Um cachorro aproveita bem mais um passeio quando corre com a língua de fora pelo campo, indo atrás da bolinha ou perseguindo pássaros. Porém, na cidade isso nem sempre é possível. Muitas vezes porque pode ser perigoso. Mas, com uma boa coleira para cachorros você consegue solucionar esse problema.

Isso porque uma coleira para cachorros de qualidade, seja o animal de pequeno, médio ou grande porte, oferece máxima mobilidade tanto para o cão quanto para você, além de tranquilidade. É para ajudá-lo a fazer parte desse seleto clube de tutores passeadores, e para que seu pet lata de alegria, que este guia sobre coleira para cachorros foi criado.

O mais importante

  • Passear com o cachorro usando uma coleira não é só uma questão de convivência (em muitas cidades é proibido deixar o cão solto em determinadas áreas), mas também é um assunto que influencia na segurança do próprio cão. Com o modelo adequado de coleira, você vai conseguir aproveitar o passeio sem comprometer a integridade de ninguém.
  • Existe uma grande variedade de coleiras para cachorros no mercado atualmente. Além disso, a quantidade de materiais disponíveis permite adquirir a coleira que melhor se adapte às suas necessidades. Por exemplo: as coleiras de metal são uma boa ideia se o seu cachorro ainda é filhote e morde tudo o que vê pela frente.
  • Você deve considerar também o caráter do cachorro. Um cão instável ou forte não combina com coleiras extensíveis. Por outro lado, se o cachorro é inquieto, mas se comporta bem, não tem sentido limitá-lo usando uma coleira curta. Considere este e outros critérios para poder comprar sempre a melhor opção.

As melhores coleiras para cachorros: Nossas recomendações

Com uma população mundial estimada em 500 milhões, os cães se tornaram o animal de estimação mais comum em nossa sociedade. Fiéis companheiros, acabam virando mais um membro da família. Com este lugar que ocupam, não é de se estranhar que existam muitas possibilidades quanto às coleiras para cachorros. Mas, quais são as melhores atualmente?

Coleira peitoral para que o cão fique à vontade

A primeira coleira que merece estar nesta lista é do tipo peitoral. Isso dá mais liberdade ao cão, que se sente mais cômodo pois ela não precisa ser usada no pescoço, e sim no corpo. Seu formato ainda é interessante pois evita puxões por parte do pet. Este modelo tem uma estampa bonita, com estrelas, lembrando o céu estrelado.

Opção de coleira retrátil

Se seu cão é tranquilo e educado, você pode atrever-se a comprar uma coleira extensível retrátil. Este modelo conta com trava de segurança, mede 3 metros e pode ser controlado usando apenas um botão que permite que o cão se afaste mais ou menos de acordo com o que você decidir.

Um modelo simples e econômico

Se o que você busca é uma coleira simples e barata, este modelo é ideal. Trata-se de uma coleira tradicional, passada pelo pescoço do cão e que será facilmente aceita por cachorros que já estão acostumados com este modelo. Está disponível em tamanho P e M e com estampa de um dos cachorros mais conhecidos do mundo: o Snoopy.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre a coleira para cachorros

Não, as melhores coleiras não são simples cordas presas ao seu peludo. Não mesmo! Por isso, mesmo conhecendo, na seção anterior, as melhores coleiras disponíveis na Amazon atualmente, ainda podemos esticar o tema um pouco mais. Provavelmente você ainda deve ter dúvidas sobre esse produto, certo? Então confira as questões a seguir para poder saná-las!

Cachorro com coleira ao lado de dono.

As coleiras metálicas para cachorros são ideais para usar em filhotes, que tendem a morder tudo. (Fonte: Podilnyk: VehdYPKnX8Y / Unsplash.com)

Por que comprar coleira para cachorros?

Os motivos que podem fazer você comprar uma das melhores coleiras para cachorros na Amazon são muitos. Em primeiro lugar está a questão legal. Em muitas zonas de algumas cidades brasileiras, como Vitória (ES), Rio de Janeiro (RJ) ou Campo Grande (MS) é proibido por lei passear com o cachorro solto.

Isso pode parecer chato, mas tem sua lógica: dessa forma, evitam-se possíveis problemas por ataques e, além disso, aumenta-se a segurança do animal. Mas, claro, uma boa coleira para cachorros tem que permitir controlar a situação o tempo todo. Apesar disso, a coleira não pode cortar totalmente a liberdade do pet.

Lembre-se de que a coleira deve ser um elemento positivo, para que vocês aproveitem juntos o passeio, sem contratempos; não deve ser uma ferramenta de submissão. É por isso que as coleiras extensíveis para cachorros acabam sendo tão atrativas.

Quais são as vantagens e as desvantagens de usar coleira para cachorros?

Além da questão da liberdade e da legislação, as coleiras para cachorros oferecem muitas vantagens, sem falar da quantidade de variedades de coleiras que existem – e que serão enumeradas na próxima seção.

Mas, de momento, vamos focar nos benefícios e inconvenientes que a coleira pode trazer a você e ao cachorro.

Vantagens
  • Dá segurança sem tirar a liberdade
  • É econômica
  • Algumas opções permitem levar dois cachorros de uma vez
  • Existem opções com diferentes comprimentos e para diferentes tamanhos de cachorros
  • Permite que o cachorro fique sob controle
  • Contém alças ergonômicas e fáceis de usar
  • Permite acoplar, na alça, os saquinhos para recolher as fezes
  • Muitas servem também para adestrar o cachorro
Desvantagens
  • Se não for de boa qualidade, tende a dar nó
  • Deve ser feita de material adequado para o cachorro

Quais são os tipos de coleira para cachorros que existem?

A quantidade de coleira para cachorros é enorme. Seria possível, até mesmo, escrever um texto dedicado a cada coleira e ampliar a lista. Além disso, algumas classificações são ambíguas, por isso, poderíamos categorizá-las ainda mais.

Para não haver desentendimentos, confira uma classificação simples e fácil de entender:

  • Coleira para cachorros tradicional: São coleiras convencionais, ou seja, sem nada de especial. Destacam-se por sua simplicidade e são ideais para passeios tranquilos e curtos. O material ideal a ser escolhido dependerá do peso e do caráter do seu pet (quanto mais energia e força ele tiver, mais resistente deve ser a coleira).
  • Coleira para cachorros extensíveis: Também chamada de coleira retrátil ou flexível, é uma boa opção caso você queira dar mais liberdade ao seu amigão, e isso sem abrir mão da segurança, já que possuem um sistema de bloqueio que permite liberar a corda paulatinamente. Geralmente, o tamanho é pequeno ou médio.
  • Coleira para cachorros multiposição: Esse tipo de coleira se define por si só. Trata-se de uma opção versátil que pode ser utilizada de diversas formas. Com isso, você pode levar o cachorro para passear tanto dando mais liberdade a ele quanto mantendo-o mais junto de você. É uma boa opção para praticar esportes com o cachorro sem perdê-lo de vista (ainda que, para isso, talvez seja melhor usar uma coleira elástica que possa ficar presa na sua cintura).
  • Coleira para cachorros de adestramento: Têm um comprimento menor e uma resistência maior. São ideais para ensinar bom comportamento ao cachorro, assim como ensiná-lo a caminhar ao seu lado. Se for usada com um cachorro grande, é recomendável que seja feita de náilon. No caso contrário (se for usá-la em filhotes), seria melhor uma de metal, pois assim eles não conseguem mordê-la.
Cachorro pequeno com coleira.

Uma coleira para cachorros extensível é ideal para sair para passear com seu cachorro sem limitar a liberdade dele. (Fonte: Silvana Carlos: G4nPF-hT8iQ / Unsplash.com)

Qual material é melhor em uma coleira para cachorros?

As coleiras para cachorros podem ser feitas de diversos materiais, como os já mencionados neste artigo.  Em mais de um momento durante a leitura você pôde entender quais são melhores coleiras em cada situação.

  • Coleiras de náilon: As coleiras de náilon são uma das melhores opções. Destacam-se porque são fáceis de usar e muito cômodas, mas são, também, resistentes. Além disso, há uma questão estética muito interessante, pois costumam ter cores e desenhos variados. Quanto à manutenção, podem ser lavadas sem problemas. A desvantagem? Se não têm uma boa alça, podem soltar da mão com certa facilidade, o que pode, também, acabar provocando alguma queimadura.
  • Coleiras de couro: As coleiras de couro para cachorros são muito resistentes e também elegantes. Porém, não são exatamente éticas (a não ser que sejam de couro sintético). Como você poderia levar um animal para passear usando um produto feito com a pele de outro animal? Se for escolher a coleira de couro, que seja sintética, já que a durabilidade e a facilidade de limpeza são praticamente iguais que as de uma coleira feita de couro genuíno.
  • Coleiras metálicas ou correntes: Esse tipo de coleira para cachorro é útil, principalmente, quando seu peludo é um filhote inquieto e brincalhão. Por quê? Nesta etapa da vida canina, é possível que seu pet tenha o costume de morder e brincar com tudo. Com uma coleira metálica para cachorros, você evita ter que comprar uma nova coleira constantemente. Esse material ajuda a fazer o filhote entender que a coleira não é um brinquedo.
Cachorro marrom com coleira.

As melhores coleiras para cachorros da Amazon oferecem a possibilidade de aproveitar os passeios com seu cachorro sem precisar gastar muito. (Fonte: Fonteneau: e4CGFDGkfZY / Unsplash.com)

Quanto deve medir uma coleira para cachorros?

Não existe uma medida apropriada. Tudo depende de como o seu cachorro é e do que você busca. Porém, pode-se dizer que as coleiras para cachorros, extensíveis ou não, de 3 a 5 metros, são as melhores, já que oferecem grande liberdade ao pet, mas sem permitir que ele chegue muito longe (o que sim acontece com as coleiras de 8 metros ou mais).

O importante, isso sim, é que a coleira não fique tensa. Lembre-se que o cão deve sentir certa liberdade, pois é esse o objetivo do passeio. Assim sendo, deixe a coleira sempre um pouco folgada para que o cachorro possa controlar o rumo para onde quer ir, mas que ao mesmo tempo permita que você o limite quando necessário.

Se você permitir que seu cachorro se sinta bem durante o passeio, ele não vai se importar de ter que andar preso na coleira!

Ana ManeiroVeterinária

“O cachorro não pode nunca dominar você; você é quem tem que dominá-lo. Se, para isso, é necessário puxar um pouco a coleira ou dizer, de forma séria, “vem aqui”, diga, porque, caso contrário, o cão não vai respeitar a sua vontade. As ordens devem ser repetidas até que sejam cumpridas e até que o animal não se esquive de você.”

Critérios de Compra

As coleiras para cachorros da Amazon se distinguem por sua variedade. Por isso, nem todas vão valer para seu peludo. Entre tantas possibilidades, não é de se estranhar que você fique confuso. Mas, calma! A seguir apresentamos os critérios-chave que você deve considerar para poder comprar a melhor coleira para cachorros de 2019.

  • Tamanho
  • Comportamento
  • Atividade
  • Desenho e comprimento
  • Material

Tamanho

Não será o mesmo se você tem um cachorro spitz alemão ou um mastiff francês. Nem todas as coleiras para cachorros do mercado aguentam cães com diferentes portes e diferentes quilos.

Se você comprar uma coleira que não aguente o tamanho do seu cachorro, poderá ter problemas, e não somente porque ela será incômoda para ambos, mas também porque pode se romper. Por isso, analise bem o modelo e verifique se ele se adapta ao seu cão.

Cachorro na praia com coleira.

As coleiras para cachorros podem ser úteis para adestrar seu peludo e ensiná-lo a se comportar. (Fonte: Wade Lambert: dQjyiJBbuU0 / Unsplash.com)

Comportamento

Junto com o tamanho, o caráter do seu pet é um fator-chave na hora de comprar uma coleira. Pode ser que o cachorro seja pequeno, mas, se for muito ativo, não vai se sentir cômodo com uma coleira que tire sua liberdade.

Porém, optar por uma coleira menos firme, que deixe o cachorro passear quase solto, pode acabar sendo prejudicial caso ele fique agressivo e decida correr.

Portanto, se seu cachorro tem um caráter agitado, somente se comporta quando está em casa ou fica muito animado quando vê outros cães, além de consultar um teólogo (especialista em comportamento canino), o recomendável é que você compre uma coleira para cachorros que permita passear com ele ao seu lado. No caso dos filhotes, por outro lado, as melhores opções costumam ser as metálicas.

Atividade

Se seu cachorro é tranquilo, mas gosta de explorar, não tem sentido usar uma coleira que o limite. Por outro lado, existem opções especialmente desenvolvidas para praticar esportes.

Muitas delas podem se ajustam a sua cintura. Se você costuma sair com seu cachorro para andar de bicicleta ou correr, compre uma coleira que se adapte a isso. O mesmo vale se vocês passeiam pelo bairro.

Passeando com cachorros.

Existem coleiras para cachorros que permitem levar dois cachorros ao mesmo tempo. (Fonte: Matt Nelson: aI3EBLvcyu4 / Unsplash.com)

Design e comprimento

O design da coleira pode ser um aspecto secundário (estético) ou primordial (por exemplo, quando tem uma alça ergonômica ou dependendo da forma como se engancha à guia).

Por outro lado, o comprimento dependerá do comportamento do seu cachorro ou do local por onde você deseja passear com ele. Se for na cidade, por exemplo, uma coleira de 3 metros é suficiente.

Seja qual for a sua escolha, tenha a certeza de que ela serve no cachorro sem ficar muito esticada.

Material

Esse aspecto está relacionado com a facilidade de limpar a coleira, assim como com sua resistência. Se você quer uma coleira para cachorros cômoda e barata, escolha uma de náilon.

Se, ao contrário, preferir uma que seja mais elegante, escolha uma de couro (preferencialmente sintético). As de metal costumam ser a melhor opção, como já dito, para os filhotes.

foco

Sabia que os cachorros têm um código genético 75% igual ao dos seres humanos?

Resumo

Passear com seu cachorro com uma coleira não é somente uma obrigação em algumas cidades brasileiras, mas é também uma aposta pela segurança. Ainda que conheça bem seu cachorro, você nunca sabe como ele pode reagir – principalmente diante de outras pessoas. Por isso, é mais seguro levá-lo para passear após adquirir uma boa coleira para cachorros.

Este artigo tentou abordar tudo que seja referente à coleira para cachorros. Além disso, a seção final foi dedicada aos critérios de compra essenciais para uma boa aquisição desse produto. Não esqueça de considerar o tamanho do seu pet, assim como o caráter dele e o design da coleira.

Se este artigo foi útil, compartilhe-o com outras pessoas que também estejam em busca de uma coleira para cachorros! Ou então, deixe o seu comentário.

(Fonte da imagem destacada: Jeffrey: sXrtpSe0rpo / Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

GUIA55
GUIA55
Redação
Os redatores do GUIA55 realizam pesquisas aprofundadas e escrevem artigos altamente informativos e de qualidade sobre os mais variados temas do seu interesse.

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
24 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...
4.5 24