ferramenta de corte de azulejos
Ultima atualização: 27 de setembro de 2020

Como escolhemos

13Produtos analisados

15Horas investidas

4Estudos avaliados

65Comentários coletados

Se você está fazendo uma reforma na sua casa ou atua como pedreiro ou empreiteiro, sabe que algumas ferramentas são essenciais para realizar um bom trabalho. Especialmente no que diz respeito ao acabamento, um cortador de piso de qualidade faz toda a diferença na finalização de cada obra.

Para quem está em busca de uma boa ferramenta, a procura termina agora! Neste artigo, vamos falar sobre os tipos de cortadores de piso, o que você precisa observar na hora da compra e apresentar uma lista com os modelos mais vendidos e bem avaliados de 2021. Quer saber mais? Então, continue por aqui!




O mais importante

  • Para escolher o melhor cortador de piso, o primeiro ponto a se ter em mente é se você prefere um modelo elétrico ou manual. Os manuais são mais econômicos e, graças a mecanismos inovadores, os novos modelos não exigem força excessiva no momento do corte.
  • Sempre que for cortar um piso ou revestimento, tenha a certeza de medir com cuidado. Mantenha em mente um lema da construção: "Meça duas vezes para cortar apenas uma!".
  • Um bom cortador de piso depende de boas lâminas. O sistema de corte é o principal fator para considerar na hora de comprar este tipo de ferramenta. Escolha um modelo que ofereça corte preciso, de preferência com disco de carboneto ou diamante.

Cortador de piso: nossa recomendação dos melhores produtos

Outras Recomendações

O cortador manual com a melhor avaliação online

Para as obras de reforma ou para seus artesanatos em mosaico, este cortador de piso é eficiente e preciso. Ele conta com limitador lateral para cortes retos e diagonais, base e suporte das guias em chapa de aço carbono com pintura eletrostática.

Além disso, tem barra de encosto em alumínio injetado, que garante alta resistência e durabilidade, e exclusivo sistema Cortag de posicionamento e trava do separador, para apoio do piso com mais estabilidade.

O cortador profissional para pisos de até 12mm

O cortador de piso profissional MASTER 75 é indicado para cortar pisos cerâmicos e porcelanatos com até 12 mm de espessura. Para facilitar o dia a dia no trabalho, ele possui corte e separação na própria base, sem a necessidade de retirar a peça.

Tem guias em aço cromado, carro-guia e barra de encosto em alumínio injetado e rodel cortante com haste em aço carbono zincado, com disco de carboneto de tungstênio.

O cortador elétrico com refrigeração a água

Dotado de conjunto de guia e transferidor para maior precisão em cortes retos e em ângulos, este cortador de piso elétrico tem rápido sistema de posicionamento da mesa à 45° para cortes chanfrados.

O disco é diamantado, tem ajuste de posicionamento e protetor para segurança do operador durante o uso. Além disso, conta com reservatório de água para refrigeração do disco de corte, que melhora o desempenho e o acabamento do corte.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre um cortador de piso

O cortador de piso é uma ferramenta comum na maioria das obras. No entanto, comprar um destes pode ser muito mais difícil do que parece. As dúvidas são normais, já que há diversos detalhes a se considerar. Nesta seção, você vai poder saber mais sobre o cortador de piso e ter as informações que precisa para fazer a melhor escolha.

pedreiro cortando telhas

O cortador de piso foi inventado na Espanha, na década de 1950, para auxiliar os trabalhadores que montavam mosaicos hidráulicos no corte das peças. (Fonte: Arpad: 33270592/ 123rf.com)

O que é um cortador de piso?

O cortador de piso foi inventado em 1951, na Espanha. Foi a alternativa encontrada para que os operários que trabalhavam com  mosaico hidráulico — técnica muito popular no país — tivessem uma ferramenta para cortar os pisos e azulejos.

Desde então, essas ferramentas evoluíram muito. Atualmente são utilizadas para cortar todo o tipo de revestimentos e ladrilhos, sejam cerâmicos ou porcelanatos.

