bebê no carrinho
Ultima atualização: 14 de setembro de 2020

Como escolhemos

14Produtos analisados

15Horas investidas

3Estudos avaliados

72Comentários coletados

Sair de casa com o bebê, seja para um passeio ao ar livre para pegar um pouco de sol ou para aquelas compras rápidas na feira, pode ser um grande transtorno. Montar e desmontar o carrinho, com todos os seus acessórios e componentes, leva um tempo que faz perder a vontade de ir para a rua. Mas isso pode ser mais simples. Para isso, basta um carrinho de bebê leve e compacto.

Se você não sabe bem se esta é uma boa ideia, aqui é o lugar ideal para acabar com suas dúvidas. Nos próximos parágrafos, vamos falar sobre as indicações, os modelos mais seguros e o que observar na hora de comprar o carrinho mais prático para o seu dia a dia com o bebê. Preparada? Então, já vamos começar!




O mais importante

  • O passeio é um ótimo momento para estreitar os laços com o seu filho. Os momentos reservados para desfrutar da luz do sol e do ar puro não podem ser prejudicados pelo estresse de montar e desmontar o carrinho de bebê.
  • Um carrinho de bebê leve e mais compacto é desenhado especialmente para garantir comodidade durante as saídas, tanto para o pequeno quanto para os pais.
  • Nem todo carrinho de bebê leve e pequeno é seguro e confortável. Por este motivo, vale a pena avaliar com cuidado alguns critérios como a forma de montagem, os dispositivos de segurança e os cuidados de manutenção necessários.

Os melhores carrinhos leves de bebê: nossos favoritos

Se você é "marinheiro de primeira viagem", é muito provável que tenha escolhido, na hora de montar um enxoval, um carrinho com muitos recursos. O problema é lidar com todos eles no dia a dia! Pensando nisso, fizemos uma busca pelos modelos de carrinho de bebê mais leves — e mais vendidos! — de 2020. Veja o que encontramos:

O carrinho tipo guarda-chuva mais acessível

Com estrutura leve e resistente, este carrinho garante praticidade na hora de montar e desmontar, com fechamento tipo guarda-chuva através de um sistema com duas travas. Além disso, ele conta com manoplas emborrachadas, para facilitar a condução do carrinho durante os passeios.

Confortável para o bebê, ele pode ser usado com ou sem cobertura e possui cinto de segurança com 5 pontos de apoio, para garantir mais segurança.

O carrinho leve com barra de proteção frontal

Este carrinho de bebê da Chicco une praticidade para os pais com muito conforto e segurança para o bebê. O encosto pode ser totalmente reclinado e ajustado para 4 posições diferentes. Além do cinto de 5 pontos, ele conta com uma barra frontal que aumenta a segurança durante a caminhada.

Com fechamento tipo guarda-chuva, ele fica muito compacto quando fechado e conta com uma alça lateral que permite carregá-lo como uma maleta.

O carrinho de bebê leve com design mais esportivo

O carrinho de bebê Moving Light pode ser utilizado por bebês desde o nascimento até os 15 quilos. Sua regulagem do assento possui a reclinação total para que o bebê possa ficar bem confortável e seguro, mesmo nos primeiros dias de vida.

Com design diferenciado, ele conta com rodas maiores e apenas uma na dianteira, o que proporciona mais estabilidade durante os passeios, ele tem tecido com fator de proteção solar 50+ e porta-objetos na parte inferior.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre um carrinho de bebê leve

Como você pode ver, existem muitos carrinhos de bebê que são fáceis de transportar, montar e desmontar. Mas, algumas dúvidas não se resolvem em um simples olhar, não é mesmo?

Por esta razão, a partir de agora você pode conferir as respostas para as perguntas mais frequentes feitas por compradores on-line. Esperamos que possam ajudar na sua decisão também!

casal e bebê dando um passeio no parque

Um carrinho leve de bebê é especialmente desenvolvido para garantir conforto durante as saídas, tanto para o pequeno quanto para os pais. (Fonte: Prostooleh: 121241873/ 123rf.com)

Por que é mais prático contar com um carrinho leve de bebê?

