centenas de vinis

Renato Russo disse em uma de suas composições: “É tão estranho, os bons morrem jovens”… Cruelmente, o próprio poeta fez parte dessa estatística e, como tantos outros artistas, deixou órfãos os amantes da música. A lista é extensa e vai de Cazuza a Freddie Mercury, Amy Winehouse a Elis Regina. Vozes consagradas que os fãs nunca se cansam de ouvir. Alguns o fazem em grande estilo, através do disco de vinil.

Formato de reprodução de áudio tradicional nos anos 70 e 80, o disco de vinil até hoje tem consumidores fiéis, que não se adaptaram ao som limpo e por vezes artificial da música digitalizada. Sem dúvida, a opção analógica reúne todos os sentidos na percepção da melodia e carrega uma poesia que vai além da partitura. Se você quer conhecer mais sobre essa paixão musical, acompanhe esse artigo.

O mais importante

  • O disco de vinil com gramatura superior a 120g são mais resistentes e oferecem um som melhor, como vamos detalhar nesse artigo. Mas para isso é necessário que sua versão master seja analógica.
  • Quando for escolher algum disco de vinil, priorize o seu gosto. Não se deixe influenciar, mas mantenha-se aberto a conhecer novos artistas. Entre os melhores vinis do mercado certamente estarão aqueles que têm a ver com a sua personalidade e estilo.
  • Para manter sua coleção de disco de vinil sempre em perfeitas condições, procure limpar o disco depois de cada reprodução. Além disso, lembre-se que de manter todos os vinis na posição vertical e sempre na capa original.

Os melhores discos de vinil do mercado: nossos favoritos

O gosto de cada um é algo muito subjetivo. Com a música não é diferente. Preparar uma seleção com os melhores discos de vinil do mercado é uma tarefa ao mesmo tempo prazerosa e difícil. Por esse motivo, trouxemos opções de clássicos da música nacional e internacional. Desejamos que esse seja um ponto de partida para você se embalar em cada nota do universo dos discos de vinil.

O disco de vinil com os estilos que encantaram gerações

Se você gosta de o bom e velho disco de vinil certamente vai adorar ouvir os clássicos dessa banda que marcou gerações com o som original. O álbum Greatest Hits da banda Queen traz dois discos de vinil com os maiores sucessos do grupo, na voz do incomparável Freddie Mercury, como “Bohemian Rhapsody”, ”We Will Rock You” e a marcante “We Are The Champions”. Um vinil para guardar para sempre.

A melhor coletânea de clássicos contemporâneos

Imagina a sua vitrola reproduzindo uma das vozes mais bonitas e marcantes da música mundial… Com o disco de vinil Ultimate Sinatra, você terá a sensação de ter voltado no tempo, embalado pelo chiado inconfundível da agulha no vinil. Composto por dois long plays com sucessos que ganharam vida e encantamento na voz de Sinatra, você vai se emocionar com grandes clássicos como “My Way” e “New York, New York”.

O disco de vinil dos ícones da música brasileira

Considerado um dos melhores discos brasileiros de todos os tempos, o disco ‘Elis & Tom’ uniu duas grandes vozes da nossa música em um encontro que marcou época. Dessa linda junção de talentos surgiram versões inesquecíveis das músicas “Corcovado”, “Por toda a Minha Vida” e a mais admirável de todas: “Águas de Março”. O vinil é uma obra de arte que resgata toda a bossa e a poesia do povo brasileiro.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre o disco de vinil

No início dos anos 2000, o disco de vinil passou a ser item de colecionador. No entanto, a tendência atual é a sua volta às prateleiras. As novas gerações, que nasceram sob o domínio da música digital, passaram a admirar a voz dos seus artistas preferidos com a originalidade do som analógico.

Nas próximas linhas, vamos falar mais sobre o disco de vinil e responder às suas dúvidas a respeito. Prepare os fones de ouvido pois o “bolachão” está de volta.

menino com disco de vinil

A variedade de cores do disco de vinil não influencia na qualidade do som, pois eles são iguais aos tradicionais. O que muda é apenas a pigmentação do corante. (Fonte: MilanIlic: 89744774/ 123rf.com)

Quais as vantagens e desvantagem de se ouvir música no disco de vinil?

