes, altamente benéficos para a nossa saúde.

Quais são os benefícios para a saúde do café descafeinado?

O café descafeinado tem muitos benefícios para a saúde do organismo. Aqui estão os principais:

  • Ajuda a retardar o envelhecimento celular: Desta forma, ajuda a prevenir doenças degenerativas como Alzheimer, Parkinson e outras patologias causadas pela deterioração cognitiva.
  • É bom para o fígado: Um estudo descobriu que as pessoas que bebem café descafeinado tinham níveis mais baixos de enzimas hepáticas. Os níveis de inflamação no corpo também são mais baixos.
  • Reduz o risco de diabetes: Os pesquisadores estimam que beber duas xícaras de café descafeinado por dia reduz o risco de desenvolver diabetes tipo dois em aproximadamente 33%.
  • Reduz o risco de câncer de próstata: Isto se deve aos antioxidantes do café descafeinado que combatem os radicais livres no corpo. Um estudo de pesquisadores de Harvard mostrou que os consumidores masculinos regulares de café descafeinado tinham um risco 18% menor de câncer de próstata.

Quais são os riscos à saúde do café descafeinado?

O café descafeinado, além de proporcionar muitos benefícios, também pode apresentar alguns riscos à nossa saúde se consumido em excesso. Embora os riscos sejam poucos, é importante estar atento a eles. Aqui está o que eles são:

  • Pode aumentar o colesterol: Segundo a Associação Americana do Coração, o café descafeinado pode aumentar os níveis de colesterol ruim (LDL), o que acarreta certos riscos para a saúde do coração. (5).
  • Pode causar problemas gástricos: O café aumenta a produção de ácido no estômago e, portanto, não é recomendado em casos de gastrite. Este efeito é devido à cafeína (embora em pequenas quantidades contidas no café descafeinado) e outras substâncias no café. Sugere-se a sua substituição por infusões leves como sálvia ou camomila, entre outras (8).

Você pode beber café descafeinado durante a gravidez?

Durante a gravidez, a dieta de uma mulher pode ter um impacto significativo na saúde de seu bebê. As mães esperadas têm muitas perguntas sobre o que elas podem comer e o que elas devem evitar para cuidar de sua dieta. Um deles está ligado ao consumo de café.

Para saber com certeza se deve ou não tomar café descafeinado, consulte seu médico.

Devido às pequenas quantidades de cafeína que o café descafeinado contém, de acordo com especialistas, ele pode ser consumido durante a gravidez. Entretanto, com moderação, ou seja, não mais do que uma xícara por dia. Durante a gravidez, é recomendado optar por cafés orgânicos descafeinados, pois eles contêm menos pesticidas (4).

Entretanto, se a gravidez for arriscada, os médicos aconselham evitar totalmente o consumo de café, mesmo que esteja descafeinado.

Para amantes profundos que sofrem de uma doença, ou não têm tolerância à cafeína, ou são incapazes de beber café normal devido a aconselhamento médico ou gravidez, há esta alternativa saudável disponível. (Fonte: Arx0nt: 126962699/ 123rf.com)

Por que beber café descafeinado?

O café comum contém quantidades variadas de cafeína, dependendo do tipo que você consome. Tenha em mente que a cafeína é um estimulante e tem vários efeitos negativos, como aumento da pressão arterial, ansiedade, batimentos cardíacos acelerados ou insônia.

O café descafeinado pode, portanto, ser uma excelente escolha para todos aqueles que, por razões de saúde, não podem consumi-lo. Isso inclui pessoas que sofrem de ansiedade, problemas de sono ou simplesmente porque querem evitar os efeitos estimulantes da cafeína.

Você sabia que 45% das pessoas estão conscientes da origem sustentável do café descafeinado e estão dispostas a pagar um preço mais alto para consumir um produto de qualidade?

Como beber café descafeinado

O café descafeinado é benéfico para a sua saúde desde que você beba de uma a duas xícaras por dia. Você precisa encontrar um equilíbrio, pois você tem que levar em conta os possíveis efeitos colaterais. Na verdade, beber mais de duas xícaras por dia pode ser prejudicial.

Todos têm gostos diferentes. Nós recomendamos não adicionar ingredientes "extras" tais como leite, creme ou açúcar. Ao invés disso, podemos optar por adicionar um pouco de canela à nossa bebida para adicionar doçura.

O café descafeinado contém cafeína?

Enquanto o café normal contém cerca de 100 mg de cafeína, o café descafeinado contém 2 mg. Existem vários processos para extrair a cafeína do grão de café. O objetivo não é apenas obter um café sem cafeína, mas também manter sua boa qualidade, minimizando a perda de substâncias que lhe dão seu aroma e sabor.

