Caixa térmica para carro
Ultima atualização: 8 de novembro de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

16Horas investidas

3Estudos avaliados

72Comentários coletados

O cansaço é o maior inimigo da boa direção. O recomendado em viagens longas, é parar para descansar a cada duas horas de estrada. Em cada nova parada, a hidratação é fundamental, mas nem sempre é possível parar em um restaurante. Por isso, ter água e frutas frescas ajuda muito nesses momentos. E, para mantê-las em boas condições, nada melhor do que uma caixa térmica para carro.

Ela é projetada para se encaixar bem no veículo e manter os líquidos e alimentos frescos por muito mais tempo. E, se você chegou até aqui em busca da melhor caixa térmica para o seu carro, está no lugar certo! A partir de agora, vamos mostrar as vantagens, a forma de conservação e os critérios para uma boa escolha. Preparado? Então, siga com a gente!




O mais importante

  • Existem diferentes tipos de caixa térmica para carro. As principais são as termoelétricas, as de compressor, as híbridas e, ainda, as térmicas simples.
  • Os modelos elétricos ou a compressor são normalmente conectados à tomada de energia de 12V dos veículos. No entanto, há outras formas de alimentação, como veremos logo mais.
  • O tamanho e a capacidade da caixa térmica para carro são alguns dos critérios que merecem atenção na hora da compra. Estes fatores têm impacto direto no conforto dos passageiros e na quantidade de alimentos que se pode transportar.

As melhores caixas térmicas para carro do mercado: nossas recomendações

Muitas pessoas sonham com o momento em que poderão colocar a bagagem no carro e sair pela estrada. Se sua intenção é contar com todo conforto à bordo, a escolha da melhor caixa térmica pode ser um processo delicado. Para ajudar, selecionamos alguns modelos que fazem sucesso entre os viajantes. Veja o que mais se adapta às suas expectativas.

O modelo ideal para grandes viagens

Esta caixa térmica para carro cumpre a função de uma geladeira. Com 38 litros de capacidade, ela resfria a até 21 graus negativos e é alimentada por corrente de 12 ou 24V.

Com ótima distribuição de espaço, ela tem 3 controles de temperatura e conta com sistema de gerenciamento de energia, para não descarregar a bateria do veículo.

Assim, se você pretende permanecer na estrada por longos períodos, essa é a alternativa que garante uso racional de energia e espaço suficiente para manter todos os alimentos frescos e conservados.

A caixa térmica que dispensa energia elétrica

Com 32 litros de capacidade, essa caixa térmica para carro é confeccionada em ABS livre de bisfenol (BPA Free) e traz isolamento térmico em isopor.

O revestimento interno de alta tecnologia mantém os alimentos na temperatura ideal por até 24 horas. As alças laterais embutidas e a alça de mão articulável auxiliam no transporte e manuseio da caixa térmica.

A tampa conta com uma trava de segurança e um design exclusivo, com porta-copos numerados. Assim, cada passageiro sabe qual é a sua bebida!

A caixa térmica com sistema de aquecimento

O grande diferencial desta caixa térmica para carro é a sua versatilidade. Além do design compacto e funcional, ela conta com duplo sistema, que permite tanto manter os alimentos refrigerados quanto aquecidos.

Com 24 litros de capacidade e alimentação por meio da tomada 12V do veículo, ela resfria a até 18 graus abaixo da temperatura ambiente. Se a sua intenção é manter os alimentos sempre quentinhos, ela atinge os 55ºc.

O painel de operação indicador de frio ou quente e a bolsa lateral para armazenamento, equipada com alça, tornam o uso e o transporte muito mais cômodos e práticos.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre a caixa térmica para carro

A caixa térmica para carro é um complemento que torna todas as viagens mais práticas e confortáveis. Para tanto, é preciso de informar bem antes da compra, para ter certeza de estar fazendo a melhor escolha. Nesta seção, vamos mostrar todos os detalhes sobre este utensílio e suas vantagens. Vamos lá?