O cortador de piso é uma máquina, geralmente manual, composta por uma guia e uma base que varia dependendo do modelo, com um sistema de fixação para posicionar a peça. A ferramenta conta com uma lâmina, de carboneto ou diamante, responsável por cortar a peça.

Como funciona o cortador de piso?

O funcionamento do cortador de piso é muito simples. Os cortes são feitos com rapidez e precisão, sempre em linha reta. Graças aos seus sistemas com lâminas ou discos, os cortes são limpos, sem rebarbas e sem imperfeições. Para cortar, basta medir o piso e colocar a guia na posição correta.

Uma vez colocada a guia com a medida correta, basta baixar a alavanca de corte e deslocar o disco. É importante controlar a força de ajuste das guias ao usar a alça para que o corte não se desvie. Também é preciso ter controle sobre a pressão exercida para não quebrar ou rachar a peça.

cortador de azulejos

Para escolher o melhor cortador de piso, o primeiro ponto a se ter em mente é se você prefere um modelo elétrico ou manual. (Fonte: Tonobalaguer: 41313762/ 123rf.com)

Que tipos de cortadores existem?

No mercado, é possível encontrar diferentes tipos de cortadores de piso. Embora todos cumpram a mesma função, a escolha entre um tipo ou outro dependerá do trabalho a ser realizado. Os modelos elétricos, por exemplo, são mais confortáveis e voltados para o trabalho profissional.

A seguir, mostramos os principais tipos de cortadores e suas características:

  • Manuais: são o tipo mais comum e econômico. Por serem leve, podem ser transportados com facilidade. São ideais para tarefas de artesanato e para profissionais que trabalham em casa. Essas máquinas são as mais simples de usar e não exigem experiência anterior para o corte;
  • Elétricas: as máquinas elétricas podem ser portáteis ou fixas. Nos dois casos, elas têm um funcionamento semelhante ao de serras elétricas. Ou seja, uma serra de disco é acoplada a um motor localizado sob a superfície de corte;
  • Com água: estes são os cortadores que proporcionam os melhores resultados, pois emitem um jato de água que resfria e lubrifica a lâmina. Podem ser usados ​​em quase todos os tipos de material, já que o líquido protege a superfície da peça. Assim, oferecem um acabamento mais limpo e preciso. No caso dos modelos elétricos, é importante verificar se todos os seus elementos são à prova d'água;
  • De bancada: estas máquinas são as maiores, projetadas para trabalho profissional e em série. Eles são colocados sobre uma mesa, têm lâminas maiores e mais afiadas. São ideais para grandes obras, garantindo mais agilidade no corte de grande volume de pisos.

Quais as vantagens e desvantagens de um cortador de piso manual?

A principal vantagem de um cortador de piso manual é que ele é mais barato. Além disso, ele não consome eletricidade e é mais portátil do que os modelos elétricos. No entanto, eles também são menos precisos e potentes. Para que você possa avaliar com calma, apresentamos as vantagens e desvantagens do cortador de piso manual:

Vantagens
  • Mais acessível
  • Não precisa de instalação
  • É leve e fácil de transportar
  • Não consome energia elétrica
  • Não necessita de manutenção
  • Não usa água
  • Não gera pó
Desvantagens
  • Não é indicada para piso mais espessos ou de material cerâmico duro
  • Não realiza cortes diagonais ou internos
  • Costuma quebrar mais peças

Quais as vantagens e desvantagens de um cortador de piso elétrico?

Agora que você já viu as vantagens e desvantagens do cortador manual, chegou a vez de analisar os prós e contras dos modelos elétricos. Esses equipamentos são mais sofisticados e permitem cortes mais precisos. Porém, precisam de uma fonte de energia para funcionar. Vamos ver em detalhes suas vantagens e desvantagens:

Vantagens
  • Permite realizar mais cortes com menos esforço
  • Permite o corte de materiais mais resistentes e espessos
  • As peças sofrem menos quebra
  • É seguro e fácil de usar
  • Oferece a possibilidade de realizar mais tipos de cortes
  • Garante acabamento mais preciso e limpo
Desvantagens
  • É mais caro
  • Precisa de mais cuidados de manutenção
  • É volumoso e pesado
  • Precisa de instalação prévia como o ajuste dos discos de corte e reposição dos líquidos refrigerantes

Como saber os materiais que podem ser cortados?

