Publicado: 4 de dezembro de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

17Horas investidas

3Estudos avaliados

49Comentários coletados

O esfoliante facial é um item essencial em qualquer rotina da beleza e no cuidado com a pele. Lembre que a pele é o maior órgão do corpo humano, mas também um dos mais delicados. Tomar banho todos os dias ajuda a manter a pele limpa, mas o rosto também precisa de uma limpeza mais profunda de vez em quando.

Com o esfoliante facial, é possível remover toda a sujeira acumulada, que obstrui os poros, e as células mortas, que deixam a pele com aspecto opaco e sem viço. Além disso, a esfoliação ajuda na penetração de outros produtos, como hidratantes, máscaras ou séruns, melhorando sua eficácia.




O mais importante

  • A esfoliação facial estimula a renovação celular da pele e confere luminosidade ao rosto.
  • Todas as peles podem e devem ser esfoliadas, mas é importante adquirir um esfoliante facial que atenda às necessidades específicas de cada pessoa.
  • A esfoliação correta não deve causar dor, vermelhidão permanente, irritações e acne.

Melhores esfoliantes faciais: Nossas recomendações

Escolher um esfoliante facial é uma missão delicada, pois é fundamental encontrar o produto certo, que vai se adaptar ao seu tipo de pele. Um esfoliante fraco demais não dará resultados e você não vai perceber seus benefícios, enquanto um forte demais pode causar irritações na pele e até provocar vermelhidão. Por isso, nós selecionamos cinco opções variadas.

Esfoliante antissinais Chronos Natura

Este esfoliante facial antissinais da linha Chronos da Natura possui um mecanismo duplo: esfoliação física, que remove as células mortas da superfície da pele e esfoliação química, que penetra nos poros e estimula a atividade celular. Desta forma, garante uma esfoliação intensa e eficiente.

É indicado para uniformizar a textura da pele, reduzir linhas finas de expressão, prevenir o surgimento de cravos, entre outros benefícios. A embalagem possui 50g. Deve ser aplicado sobre a pele limpa, com movimentos circulares e deve ser enxaguado em seguida. O uso recomendado é 1 ou 2 vezes na semana.

Esfoliante facial cremoso de bétula, Weleda

O Esfoliante Cremoso de Bétula da Weleda promove a esfoliação da pele com minúsculos grânulos feitos de ceras naturais, que não agridem a pele nem o meio ambiente. Com aroma revigorante de Toranja, frutas cítricas e cipreste, é livre de fragrâncias artificiais e matérias-primas derivadas de óleos minerais, corantes e conservantes sintéticos.

Esse esfoliante tem função hidratante e é indicado para uso semanal durante o banho. Elaborado com extratos vegetais cultivados em campos próprios, sua formulação contém os seguintes princípios ativos: óleo de semente de sésamo, cera de abelha, cera de carnaúba, óleo de rícino, óleo de semente de damasco, extrato de folhas de bétula, extrato de raiz de gilbardeira e extrato de folhas de alecrim.

Esfoliante facial de hortelã iluminador, Adcos

O Peeling de Hortelã Iluminador da Adcos é formulado com agentes esfoliantes de duas granulometrias diferentes: os grânulos maiores removem as células mortas e purificam a pele enquanto os grânulos menores afinam a pele, atenuando pequenas rugosidades.

Esse produto tem ação antisséptica e é indicado para peles ásperas e espessas, que apresentam ressecamento, hiperpigmentação e opacidade. Ele também pode ser usado no couro cabeludo! Seus princípios ativos são: microesferas de polietileno, óxido de alumínio, extrato de guaraná, óleo de menta e triclosan.

Esfoliante facial Gelée Douce, Nuxe

A Linha Gelée Exfoliante Douce da Nuxe foi desenvolvida para uma rotina de cuidados diários voltados para todas as idades, especialmente para peles sensíveis. Seu esfoliante facial remove as células mortas com delicadeza, deixando a pele macia e radiante.