Caixa térmica para carro

Existem diferentes tipos de caixa térmica para carro, desde as elétricas até os modelos com isolamento em isopor. (Fonte: Lightfieldstudios: 86092519/ 123rf.com)

Quais os tipos de caixa térmica para carro?

todos os tipos de caixa térmica para carro cumprem a mesma finalidade: manter frescos os alimentos e bebidas que estão acondicionados ali. No entanto, algumas características diferenciam umas das outras. Por isso, preparamos um breve resumo sobre os distintos tipos de caixa térmica mais comuns no mercado:

  • Caixa térmica com compressor: este tipo de caixa é normalmente o mais potente. Tem funcionamento semelhante ao de um refrigerador doméstico e consegue atingir temperaturas de até 22 graus abaixo de zero. Ela geralmente é bem maior do que outros modelos, com capacidade que pode ultrapassar os 100 litros;
  • Caixa térmica elétrica: os modelos elétricos são os mais versáteis. Isso porque muitos modelos têm a particularidade de, além de refrigerar, manter os alimentos e bebidas aquecidos. Essas caixas térmicas costumam ser mais leves — e mais baratas — do que as anteriores, de compressor. Em geral, permitem que os alimentos esfriem entre 20 e 30 graus abaixo da temperatura ambiente, e sejam aquecidos a até 60 graus acima;
  • Caixa térmica híbridas: este tipo de caixa térmica reúne características tanto do modelo a compressor quanto do equipamento elétrico. Assim, o funcionamento depende da fonte de alimentação: quando se usa corrente contínua, a caixa térmica funciona como uma mini geladeira termoelétrica. Por outro lado, quando alimentada por corrente alternada, funcionará como um cooler de compressor;
  • Caixa térmica de grande capacidade: é o tipo de equipamento que pode ultrapassar 200 litros de capacidade. Estas caixas térmicas, no entanto, não são as mais adequadas para um carro convencional, por conta do grande espaço que ocupa. Este é o modelo ideal para quem deseja equipar o trailer de viagem ou vai para a estrada pilotando um motorhome.

Qual a capacidade de resfriamento de uma caixa térmica para carro?

Não existe uma única resposta para esta pergunta, já que esses valores dependem de cada modelo. Basicamente, existem dois tipos de caixa térmica para carro, divididos de acordo com a sua capacidade de resfriamento.

Por um lado, temos as caixas que dependem da temperatura ambiente. Por outro, estão aquelas cuja temperatura mínima é sempre a mesma. Neste caso, a capacidade de resfriamento não é significativamente influenciada pela temperatura ambiente.

Já no primeiro tipo, há opções que conseguem manter os alimentos refrigerados a cerca de 30 graus abaixo da temperatura ambiente. O segundo tipo de refrigerador é mais potente, geralmente a compressor. Neste caso, pode atingir temperaturas de cerca de 20 graus abaixo de zero.

foco

As primeiras caixas térmicas eram feitas integralmente em isopor. Ao contrário dos modelos atuais, elas apenas mantém a temperatura interna por algumas horas. Para isso, é necessário colocar cubos de gelo no interior da caixa.

Quais as vantagens de uma caixa térmica para carro?

A principal vantagem de uma caixa térmica para carro é, sem dúvida, contar com alimentos frescos e bebidas geladas sempre que desejar ao longo de toda a viagem. Ter a opção de parar em uma sombra à beira da estrada e saborear um sanduiche fresquinho é ótimo, mas não é a única vantagem deste utensílio. Observe:

Vantagens
  • Permite manter os alimentos e bebidas sempre refrigerados
  • Alguns modelos têm a poção de tambpem aquecer os alimentos ou, pelo menos, mantê-los aquecidos
  • Funciona com a energia do próprio veículo
  • Existem opções compatíveis com baterias externas
  • Algumas caixas térmicas incluem a opção de conectar à corrente 110 ou 220V
  • Há opções muito versáteis, que permitem mudar o sistema de refrigeração e alimentação
  • Muitos modelos conservam o frio durante um bom tempo, mesmo após desligado
Desvantagens
  • A maioria dos carros apenas transmitem energia por meio da tomada de 12V. Por isso, a caixa térmica só se mantém ligada enquando o veículo está com o motor em funcionamento ou quando dispõe de uma fonte alternativa de alimentação

Qual é a fonte de alimentação de uma caixa térmica para carro?

