Imagem de despertador preto e branco.

Tem pessoa que acorda todo dia de manhã, no mesmo horário, sem precisar da ajuda de nada nem ninguém. Enquanto outras têm dificuldade para levantar cedo e passam as manhãs debaixo das cobertas. Se dependessem apenas de si mesmas, chegariam atrasadas na escola ou no trabalho todos os dias. Sem dúvidas, o despertador é uma das coisas mais importantes para uma pessoa assim.

Graças ao despertador, levantar-se todo dia de manhã, ou depois de um cochilo à tarde, se tornou muito mais fácil. Se você tem dificuldade para acordar cedo, ainda vai ser difícil se levantar da cama, mas pelo menos vai chegar nos compromissos na hora. Você pode programar seu despertador para tocar num horário específico e repetir o alarme até conseguir se levantar. Nós preparamos este Guia para ajudar você a escolher o melhor despertador de todos.

O mais importante

  • A principal função de qualquer despertador é soar um alarme para informar que é hora de se levantar. No entanto, como você verá ao longo deste Guia, existem alguns modelos que oferecem mais recursos.
  • Ao tomar sua decisão final, você deve levar em conta vários aspectos importantes. Por exemplo, a facilidade de uso, se é silencioso ou não, os tipos de alarmes ou outras funções que o produto oferece.
  • É importante que o despertador possa ser programado para repetir o alarme várias vezes. É uma das funções mais importantes para impedir que você caia no sono outra vez.

Ranking: Os melhores modelos de despertador do mercado

Conhecer a opinião de outros usuários pode ser de grande ajuda na hora de fazer qualquer compra. Portanto, quando separamos os melhores despertadores do mercado, escolhemos os mais bem avaliados pelos compradores. Além disso, com esta lista, você verá alguns recursos interessantes que esses dispositivos têm a oferecer. Então, preste atenção.

1º – Despertador Mesa Digital Com Sound Control 1299

Este lindo relógio de mesa possui um design que imita um bloco de madeira em 4 lindas variações de cor. Se você é uma pessoa preocupada com a decoração da sua casa e quer um relógio que não seja só funcional, mas também bonito, esta é a escolha certa. Seus dígitos são grandes e de fácil leitura, aparecendo como se estivessem gravados na madeira.

Ele possui uma função de controle de voz, e basta bater palma ou tocar no aparelho para as horas aparecerem no visor, o que soluciona os problemas de quem têm dificuldades para dormir com luzes acesas. Programa até 3 alarmes simultâneos e pode exibir até duas séries de informação: Hora/Temperatura ou Hora/Temperatura/Data.

Ele também possui uma função de controle de som, que aumenta o toque do despertador gradualmente. Possui duas fontes diferentes de energia e entrada USB.

2º – Despertador Analógico Decorativo Quartz

Incluímos na lista um despertador analógico para pessoas que adoram o estilo elegante desses despertadores ou que não querem ficar vendo as horas na madrugada, algo que pode deixar muita gente ansiosa. Também pode ser um ótimo presente para quem não tem muita familiaridade com a tecnologia, uma vez que é um dispositivo muito fácil de configurar.

Esse modelo pega a elegância do design de um despertador tradicional e confere um toque de modernidade. Na cor preta com acabamento fosco, é fácil de combinar em qualquer ambiente. O despertador funciona com pilhas AA e pode ser adquirido a um preço acessível.

3º – Despertador Digital Acionamento Sonoro Prata

Em um estilo que lembra uma mini TV LCD, este modelo possui boas funcionalidades e um belo design, mas que não se encaixa bem em qualquer ambiente. Porém, ele pode valer muito a pena quando levamos em consideração o preço do produto, que é muito barato para um despertador digital.

