O caiaque, também conhecido como canoagem, pode ser considerado um estilo de vida. É um esporte aquático de aventura que, dependendo da modalidade praticada, pode ser extremo. Se você ainda não sabe nada sobre este esporte, mas é muito afim de subir em um caiaque, leia este artigo. Aqui você saberá tudo sobre essa atividade.

Se você quer descobrir lugares secretos e inexplorados, paisagens deslumbrantes, sem dúvida, poderá fazer isso com um caiaque. Este esporte pode ser praticado inclusive por crianças maiores que 7 anos. Lembre-se, por mais experiente que seja, de considerar as normas básicas de seguranças para evitar surpresas.

O mais importante

  • O caiaque é um esporte que te abre as portas para novas sensações e lugares para descobrir. Há vários tipos de barcos, de acordo com a modalidade que vai praticar.
  • É recomendável que aprenda fazer a manobra de autorresgate e esquimotagem.
  • É importante que saiba o tipo de caiaque na hora de transportá-lo, já que alguns são infláveis, desmontáveis ou dobráveis.

Os melhores modelos de caiaque: Nossas recomendações

Se você está interessado em subir em um caiaque, confira as opções oferecidas abaixo. Para os iniciantes, os caiaques infláveis são uma boa opção. A seguir, você verá os principais destaques do mercado, seja pelo seu volume de vendas ou avaliação dos usuários.

O caiaque com o melhor custo-benefício

Este caiaque é uma opção confiável e econômica para uma pessoa de até 100kg. É rápido de inflar e fácil de transportar para você navegar por águas doces e salgadas, seja em lagos, rios e até no mar. Ele acompanha um remo de alumínio e uma sacola para transporte. Um modelo ideal para passeios e rafting amador.

O caiaque para duas pessoas mais barato

Um dos modelos mais em conta que podem ser encontrados no mercado. Este caiaque inflável permite o transporte de até duas pessoas. Ainda que seu custo seja baixo, sua estrutura permite alcançar uma alta velocidade, encarar ondulações em alta performance. Ele é fabricado em PVC extra reforçado com alças neoprene e capa de poliamida Oxford.

O melhor caiaque para pesca

Para quem procura um caiaque mais sofisticado e para uso específico, esse modelo feito de polietileno conta com proteção UV, dando mais segurança e conforto a seu usuário. É um barco estável, especialmente desenvolvido para pesca.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre o caiaque

Se você nunca subiu em um caiaque, saiba que o de travessia ou de águas tranquilos pode ser uma de suas melhores opções, já que o de águas bravas e de surf demandam muita técnica e destreza. O de corridas, com menos técnica, requer uma boa forma física. A seguir, você verá tudo o que precisa saber sobre este esporte.

Pessoa no mar andando de caiaque.

Um dos benefícios de praticar este esporte é que proporciona uma melhora na condição física, já que se ativa grande parte da musculatura. (Fonte: Mihtiander: 41327321 / 123rf.com)

O que é um caiaque?

A navegação é feita com remos de duas lâminas.

O caiaque é um esporte aquático que praticado com um tipo de barco (também chamado de caiaque). Foi inventado pelos inuit, uma antiga civilização esquimó, e usado como meio de transporte, caça e pesca. Contudo, os inuit somente podiam subir no caiaque ao se tornarem mais velhos. Era então que a família construía esse barco.

Hoje em dia, o caiaque é uma espécie de barco muito leve com um, dois ou quatro tripulantes, remadores ou caiaquistas que, tecnicamente, se denominam K-1, K-2 ou K-4. A navegação é feita com remos de duas lâminas que não precisam se apoiar ao casco. No caso do caiaque de mar ou de travessia, o rumo é dado por um leme situado nos pés.

Qual a diferença entre caiaque e canoa?

Talvez você possa confundir caiaque e canoa. Portanto, veja uma explicação com as principais diferenças entre um e outro, embora ambos sejam um tipo de barco.

