Foto de um casal olhando para um caderno de anotações com semblante de preocupado. Na imagem ainda aparece uma calculadora e um porquinho de guardar dinheiro.
Ultima atualização: 17 de junho de 2021

Uma compra parcelada no cartão de crédito é considerada uma dívida. Você sabia? Isso mesmo! Uma pessoa endividada não é apenas aquela que possui empréstimos ou financiamentos. Parcelas a vencer de compras também são consideradas dívidas.

Dito isto, é correto afirmar que quem utiliza o cartão de crédito, provavelmente possui ou já possuiu dívidas ao longo da vida. Isso é um problema? Não, com certeza não! O problema é fazer essas dívidas e não ter condições financeiras de arcá-las.

Seja muito bem-vindo ao nosso Portal! Neste artigo, nós vamos falar sobre o perigo de atrasar as dívidas e ter o nome incluso nos serviços de proteção ao crédito. O famoso “nome sujo”. Mas, como fazer para limpar o nome? Nós vamos te ensinar!

Ficou interessado? Então continue a leitura e descubra como!




Primeiro, o mais importante

  • Negocie com a empresa que você deve. Peça um desconto à vista ou combine parcelas fixas mensais. Logo após o pagamento da primeira parcela, seu nome será retirado da lista de proteção ao crédito.
  • Com o nome negativado, você tem uma série de dificuldades, como: problemas ao abrir conta em banco e solicitar novo cartão de crédito; além disso, você pode ter problemas para ser contratado em um novo emprego; ser proibido de realizar concurso público, entre outras coisas.
  • Um planejamento financeiro é essencial para você ficar livre de novas dívidas.

Como limpar o nome: tudo o que você precisa saber

Como vimos no início do texto, é comum adquirir dívidas ao longo da vida. Por exemplo, quantas pessoas financiam o automóvel dos sonhos e a casa própria? Ou então, quantos realizam compras parceladas através do cartão de crédito?

Até aí tudo normal. O problema, é que sem um planejamento financeiro seguido à risca, você pode acabar atrasando o pagamento dessas contas. E o que acontece quando você fica sem pagar o que deve?

Seu nome fica negativado e vai parar nos serviços de proteção ao crédito, como: SPC, Serasa ou SCPC. E é aqui que mora o perigo. Você se encontra nessa situação? Não se desespere, vamos te mostrar um passo a passo para limpar o seu nome. Veja a seguir:

Foto de um casal fazendo contas

Um planejamento financeiro é essencial para você ficar livre de novas dívidas. (Fonte: Mikhail Nilov / pexels.com)

O seu CPF está negativado?

O primeiro passo é saber realmente se o seu nome está negativado, quanto você deve e para quem você deve. Para saber isso, você precisa consultar o seu CPF nos serviços de proteção ao crédito.

Vamos deixar as três opções de consulta para você:

  • SPC Brasil – Você pode realizar a consulta do seu CPF gratuitamente, através do portal do SPC Brasil (1)
  • Boa Vista SCPC – Outra opção de consulta é a do Consumidor Positivo, da SCPC (2)
  • Serasa – Talvez uma das opções de busca mais conhecidas, a Serasa confere gratuitamente o seu CPF e de quebra ainda mostra o seu score de crédito. (3)

Que tal negociar a sua dívida para um pagamento à vista?

Caso o seu nome esteja realmente negativado, o próximo passo é fazer de tudo para quitar essa dívida. A primeira sugestão é a de procurar a empresa que você está devendo.

Tente negociar uma forma de pagamento que seja boa para as duas partes.

A sugestão aqui é conseguir um desconto bem alto para um pagamento à vista. Nesse caso, se o desconto for bem alto, vale à pena estudar algum tipo de empréstimo com juros mais baixos do que os da dívida.

Na maioria das vezes, as parcelas do empréstimo saem mais baratas do que a dívida acumulando todos os meses.

Você também pode tentar parcelar a sua dívida

Por outro lado, parcelar o total em parcelas fixas também pode ser uma boa escolha.

Vale ressaltar que caso essa opção seja escolhida, o seu nome é retirado dos serviços de proteção de crédito logo após o pagamento da primeira parcela.

Portanto, vamos supor que você esteja devendo para duas empresas um total de R$5 mil. Você não tem esse valor para quitar, certo? No entanto, fez uma negociação para pagar a dívida parcelada. Juntos, os boletos da dívida somam R$300,00 no mês.

Ou seja, você limpou o seu nome pagando R$300,00, de uma dívida de R$5 mil. É aí que vem o próximo passo. Um bom planejamento financeiro para continuar com os pagamentos em dia.

Um bom planejamento financeiro é fundamental

É necessário que você saiba exatamente quanto você gasta todos os meses. Com esses dados em mãos, você conseguirá se organizar financeiramente.

Após negociar a sua dívida, tenha o pagamento dela como prioridade. Afinal, se você atrasar o pagamento novamente, seu nome voltará aos órgãos de proteção.

Saiba que nesse caso, fazer novos acordos será muito mais difícil. Portanto, somente renegocie a sua dívida, se você souber que vai conseguir pagar.

Por que devo limpar meu nome?

Os motivos para você ter o nome limpo são vários. Com o nome negativado você encontrará diversos obstáculos. Listamos a seguir alguns deles, veja:

  • Dificuldade para abrir conta bancária, solicitar empréstimos e cartão de crédito
  • Problemas para se matricular ou renovar matrícula na faculdade
  • Você pode ser proibido de participar de Concursos Públicos
  • Ser recusado em um novo emprego

Resumo

O nome negativou, e agora? A saída mais inteligente é quitar as dívidas o quanto antes. Como você viu ao longo do texto, negociar com a empresa que você deve é o melhor a se fazer.

Seja solicitando um desconto para pagamento à vista, seja para o pagamento em parcelas fixas. O importante é que seu nome saia da lista de negativados.

Lembre-se: um bom planejamento financeiro é fundamental para você. Nunca comprometa mais do que 30% da sua renda com empréstimos ou financiamentos e guarde todos os meses, pelo menos, 10% para sua reserva de emergência.

Com planejamento e organização, você conseguirá ficar longe de novas dívidas. Boa sorte!!!

(Fonte da imagem destacada: tomwang /123rf.com)

Referências (3)

1. Clique para acessar o portal do SPC Brasil
Fonte

2. Clique parar te acesso ao Portal do SCPC
Fonte

3. Clique para consultar seu Score de Crédito no site da Serasa
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Site SPC
Clique para acessar o portal do SPC Brasil
Ir para a fonte
Site SCPC
Clique parar te acesso ao Portal do SCPC
Ir para a fonte
Site Serasa
Clique para consultar seu Score de Crédito no site da Serasa
Ir para a fonte
Resenhas