Mesmo sem cafeína, o café descafeinado ainda retém os antioxidantes promotores de saúde (2).

Durante estes processos, até 96% da cafeína que contém é extraída do grão de café. Isto significa que ele ainda contém cerca de 4% de cafeína. Ainda não existe um café com 0% de cafeína. Isto pode variar de aproximadamente 2% a 20% de acordo com o método de extração.

Recomenda-se consultar o rótulo para obter informações sobre sua origem, a quantidade de cafeína que ele contém e as certificações obtidas. (Fonte: Ferli: 57126924/ 123rf.com)

Qual é a diferença entre café normal e café descafeinado?

Muitas pessoas se perguntam por que tantas pessoas mudam de café normal para café descafeinado, ou se é a mesma coisa beber um ou outro. Queremos responder a estas perguntas e, portanto, na tabela a seguir mostramos as principais diferenças entre as duas. (1)

Café normal Café descafeinado
Contêm 85 mg de cafeine Contêm entre 8,6 mg e 13,9 mg de cafeína
Alto conteúdo antioxidante Perda de antioxidantes e maior perda de ácidos clorogênicos
Sentimento de estar cheio de energia Sem sensação de energia
Aroma intenso Aroma menos intenso
Cores mais vivas Cores ligeiramente menos fortes

Por que beber café orgânico descafeinado?

É produzido sem a ajuda de produtos químicos e substâncias artificiais, tais como fungicidas, pesticidas e/ou herbicidas. Nem cloreto de metileno nem acetato de etila podem ser usados para a extração de cafeína do café orgânico.

É cultivado na sombra de árvores mais altas, o que fornece umidade que ajuda na produção de café de alta qualidade. Além disso, este tipo de produção é caracterizado pelo cuidado com o meio ambiente e com os seres vivos que o habitam (3, 7)

As plantações de café orgânico são classificadas como"Bird friendly", pois este tipo de plantação aumenta o número de espécies de pássaros e outros organismos que vivem em suas áreas populacionais.

Você sabia que o padrão internacional estabelece que para um café ser considerado descafeinado ele tem que ter pelo menos 97% de toda sua cafeína removida?

Que tipo de café descafeinado ajuda mais a sua saúde?

Para fazer isso, devemos levar em conta os métodos de extração utilizados. Durante os diferentes métodos, produtos como: cloreto de metileno, acetato de etila, água ou a aplicação de CO2 supercrítico (SCCO2) são usados, portanto alguns contêm produtos químicos.

O melhor café descafeinado, como a maioria dos alimentos, é aquele que passou por um processo natural livre de produtos químicos.

É recomendado verificar o rótulo para ver a origem, a quantidade de cafeína, o método de extração e os certificados que ela possui ou não.

Há alguns produtos que são enriquecidos por antioxidantes e outros vêm de regiões vulcânicas e altitudes elevadas, fatores-chave para sua alta qualidade. Você também encontrará aqueles que são certificados"Fair Trade" e orgânicos (cultivados à sombra, colhidos à mão, lavados na primavera e cultivados em alta altitude).

Resumo

Café descafeinado é o café com menos cafeína. Mesmo assim, ele ainda tem os antioxidantes promotores de saúde. Como é importante cuidar de nossa saúde, graças a este tipo de bebida podemos levar uma vida tranqüila, apoiando uma dieta diária saudável.

Um consumo moderado de café descafeinado pode trazer certos benefícios para o organismo. Estes incluem anti-inflamatórios, antimicrobianos, e diabetes tipo 2 regulado. Ele também previne doenças como Alzheimer e Parkinson. Também tem capacidade antioxidante, promovendo o atraso do envelhecimento e danos celulares. Portanto, cuide de sua saúde e seja feliz!

Se você gostou deste artigo e achou útil, não se esqueça de compartilhá-lo em suas redes e deixe-nos um comentário!