Na canoa, o tripulante vai ajoelhado e se movimenta com um remo de um só lado. Ela pode ser tripulada por uma ou duas pessoas. São menos confortáveis que os caiaques.

No caiaque, o tripulante vai sentado olhando para frente (proa) e se impulsiona com um remo de duas lâminas que não vai apoiado sobre o casco do barco. São de um, dois ou quatro lugares e podem ser de vários tipos de acordo com a modalidade praticada. Há aqueles infláveis, para facilitar seu transporte e com auto drenagem para principiantes.

Uso Tipo de remo
Canoa Ajoelhado Remo de um só lado
Caiaque Sentado Remo duplo

Que modalidades de caiaque posso praticar?

Saiba que não existe caiaque para todas as modalidades, portanto, em função da atividade praticada, precisará de um tipo de barco ou outro. Os recursos que cada um oferece também são diferentes, assim, antes de comprar um caiaque, pense bem no que você fará com ele.

Desta forma, destacam-se dois tipos de caiaques: abertos e fechados. Os primeiros podem medir entre 2,50 e 4 metros e o tripulante vai sentado sobre o barco. Este barco não tem um cockpit e o casco possui furos para facilitar a saída de água que entra pelas ondas. São ideias para principiantes.

Este tipo de caiaque é muito mais estável que os caiaques fechados, nos quais, frequentemente, o remador precisar usar a técnica de autorresgate (esquimotagem). Além desses dois tipos, destacam-se também os caiaques desmontáveis, dobráveis e modulares cujo objetivo é facilitar o transporte.

Tipo de caiaque Modelo de caiaque Prós Contras
Caiaques abertos Caiaque com auto drenagem ou sit on tops Ideal para principiantes

Quase impossível de ser derrubado, mas caso caia na água, pode-se subir com facilidade

Para mergulhar, pescar ou surfar

Não é apto para muitos quilômetros

Por ter o centro da gravidade mais alto, a força e o controle do caiaque são reduzidos

Mais largo e lento que um caiaque tradicional de mesmo comprimento

Caiaques abertos Caiaque de pesca É um caiaque com auto-drenagem com acessórios de pesca

Liberdade de movimento

Permite levar todo tipo de acessório de pesca

Tem as mesmas desvantagens que o caiaque com auto-drenagem ou sit on tops
Caiaques fechados Caiaque de águas bravas ou surfe De curto comprimento, casco pouco arredondado e de aparência plana

Ideal para águas turbulentas e movimentos abruptos

Não é fácil sair deles

É comum ter que fazer esquimotagem (manobra de autorresgate quando caiaque vira)

Caiaques fechados Caiaque polo Similares aos caiaques de águas bravas

Proa (parte dianteira) e popa (parte traseira) arredondadas

Manobráveis

As batidas são frequentes entre competidores

Mais lentos que os caiaques de pista

Caiaques fechados Caiaque de águas bravas Barcos rápidos e ligeiros

Capacidade de se movimentar sob fortes correntes de água

Largos, estreitos e com formas verticais nas partes dianteira e traseira

Pode virar com facilidade, por isso é frequente a esquimotagem
Caiaques fechados Caiaque de águas tranquilas e competição (de pista, maratona e rio esportivo) Leves, largos e estreitos

Máximo rendimento hidrodinâmico

As medidas variam de acordo com a competição

Instáveis.

Requerem experiência para manter equilíbrio

Caiaques fechados Caiaque de mar e travessia Grande velocidade

Alguns modelos têm um leme incorporado

5m de largura e 0,55m de comprimento

Alguns fabricantes os distinguem como caiaque de mar e caiaque de travessia

Este último é mais estável e robusto

Caiaques fechados Caiaque slalom (modalidade olímpica)

Grande capacidade de manobra

De 3,5m de largura e 0,6m de comprimento.

O remador vai encaixado no assento. Leva consigo uma cobertura para o assento

É frequente ter que praticar a esquimotagem

Grande instabilidade

Quais são as vantagens e desvantagens de um caiaque?