O que é bom, cedo ou tarde, acaba se consolidando. Ao longo da história da música, muitos formatos de reprodução não tiveram sucesso. Este definitivamente não é o caso do bom e velho disco de vinil.

Quando todos achavam que ele só iria permanecer nas estantes dos nostálgicos, o vinil ressurgiu com força e caiu novamente no gosto popular. E isso se explica por uma série de fatores, que vamos mostrar a seguir na tabela que destaca as maravilhas — mas também alguns incômodos — do disco de vinil. Confira:

Vantagens
  • Se o master é analógico, o som é superior
  • Registra muito mais informação sonora que os CD ou os arquivos digitais
  • Com uma boa cápsula e agulha, a frequência de resposta é superior a dos meios digitais
  • A música soa mais quente e viva, e não com a sensação &#8220
  • enlatada&#8221
  • típica da compressão digital
  • As capas, a história e a apresentação de cada álbum fazem das coleções de vinil um mundo paralelo
Desvantagens
  • Exige cuidado contínuo e dedicado
  • Pode riscar com facilidade
  • É mais difícil de armazenar

Quais os tipos de disco de vinil existentes?

Há dois aspectos chave que diferenciam os tipos de disco de vinil: a gramatura e a velocidade. O primeiro conceito é relativamente novo e representa uma evolução do segmento. A gramatura, que antigamente não ultrapassava os 120g, agora pode chegar a até 200g. O peso do disco tem influencia direta sobre sua estabilidade na vitrola e consequente qualidade de reprodução.

Os vinis são diferenciados por RPM, sigla para rotações por minuto, e estão divididos em três velocidades: 33, 45 e 78 RPM. Porém, nem todas as vitrolas as reproduzem. O mais comum são aparelhos com reprodução em 33 e 45 RPM. No entanto, isso não precisa ser motivo de preocupação, já que são muito raros os álbuns gravados em 78 RPM. Veja abaixo as características de cada velocidade:

  • 33 RPM: Sua capacidade de armazenamento de músicas depende do diâmetro do disco, que costuma ter entre 7 e 12 polegadas. A música é fielmente reproduzida quando o prato gira 33 vezes em um minuto.
  • 45 RPM: É a velocidade mais comum, sobretudo nos LPs (sigla para long play) comerciais. A capacidade também depende do diâmetro, mas fica em torno dos vinte minutos de música em cada lado do disco.
  • 78 RPM: Esse formato era utilizado nos gramofones, o primeiro aparelho que reproduzia discos de vinil. Muito frágil e com capacidade para apenas uma música de cada lado, esse tipo de disco de vinil foi produzido no Brasil até 1964.
discos de vinil empilhados

Os discos de vinil de gramatura superior a 120g oferecem maior resistência e, geralmente, também apresentam qualidade superior de som. (Fonte: Tomertu: 48054107/ 123rf.com)

As cores do disco de vinil podem afetar a qualidade do som?

Não necessariamente. Se a estrutura do disco de vinil é colorida, isso significa apenas que o pigmento utilizado na coloração do vinil foi diferente do tradicional preto. Já no caso dos chamados picture discs, que são discos com imagens impressas em sua superfície, pode haver uma leve perda de qualidade. No entanto, há alguns fatores que podem levar à uma reprodução com qualidade sonora abaixo do esperado. Veja quais:

  • Produção menos criteriosa, normalmente feita em sistema de larga escala, com foco apenas em retorno comercial.
  • Uso de edição master (ou matriz) de baixa qualidade ou extraída de arquivos digitais.
foco

O material que se usa para a fabricação do disco de vinil é derivado de um plástico originalmente transparente. Mesmo os tradicionais vinis pretos passam por processo de coloração, recebendo pigmentos negros durante a sua produção.

As reedições de discos de vinil antigos são confiáveis?