Com textura em gel, é formulado com 91% de ingredientes naturais e contém pétalas de rosa, casca de nozes, caulino, vitamina E, óleos essenciais (madeira de rosa, laranja doce, tangerina verde) e óleos vegetais (borragem, calêndula, amêndoas doces). É hipoalergênico e livre de parabenos.

Esfoliante facial Depore Scrub, Ada Tina

O Depore Scrub é um gel esfoliante com efeito peeling, especialmente indicado para peles oleosas e com acne de grau I não inflamatória. Formulado com ISSO.HA salicílico e microesferas esfoliantes, ainda conta com a tecnologia Oil Control.

Seus benefícios incluem redução dos cravos e marcas de acne, diminuição da oleosidade e do brilho excessivo da pele, remoção das células mortas e desobstrução dos poros. Sua eficácia foi clinicamente comprovada em 15 minutos após o primeiro uso e em 14 dias de uso diário.

Esfoliante facial Actine, Darrow

O Esfoliante Facial Actine auxilia na limpeza da pele, removendo as células mortas e impurezas, além de regular a produção de sebo, sem agredir ou ressecar a pele. Possui microesferas que melhoram a textura cutânea e auxiliam na renovação celular.

Sua formulação contém cristais de polietileno para esfoliação mecânica e salicilato de sódio para esfoliação química; PCA de zinco para controlar a oleosidade; extrato de Melilotus officinalis que promove ação calmante e descongestionante; e gluconato de zinco, que ação antimicrobiana.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre o esfoliante facial

A seguir, vamos responder algumas das dúvidas mais comuns que geralmente acompanham as pessoas que decidem comprar um esfoliante facial. Não importa se este é o seu primeiro esfoliante ou se você apenas deseja escolher uma segunda opção, nós contaremos tudo que você precisa saber e também ajudaremos a escolher a opção perfeita para você.

Mulher em frente ao espelho analisando o rosto.

O esfoliante facial não é complicado de usar, mas é importante usá-lo corretamente para não danificar a pele delicada do rosto. (Fonte: akz: 62474591 / 123rf.com)

O que é esfoliação?

Vamos começar pelo princípio. A esfoliação consiste em remover as células mortas da camada mais superficial da pele, seja por meios mecânicos ou químicos (falaremos disso mais à frente). A maior parte dessas células se desprende naturalmente, mas pode acontecer de sua pele ficar ressecada, áspera ou com poros obstruídos.

O esfoliante facial promove uma limpeza profunda da pele e remove as células mortas de maneira uniforme, assim como as impurezas que se acumulam nos poros. Com isso, se estimula a regeneração da pele, devolvendo o viço do rosto e atenuando suas manchas. É por isso que o esfoliante facial deve fazer parte da sua rotina de beleza.

Como funciona o esfoliante facial e para que ele serve?

A esfoliação mecânica consiste, basicamente, em esfregar minúsculas partículas "abrasivas" sobre a pele, fazendo com que as células mortas e impurezas se desprendam. A esfoliação química desempenha a mesma função, mas através de ingredientes químicos como BHA (beta-hidroxiácidos), AHA (alfa-hidroxiácidos) ou ácido glicólico.

Como já mencionamos, as células superficiais da pele são renovadas naturalmente, mas isso nem sempre acontece de maneira homogênea. O esfoliante facial estimula essa regeneração natural da pele. Em suma, o esfoliante serve para realizar uma limpeza profunda da pele, que não seria possível apenas com sabonetes.

Produtos esfoliantes para pele.

Embora a esfoliação melhore a acne e os cravos, a esfoliação excessiva pode ter um resultado totalmente oposto. (Fonte: serezniy: 25735897 / 123rf.com)

Quais são os tipos de esfoliante facial?

Nós adiantamos esse assunto nas seções anteriores. Você já sabe que existem pelo menos dois tipos de esfoliante: o mecânico e o químico. Neste Guia, vamos nos concentrar principalmente no esfoliante mecânico, mas também é bom saber que existem outras opções e que elas são perfeitamente combináveis com a esfoliação mecânica.

