Uma boa caixa de ferramentas será sua melhor companheira de trabalho. Se você quer manter todas suas coisas em ordem e prontas para serem usadas, não há nada melhor do que essas caixas e você pode encontrá-las em muitos lugares. São equipamentos imprescindíveis para qualquer trabalho, oficina, indústria, em seu lar e até mesmo no maleiro de seu carro.

Desde as menores e mais simples até as mais sofisticadas e de grande tamanho, a caixa de ferramentas é um recurso mais que útil para guardar, organizar e transportar suas ferramentas, tanto as manuais como as elétricas, assim como os pregos, porcas, parafusos e qualquer outro acessório. Nesse artigo será explicado como comprar a melhor caixa de ferramentas do mercado.

O mais importante

  • O peso e o tamanho de uma caixa de ferramentas são fatores importantes para assegurar a comodidade do uso, principalmente se você pensa em levá-la para os locais que percorre. Por outro lado, seu tamanho influirá na quantidade e nos tipos de ferramentas que poderá guardar.
  • No mercado existem diferentes tipos de caixas de ferramentas que normalmente são divididas pelo material que são fabricadas, mas também pode ser pelo seu próprio modo de organização interior que usam. Escolha uma que se adapte às suas necessidades.
  • Hoje em dia, virou moda as caixas de ferramentas que já vão de fábrica com uma variedade de ferramentas. Se necessita de uma assim, esse modelo pode ser uma boa opção inicial, embora você deve prestar atenção na qualidade de fabricação das mesmas.

Ranking: Os melhores modelos de caixa de ferramentas do mercado

Quando se trata de organizar as ferramentas de casa ou de uma oficina, não há nada melhor do que uma caixa de ferramentas. No mercado você vai encontrar diferentes tipos de caixas de ferramentas, com formas, materiais e distribuições distintas. Para lhe ajudar no processo de eleição, foi feita uma lista com as cinco melhores do mercado.

1º – Eda Caixa de ferramentas

A Eda é a responsável por comercializar essa caixa de ferramentas incrível com 117 peças. Ela ainda é dobrável, abrindo 4 compartimentos depois de destravada e quando fechada vira uma prática maleta capaz de ser levada para qualquer lugar.

Esse modelo é daqueles que já vão com várias ferramentas básicas, sendo ideais para quem deseja construir um jogo de equipamentos para casa ou até mesmo pequenos trabalhos.

2º – Vonder Caixa de Ferramentas com Rodas

Esse modelo da Vonder é no formato de caixa plástica com rodas, também conhecido por carrinho de ferramentas. Esse equipamento é ótimo para quem tem muitas peças a serem guardadas e organizadas, principalmente pequenas como parafusos, brocas, pregos e afins.

Você é capaz de organizar todos os equipamentos nos grandes compartimentos e até mesmo deslocá-los, utilizando suas rodas, para algum local que deseja. Principalmente devido seu valor, essa peça é mais indicada para profissionais.

3º – Sparta Kit Caixa de Ferramentas

Esse kit da Sparta é um dos itens mais vendidos do mercado devido seu ótimo custo-benefício. O modelo possui incríveis 129 peças, reservando espaços para grande parte das principais ferramentas utilizadas em reparos comuns.

Essa caixa quando toda fechada vira uma maleta e é bastante prática para ser transportada. Além disso, seu corpo de plástico duro é resistente e garante a durabilidade da peça por muito tempo.

4º – Vonder Caixa de Ferramentas Baú Inox

Esse modelo da Vonder é mais uma das novidades do mercado. Essa caixa é inspirada nos baús e nas caixas de ferramentas antigas, com menos compartimentos, design simples, porém, repaginada, mesclando inox com plástico e usando sua cor prata para conferir modernidade ao modelo.

Ela é capaz de aguentar 20 kg de ferramentas, possui 375 mm de comprimento, 270 mm de largura e 255 mm de altura, sendo ótima para pessoas que desejam organizar as ferramentas em casa e até mesmo para alguns profissionais que levam seus equipamentos para o trabalho.

5º – Stanley Caixa de Ferramentas 19 polegadas

Esse modelo vem para preencher o imaginário daqueles que sempre quando pensam em caixa de ferramentas, imaginam algo nesse tipo de formato. Porém, a Stanley resolveu repaginar o simples e oferece uma caixa que aguenta até 100 kg de ferramentas, toda feita em plástico polipropileno e fecho com travas de metal niquelado.

