Headphones on a Dj mixer
Ultima atualização: 26 de março de 2020

Como escolhemos

Products

11Produtos analisados
Hours

17Horas investidas
Studies

3Estudos avaliados
Comments

54Comentários coletados

Todo mundo que é apaixonado por música e, mais ainda, em colocar todo mundo para dançar, já deve ter pensado, pelo menos uma vez, em seguir a carreira de DJ. Aproveitar as melhores festas, ao som dos hits do momento, pode ser prazeroso e rentável. Se você já atua ou está pensando em se tornar um profissional, sabe bem que uma boa controladora DJ é essencial para ter sucesso nesse caminho.

Esse equipamento é o que permite ao disc jockey criar mixagem de músicas, inserir efeitos de áudio e até, interagir com o público. Nos próximos minutos, faremos um mergulho no animado e envolvente universo musical. Aqui, vamos apresentar tudo o que você precisa saber sobre a controladora e como ela pode te ajudar a se tornar um grande DJ. Tudo pronto? Então, é só apertar o play!



O mais importante

  • A controladora DJ oferece muitas possibilidades. Desde os modelos das linhas mais básicas já garantem a realização de uma grande quantidade de efeitos, scratching e muito mais.
  • A variedade de marcas e modelos disponíveis no mercado é muito amplo. Por isso, é preferível avaliar bem todas as possibilidades antes da compra. Considere que cada modelo possui características muito particulares.
  • Até o final deste artigo, você vai ter acesso a informações que vão ajudar a sua tomada de decisão, apoiada nos principais critérios de compra.

As melhores controladoras DJ do mercado: nossas recomendações

A controladora DJ é a principal ferramenta para o trabalho de um disc jockey. A infinidade de modelos e recursos presentes em cada um deles pode gerar muita dúvida na hora de comprar. Por esse motivo, preparamos uma lista com opções distintas para que você comece a se familiarizar com os tipos de controladoras oferecidas no mercado. Confira:

A controladora DJ compacta com display individual

Apesar de portátil, esse modelo de controladora DJ conta com recursos que fazem dela um aparelho completo e potente. Funcionalidades a retroiluminação dos pads, permitem que a operação seja natural e intuitiva.

Este é o primeiro modelo compacto a apresentar um display no centro de cada jog wheel, com 3 tipos de informações essenciais, indicando simultaneamente a velocidade de reprodução e a posição na faixa, o que garante foco total na controladora.

A controladora DJ com sistema all-in-one

Esta é uma evolução da popular controladora XDJ-RX, que combina funcionalidades e traços de modelos da linha, com a mais alta qualidade NXS2. O sistema all-in-one integra todos os componentes e é dotado de 2 decks e 2 canais.

Essa controladora pode ligada ao rekordbox DJ ou com música armazenada em dispositivo USB. Apresenta tela touchscreen de 7 polegadas, que traz as funcionalidades de seletor rotativo, Track Filter, Short Cuts, Sound Colour e Beat FX.

A controladora DJ com sensor de movimento

A sua performance pode gerar novos efeitos sonoros enquanto você estiver operando essa controladora DJ. Graças a um sensor de movimento, ela permite controlar os filtros sem a necessidade de contato manual.

Assim, suas mãos criam novos sons: Filter Push, Filter Cut, Filter Roll (efeito de montanha-russa). As jog wheels controlam o pitch, a navegação nas faixas e permitem scratchs tão naturais como num disco de vinil, com operação altamente intuitiva.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre a controladora DJ

A controladora DJ é capaz de realizar verdadeiras maravilhas ao mesclar músicas, criar efeitos e produzir novas versões de grandes sucessos. No entanto, é preciso algum conhecimento prévio para tirar o melhor proveito desse equipamento. Pensando nisso, elegemos as dúvidas mais recorrentes sobre uma controladora DJ e vamos responder cada uma delas a partir de agora. Siga conosco para saber ainda mais.

Dj mixing on a party

O scratching é uma técnica muito conhecida. Ela consiste em realizar movimentos com o disco de vinil para frente e para traz enquanto ele roda no toca-discos, gerando diversos efeitos sonoros. (Fonte: Корчагин: 112356046/ 123rf.com)

O que é uma controladora DJ?