A fonte mais comum de energia para a caixa térmica para carro são as tomadas de 12 ou 24V. De maneira geral, este utensílio é sempre conectado ao acendedor de cigarros do veículo. Porém, existem modelos que também oferecem a possibilidade de ligar o aparelho a uma tomada de corrente alternada — 110 ou 220V.

As tomadas de corrente alternada são úteis para usar em casa, hotéis e outros locais, como campings que contem com estrutura de energia elétrica. Ainda que a maioria dos modelos não incluam esse tipo de conexão, é possível usar um transformador de voltagem, que deve ser adquirido separadamente.

Mas fique atento! Antes de fazer isso, é altamente recomendável que você leia as especificações do fabricante com atenção e tenha certeza de que o modelo escolhido é compatível com esse tipo de corrente.

Quais os cuidados básicos no uso de uma caixa térmica para carro?

Como já comentamos, a caixa térmica para carro é um complemento muito prático para todas as viagens. No entanto, é importante adotar alguns cuidados básicos na hora do uso e do transporte.

Pensando nisso, elaboramos esta lista com algumas das precauções mais importantes. Com atenção a estes pequenos hábitos, você vai garantir maior durabilidade e mais segurança no uso da sua caixa térmica.

  1. Quando o equipamento é conectado à tomada de 12V do veículo, é importante garantir que a bateria do carro não seja descarregada. Se o automóvel ficar sem carga, além de precisar de ajuda para seguir viagem, pode haver danos ao motor, à bateria e à própria caixa térmica;
  2. No caso das caixas com compressor, é bom evitar abrir e fechar a tampa repetidamente. Toda vez que alguém faz isso, o mecanismo de refrigeração entra em funcionamento. Assim, o consumo de energia será muito maior;
  3. Quando desligar o equipamento da corrente elétrica, tenha atenção aos alimentos armazenados. Muitos modelos conservam a temperatura por um tempo considerável após serem desligados. Mas é fundamental ter cuidado com os alimentos que podem estragar;
  4. Enquanto estiver dirigindo, sua prioridade deve ser sempre a atenção à estrada. Em hipótese alguma tente pegar algo na geladeira durante o trajeto. Estes segundos de distração podem ter sérias consequências no trânsito.

Caixa térmica para carro

Normalmente, a caixa térmica é conectada à tomada de 12V do carro. No entanto, é possível usar outras fontes de energia. (Fonte: Kondratiev: 121164154/ 123rf.com)

Critérios de compra

A sua caixa térmica pode se tornar uma grande companheira. Além de garantir bebidas e alimentos frescos durante as viagens de carro, ela pose ser usada no acampamento e em piqueniques, por exemplo. Porém, antes da compra, é importante dar atenção a alguns critérios que podem ser determinantes para o bom uso deste equipamento. Veja os itens que destacamos:

Potência de refrigeração

Uma das primeiras coisas a considerar é a potência de resfriamento da sua nova caixa térmica para carro. Os modelos mais potentes são os mais indicados. Isso porque, nestes casos, a temperatura mínima não é influenciada pelo calor externo.

Como vimos há pouco, alguns modelos podem atingir até 20 graus abaixo de zero. Outros, por outro lado, dependem do clima ambiente. Em condições amenas, eles conseguem refrigerar 30 graus abaixo da temperatura externa.

Caixa térmica para carro

O tamanho e a capacidade da caixa térmica são alguns dos fatores que devem ser levados em conta na hora da compra. Estes critérios influenciam o espaço que ela ocupa no veículo e a quantidade de alimentos que podem ser transportados. (Fonte: Lightfieldstudios: 102892158/ 123rf.com)

Fonte de alimentação

Este é um dos fatores que devem estar muito claros na hora da escolha de uma caixa térmica para o seu carro. A maioria das opções, como dissemos, conta com alimentação por meio da tomada de 12V, do próprio veículo.