Além disso, essa caixa possui uma bandeja interna organizadora e dois ótimos compartimentos superiores, ideais para guardar pequenas peças.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre a caixa de ferramentas

Cedo ou tarde, ao longo de sua vida, chega o momento em que uma caixa de ferramentas se tornará indispensável em sua casa. Afinal, ficar sempre pedindo um martelo emprestado ao seu vizinho acaba se tornando uma atitude incômoda. Para que você saiba como são as caixas de ferramentas e entenda melhor o que deve buscar, foi elaborado o seguinte Guia.

Homem em frente a uma casa segurando caixa de ferramentas.

Manter e reunir todas suas ferramentas em um só lugar é indispensável. (Fonte: Kurhan: 51262448 / 123rf.com)

O que é uma caixa de ferramentas?

Se voltarmos ao início de tudo, logo surgirá a pergunta mais básica de todas: O que é uma caixa de ferramentas? Como seu próprio nome indica, são recipientes para guardar todas suas ferramentas. No passado, elas eram muito simples, certamente você se lembra da simples caixa de madeira com alças que seu avô usava para guardar suas ferramentas.

Com o tempo elas foram também ficando mais sofisticadas e ganhando novos acessórios. Hoje em dia, você pode encontrar caixa de ferramentas de muitos materiais, como o metal, plástico, tecido ou uma mescla de tudo isso.

Existem também as grandes, com rodas incorporadas ou com uma grande variedade de espaços alternativos para organizar os acessórios menores como os parafusos ou fusíveis.

Quais são os materiais usados na fabricação de uma caixa de ferramentas?

Independentemente do tamanho e do tipo, a variedade de caixa de ferramentas que pode ser encontrada atualmente no mercado é fabricada com alguns dos materiais que já foram mencionados um pouco mais acima. Embora as mais habituais e baratas sejam de plástico, também existem de vários outros materiais.

Na lista seguinte serão apresentados os materiais utilizados e suas características, assim como as vantagens e desvantagens de cada um deles.

Material Características Vantagens/Desvantagens
Madeira São utilizadas pouco

Permitem desenhos artesanais e decorativos

Geralmente usadas só por artesãos e relojoeiros

Muito resistentes

Pode ter tampa ou não

Ideais para apaixonados por bricolagem, pois, são mais fáceis de serem construídas

Metal Geralmente fabricadas em aço

Ideais para uso em um lugar fixo (dificilmente são móveis)

Sólidas e resistentes

Podem se oxidar

Podem ter bordas afiadas e cortantes

São mais pesadas

Grande variedade de tamanhos e modelos

Plástico e/ou compósitos Menos resistentes que as de metal ou madeira.

Grande diversidade de tamanho e modelos

Fáceis de transportar

São leves

Suportam menos peso que as de metal e madeira

Laváveis

Couro Disponíveis como maletas ou estojos para ferramentas Maleável

Duradouro

Fáceis de transportar

Resistentes a umidade

Têxteis Disponíveis como bolsas ou mochilas de ferramentas

Construídas com lona ou tecidos resistentes

Resistentes a água e a umidade

Fáceis de transportar

Alguns modelos utilizam uma correia de ombro que permite ficar com as mãos livres

Quais tipos de caixa de ferramentas existem?

Além dos diferentes materiais disponíveis no mercado, é preciso pensar em que tipo de caixa de ferramentas que se necessita. Nesse aspecto, é fundamental saber se vai trabalhar com ela fora de seu posto de trabalho, se pretende levá-la com você ou se, pelo contrário, apenas deseja organizar as ferramentas de uma oficina e nunca a mover.

A seguir, serão explicados os mais diferentes tipos de caixa de ferramentas que existem, a fim de que você possa começar a ter uma ideia de qual tipo melhor preenche suas necessidades:

  • Carrinhos móveis: São uma espécie de armários, só que mais pesados, para guardar ferramentas. São feitos em diferentes tamanhos e possuem rodas. Ideais para uma garagem ou oficina profissional. Dispõem de gavetas profundas para ferramentas grandes e incluem também várias bandejas.
  • Caixa de ferramentas: Essas são os modelos mais tradicionais. Possuem a forma de um pequeno baú adicionado de uma alça para transporte. Geralmente incorporam uma bandeja superior com espaço para organizar acessórios pequenos. Podem ser transportadas facilmente e são resistentes.
  • Maletas de ferramentas: Uma opção similar às caixas, embora um tanto mais reduzida. São geralmente utilizadas como complemento para caixas maiores. Não permitem armazenar ferramentas grandes. Muitos fabricantes comercializam as maletas com uma seleção de ferramentas já incorporadas.
  • Cintos porta ferramentas: Pensados para levar as ferramentas consigo. São cômodos e muito utilizados por eletricistas e mecânicos. São fabricados em couro ou materiais têxteis impermeáveis.
  • Bolsas porta ferramentas: Outra alternativa para a caixa de ferramentas tradicional. Elas permitem armazenar ferramentas maiores como uma serra ou uma furadeira. Possuem bolsos internos para a organização. Algumas incorporam rodas e alças telescópicas.
  • Organizadores verticais: Ideais para oficinas ou garagens. Pode colocar suas ferramentas na vertical sobre a parede. Dispõem de suportes para brocas, chaves de fenda e demais ferramentas.
  • Gavetas organizadoras: Essa opção é fabricada para organizar acessórios de pouco tamanho como os pregos, parafusos, arruelas ou picos. Geralmente são de plástico e dispõem de gavetas para armazenamento.

Como deve ser a compartimentação de uma caixa de ferramentas?

Como já foi explicado anteriormente, hoje em dia, uma boa caixa de ferramentas não serve apenas para guardar suas ferramentas, mas também serve para organizá-las perfeitamente em compartimentos. Dessa forma, se pode ter todas as ferramentas em um só lugar, ocupando menos espaço e sempre prontas para quando forem necessárias.

A seguir, estão listados algumas formas diferentes de compartimentação que existem nas caixas de ferramentas e todas as funções que cumprem em cada caso:

Design Características Ideal para:
Bandeja removível É o tipo de compartimentação mais confortável e funcional

A bandeja possui pequenos compartimentos, muitas vezes já com tampas e alças

Organizar os acessórios pequenos

Para parafusos

Para eletricistas que guardam fusíveis

Extensoras ou tipo cantilever Possuem bandejas com compartimentos que não podem ser extraídos

São dobráveis dentro da caixa, formando estantes empilhadas

Grande capacidade de armazenamento em pouco espaço

Eletricistas

Encanadores

Serralheiros

Técnicos eletrônicos

Reparação de eletrodoméstico

Caixas portáteis combinadas com banco de trabalho Combinam a caixa de ferramentas com um banco de trabalho portátil

Dispõem de rodas

De metal ou plástico

Muito versáteis, mas muito caras

Oficinas

Reparação de automóveis

Carro modular Se trata de caixas mais profissionais

Maiores que as anteriores

São organizadas mediante bandejas sobrepostas

De metal ou plástico

Modelos com rodas ou sem

Oficinas

Fábricas

Garagens

Quantas ferramentas devo ter em minha caixa de ferramentas?

Enquanto ao número de ferramentas ideais para sua caixa, não há uma resposta correta. Por exemplo, uma caixa de ferramentas básica para sua casa deveria ter por volta de 15 peças, incluindo chaves de fenda, martelo, chave inglesa, alicates universais, serrote ou serra, tesoura, fita métrica, nível e outros acessórios como parafusos e pregos.

Logicamente, se sua caixa de ferramentas for para uma oficina, serão necessárias muito mais ferramentas e, portanto, uma caixa maior. Como já foi dito, nesses casos o melhor é comprar uma modular ou um carrinho com bandejas.

Entretanto, se o que deseja é uma caixa para seu carro, não será necessário mais do que 10 ou 12 ferramentas e, portanto, poderá escolher um modelo menor.

John DeweyFilósofo dos Estados Unidos

“O mecânico inteligente, comprometido com seu trabalho, interessado em fazê-lo bem e que encontra satisfação em seu trabalho manual, tratando com afeto genuíno seus materiais e ferramentas, está comprometido artisticamente”.

Quais são as melhores caixas de ferramentas?

Hoje em dia, existem muitos fabricantes de caixa de ferramentas. Porém, durante os últimos anos algumas marcas começaram a se sobressair perante outras por causa da qualidade e da versatilidade de suas caixas.

Dentre as maiores distribuidoras de caixa de ferramentas, se encontra a Stanley, pois, seus produtos são de muita qualidade. Entre as marcas mais populares de maletas, cintos e bolsas de ferramentas, detaca-se a Mannesmann, Tramontina e Vonder.

Dentre essas, a Vonder é certamente uma forte fabricante, pois, possui anos de experiência, produzem ferramentas de muita qualidade e dispõem de uma ampla rede de lojas e distribuidoras no Brasil.

Qual tamanho e capacidade possui uma caixa de ferramentas?