Antes de escolher o seu cortador de piso, é fundamental pensar em quais materiais você pretende cortar com a ferramenta. O tamanho das peças e a dureza do material serão essenciais para a escolha do modelo.

Para saber o material que será suportado, fique atento ao tamanho da base e a altura da guia, pois eles vão determinar a espessura e o tamanho das peças que você pode cortar.

O próximo ponto que você deve analisar é o poder de separação que determinará a força das lâminas. Se você vai cortar peças diferentes, deve sempre escolher levando em consideração as mais resistentes. Para encontrar o poder de separação, você deve realizar os seguintes cálculos:

  • Espessura + dureza + propriedades do material = resistência necessária;
  • Tamanho das peças + espessura = base e altura de corte.

Como utilizar um cortador de piso?

De maneira geral, podemos dizer que o cortador de piso é um equipamento muito simples de usar. Ele tem uma operação intuitiva que é ainda mais evidente nos modelos manuais.

Ainda que cada ferramenta possa variar de acordo com a marca e o modelo, é possível realizar um bom trabalho seguindo este passo a passo:

  1. Meça o espaço que vai receber o piso;
  2. Com a ajuda de um esquadro ou régua, marque a linha que deseja cortar no piso para que ele se encaixe no espaço disponível. Lembre-se que você deve marcar precisamente possível para que a peça se encaixe perfeitamente. As marcações devem ser feitas sempre com lápis para poder limpar a peça após o corte;
  3. Se você estiver usando um cortador de azulejos manual, certifique-se de colocá-lo em uma superfície o mais plana e firme possível;
  4. Com a peça fixada na base e a lâmina posicionada na linha de corte, deslize a lâmina sobre a marcação. Não use muita força ou você pode quebrar a peça;
  5. Pressione o piso com o braço do cortador para quebrá-lo definitivamente da maneira mais precisa;
  6. Se você estiver usando um cortador elétrico, só precisará direcionar a lâmina da ferramenta ao longo da linha marcada, aplicando uma pressão suave e contínua.

homem cortando telhas

Sempre que for cortar um piso ou revestimento, tenha a certeza de medir com cuidado. Mantenha em mente um lema da construção: "Meça duas vezes para cortar apenas uma!". (Fonte: Thodonal: 30871215/ 123rf.com)

Quais cuidados requer um cortador de piso?

Com conservação adequada, um cortador de piso pode ter uma vida útil de 10 anos — se usado ​​diariamente —. Essa ferramenta, principalmente o modelo manual, exige poucos cuidados e é muito resistente. No entanto, é aconselhável ter cuidado e realizar algumas ações de manutenção para garantir tal durabilidade:

  • Lubrificação: A maioria dos cortadores manuais profissionais não requer lubrificação. O fabricante costuma indicar isso na descrição e no manual do produto. Se seu equipamento não requer lubrificação, não use graxas em hipótese alguma;
  • Limpeza: Durante o uso do cortador, tanto pela exposição ao ambiente de trabalho quanto pelos resíduos gerados pelas peças no corte, geralmente a ferramenta fica coberta de pó e cascalhos de pisos. Esses resíduos são abrasivos, podem corroer as peças e retardar o deslizamento das guias. É importante limpar completamente o equipamento com um pano macio e movimentar a guia para retirar todos os resíduos, após cada uso;
  • Transporte: O cuidado no transporte também é vital para a manutenção adequada das guias e lâminas do cortador. Sempre que puder, mantenha a máquina na caixa de transporte para evitar choques ou quedas. Na hora de guardar a ferramenta, remova a lâmina (ou o disco de corte) para evitar danos que prejudiquem a afiação.