Poderíamos falar muito sobre esse tema, mas vamos nos concentrar em um aspecto básico que pode ajudar a distinguir uma boa edição de outra com menos qualidade: a gramatura do disco de vinil. É possível afirmar que o peso maior dos discos fabricados atualmente — que, portanto, são os utilizados na reedição dos clássicos —, garante, logo de saída, algumas vantagens no que diz respeito a fidelidade ao som original. Acompanhe:

  • O disco de vinil com gramatura alta (de 150 a 210 gramas) é menos propensos a riscos ou rachaduras. Além disso, é mais resistentes à tendência de envergar, característica tipica do plástico.
  • Por ser mais denso e pesado, apresenta maior resistência no uso diário. Consequentemente, a expectativa é que tenham uma vida útil mais longa. Apesar se ser mais caro que os vinis comuns (abaixo de 150 gramas), devem ser considerados um investimento de longo prazo que vale a pena.
  • O disco com gramatura superior a 180 gramas costuma oferecer um som de maior qualidade. Isso porque, por ser mais grosso, ele permite um sulco mais profundo, o que facilita o trabalho da agulha sobre a superfície do vinil. Além disso, o desgaste do disco também é menor.

No entanto, há um fator crucial a ser observado. Mesmo com a alta gramatura, se a reedição do disco não utilizar uma matriz analógica, dificilmente a qualidade do som será fiel à versão original. Por isso, antes de comprar um disco, verifique se o master tem base analógica ou digital.

Se for a segunda opção, você precisa estar ciente de que estará adquirindo apenas a versão digital da canção gravada em uma mídia tradicional. Provavelmente, você não vai encontrar aquele “chiadinho” característico do vinil.

pequeno disco de vinil

Cuidar do disco de vinil é essencial para poder desfrutar dele por mais tempo. Lembre-se de limpá-lo antes e depois de cada reprodução. (Fonte: Dvulikaia: 85467489/ 123rf.com)

Como cuidar do disco de vinil?

Essa é ma pergunta recorrente entre os fãs do “bolachão”. Por fim, traremos a resposta definitiva! Por se tratar de um material delicado, o disco de vinil inspira alguns cuidados especiais tanto no uso quanto na forma de guardar. isso preserva não apenas o disco mas também a sua vitrola. Confira essas dicas e mantenha o seu som com mais qualidade, por muito mais tempo:

  • Guarde os discos de vinil sempre na posição vertical.
  • Limpe regularmente. Tenha uma rotina de limpeza de toda a coleção mas, principalmente, remova o pó com um flanela antiestática antes e depois de cada uso.
  • Guarde o vinil em capas antiestáticas para evitar que os discos acumulem muita eletricidade. Isso também pode danificá-lo.
  • Coloque capa externa nos discos para manter o álbum com aspecto de novo e evitar que as cores da edição fiquem desbotadas.
  • Retire sempre os vinil da vitrola depois da reprodução para evitar que se acumule pó ou outras sujeiras.
  • Mantenha em temperatura amena e longe da exposição direta à luz solar. As altas temperaturas podem afetar a estrutura do disco, que fica irregular ou envergada, impossibilitando a utilização na vitrola.
  • Tenha cuidado ao mudar de faixa, levantando a agulha o suficiente para que não arranhe a superfície do disco.

Critérios de compra

É bom estar ciente: colocar um disco de vinil na vitrola, posicionar a agulha e ouvir o chiado do vinil, é uma viagem sem volta! Depois que você seguir esses passos pela primeira vez, já estará mergulhado em um novo universo que vai muito além da música.

No entanto, para que sua aventura musical proporcione essa incrível experiência, é importante seguir alguns critérios básicos que vão garantir que você compre um disco de vinil de qualidade. Vamos a eles?

Gênero

Este é um critério muito pessoal. Não é sobre comprar o disco de vinil do momento, nem sobre embarcar nos preferidos do seu amigo que entende tudo de música. É preciso menos de vinil e mais de você mesmo para fazer uma boa escolha.

Tenha em mente que não é porque um álbum é considerado um clássico que você precisa gostar dele. Pense nos seus gostos particulares e na música que fala mais alto no seu coração. Siga essa dica e sua coleção será um retrato de quem você é de verdade.