No Brasil, as caixas de ferramentas são fabricadas em diferentes tamanhos e capacidades. Os fabricantes diferenciam as capacidades das caixas de ferramentas mediante polegadas. Dessa forma, você pode encontrar caixas de 12” (polegadas), 16”, 20”, 24” e 28”, além de algumas opções ainda maiores.

Você deve considerar que quanto maior a quantidade de polegadas a caixa tiver, mais ferramentas ela pode guardar, mas também, logicamente, se tornará mais pesada e deixará de ser tão portátil ou passará a ser um pouco mais incômoda para ser transportada.

Esse é um tipo de elemento que geralmente é esquecido na hora da compra e que você deve ficar atento, afinal isso afetará na forma que irá utilizar o produto.

Caixa de ferramentas de madeira com materiais de marcenaria.

Os modelos existentes de caixa de ferramentas se adaptam às necessidades específicas de cada trabalho. (Fonte: Jacek Nowak: 37062803 / 123rf.com)

Como deve ser feito o cálculo para o orçamento de uma caixa de ferramentas?

Limitar o valor a ser gasto é sempre uma boa estratégia de compra para qualquer tipo de produto. Os preços de uma caixa de ferramentas geralmente não superam os R$ 4 mil (modelos de carrinhos ou malas grandes) e podem ser encontradas as mais simples, em boa qualidade, por volta de R$ 50. Mas, como sempre, o preço dependerá de uma série de fatores.

As caixas de ferramentas mais básicas geralmente custam por volta de R$ 40, mas se você busca algo mais sofisticado, facilmente encontrará uma por volta de R$ 100 ou mais. As bolsas geralmente são mais baratas e, às vezes, cumprem com as mesmas funções das caixas tradicionais.

Como se usa uma caixa de ferramentas?

Manter a caixa de ferramentas organizada é uma tarefa complicada. Entretanto, graças a ela própria esse trabalho pode ser convertido em algo simples e até mesmo divertido. Assim, você não evitará apenas que as ferramentas ocupem mais espaço do que realmente necessitam, como poderá tê-las localizadas e organizadas.

A seguir, será explicado o passo a passo de como utilizar e organizar uma caixa de ferramentas:

  • Aproveite toda sua capacidade. Se a caixa é espaçosa, você pode guardar as ferramentas maiores. Se, pelo contrário, ela for pequena, guarde apenas as ferramentas que usa habitualmente.
  • Classifique as ferramentas. Antes de guardá-las, as classifique. Organize sobre um papelão as ferramentas por tipo: chaves de fenda, alicates, parafusos e chaves comuns.
  • Guarde apenas ferramentas em bom estado. Uma vez classificadas, se certifique de se desfazer de tudo que não serve mais ou que está em mau estado. Vale a pena investir um tempo para revisar suas ferramentas. Não deixe que ferramentas velhas ou quebradas ocupem espaço.
  • Organize sua caixa estrategicamente. Procure pensar em uma ordem de uso das ferramentas. Dessa forma, você pode deixar na frente primeiro as que usa para o início de um reparo e a partir daí seguir uma ordem mais concreta. Assim, você evitará perder tempo abrindo e fechando compartimentos.
  • Utilize de forma adequada cada compartimento. Tenha em mente os espaços específicos para cada peça. Se sua caixa dispõe de um espaço para uma ferramenta individual, o utilize.
  • Conserve a caixa organizada. Guarde sempre as ferramentas em ordem e, se conseguir, limpe-as antes de guardá-las.
  • Coloque a caixa em um lugar acessível. Um erro muito comum é guardar a caixa em lugares que geralmente passam despercebidos e resultam em esquecimentos. Ela não é um objeto decorativo, mas deve estar em um lugar acessível.

Critérios de Compra

A caixa de ferramentas é um acessório que não pode faltar em sua casa ou em sua oficina. Agora que já entendeu quais são as principais qualidades de uma caixa, serão explicados alguns critérios de compra que você deve considerar antes de escolher a que melhor se adapta às suas necessidades.

Preste bastante atenção antes de escolher e com certeza não irá cometer erros:

  • Portabilidade
  • Tipo
  • Peso
  • Material
  • Organização

Portabilidade

A portabilidade é uma característica fundamental de uma caixa de ferramentas. Não importa se você planeja colocá-la em sua oficina, garagem ou em sua casa, escolha uma que cumpra com as funções que precisa. Para uma oficina ou para um ambiente profissional, você pode escolher um modelo grande e com rodas, permitindo sua mobilidade pelo espaço.