Ele alterna entre as funções de relógio, despertador e até mesmo cronômetro, que podem ser mudadas através de um botão no canto esquerdo da tela. Já no seu lado direito, o botão alterna entre exibir a hora e a cidade ou o mês, dia e hora. Uma boa notícia para aqueles que gostam de dormir na escuridão absoluta é que suas luzes não ficam sempre acesas, sendo necessário apertar um outro botão para que estas se acendam.

4º – Luminária De Mesa Led e Relógio Despertador

Certamente o despertador mais excêntrico que você vai ver. Além de ser diferente, ele possui diversas funcionalidades extras, como a de funcionar como uma luminária. Seu diferencial é justamente o design. Seu preço tende a ser mais alto, é verdade, mas vale a pena ao se considerar todas as funções que ele oferece.

Seu relógio digital possui calendário e temperatura, além de ser possível ajustar a intensidade da luminária através do display digital. Feito com partes em couro, o braço da luminária é dobrável e se ajusta ao ângulo que melhor facilite a leitura. A luz de LED não emite raios UV e é feita para proteger os olhos do leitor durante a noite. Já a alimentação fica a cargo de um cabo USB 5V.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre o despertador

Sem dúvidas, a seção anterior foi muito útil. Ela permitiu que você descobrisse quais são os melhores despertadores do mercado nacional. Além disso, você viu que nem todos os dispositivos são iguais. Na verdade, é possível encontrar modelos dos mais avançados aos mais básicos. Vamos saber mais sobre esses dispositivos?

Imagem de homem deitado em cama acordando, desligando o despertador.

Se o despertador usar pilhas, busque por um que possua duas formas de alimentação.
(Fonte: Guillem: 50565662 / 123rf.com)

O que é um despertador?

O despertador é um dispositivo usado para acordar pessoas, podendo ser digital ou analógico. Geralmente cumpre sua função através de um emitido sonoro, embora alguns modelos funcionem através da emissão de uma luz.

Você pode escolher a hora em que o alarme vai soar e, se for um modelo digital, também a data. Os despertadores podem ser desligados com facilidade e costumam apresentar a função “soneca”, na qual o alarme é repetido após alguns minutos.

O que é melhor: um despertador digital ou analógico?

Uma das primeiras perguntas que você pode se fazer antes de comprar um despertador é se é melhor um digital ou analógico. Os despertadores analógicos são aqueles que têm ponteiros para mostrar as horas. Nesse caso, eles têm um ponteiro a mais no relógio, que é o usado para definir o alarme. Já o tipo digital é aquele que mostra as horas em uma tela digital.

Ao escolher um despertador, perceba que os modelos analógicos funcionam apenas como despertador e relógio. Já os despertadores digitais também podem atuar como rádios, alto-falantes ou reprodutores de som, por exemplo.

Os analógicos ganham em termos de estética e preço, já o digital ganha em todos os outros aspectos. Os analógicos podem fazer algum barulho enquanto funcionam, já o digital pode incomodar com sua luz.

Na tabela a seguir, mostramos as principais diferenças:

Despertador analógico Despertador digital
Som Usam um mesmo som como alarme Possuem vários tipos de alarmes diferentes
Bateria Usam pilhas de variados tamanhos para funcionar Existem os de pilha, de tomada e de bateria
Exibem a hora Mostram a hora através de ponteiros Mostram a hora a partir de números
Design Seu design é bonito e tradicional Possuem designs mais minimalistas
Funções Só funcionam como relógio e despertador Possuem outras funcionalidades

Por que comprar um despertador em vez de usar o celular?

Como os smartphones também têm essa função, você pode estar se perguntando por que comprar um despertador. Um dos principais motivos para comprar um despertador é não dormir com o celular na cama. Muito se discute sobre a segurança de dormir com o celular na cama. Além disso, você pode ficar tentado a usá-lo.

Especialistas mostram que usar o celular antes de dormir causa dificuldades para pegar no sono. Além disso, se ele estiver em mãos, é provável que você também acabe perdendo minutos do seu descanso ou até mesmo horas. Você pode acabar acordando com uma mensagem ou notificação. Portanto, é melhor comprar um despertador e deixar seu smartphone em outro cômodo da casa.