A controladora, tal como a conhecemos atualmente, é um produto relativamente novo. Para se ter uma ideia, os primeiros modelos chegaram ao mercado no início do anos 2000. Em pouco tempo, o equipamento já conseguiu transformar a atuação dos DJs em todo o mundo.

A controladora DJ costuma ser conectada via USB.

Com ela, o profissional chamado disc jockey — daí vem a sigla DJ — consegue fazer mixagens de músicas, utilizando um software previamente instalado no computador. Normalmente, esse programa já acompanha a controladora DJ.

A maioria dos modelos contam com dois pratos ou jog wheels. Com eles, é possível criar diversos efeitos de equalização, crossfader, carregar músicas para novos efeitos, controlar a velocidade de reprodução e outras funções específicas de cada modelo.

Assim, a controladora DJ pode gerar infinitas combinações de efeitos, de acordo com as suas características e com a atuação do profissional. Vale lembrar que tamanha variedade de recursos está disponível em modelos mais completos.

Qual a diferença entre uma controladora DJ e uma mesa de mixagem?

Ainda que pareçam semelhantes, há muitas diferenças entre a controladora DJ e uma mesa de mixagem. Se você já atua como DJ, certamente conhece as características que distinguem uma da outra.

No entanto, é possível que muitas pessoas ainda confundam os dois equipamentos que, à primeira vista, são muito parecidos. Por esse motivo, preparamos uma tabela para ilustrar as principais diferenças entre elas:

Controladora DJ Mesa de mixagem
Conectada principalmente ao computador O habitual é conectá-la aos pratos da pickup do DJ ou a outros equipamentos
Como é operada por meio de um software, pode apresentar alguma latênciaDe modo geral, não apresenta latência
Pode ser utilizada a qualquer momentoPara funcionar, depende de outros equipamentos
Maior custo de manutenção é com softwareMaior custo de manutenção é com peças físicas
A faixa de preços é ampla, mas parte de valores acessíveisApesar de uma ampla faixa de preço, mesmo os modelos básicos costumam ser mais caros

Quais as vantagens e desvantagens de uma controladora DJ?

Como sempre falamos aqui, é comum que todo equipamento ou produto traga consigo uma série de vantagens e alguns inconvenientes. Assim também é com a controladora DJ, que pode apresentar prós e contras durante o uso.

Alguns fatores dependem do modelo. Outros, do próprio usuário e suas preferências. De forma geral, podemos destacar algumas das principais vantagens e desvantagens em se adquirir uma controlador DJ. Vamos a elas:

Vantagens
  • Pode ser utilizada a todo instante
  • Possui amplas funcionalidades
  • Em geral, é fácil de transportar
  • Há uma grande variedade de modelos
  • Apresenta baixo custo de manutenção
  • É mais acessível que uma mesa de mixagem
Desvantagens
  • Alguns modelos tem preços exorbitantes
  • Não é um equipamento tão completo quanto uma mesa de mixagem

O que é scratching?

O scratching é uma das técnicas mais conhecidas no mundo dos DJs. Talvez seja também a mais antiga delas. Basicamente, consiste em realizar um movimento de vai e vem com o vinil sobre o toca discos.

Apesar de ser muito associado ao hip hop e aos sons do beatbox, a sonoridade e o efeito musical do movimento levaram à expansão desse recurso para todos os gêneros musicais. Inicialmente executado nas pickups analógicas, ele também pode ser obtido com a controladora DJ.

Ainda que hajam modelos que possam se danificar com a execução deste movimento, a maioria das controladoras modernas à venda já são projetadas para suportar o scratching e conferir aos movimentos um efeito mais natural.

An electronic party

A controladora DJ oferece muitas possibilidades. Mesmo com as linhas mais básicas, já é possível realizar uma grande quantidade de efeitos, scratchs e muitos mais. (Fonte: Корчагин: 90133645/ 123rf.com)

Quais nomenclaturas são comuns na atividade de um DJ?

Como você já deve ter percebido, ao longo desse guia já utilizamos diversas expressões que não são comuns ao dia a dia. Grande parte delas diz respeito a efeitos sonoros. Ainda assim, há as nomenclaturas dadas a ritmos, funções e até unidades de medida musical.