Critérios de compra

Agora que você já sabe tudo o que precisa sobre o cortador de piso, já deve estar pensando em clicar no carrinho de compras e fechar negócio! Antes, recomendamos que observe alguns fatores que consideramos essenciais para que você escolha a ferramenta mais adequada ao seu trabalho. Confira:

Tipo de piso

O primeiro passo na escolha de um cortador de piso é ser avaliar se ele é indicado para o tipo de materiais que você vai cortar. Cortar porcelana, granito, cerâmica ou mármore não é a mesma coisa. Cada um deles possui textura, espessura e características específicas que requerem um poder e tipo de lâmina diferentes.

Se vai realizar trabalhos profissionais em que vai cortar todos os tipos de pisos, o ideal é um cortador eléctrico. Ele vai permitir regular a potência e mudar a lâmina.

Por outro lado, se vai usar apenas em tarefas domésticas e artesanais, por exemplo, o cortador de piso manual é a escolha mais prática e viável.

corte de ladrilhos

O cortador de piso é um equipamento de uso simples e intuitivo. (Fonte: Vorona: 91730443/ 123rf.com)

Estabilidade

Embora possa não parecer, este pode ser um fator decisivo entre um piso bem cortado e um trabalho ruim. Se o cortador de piso não tiver uma base estável, ao aplicar pressão para cortar as peças, elas vão se movimentar e provavelmente, vão acabar rachadas, quebradas ou com acabamento mal feito.

Quanto mais resistente for o material, mais atenção é preciso ter à estabilidade. Por exemplo, se você vai cortar mármore ou granito para uma cozinha, é extremamente importante que você escolha uma máquina muito estável. Procure sempre elementos, como pés de borracha, que reforçam a estabilidade e evitam que ela se mova durante o corte.

Lâminas

Quanto à lâmina, é sempre bom examinar alguns aspectos antes de comprar a ferramenta. O primeiro é o material. No mercado existem lâminas de carboneto de tungstênio, de diamante e outras ligas de materiais. As lâminas de carboneto são as mais comuns e servem para quase todos os fins.

Em segundo lugar, é conveniente prestar atenção à afiação das lâminas. Se perder o corte, ela pode facilmente quebrar os pisos ou deixar marcas no esmalte da peça ao longo do corte.

Também vale a pena garantir que que a lâmina é adequada para o tipo de material que você vai cortar. O uso correto, apenas em materiais para os quais ela é indicada, ajuda a manter a vida útil da lâmina.

cortador de azulejos

Saber o material que será cortado é essencial para escolher o melhor cortador de piso. (Fonte: Mykeyruna: 132922290/ 123rf.com).

Dimensões da base

Conforme explicamos há pouco, o tipo de material que você corta tem influência direta no tipo de equipamento que você precisa. Da mesma forma, as dimensões da base de seu cortador de piso serão determinadas pelo tamanho das peças que vão ser cortadas. A base deve ser grande o suficiente para conter cada piso.

É muito importante que você avalie não apenas o comprimento das peças. O ideal é que a medida da base permita encaixar o piso em qualquer posição, até mesmo na diagonal. Conseguir uma base que mantenha a estabilidade da peça é, como mencionamos, essencial para um corte limpo e bem acabado.

Resumo

Apenas quem trabalha ou já trabalhou no acabamento de obras e reformas sabe a importância de um bom cortador de piso. A ferramenta é utilizada diariamente por milhares de profissionais e é, em grande parte, responsável pelos acabamentos perfeitos que tanto diferenciam um bom profissional.

Por isso, fizemos questão de trazer mais informações sobre o funcionamento, os tipos e as vantagens de contar com um cortador de piso para ajudar na realização de cortes precisos e limpos na construção. Deixamos dicas de produtos bem avaliados no mercado e falamos sobre alguns pontos que podem ser decisivos na hora de escolher a melhor ferramenta.

Se gostou do artigo, deixe um comentário e compartilhe com seus amigos para que eles também possam encontrar o melhor cortador de piso de 2021. Obrigado e até logo!

(Fonte da imagem destacada: Tonobalaguer: 41351204/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Resenhas