As diferenças entre as modalidades de caiaque já foram explicadas. Todas elas têm em comum alguns benefícios que serão listados a seguir. Saiba que, atualmente, o caiaque não é apenas um esporte oficial, senão também uma forma de entretenimento que permite até a pesca.

Vantagens
  • Melhora a condição física, já que grande parte da musculatura é ativada
  • Contato com a natureza
  • Alivia o estressa ao exigir concentração
  • Aumenta a interação social
  • Te permite conhecer lugares inesquecíveis
Desvantagens
  • Difícil de transportar
  • Dependendo do caiaque que comprar, o investimento será maior

Quais são as partes de um caiaque?

Se você ainda não entende muita coisa sobre o caiaque, mas quer subir em um, é preciso que tenha um conhecimento mínimo sobre as partes desse tipo de barco. Por isso, veja uma simples explicação das partes dele.

  • Leme: É opcional. Fica situado nos pés do tripulante. É uma peça similar a uma barbatana.
  • Assento: Composto por encosto e banco.
  • Linha de vida: Corda que rodeia o caiaque e que permite ao tripulante segurar caso caia na água.
  • Proa: Parte dianteira. Sua forma influencia na velocidade.
  • Popa: Parte traseira.
  • Cockpit: Local onde o tripulante vai sentado no caiaque.
  • Controle de leme: Serve alçar ou baixar o leme quando o tripulante está na água.
  • Casco: É a parte inferior do caiaque. Sua froma é muito importante de acordo com a atividade que queira praticar.
  • Quilha: Parte inferior (submersa). É a encarregada de dar direção ao caiaque.
  • Pedais: Local onde o tripulante apoia os pés. Com os pedais, o leme é controlado.
  • Rede de cobertura: Para segurar o que o tripulante queira levar.
  • Tiradores: Para transportar e mover o caiaque.
  • Guarda-volumes: Compartimentos para levar dentro equipamentos. Imprescindíveis em caiaques fechados e de pesca.

Como posso transportar o caiaque?

Se você escolheu comprar um caiaque rígido, deve transportá-lo sempre com medidas de segurança em conta para evitar que ele caia na pista e comprometa a sua segurança e dos demais usuários.

  • Você deve ter, de preferência, um carro largo, já que o caiaque não pode passar mais de 15% do comprimento do veículo. Pelos lados, nada pode ficar para fora.
  • A carga não pode tampar as placas nem as luzes do carro nem qualquer outro tipo de sinalização ou luz.
  • É preciso comprar barras de qualidade para que não estraguem o caso de seu caiaque (também pode recorrer a um forro de espuma para evitar danos em seu barco).
  • O casco do caiaque pode ser colocado para cima ou para baixo. Neste último caso, é imprescindível comprar um porta-caiaques para adaptar as barras ao casco.
  • Você deve atar seu caiaque às barras firmemente, mas sem exagero, já que podem danificar o casco.
Douglas PrestonEscritor e jornalista americano

“Meus passatempos são o ciclismo de montanha, andar de cavalo, andar de canoa e caiaque, caminhar, acampar, cozinhar e esquiar”.

Crianças podem andar de caiaque?

Se tem filho tem por volta de 7 anos, pode levá-lo junto segurando-o com suas pernas. A outra opção, muito mais atrativas para os pequenos, é o duffing, que permite a eles ir na parte de armazenamento do caiaque. Conforme ficar mais velho, poderá ir sozinho com o caiaque com um remo adaptado à sua idade.

Critérios de Compra

Diante do investimento que é comprar um caiaque, é preciso estudar bem as opções. Por isso, veja uns pontos-chave para a compra. Lembre-se que é muito importante que seu caiaque seja o mais confortável e estável possível, principalmente se for iniciante.

  • Nível
  • Forma física
  • Material
  • Tipo de caiaque

Nível

Se você é principiante, não escolha um caiaque para profissionais, já que pode ser mais difícil. O mais comum é que você tenha medo e não se sinta confortável no barco. Sair e entrar tem que ser simples. Além disso, passará muito tempo sentado no caiaque, portanto o conforto é muito importante.