Para tornar o aprendizado ainda mais efetivo, preparamos uma lista com as principais expressões que você vai ouvir em todas as conversas com um DJ profissional. Pode anotar!

  • B.P.M.: é a sigla para a expressão beats por minuto. Trata-se, basicamente, de uma unidade utilizada para medir o ritmo da música;
  • Deck: é o equipamento que serve para reproduzir ou gravar músicas. Atualmente, é comum utilizar o deck virtual, por meio de um software no computador para carregar todas as mídias;
  • Beatmatching: trata-se de um técnica empregada para alterar a velocidade de uma faixa musical para coincidir com o tempo de uma outra faixa, por vezes de outra música;
  • Loop: é quando um ou mais sons são sincronizados e reproduzidos de forma a ocupar diversos compassos musicais. Essas porções de ritmos ou efeitos são reproduzidos repetidamente, em looping;
  • FX: faz referência aos efeitos disponíveis na controladora. A aplicação de eco ou mixagem com outros sons são exemplos destes efeitos;
  • Pitch: é um recurso que permite acelerar ou reduzir o ritmo da música;
  • Waveform: é a representação visual das ondas sonoras de uma faixa de áudio.

O que é preciso para começar a utilizar uma controladora DJ?

Por mais que os botões e nomes complexos possam assustar a princípio, há boas notícias! Para começar a utilizar uma controladora DJ não é preciso uma série de passos complexos. Basta conectar cabos e fontes dos equipamentos que serão utilizados em conjunto com a controladora.

Na sequência, você deverá ligar o equipamento à corrente de energia e conectá-lo ao computador por meio do cabo USB. Apesar de cada modelo contar com passos específicos para uso, essas são as regras básicas de utilização da sua controladora DJ.

Feito isso, é só começar a usar. Aproveite as orientações do manual produzido pelo fabricante e fique atento a possíveis atualizações de software. Uma boa forma de começar é assistindo a tutoriais no YouTube que vão mostrar como executar cada efeito da sua controladora.

Dj mixing

A variedade de marcas e modelos existentes no mercado é muito ampla. Por isso, é preferível analisar bem o que se espera de uma controladora DJ. (Fonte: Корчагин: 112356030/ 123rf.com)

Quais os tipos de controladora DJ?

Agora que você já conheceu os principais recursos de uma controladora, é importante saber que existe mais de um tipo deste equipamento. Essa informação será útil na hora de escolher o tipo mais adequado para a sua atividade.

Basicamente, podemos separar a controladora em dois tipos distintos. Entre eles, há diferenças notáveis, que podem ser determinantes para o seu bom desempenho. Veja cada uma delas com detalhes:

  • Genérica: trata-se de um tipo de controladora DJ que não possui uma versão completa de software para operação do equipamento, já que propõe mais utilização de plataformas mais leves. Em alguns casos, pode ser atualizada para a versão completa. Se você pretende uma controladora com totalidade de recursos, essa pode não ser a melhor opção;
  • Dedicada: é a controladora que vem acompanhada pela versão completa. Por esse motivo, oferece muito mais possibilidades de utilização, com acesso a todos os recursos do equipamento. A princípio, costuma ter mais qualidade de som. O ponto contra é que, normalmente, é muito mais cara que a anterior.

Critérios de compra

Até aqui, trouxemos detalhes sobre o que é uma controladora DJ, proporcionando informações relevantes sobre o mundo da música eletrônica. Como dissemos, o modelo ideal depende sobretudo da forma como você pretende utilizar o equipamento. Por isso, recomendamos que os alguns critérios sejam analisados antes da compra. São aspectos que podem fazer muita diferença na hora do uso da sua controladora DJ. Avalie:

Design e prática

Quem nunca agiu por impulso, deixando se levar apenas pelo design de um produto? Ainda que não seja o único fator a se considerar, esse item tem fundamental importância no caso da controladora.

A distribuição dos botões, pratos e displays pode ser crucial para facilitar ou não a utilização do aparelho. Além disso, o aproveitamento inteligente do espaço é capaz de tornar o produto mais leve e portátil.

Outro ponto a analisar é o seu nível de experiência com a controladora. Se você nunca “pilotou” o aparelho e ainda precisa praticar, vale a pena investir em um design simples, com menos elementos para não se confundir muito.