Mecânico Características
Suave Indicado para todos os tipos de pele, mas recomendado especialmente para peles sensíveis. A base de ceras ou óleos vegetais (como, por exemplo, óleo de jojoba). Esfoliação superficial
Forte Indicado para todos os tipos de pele, mas recomendado especialmente para peles oleosas. Formulado com partículas de sementes e cascas de frutas, de minerais, de polietileno o outros materiais não degradáveis. Esfoliação profunda. Evite aplicar nas regiões mais sensíveis do rosto, como o contorno dos olhos
Químico Características
BHA, AHA e ácido glicólico Apenas para peles que não são muito sensíveis ou que estejam acostumadas com esse tipo de ingrediente. Estimula a formação de colágeno. Diminui a formação de rugas. Utilizado principalmente no inverno ou em conjunto com protetor solar com FPS alto
Enzimático Para todos os tipos de pele, embora sejam ideais para peles sensíveis e delicadas. Não provoca irritação na pele. Ação profunda e suave

Por que usar um esfoliante facial?

As células mais superficiais da pele se renovam completamente a cada 28 dias ou mais. No entanto, é quase impossível que esse processo aconteça de maneira uniforme, pois há muitos fatores que influenciam: alimentação, hábitos, idade etc. É nessas horas que o esfoliante facial aparece para ajudar na tarefa, proporcionando um resultado homogêneo.

Mais à frente, falaremos sobre a questão da frequência de uso. Mas, como regra geral, todo mundo deve esfoliar o rosto pelo menos uma vez por semana. Segundo Mary P. Lupo, médica da Academia Americana de Dermatologia, "a esfoliação pode melhorar a aparência da pele e aumentar a eficácia dos tratamentos tópicos". Você ainda precisa de mais motivos para incluir o esfoliante na sua rotina?

  • Potencializa a renovação celular. Esse processo se desacelera com o passar dos anos.
  • Melhora a circulação. Massagear a pele com esfoliante melhora a circulação no rosto.
  • Deixa a pele radiante. Uniformiza o tom da pele.
  • Remove impurezas. Também desobstrui os poros e melhora o quadro de acne.
  • Tonifica a pele. E aumenta a absorção de outros produtos de uso tópico, como máscaras hidratantes.

Como esfoliar o rosto?

O esfoliante facial não é complicado de usar, mas é importante aplicá-lo corretamente para não danificar a pele delicada do rosto. O esfoliante químico é aplicado da mesma forma que um hidratante, realizando uma massagem com movimentos circulares, de cima para baixo. Para a esfoliação mecânica, no entanto, você deve seguir algumas etapas:

  1. Lave seu rosto com seu sabonete líquido de costume.
  2. Com a pele ainda úmida, aplique o esfoliante em vários pontos, como testa e bochechas.
  3. Faça uma massagem suave, com movimentos circulares. Não exagere na força, nem se detenha muito nas áreas mais sensíveis do rosto.
  4. Lave o rosto com bastante água para remover os resíduos do produto e aplique o seu hidratante de costume ou qualquer outro tratamento tópico.

Com que frequência devo esfoliar o rosto?

Essa é a pergunta que não quer calar... Mas lamentamos dizer que ela não tem uma resposta certa. A frequência com que você deve esfoliar seu rosto varia de uma vez por semana (ou até menos, no caso de peles extremamente sensíveis) a cerca de três vezes por semana. Tudo depende do tipo de esfoliante facial que você está usando e o seu tipo de pele.

Tipo de pele Características
Pele seca As peles secas devem ser esfoliadas de uma a duas vezes por semana com um esfoliante suave. Mais do que isso pode levar a irritações
Pele sensível As peles muito sensíveis não devem ser esfoliadas mais de uma vez por semana, talvez apenas a cada 10 ou 15 dias, dependendo da resposta à esfoliação
Pele oleosa As peles oleosas com tendência à acne podem e devem ser esfoliadas pelo menos uma vez por semana, mas o ideal seria de duas a três vezes

O que acontece se eu não esfoliar meu rosto corretamente?