(Fonte da imagem em destaque: Nitr: 55903692/ 123rf.com)

Referências (11)

1. Saavedra JJH, Aquino AMH, Zavaleta CYN, Chávez Rdel PZ, Hilario Vargas J. Efecto del consumo de café regular y café descafeinado sobre la glicemia en adultos jóvenes [Internet]. Acta médica Peruana; 2015 [2021Mar22].
Fonte

2. López Froilán R. Compuestos bioactivos en bebidas con capacidad antioxidante [Internet]. DEPARTAMENTO DE NUTRICIÓN Y BROMATOLOGÍA; 2015 [2021Mar22].
Fonte

3. Viguera Sáenz M. Influencia de los parámetros de operación y de la condición del sólido en el proceso de extracción. [Internet]. Aplicación en el desarrollo de procesos sostenibles de interés comercial; 2019 [2021Mar22].
Fonte

4. Robó P. Consumo de café durante el embarazo. [Internet]. -. Café y salud; 2011 [2021Mar22].
Fonte

5. Muriel de la Torre P. Evaluación farmacológica de la administración de café en el daño hepático experimental. [Internet]. CENTRO DE INVESTIGACIÓN Y DE ESTUDIOS AVANZADOS DEL IPN; 2013 [2021Mar22].
Fonte

6. Puerta Quintero GI. COMPOSICIÓN QUÍMICA DE UNA TAZA DE CAFÉ [Internet]. Ciencia, tecnología e innovación para la caficultura colombiana; 2011 [2021Mar22].
Fonte

7. Najera, Olivia, El café orgánico en México. Cuadernos de Desarrollo Rural [Internet]. 2002; (48) [2021Mar22].
Fonte

8. Pardo Lozano, Ricardo, Alvarez García, Yolanda, Barral Tafalla, Diego, Farré Albaladejo, Magí, Cafeína: un nutriente, un fármaco, o una droga de abuso. Adicciones [Internet]. 2007;19(3):225-238.
Fonte

9. Carbajal Azcona Á. Ingestas recomendadas, objetivos nutricionales y guías alimentarias [Internet]. Departamento de Nutrición. Manual de Nutrición y Dietética; 2013 [2021Mar22].
Fonte

10. Martínez de Victoria E. El calcio, esencial para la salud [Internet]. -. Nutrición Hospitalaria; 2016 [2021Mar22].
Fonte

11. Fernández, María Teresa, Fósforo: amigo o enemigo. ICIDCA. Sobre los Derivados de la Caña de Azúcar [Internet]. 2007;XLI(2):51-57.
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Artigo científico
Saavedra JJH, Aquino AMH, Zavaleta CYN, Chávez Rdel PZ, Hilario Vargas J. Efecto del consumo de café regular y café descafeinado sobre la glicemia en adultos jóvenes [Internet]. Acta médica Peruana; 2015 [2021Mar22].
Ir para a fonte
Artigo científico
López Froilán R. Compuestos bioactivos en bebidas con capacidad antioxidante [Internet]. DEPARTAMENTO DE NUTRICIÓN Y BROMATOLOGÍA; 2015 [2021Mar22].
Ir para a fonte
Artigo científico
Viguera Sáenz M. Influencia de los parámetros de operación y de la condición del sólido en el proceso de extracción. [Internet]. Aplicación en el desarrollo de procesos sostenibles de interés comercial; 2019 [2021Mar22].
Ir para a fonte
Artigo
Robó P. Consumo de café durante el embarazo. [Internet]. -. Café y salud; 2011 [2021Mar22].
Ir para a fonte
Artigo científico
Muriel de la Torre P. Evaluación farmacológica de la administración de café en el daño hepático experimental. [Internet]. CENTRO DE INVESTIGACIÓN Y DE ESTUDIOS AVANZADOS DEL IPN; 2013 [2021Mar22].
Ir para a fonte
Artigo científico
Puerta Quintero GI. COMPOSICIÓN QUÍMICA DE UNA TAZA DE CAFÉ [Internet]. Ciencia, tecnología e innovación para la caficultura colombiana; 2011 [2021Mar22].
Ir para a fonte
Artigo científico
Najera, Olivia, El café orgánico en México. Cuadernos de Desarrollo Rural [Internet]. 2002; (48) [2021Mar22].
Ir para a fonte
Artigo científico
Pardo Lozano, Ricardo, Alvarez García, Yolanda, Barral Tafalla, Diego, Farré Albaladejo, Magí, Cafeína: un nutriente, un fármaco, o una droga de abuso. Adicciones [Internet]. 2007;19(3):225-238.
Ir para a fonte
Manual de Nutrição e Dietética
Carbajal Azcona Á. Ingestas recomendadas, objetivos nutricionales y guías alimentarias [Internet]. Departamento de Nutrición. Manual de Nutrición y Dietética; 2013 [2021Mar22].
Ir para a fonte
Estudo nutricional
Martínez de Victoria E. El calcio, esencial para la salud [Internet]. -. Nutrición Hospitalaria; 2016 [2021Mar22].
Ir para a fonte
Artigo científico
Fernández, María Teresa, Fósforo: amigo o enemigo. ICIDCA. Sobre los Derivados de la Caña de Azúcar [Internet]. 2007;XLI(2):51-57.
Ir para a fonte
Resenhas