Homem andando de caiaque.

Os caiaques abertos são ideias para iniciantes. (Fonte: Ftlaudgirl: 26578469 / 123rf.com)

Forma física

É verdade que não existem tamanhos e numerações para os caiaques. No entanto, esses barcos são feitos para um peso aproximado do remador. A altura do caiaquista é determinante na hora de escolher seu remo. Se você mede entre 1,55 e 1,65 m de altura, seu remo será mais curto que se medir entre 1,65 m e 1,85 m ou mais.

Material

É normal surgir dúvida sobre qual material comprar seu caiaque. Se quiser de fibra, saiba que ela é a mais sujeita a quebras, mas é mais veloz e oferece mais recursos – começando por seu comportamento hidrodinâmico. Os caiaques de plástico são fabricados com moldes, portanto sua evolução é quase nula.

O plástico é muito mais pesado para ser transportado e tem muito menos rigidez estrutural que a fibra, mas é indestrutível. O caiaque de fibra é construído por lâminas ou capas e seu casco se mantém sempre intacto, quase como no primeiro dia. Além disse, se deslizam muito melhor pela água que os de plástico. O ruim é que são mais caros.

Tipo de caiaque

Dependendo da atividade praticada e sua experiência, poderá optar por um caiaque aberto ou fechado. Os caiaques fechados exigem um maior conhecimento técnico e são sempre mais instáveis que os abertos. Neste tipo de caiaque, o tripulante vai sentado dentro de um cockpit coberto que impede que a água entre.

Este tipo de barco fechado permite uma navegação tanto em rios como em mares e um grande rendimento em quilometragem. Podem ser de fibra de vidro. Por sua vez, os caiaques abertos ou com auto-drenagem se caracterizam por serem muito mais econômicos e oferecer um fácil transporte.

De acordo com sua construção, poderá optar por um caiaque rígido ou por um inflável, desmontável, modular ou dobrável. Veja as características de cada um, exceto os rígidos, já comentados anteriormente.

Tipo de caiaque A favor Contra
Caiaque inflável São os mais econômicos e fáceis de transportar

Quase impossíveis de virar

Bem manobráveis

Para principiantes

Pouca navegabilidade

Possibilidade de furar

Os mais experientes talvez não o considerem como caiaque, já que as sensações que transmitem distanciam um pouco dos caiaques rígidos

Caiaque dobrável Modelos antigos, mas bem evoluídos

Estáveis e com boa navegabilidade

Leves e resistentes

Fácil transporte e armazenamento

Podem precisar de um leme

Tornaram-se um produto especial para viajantes

Caiaque desmontável Não reduzem seu volume. É separado em várias partes (normalmente três)

Não perde rigidez

Leves e resistentes

Os pontos de união podem ser desgatar

O sistema de emenda adiciona peso a ele

Caiaque modular É parecido com o desmontagem, mas as partes são totalmente compatíveis entre si Os pontos de união se deterioram com o uso

Deixam entrar na água

Podem ser pesados

Resumo

O caiaque é, mais que um esporte, um estilo de vida para aqueles que o praticam com frequência. Se você é daqueles que estão procurando experimentar esse mundo de sensações e emoções, com ele, não vai se arrepender. Para isso, o aconselhável é que escolha um barco confortável e sem muitas exigências de navegação.

A partir disso, pode remar sozinho ou com os amigos. Também, notará uma melhorar em sua forma física e aliviará o estresse. O transporte desse tipo de barco pode ser facilitado se você optar por um caiaque inflável que, além disso, será mais econômico. Se você é um amante da pesca, pode fazer isso também com um caiaque. Você não vai se decepcionar!

Se você gostou deste artigo, deixe seu comentário e compartilhe em suas redes sociais!

(Fonte da imagem destacada: Mihtiander: 50601778 / 123rf.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
33 Voto(s), Média: 4,00 de 5
Loading...