O maior erro que você pode cometer ao esfoliar seu rosto é exagerar na força ou na frequência. Se você perceber alguma inflamação ou região avermelhada, talvez seja necessário dar mais tempo entre as esfoliações ou experimentar um esfoliante facial mais suave para o seu tipo de pele. Você também pode optar por esfoliante com ingredientes hidratantes.

A esfoliação, quando feita incorretamente, pode levar à vermelhidão, descamação ou até mesmo um surto de acne – nós discutiremos esse problema na próxima seção. É muito importante que você siga as instruções da embalagem e interrompa o uso do produto caso perceba algum dos efeitos adversos que foram mencionados.

A esfoliação facial pode causar um surto de acne?

Embora a esfoliação tenha o poder de melhorar tanto a acne quanto os cravos, a esfoliação em excesso pode ter o efeito completamente oposto. Além disso, se esta é a primeira vez que esfolia seu rosto, você também pode apresentar um surto de acne inicial que desaparecerá em poucos dias. Isso é normal e faz parte do processo de limpeza profunda da pele.

Em todo caso, antes que você tenha um surto de acne, é melhor dar mais tempo entre as esfoliações e, talvez, experimentar um produto mais suave, com partículas menores ou princípios hidratantes. Lembre que a acne na região do queixo geralmente é causada por fatores hormonais e nem sempre está relacionada a suas rotinas de beleza.

Imagem de produtos esfoliantes.

A técnica de esfoliação, também conhecida como peeling, ajuda a regenerar a pele e deixá-la mais macia e limpa. (Fonte: Barbalini: 65815564 / 123rf.com)

É melhor esfoliar o rosto pela manhã ou à noite?

Se você perguntar a vários dermatologistas se é melhor esfoliar o rosto de manhã ou à noite, a resposta provavelmente será um empate. As duas opções têm suas próprias vantagens.

O ponto em comum é que a esfoliação não pode ser agressiva e deve ser realizada com partículas de tamanho pequeno ou médio, para evitar micro cortes na pele.

À noite, você pode usar um produto um pouco mais abrasivo, a fim de preparar o rosto para a absorção de outros tratamentos de beleza.

De manhã, você pode usar um esfoliante facial mais delicado, que deixe a pele mais radiante e com aspecto de descansada. Idealmente, você deve inserir a esfoliação na sua rotina de beleza do jeito que for mais conveniente para você.

Critérios de Compra

Existem esfoliantes faciais que são muito baratos e também aqueles que são muito caros. A verdade é que o preço não costuma ser garantia de nada. É importante levar em conta alguns critérios, além da questão financeira, na hora de escolher um produto. Além disso, você também deve ler a opinião de pessoas que já usaram o produto.

  • Tipo de pele
  • Tipo de esfoliante
  • Tamanho das partículas esfoliantes
  • Material das partículas esfoliantes
  • Ingredientes

Tipo de pele

Hoje em dia, a personalização dos tratamentos estéticos é uma tendência. Nem todo mundo segue a mesma rotina de beleza. Por isso, você sempre deve adquirir produtos com base nas suas próprias necessidades.

Basta avaliar o estado do seu rosto para saber seu tipo de pele e com que frequência você deve fazer uma esfoliação:

Tipo de pele Características
Pele normal A pele normal pode usar praticamente qualquer tipo de esfoliante facial com frequência de uma a duas vezes por semana
Pele seca A pele seca precisa de esfoliantes ricos em princípios hidratantes, como o óleo de jojoba
Pele mista A pele mista precisa de hidratação, assim como a pele seca, mas também de uma limpeza mais intensa, como a pele oleosa
Pele oleosa A pele oleosa deve evitar esfoliantes ricos em óleos e optar por produtos refrescantes, que esfoliem a pele profundamente e removam impurezas e cravos
Pele sensível A pele sensível precisa de esfoliantes hidratantes com partículas muito finas, e sua aplicação deve ser menos frequente

Tipo de esfoliante

Como vimos, existem basicamente dois tipos de esfoliante: o mecânico e o químico. Dentro de cada uma dessas categorias, existem subtipos: ácido, enzimático, suave ou mais abrasivo. Não existe essa coisa de que um esfoliante facial é melhor do que outro, mas cada um tem suas próprias funções e características. Tudo depende de cada pessoa.