Dj mixer with RGB

A controladora DJ pode ser conectada, principalmente, ao computador.
(Fonte: Корчагин: 112355984/ 123rf.com)

Placa de som

Alguns modelos de controladora DJ dependem da placa de som do computador. Outros, já vêm com a própria placa integrada. Nossa recomendação é que você compre um equipamento que já conte com esse recurso.

Essa orientação não é à toa. A boa performance de áudio da controladora exige que o computador tenha uma placa de som com qualidade de média a alta. Além disso, com a placa integrada, é possível ouvir os previews de suas mixagens e músicas carregadas.

Controladora DJ com placa de som é mais cara.

O fator financeiro também deve ser considerado para essa escolha. É evidente que os modelos mais acessíveis não contam com placa integrada. No entanto, se você vai usá-la como hobby, por exemplo, já será o suficiente.

Software

Este é um aspecto importante a ser avaliado antes da compra da sua controladora. O software estará presente na sua rotina de trabalho e, você vai depender dele para não ter problemas. O mais utilizado atualmente é o Rekordbox DJ

Alguns dos softwares mais conhecidos oferecem versões de teste gratuito. Lembre-se que esse é um fator tão importante quanto o próprio equipamento e vale a pena avaliar bem o desempenho do programa antes de adquirir uma versão definitiva.

Dj mixer controllers

A faixa de preços, assim como a variedade de modelos, é muito ampla. A boa notícia é que parte de valores acessíveis.
(Fonte: Корчагин: 90149648/ 123rf.com)

Funções

Sobre esse critério, deixamos apenas um conselho. Procure uma controladora DJ que esteja de acordo com o seu nível de experiência, conforme já comentamos aqui.

Mesmo que você esteja pensando em usá-la por mais tempo, vale a pena escolher um equipamento que tenha as funções de acordo com a sua habilidade. O contrário pode ser um alto investimento, pouco aproveitado.

Compatibilidade

Sempre que se trata de um produto eletrônico que será usado em conjunto com outros equipamentos, é fundamental avaliar se eles são compatíveis entre si. Tenha em mente que você vai utilizar o seu computador para conectar a controladora DJ. Por isso, verifique se o Sistema Operacional é compatível com a versão do software utilizado.

Resumo

Aventurar-se pelo mundo da música eletrônica pode ser extremamente prazeroso, seja como um hobby ou uma nova profissão. Certamente, estar no comando do próprio ritmo, brincando com as versões das suas músicas favoritas, vai ser ainda mais relaxante se você contar com uma controladora DJ que atenda às suas expectativas e não o deixe frustrado durante a execução dos efeitos sonoros.

Este material trouxe informações técnicas e práticas que poderão ajudar a escolher o equipamento mais adequado. Mostramos de que forma funciona uma controladora e quais os recursos mais utilizados. Falamos, ainda, sobre pontos a serem observados antes da compra, como compatibilidade de software, placa de som e outros critérios importantes.

Se você gostou do nosso guia, compartilhe em suas redes sociais e fale-nos sobre sua escolha. Obrigado e boa diversão!

(Fonte da imagem destacada: Utouka: 106211057/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Giovani Stack Fotógrafo e Videomaker
Giovani une seu gosto pela fotografia e pelos vídeos com seu interesse pelas nuances do universo tecnológico. Assim, analisa cada detalhe e compartilha com a internet todas as suas descobertas sobre os aspectos técnicos das máquinas, monitores, caixas de som e muitos outros acessórios que fazem seus vídeos e fotos encantarem seus clientes.
Vera Pereira Redatora/Editora
Jornalista, especialista em produção de conteúdo digital, tem na escrita a sua maior paixão. Adora investigar, apurar fatos e reconstruir histórias. Por isso, atua na pesquisa e adaptação dos conteúdos internacionais à realidade e legislação brasileiras.
Ricardo Fernández Redator especializado em eletrônicos
Redator especializado em produtos eletrônicos. Gosta de analisar e escrever artigos focados em artigos de som, smartphones e muito mais. Já escreveu para a revisa musical This is Rock. Sua maior paixão é música, mas também ama cinema, geografia, esportes e falar com seus amigos.