Se o que você busca é uma caixa para armazenar suas ferramentas na garagem, escolha um modelo grande, mesmo que não possa movê-la.

Já para a casa, as melhores são as de tamanho comum, com alça para serem transportadas, não as encha muito ou você terá um problema a mais para carregar todo seu peso. Se deseja uma para o carro ou moto, escolha um modelo de tecido, menor e fácil de levar.

Homem trabalhando arrumando carro.

As facilidades que proporcionam as mais distintas caixas de ferramentas para desempenhar seu trabalho não tem preço. (Fonte: Oleksandr Boiko: 45511068 / 123rf.com)

Tipo

O tipo de caixa de ferramentas mais adequado para você dependerá em grande parte do tipo de uso que deseja fazer dela. Qual tipo de caixa de ferramentas você utilizou ao longo de sua vida? Quantas ferramentas possui em casa ou na oficina? Vai precisar comprar mais ferramentas no futuro?

No geral, um carpinteiro não possui as mesmas necessidades que um mecânico, e muito menos as mesmas de um entusiasta da bricolagem.

Se você necessita apenas de uma caixa de ferramentas para sua casa, não há necessidade de gastar uma grande quantidade de dinheiro comprando a maior caixa de ferramentas do mercado, será melhor comprar uma pequena e prática, fácil de guardar.

Peso

A caixa de ferramentas, uma vez cheia, acaba pesando bastante. Se somado o peso da caixa ao das ferramentas, pode acabar resultando em um grande problema de mobilidade, como já foi explicado em um outro segmento dessa seção. Pense muito bem em que vai fazer com ela e, em função desse uso, escolha sua caixa de ferramentas.

Se for um eletricista ou instalador de fibra e precisa levar suas ferramentas diariamente nas costas, não é recomendado que você opte por uma caixa de ferramentas de plástico ou metal, mas pelo contrário, o melhor para você será uma de tecido como uma bolsa ou até mesmo um cinto porta ferramentas. Se for para uma oficina, pode escolher um modelo mais pesado e com rodas.

foco

Você sabia que as mulheres geralmente investem mais em ferramentas para a manutenção do lar do que os homens?

Material

No mercado você encontrará caixa de ferramentas de muitos materiais. As mais comuns são as de plástico reforçado e possuem algum tipo de fivela de segurança em metal. Essas caixas são mais leves que as de metal, mas menos resistentes. O problema das de metal, além do peso, é que geralmente acabam se oxidando e será preciso trocá-las.

Hoje em dia, é muito popular a caixa de ferramentas tipo bolsa. Ela é muito confortável, espaçosa e leve. Normalmente possui alças e é perfeita para ser levada a qualquer parte. Já se você prefere o estilo mais clássico, procure por algo diferente e que cumpra essa função estética. Talvez, a ideal para esse caso seja uma de madeira.

Mesa com diversas ferramentas e caixas de ferramenta.

Workshop scene. Tools on the table and board.

Organização

Procure por uma caixa de ferramentas que cumpra com suas necessidades, ou seja, se certifique que ela possui todos os compartimentos que vai precisar. Se trabalha em uma oficina e têm muitos acessórios e parafusos, deveria buscar uma caixa com espaço de armazenamento para peças pequenas, se possível, fechado e seguro.

Como sempre, conhecer suas necessidades é um fator decisivo na hora de realizar uma boa compra. Se tem claro na mente qual tipo de ferramenta e que quantidade delas irá guardar, será muito mais simples para você encontrar a caixa de ferramentas ideal. Não precisa pagar mais, o importante é encontrar uma que seja boa e barata.

Resumo

Uma caixa de ferramentas é um acessório indispensável para armazenar e manter organizadas suas ferramentas, quer seja em sua oficina ou casa. Esses produtos oferecem o espaço necessário para manter em ordem todas as coisas, permitindo que você seja sempre rápido na resolução de problemas.

Se você pensa em adquirir um desses práticos e úteis acessórios, esse artigo tratou de explicar tudo, nos mínimos detalhes, do que precisa saber sobre o tema. Agora depende de você se basear nas informações passadas e escolher o modelo que melhor se adapta às suas necessidades, quer sejam essas profissionais ou domésticas.

Se você gostou do artigo, deixe um comentário ou compartilhe com seus amigos e familiares para que eles também encontrem a melhor caixa de ferramentas do mercado.

(Fonte da imagem destacada: Maksym Yemelyanov: 30647535 / 123rf.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
50 Voto(s), Média: 4,00 de 5
Loading...