No entanto, existem outras formas de manter o equipamento em atividade. E, antes de comprar, vale a pena pensar em cada um deles.

  • Tomada do carro: é uma das ligações mais frequentes. Sua voltagem é geralmente de 12 ou 24 volts;
  • Corrente alternada: alguns equipamentos também podem funcionar alimentados pela corrente alternada. Na maioria das vezes, este tipo de alimentação é uma alternativa à corrente elétrica do veículo. Em geral, os modelos que não incluem essa opção costumam ser compatíveis com transformadores de corrente e voltagem que permitem o uso da caixa térmica conectada à tomada padrão. Porém, é preciso certificar-se sobre este recurso para evitar danos ou sobrecarga;
  • A gás: outra alternativa, apesar de pouco comum, são os aparelhos movidos a gás. Como regra geral, este tipo de caixa térmica incorpora também as duas opções anteriores de alimentação;
  • Outros tipos: alguns modelos de refrigeradores de carro incluem a possibilidade de conexão a baterias externas. Há, ainda, os que possuem uma bateria interna, recarregável.

Tamanho

O tamanho de uma caixa térmica para carro varia de acordo com o modelo. Este é um ponto que merece atenção, pois a caixa precisa ser adequada ao tamanho do seu veículo, para garantir o conforto dos passageiros.

Se seu carro for pequeno, dê preferência para os modelos mais compactos. No mercado, há opções de caixas com cerca de 30 centímetros de altura, 20 de comprimento e 40 de largura.

Já para os veículos mais espaçosos, com mais pessoas à bordo e em viagens mais longas, pode ser interessante contar com um equipamento maior. Neste caso, você consegue encontrar, no mercado, modelos com mais de 50 centímetros de cada lado.

Capacidade

Esta característica da caixa térmica influencia a quantidade de alimentos e bebidas que podem ser mantidos dentro dela. Alguns modelos têm uma capacidade um pouco reduzida — em torno de 8 litros —, o que já resulta útil, dependendo do percurso e do número de passageiros.

Os modelos mais utilizados costumam ter entre 20 e 30 litros de capacidade. Mas existem também os modelos que são quase uma geladeira, com capacidade entre 80 e 100 litros. É importante planejar a quantidade de alimentos necessária para escolher de acordo com as suas necessidades.

Versatilidade

Um dos primeiros pontos que destacamos neste artigo foi a versatilidade de alguns modelos de caixa térmica para carro. Por esta razão, não podemos deixar este critério passar em branco. Algumas caixas, além de refrigerar, também permitem aquecer os alimentos armazenados.

Esta opção pode ser muito interessante, dependendo da época do ano e das necessidades dos passageiros, ela pode ser até mais relevante que o resfriamento. Portanto, se puder dar preferência por um modelo que traga essa função, você só tem a ganhar.

Além disso, quanto mais modos de alimentação e configurações distintas a caixa térmica tiver, mais versátil e prática ela será.

Resumo

A esta altura do nosso guia, você tem quase tudo o que precisa para a próxima viagem. Depois de finalizar seu carrinho de compras, já pode conferir o roteiro e acabar de arrumar as malas, enquanto aguarda a chegada da sua caixa térmica. Com ela, as frutas fresquinhas e a água sempre gelada vão pegar carona na sua aventura.

Esperamos que ao longo deste artigo, tenhamos esclarecido todas as suas dúvidas sobre as vantagens de uma boa caixa térmica para carro. Mostramos os tipos de refrigeração, os cuidados básicos de uso e conservação e os benefícios de contar com este utensílio em suas viagens. Deixamos, também, algumas dicas de pontos que são importantes, para observar na hora da compra.

Se este material foi útil para você, agora só falta escolher seu modelo preferido e contar com a melhor caixa térmica para o seu carro. Fique à vontade para compartilhar este conteúdo com seus amigos de estrada! Um abraço!

(Fonte da imagem destacada: Lightfieldstudios: 102085978/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?