Nas palavras de Imaculada Canterla, farmacêutica especializada em dermocosméticos e diretora do Cosmeceutical Center, “pessoas com pele sensível ou rosácea devem evitar certos esfoliantes mecânicos, com grânulos maiores, e o uso de esfoliantes químicos para não desencadear processos inflamatórios". Em vez disso, se recomenda um peeling com ácido.

Por outro lado, segundo essa mesma especialista, "peles com hiperpigmentação, espessamento, danos solares e rugas devem, sim, recorrer aos peelings químicos de uso doméstico".

Além disso, como essas peles são mais resistentes, também se recomenda o uso de esfoliantes mecânicos com partículas de tamanho médio.

Tamanho das partículas esfoliantes

Os esfoliantes faciais têm partículas de diferentes tamanhos. Por um lado, existem partículas muito pequenas, que podem ser usadas praticamente todos os dias e são indicadas para peles muito sensíveis.

Há também os esfoliantes com partículas maiores, que não devem ser usados mais de uma vez por semana e são indicados para peles resistentes.

Ao adquirir um esfoliante facial, você deve levar em conta tanto o seu tipo de pele quanto a finalidade do produto, para poder escolher aquele que tenha partículas do tamanho certo para você.

Em caso de dúvida, é sempre melhor "errar para menos", uma vez que partículas maiores do que o necessário podem ser abrasivas demais para a sua pele.

Material das partículas esfoliantes

As partículas esfoliantes podem ser naturais – de sementes e cascas de frutas, por exemplo – ou de plástico. Como essas partículas minúsculas não são retidas pelo ralo, quando usamos um esfoliante facial com microesferas de plásticos, estas descem pelo esgoto e acabam nos rios, lagos e mares, onde entram na cadeia alimentar dos animais marinhos.

Como as microesferas de plásticos representam um sério problema ambiental nos dias de hoje, acreditamos que um critério importante a ser levado em conta na hora de comprar um esfoliante facial é a composição das partículas esfoliantes. No mercado, existem muitas opções com partículas esfoliantes de origem natural e biodegradável.

Ingredientes

Antes de compra qualquer cosmético, é sempre importante ler atentamente a lista de ingredientes. No caso dos esfoliantes mecânicos, as partículas esfoliantes podem ser extratos naturais micronizados (como grânulos de sementes de pêssego ou damasco, ou cera de abelha), de origem mineral (microcristais) ou microesferas de plástico.

Também é necessário levar em conta o restante da formulação, uma vez que o esfoliante pode ter ou não sulfatos, ter função hidratante, e assim por diante. Nossa recomendação é que você opte por um esfoliante facial com o máximo de ingredientes naturais possíveis. Caso tenha a pele sensível, evite produtos que contenham fragrâncias.

Resumo

O esfoliante facial é um produto que não deveria faltar em nenhuma rotina de beleza ou tratamento facial. Quando usamos um esfoliante que se adapta às necessidades do nosso rosto, suas vantagens são inúmeras: a pele se torna mais limpa, sem impurezas, a renovação celular é estimulada, e o rosto fica radiante.

Esperamos que este Guia tenha sido útil. Como você pode ver, nem toda pele deve usar o mesmo tipo de esfoliante facial. Essa coisa de "um por todos, todos por um" não funciona aqui. É essencial que você pense atentamente no seu tipo de pele e nas suas necessidades antes de comprar qualquer produto desse tipo. Seu rosto agradece!

Já escolheu o esfoliante facial perfeito para você? Queremos ler suas recomendações nos comentários. Se você gostou do nosso Guia, compartilhe nas suas redes sociais.

(Fonte da imagem destacada: Elizaveta Galitckaia: 95675116 / 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas