A foto mostra cinco pilhas de moedas. Elas aparecem de forma crescente da esquerda para a direita, representando simbolicamente os juros compostos.
Ultima atualização: 4 de junho de 2021

Seja muito bem-vindo! Neste artigo nós vamos falar sobre o sonho e pesadelo de muitas pessoas: os juros compostos. Para isso, preparamos um material exclusivo que vai tirar todas as suas dúvidas sobre esse tipo de juros.

Além disso, vamos te ensinar a calculá-los e também a utilizá-los a favor de seus investimentos.

Está começando a investir? Este texto é para você. Está cheio de dívidas? Este texto também é para você. Prepare-se para muito conteúdo a partir de agora. Vamos lá?




Primeiro, o mais importante

  • Os juros compostos nada mais são do que os juros sobre juros. Os valores acumulados podem ser uma verdadeira bola de neve, seja para o bem ou para o mal.
  • A mágica dos juros compostos acontece ao longo dos anos. É por isso que quanto mais tempo o dinheiro estiver aplicado, mais vezes seu capital irá se multiplicar.
  • Os juros compostos são considerados a alegria de investidores e o terror dos devedores.

Juros compostos: tudo o que você precisa saber

A aplicação dos juros compostos, aliada ao fator tempo, pode trazer resultados que no início podem ser difíceis de acreditar. Essa curva ascendente, aliada a taxa de juros pode fazer uma diferença significante no quanto você recebe ou deve.

Por exemplo: as taxas de juros do cartão de crédito. Elas são extremamente altas. Portanto, quando você deixa de pagar alguma parcela, você sofre fortemente o efeito dos juros compostos.

É por isso que muitas vezes, o que começou com um valor pequeno de dívida, logo se torna uma verdadeira catástrofe.

No entanto, os juros compostos podem ser usados a seu favor. É isso que vamos te ensinar a partir de agora. Veja só:

A foto mostra várias moedas empilhadas, com um relógio caracterizando o tempo de fundo

Os juros compostos são considerados a alegria de investidores e o terror dos devedores. (Fonte: Pixabay / pexels.com)

Antes de mais nada, o que são juros compostos?

Os juros compostos nada mais são do que os juros sobre juros. Mas, o que isso quer dizer? Ao invés de os juros contabilizarem apenas o valor inicial, eles também incidem sobre o capital inicial + os juros acumulados dos meses passados.

Os juros compostos nada mais são do que os juros sobre juros.

É por isso que eles são considerados um sonho para os investidores e um pesadelo para os devedores.

Enquanto você investe, você enxerga o seu dinheiro crescer exponencialmente. No entanto, se você possui dívidas, eles podem te levar ao fundo do poço.

É por isso que é de extrema importância conhecer o que são os juros compostos e nunca se endividar nessa modalidade de juros.

Albert EinsteinFísico teórico, vencedor do Prêmio Nobel
"Juros compostos são a oitava maravilha do mundo. Aquele que entende, ganha. Aquele que não entende, paga."

Aprenda a calcular os juros compostos

Para calcular os juros compostos é muito simples. Nós vamos te passar a partir de agora a fórmula matemática utilizada para esse cálculo.

O Banco Central possui a Calculadora do Cidadão (1), que também pode te ajudar a realizar os cálculos.

Vamos lá:

M = C (1+i )ⁿ

Olhando assim à primeira vista pode parecer confuso. Mas nós explicamos tudo certinho para você.

  • M = Montante
  • C = Capital
  • i = Taxa Fixa
  • t = Período de Tempo

Ou seja, você aplicou um valor de R$10 mil por uma taxa de 1% ao mês, por um período de 24 meses. Com isso temos o seguinte cálculo:

M = 10.000 x (1 + 0,01) ^ 24 - note que o 1% se transformou em 1 dividido por 100 para conseguirmos utilizá-lo na fórmula.

M = 10.000 x 1,01 ^ 24

M = 12.697,35

Perceba que os R$2.697,35 foram gerados a partir dos juros compostos. Muito bom, não é mesmo?

A foto mostra um Homem mexendo no celular e computador ao mesmo tempo provavelmente analisando suas finanças

Com os juros compostos, quanto mais tempo o seu dinheiro estiver aplicado, mais vezes ele irá se multiplicar. (Fonte: Snapwire / pexels.com)

Diferença entre juros compostos e juros simples

A principal diferença entre os dois é que os juros simples incidem apenas sobre o capital inicial. Isso traz um resultado bastante diferente ao longo dos anos.

Veja só no exemplo a seguir:

Juros simples

Fórmula

Juros = capital inicial x taxa de juros x tempo

Exemplo de investimento: R$50 mil a 1% ao mês durante quatro anos.

Teríamos portanto: Juros = R$50.000 x 0,01 x 48

Juros = R$24.000

Com isso, você teria R$74 mil ao fim de quatro anos.

Juros Compostos

M = R$50.000 x (1 + 0,01) ^ 48

M = R$50.000 x 1,01 ^ 48

M = R$80.611,30

Percebeu a diferença nesse caso? Aqui você teria R$80.611,30 ao fim de quatro anos. Quase R$6 mil a mais, do que realizando os juros simples.

Saiba quais investimentos possuem juros compostos

Quem bom que você chegou até aqui. Pelo visto ficou interessado no desempenho dos juros compostos, não é mesmo? Então saiba a partir de agora, quais são os produtos que você encontra para investir que possuem essa rentabilidade de juros sobre juros.

A maioria deles são investimentos em Renda Fixa. Veja:

  • Tesouro Direto
  • CDB – Certificado de Depósito Bancário
  • LCI – Letra de Crédito Imobiliário
  • LCA – Letra de Crédito do Agronegócio
  • Ações – nesse caso, você deve reinvestir os dividendos.

Resumo

Quando bem utilizados, os juros compostos são um excelente aliado ao investidor. Como você viu durante o texto, a diferença de valores entre os juros simples e os compostos é bastante significativa.

Os valores acumulados podem ser uma verdadeira bola de neve, seja para quem investe, seja para quem está devendo. É por isso que você deve evitar qualquer tipo de dívida com cartão de crédito ou qualquer outra modalidade que cobre juros compostos.

Lembre-se: investimento é um pensamento a longo prazo. E os juros compostos começam a fazer realmente a diferença depois de vários anos. Portanto, tenha bastante paciência e deixe o dinheiro trabalhar por si.

Esperamos que tenha entendido o poder e a importância dos juros sobre juros. Fique à vontade para ler em nosso Guia mais artigos de seu interesse. Desejamos excelentes investimentos!

(Fonte da imagem destacada: reddogs /123rf.com)

Referências (1)

1. Clique para acessar a Calculadora do Cidadão.
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Site
Clique para acessar a Calculadora do Cidadão.
Ir para a fonte
Resenhas