Se esta é a escolha da maioria dos pais, algum motivo deve haver! Sim, há razões concretas pelas quais é muito mais prático contar com um carrinho de bebê leve e fácil de transportar para usar no dia a dia com o seu filho. Para esclarecer, listamos, a seguir, as principais vantagens deste modelo:

  • O primeiro e mais evidente motivo é o fato de ser mais leve que os modelos tradicionais: este ponto faz diferença desde o primeiro uso do carrinho. Além disso, estes modelos são mais fáceis de abrir e fechar, mais práticos e confortáveis até mesmo para subir escadas;
  • É muito fácil de manusear: não importa o caminho que você vai fazer ou qual será o meio de transporte. Este tipo de carrinho de bebê, por ser mais compacto, pode ser usado em locais com mais pessoas e espaços pequenos, sem complicações;
  • Pode ser facilmente transportado: mesmo que você esteja com o porta malas cheio de coisas, ainda assim vai ser possível encaixar o carrinho de bebê leve entre a bagagem. Muitos modelos parecem até com guarda-chuvas, de tão compactos que ficam quando desmontados;
  • É durável e acessível: a maioria dos modelos têm valor muito mais acessível do que o de um carrinho de bebê convencional. Mais que isso: por serem compostos por mecanismo simples, costumam ter durabilidade bem maior. Com isso, você provavelmente não vai precisar trocar de carrinho desde o nascimento do bebê até quando ele já estiver caminhando sozinho;
  • É confortável para os pequenos: com estrutura que permite ao bebê ficar bem acomodado, este modelo ainda tem outra vantagem. Por ser mais aberto, ele permite que a criança possa ver e interagir com o seu entorno, estimulando os sentidos e o desenvolvimento do bebê.

Para quem já tem um modelo tradicional, o carrinho leve é necessário?

Esta é, provavelmente, umas das perguntas mais repetidas por muitos pais. A verdade é que os dois tipos de carrinhos têm diferenças importantes entre si. São elas que determina, a necessidade de cada um dos modelos. Para ilustrar, preparamos a tabela a seguir com as diferenças entre um carrinho tradicional (1) e um carrinho leve de bebê:

Características Carrinho de bebê leve Carrinho tradicional
Portabilidade Pequeno e ajustado, ideal para levar no carro e até no ônibus Maior, não se dobra totalmente
Dimensões Não muito largo, permite inclusive andar por espaços estreitos Costuma ser mais largo e acaba sendo incômodo em algumas situações
Comodidade Leve e prática de usar para os pais. Além disso, conta com todas as características que garantem o conforto do bebê Muito confortável para o bebê, mas não tão prática para os pais
Facilidade de manusear O peso e o tamanho o tornam muito mais fácil de montar, desmontar e carregar em qualquer situação Não permite certos movimentos por ser mais robusto
Desenvolvimento do bebê Permite ver o entorno e interagir com ele durante os passeios A criança não vê os locais por onde passa, pois o carrinho tem as laterais mais fechadas

Diante de todos estes pontos, é possível perceber que, mesmo que você já tenha um carrinho tradicional, contar com um modelo leve vai trazer mais praticidade para seus passeios com o bebê. É por este motivo que muitos pais acabam "aposentando" os grandes carrinhos para usar apenas os mais leves e compactos no dia a dia.

Todos os carrinhos leves de bebê são iguais?

Não, nem todos os modelos têm as mesmas características e funcionalidades, como você pode conferir na nossa seleção de produtos, há pouco. A oferta é muito variada e a inovação neste segmento não para.

Ainda assim, é possível diferenciar os tipos de carrinho de bebê leves em alguns grupos distintos, como você confere na sequência:

  • Carrinho de passeio ou padrão: é o mais comum, amplamente utilizado. Na realidade, ele é chamado de "padrão". Isso porque ele é que melhor atende às características da categoria, cumprindo todas as funções que descrevemos na tabela anterior;
  • Carrinho para pais esportistas: este modelo e aconselhado para quem gosta de corrida e quer aproveitar este momento para passear com o pequeno. Tem rodas maiores e, portanto, mais estabilidade. Alguns modelos contam com três rodas para aumentar a liberdade de movimentos;
  • Carrinho tipo guarda-chuva: é o modelo mais leve e prático. Muito recomendado para quem usa transporte público, ele geralmente pesa menos de cinco quilos e, quando desmontado, fica praticamente do tamanho de um guarda-chuva;
  • Carrinho para gêmeos: desenvolvido para garantir o conforto individual de cada bebê de forma independente, ele é compacto e traz mai praticidade para os pais durante o transporte, apesar de, por motivos óbvios, não ser tão leve quanto o modelo padrão.
bebê empurrando carrinho

Um carrinho de bebê leve, além do peso confortável, é fácil de abrir e fechar e muito confortável de carregar, mesmo em escadas ou espaços estreitos. (Fonte: Pokrovsky: 46167674/ 123rf.com)

A partir de que idade é possível usar um carrinho leve de bebê?

Esta é uma questão que merece atenção dos pais. Saber a hora certa para adotar o carrinho é fundamental para que o pequeno possa desfrutar de seus passeios (2). Embora existam modelos projetados para o uso desde recém-nascido, a idade recomendada é de quatro a seis meses.

Neste momento, o bebê já terá maior capacidade de movimento e vai aproveitar melhor as vantagens de um maior campo visual e, consequentemente, os estímulos ao seu redor.

Em relação aos carrinhos que podem ser utilizados por recém-nascidos, é importante que, antes de escolher, você tenha certeza de que o modelo atende a alguns requisitos, sobretudo no que diz respeito à segurança. É essencial, por exemplo, que ele se adapte ao tamanho da criança.

Como tirar o melhor proveito do carrinho de bebê leve?

Agora que você já conhece os diversos tipos de carrinho e, possivelmente, tem em mente o modelo ideal para o seu bebê, pode pensar sobre a melhor forma de utilizar este recurso para garantir toda a segurança, praticidade e estímulo ao seu pequeno.

Pensando nisso, decidimos elencar alguns conselhos que podem ser úteis na sua rotina de passeios com o bebê (3). Confira:

  1. Escolha bem quando começar o uso do carrinho: para os pequenos será uma grande mudança. Portanto, se você quer que ele se adapte corretamente, reserve um dia com bom tempo para caminhar;
  2. Depois de entrar na rotina da caminhada, não pare com essa prática (a menos que seja por uma causa maior, claro). Para o bebê, é um momento de diversão. Por isso, mesmo em dias frios, capriche no agasalho e saia para o passeio;
  3. Cuide bem do carrinho: quanto melhor for o estado dele, mais seguro será para o pequeno — e mais prático para você! —;
  4. Procure adaptar os horários do passeio à época do ano: no inverno é melhor sair quando o sol estiver mais alto. Já no verão, o mais indicado é fazer a caminhada nas primeiras ou nas últimas horas do dia.

mãe carrinho com dois filhos

Os carrinhos para gêmeos são desenvolvidos para o conforto de cada um dos bebês, de forma independente, e para a comodidade dos pais durante o transporte. (Fonte: Famveldman: 30780010/ 123rf.com)

Critérios de compra

Chegamos ao momento de decidir qual o melhor carrinho de bebê para os passeios com seu pequeno. Esta é a hora de avaliar os critérios que podem ser determinantes para garantir o uso confortável e seguro do carrinho. Por isso, vale a pena dedicar alguns minutos para certificar-se sobre os seguintes aspectos:

Adaptação

O primeiro e mais importante ponto é que o carrinho seja adequado para o seu bebê. Na prática isso significa que as dimensões e o peso suportado pelo modelo deve estar de acordo com a idade e o tamanho do seu filho.

Além disso, é preciso garantir que o bebê já está pronto para usar este tipo de carrinho. Para tanto, você pode observar se ele (2):

  1. É capaz de sustentar a cabeça;
  2. Pode se manter sentado (no sofá, no berço ou no chão);
  3. Fica incomodado e apertado no bebê conforto;
  4. Pede que você o levante quando está deitado;
  5. Sente curiosidade pelo mundo que o cerca.
familia andando na rua

Com um carrinho de bebê leve e compacto, é possível caminhar por caminhos e ruas estreitas, o que trará mais conforto e possibilidades de passeios. (Fonte: Yeulet: 93401980/ 123rf.com)

Segurança

Sem dúvida alguma, a segurança é um critério que deve estar sempre em mente (4). Para isso, voc~e pode considerar três pilares fundamentais: o cinto (ou barra frontal), as rodas e os freios. Em primeiro lugar, o carrinho deve ter um sistema de contenção resistente e confortável para a criança.

No que diz respeito às rodas, a maioria dos modelos conta com quatro, mas também é possível encontrar alguns com três rodas. Apesar de conferir a mesma estabilidade, os carrinhos com três rodas permitem maior liberdade de movimento. O tamanho delas também é importante: quanto maiores, melhor!

Já com relação aos freios, eles podem ser diferenciados em três tipos, basicamente. Para facilitar sua decisão, deixamos uma breve descrição de cada um deles logo abaixo:

Tipo de freios Características
Freios a pedal Geralmente é composto por uma trava — que é acionada com o pé — e mantém as rodas traseiras travadas. Alguns modelos contam com o freio em apenas uma das rodas, mas ele atua nas duas
Freios a disco Encontrado nos modelos mais esportivos, este tipo de freio atua nas quatro rodas do carrinho
Freios de barra Trata-se de uma única barra que é acionada sobre as duas rodas traseiras e as mantêm travadas

Comodidade

Este ponto é crucial, já que todos desejam manter o filho sempre à vontade e confortável. Por este motivo, verificar os materiais e acabamento do carrinho é um cuidado fundamental para garantir que o bebê se sinta confortável enquanto passeia.