Imagem de despertador sobre mesa em quarto.

O despertador é um dispositivo básico na maioria dos lares.
(Fonte: Thalang: 41254229 / 123rf.com)

Quais são as partes principais de um despertador digital?

Quando se trata de saber como funciona um despertador digital, é importante ter em mente as diferentes partes do dispositivo. Com isso, você conhecerá melhor a finalidade de cada componente, o que tornará seu uso muito mais fácil e produtivo. Portanto, preste atenção à seguinte lista que preparamos:

  • Tela: A tela geralmente ocupa um bom espaço em relação ao tamanho do relógio. É necessário que você consiga ver os dígitos com facilidade. Além disso, sua iluminação deve ser boa o suficiente para funcionar bem.
  • Display regulável: É usado para equilibrar a luz da tela. É muito importante, porque se a luminosidade for excessiva, ou você for muito sensível à luz, pegar no sono pode ser um problema.
  • Função de repetição do alarme: O despertador não só deve ter uma função de repetição como esta precisa ser fácil de usar. Se quiser dormir mais alguns minutos, ativar essa função não pode ser muito complicado. Isso é útil para acordar pouco a pouco, sem precisar ter medo de dormir demais e perder a hora.
  • Carga extra: O despertador é fundamental, já que ninguém quer chegar atrasado no trabalho ou na escola. Mas quando precisa chegar no hospital ou aeroporto na hora marcada, por exemplo, você não pode correr o risco do despertador não funcionar. Portanto, é necessário que você tenha uma segunda fonte de energia, sejam pilhas, baterias ou um cabo para conectar à tomada. O importante é que, se uma fonte falhar, as outras funcionem.
  • Rádio integrado: Muitos despertadores contam com essa opção, para que você possa acordar com a sua emissora favorita tocando.
  • Alarmes múltiplos: Quando se tem a função de vários alarmes, você pode criar um alarme para o seu parceiro e outro para você. E você ainda pode usar essa função em vez da repetição. Por exemplo, você pode criar um alarme para 7h30 e outro para 8h para acordar aos poucos.
  • Bluetooth: Se o despertador tiver Bluetooth, será possível conectá-lo ao celular e aproveitar algumas de suas funções.
  • Projetor: Você já viu que existem despertadores que projetam a hora no teto ou na parede. Com isso, você consegue ver as horas facilmente se acordar à noite ou antes de cair no sono. Apenas verifique se essa opção não lhe vai causar ansiedade.
  • Volume progressivo: Neste caso, o som do alarme começa muito baixo e vai aumentando gradativamente. Essa é uma boa forma de acordar devagar.
  • Entrada USB: Serve para carregar a bateria do despertador.

O que pode ajudar na hora de comprar um despertador?

Além do que dissemos, há várias questões que você deve considerar ao comprar seu despertador. Mais à frente, você verá outros aspectos em detalhes. Por hora, mostramos alguns pontos importantes para avaliar as opções. Fazendo isso, você com certeza fará uma excelente compra. Então, tome nota do que você verá nesta lista:

  • Opiniões: Tente ler a opinião dos outros usuários.
  • Funções: Saiba bem quais são as funções que você quer.
  • Preço: Busque o melhor custo-benefício.
  • Tamanho e design: Ele deve combinar com o ambiente.

Quais são as vantagens do despertador?

Com todos os aspectos que já analisamos sobre os despertadores, você já deve ter em mente o que é mais importante para você. Na sequência, vamos analisar com você alguns recursos que não devem ser ignorados na hora de decidir qual comprar.