Edição

À medida em que você cria gosto pelo disco de vinil, começa a ficar mais exigente com a qualidade da edição. Nesse contexto, a busca por edições originais e as chamadas “edições de colecionador” acaba sendo um caminho natural.

É evidente que uma edição original, mantida em bom estado, terá um valor indescritível, mas vale a pena avaliar as reedições antes de gastar pequenas fortunas nas originais. Lembra da gramatura dos discos de vinil modernos? Então, isso garante a qualidade das novas edições, com custo relativamente menor.

toca-discos e vinil

Mesmo que você escolha o melhor disco de vinil, é preciso estar ciente que a qualidade da vitrola e da agulha é fundamental para obter um som de qualidade. (Fonte: Rawpixel: 82723414/ 123rf.com)

Produção

Este aspecto é determinante para a qualidade do disco de vinil. Os discos produzidos em larga escala costumam ter processo de produção menos criterioso, o que impacta diretamente na qualidade e na vida útil do seu vinil.

Como dificilmente há como saber se a produção de um disco foi bem executada, veja as avaliações do produto e pesquise a opinião de outros compradores. Sem esse cuidado, você pode ter uma surpresa desagradável ao colocar seu disco de vinil para rodar.

Master

Levar em conta qual foi a matriz utilizada na produção de um disco de vinil faz toda a diferença na sua experiência. Algumas gravadoras utilizam o master digital para gravar o vinil, apenas prensando o formato digital em uma mídia analógica.

O resultado não poderia ser diferente. O som será exatamente o mesmo, sem as características marcantes do vinil. Quando for escolher seu disco de vinil, certifique-se sobre a base do álbum. Se ele foi produzido a partir do master analógico, pode comprar sem medo.

Gramatura

Com a garantia de que o disco de vinil tem como base uma matriz analógica, o próximo passo é estar atento a gramatura. Prefira os discos com peso superior a 150 gramas. Como já comentamos, esse aspecto é fundamental para garantir uma reprodução de qualidade e um disco com vida útil mais longa.

Só invista em um disco de vinil com baixa gramatura se estiver em busca de um álbum específico, fabricado originalmente com peso menor. Neste caso, faça uma avaliação criteriosa do estado do vinil antes de comprar.

Resumo

O retorno do disco de vinil é uma realidade e os melhores álbuns estão à sua espera. Lembre-se que, uma vez que você conheça o mágico ritual da música em vinil, não há mais como voltar atrás! Com o disco de vinil, você vai descobrir uma nova forma de ouvir seu artista preferido.

No entanto, na hora de comprar os melhores discos, não deixe apenas o coração falar. É importante analisar os critérios que vão garantir uma experiência de qualidade e a oportunidade de criar a coleção de vinis que mais tenha a ver com quem você é de verdade.

Se nós ajudamos a entender mais sobre o disco de vinil, deixe-nos um comentário e compartilhe esse artigo. Muito obrigado e até a próxima!

(Fonte da imagem destacada: Mozes: 1595847/ Pixabay.com)

Why you can trust us?

Ricardo Amorim Músico e Viajante
A música e as viagens sempre foram as paixões de Ricardo. Seu violão o acompanha pelo mundo, desde que saiu de casa aos 17 anos. Desde então, já conheceu mais de 50 países e segue sua jornada rumo aos 100. Além de suas duas paixões, Ricardo também escreve sobre outras formas de lazer, especialmente sobre livros, aproveitando os dois anos investidos no curso de Jornalismo.
Vera Pereira Redatora/Editora
Jornalista, especialista em produção de conteúdo digital, tem na escrita a sua maior paixão. Adora investigar, apurar fatos e reconstruir histórias. Por isso, atua na pesquisa e adaptação dos conteúdos internacionais à realidade e legislação brasileiras.
Como redactor de contenidos y traductor, para mí, escribir es un trabajo de orfebrería que debe servir para adornar y completar la vida del lector. En cuanto a mi vida personal, no concibo el mundo sin los discos de vinilo, la poesía de Jaime Gil de Biedma, mis dos gatos (Molly y Cohen) y el clutch time de la NBA.