No entanto, a comodidade também deve ser observada sobre o ponto de vista da praticidade para os pais. Montar e desmontar o carrinho, e carregá-lo no carro ou no transporte público, pode ser um transtorno se a escolha não for bem feita.

Neste sentido, vale a pena avaliar o tipo de montagem antes de decidir qual é o modelo mais adequado:

Tipo de montagem Característica
Dobra tipo livro Normalmente é dobrado em duas partes. Estes são os modelos mais pesados e que ocupam o maior espaço quando desmontados
Dobra tipo guarda-chuva É o mais compacto e leve. Quando desmontado, ocupa quase o mesmo espaço de um guarda-chuva, sombrinha ou guarda-sol
Dobra telescópica ou sanfona Ainda que seja mais pesado que o modelo guarda-chuva, este possui assento mais largo, o que torna o uso mais confortável para o bebê

Ainda falando sobre a praticidade no dia a dia., vale a pena procurar por modelos que tenham ganchos, cestas ou telas que permitam acomodar os itens do bebê, como água, fraldas e mamadeira. Parece superficial, mas pode fazer a diferença durante as caminhadas.

Manutenção

Para finalizar, vamos falar sobre a manutenção do carrinho de bebê. Mantê-lo nas melhores condições possíveis é essencial para prolongar a vida útil e garantir o conforto e a segurança do seu pequeno. Por isso, se o modelo contar com facilidades para sua conservação, tanto melhor!

Desta forma, antes da compra, lembre-se de verificar os seguintes aspectos:

  • A capa do assento deve ser lavável: dê preferência para os tecidos que podem ir à máquina de lavar;
  • O material da "carcaça" do carrinho deve ser resistente, durável e fácil de limpar: isso ocorre na maioria dos modelos, mas vale certificar-se;
  • Os acessórios devem ser de fácil manuseio: quanto mais partes puderem ser desmontadas na hora da higienização, mais fácil será este processo.

Resumo

Os filhos crescem muito rápido! Por isso, não vale a pena perder preciosos minutos montando equipamentos complexos para uma simples caminhada. Em vez disso, contar com um carrinho de bebê leve e compacto vai ser a garantia de que você terá mais tempo e disposição para estar próximo ao seu pequeno.

Ao longo destes parágrafos, mostramos como um carrinho leve pode modificar a rotina de passeios com seu filho. Falamos sobre os tipos mais comuns e os cuidados tanto na hora de usar quanto no momento de escolher o modelo ideal para a idade, o desenvolvimento do seu filho.

Enfim, esperamos que nossas dicas sejam úteis para que você encontre um carrinho de bebê leve e confortável para as suas caminhadas em família. Se você gostou, aproveite para compartilhar esse material com outros pais que possam se interessar. Um abraço e até breve!

(Fonte de la imagen destacada: Andreyavets: 118105981/ 123rf.com)

Referências (4)

1. Blanco E. Cómo transportar a tu bebé de forma segura. Dos Pediatras en Casa.
Fonte

2. Bermejo R. Cuándo pasar del capazo a la silla al bebé.
Fonte

3. Blanco E. Sal a pasear con tu bebé. Dos Pediatras en Casa.
Fonte

4. UNE-EN 1888-1:2019 Artículos de puericultura. Transportes de r... Une.org.
Fonte

Por que você pode confiar em nós?

Beatriz Cámara Redatora freelancer
Tem a tradução como vocação e a escrita como filosofia de vida. Acredita que os ingredientes fundamentais para um bom artigo são o rigor na informação com um toque de estilo. Escreve sobre cosméticos, beleza, paternidade e produtos para casa.
Vera Pereira Redatora/Editora
Jornalista, especialista em produção de conteúdo digital, tem na escrita a sua maior paixão. Adora investigar, apurar fatos e reconstruir histórias. Por isso, atua na pesquisa e adaptação dos conteúdos internacionais à realidade e legislação brasileiras.
Artigo informativo
Blanco E. Cómo transportar a tu bebé de forma segura. Dos Pediatras en Casa.
Ir para a fonte
Artigo informativo
Bermejo R. Cuándo pasar del capazo a la silla al bebé.
Ir para a fonte
Artigo informativo
Blanco E. Sal a pasear con tu bebé. Dos Pediatras en Casa.
Ir para a fonte
Artigo informativo
UNE-EN 1888-1:2019 Artículos de puericultura. Transportes de r... Une.org.
Ir para a fonte