Mas antes disso, queremos que você conheça as principais vantagens e desvantagens do despertador. E, para isso, preparamos a seguinte tabela:

Vantagens
  • Ajuda a acordar na hora
  • Costuma ser simples de usar
  • É barato
Desvantagens
  • Deixa algumas pessoas ansiosas
  • Não é um modo natural de acordar

Critérios de Compra

Estamos chegando ao fim deste Guia, mas não antes de explicar alguns critérios que você deve avaliar. É importante que você mantenha todos eles em mente. Com esses aspectos, juntamente a tudo que viu até agora, será possível escolher o melhor despertador para você. São recursos básicos que costumam ser comuns a todos os modelos.

  • Uso
  • Pilha
  • Rádio
  • Barulho
  • Luz

Uso

É importante que o alarme seja simples para usar. Se você está acostumado com a tecnologia, é possível que a maioria dos despertadores o atenda nesse quesito. Mas você também deve pensar em quem mais vai usar seu despertador, como seus avós por exemplo. Se o interessado for alguém de mais idade, opte por modelos que sejam mais simples de usar.

Imagem de despertador verde em quarto.

Ao escolher um despertador, lembre que os analógicos só funcionam como despertador e relógio.
(Fonte: Racorn: 54149287 / 123rf.com)

Pilha

Se o alarme usa pilhas, tente ter duas fontes de energia. Por exemplo, um modelo que possa ser carregado por USB e tenha pilhas. Também serve se ele for ligado à tomada e tiver bateria. Dessa forma, você não corre o risco de perder a hora se faltar energia no meio da noite. Você pode achar esse tipo de coisa nunca acontece, mas, se acontecer na pior hora possível, pode ser um problema.

Rádio

O rádio é uma função extra que pode ser útil. Com ele, você terá a opção de se levantar todas as manhãs ouvindo música, deixando seu dia mais animado. Mas o rádio também serve de companhia numa noite em que você não esteja conseguindo dormir. Se o investimento não for muito alto, vale a pena ter esse recurso.

View this post on Instagram

Tem como não amar esse despertador!?

A post shared by Joalheria Pinheiro (@joalheriapinheiro) on

Barulho

Como regra geral, os despertadores digitais não emitem nenhum ruído enquanto estão em funcionamento. Por outro lado, os despertadores analógicos costumam fazer barulho. É comum ouvir o típico tique-taque do relógio. É verdade que, na maioria dos casos, o som não incomoda, mas algumas pessoas ficam ansiosas com o ruído.

Luz

Podemos dizer o mesmo que no caso anterior, há pessoas que ficam ansiosas ao ver as horas o tempo todo. Isso geralmente acontece com quem tem dificuldade para dormir. Ver as horas passarem sem conseguir dormir pode ser muito difícil para alguns. Se esse for o seu caso, é melhor procurar um dispositivo cujas horas não possam ser vistas no escuro.

Resumo

O despertador é um dispositivo básico para a maioria dos lares. Serve para acordar e impede que você chegue atrasado aos seus compromissos. É verdade que os smartphones têm essa função, mas vimos que não é bom dormir perto do telefone, e você ainda evitará a tentação de usá-lo na cama ou de acordar com uma notificação.

Como você viu, é possível encontrar diferentes despertadores no mercado e, assim, escolher aquele que melhor se adapta às suas necessidades. Você deve avaliar as funções oferecidas e sempre apostar no melhor custo-benefício. Tenha em mente o design, suas características, suas funções e se é digital ou analógico. Acima de tudo, deve ser o dispositivo perfeito para você.

Gostou deste Guia? Então compartilhe nas redes sociais. E nos deixe um comentário com a sua opinião.

(Fonte da imagem destacada: Atamanenko: 53513126 / 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Marcela Campos Personal Organizer
Marcela sempre gostou de ter a casa organizada. E funcional. Tudo em sua casa precisa estar no lugar certo, limpo e, principalmente, funcionando. Daí surgiu seu interesse pela profissão que descobriu há 3 anos: a de Personal Organizer. Hoje, além de ajudar pessoas a a deixarem suas casa em equilíbrio perfeito, ela escreve artigos online sobre produtos que podem ajudar nesta tarefa.