prateleiras brancas

Quanto tempo faz que você está com vários objetos decorativos esperando por um lugarzinho especial? Sem falar naquela repaginada na sua sala ou no escritório que nunca chega… Às vezes, mesmo querendo muito deixar o ambiente com um toque especial, parece que não se sabe por onde começar. Uma boa estante pode ser fundamental para trazer mais estilo e incrementar a decoração da sua casa.

Mais que isso, a estante não servem apenas para deixar o ambiente mais bonito. Ela é indispensável para quem precisa organizar espaços, seja a garagem, a área de serviço ou o escritório. Assim, torna-se um ótimo recurso para aquelas áreas em que normalmente se acumulam muitas coisas e, nem sempre, se consegue manter a ordem. Quer ver como a estante pode te ajudar? Vamos lá!

O mais importante

  • A estante é projetada para contribuir na organização do ambiente. Para tanto, é preciso que seja utilizada da forma correta.
  • É fundamental entender bem as suas necessidades para escolher o modelo de estante mais adequado. Portanto, mais que estética, é necessário avaliar as funcionalidades do móvel.
  • Se você não sabe quais aspectos deve levar em conta antes de comprar a estante, fique conosco. Aqui, vamos esclarecer os principais critérios de compra.

As melhores estantes do mercado: nossas recomendações

Qual estante comprar? São tantas as opções que a escolha pode ser mais difícil do que parece. Pensando nisso, preparamos uma seleção com as mais vendidas e com as melhores avaliações do mercado. Confira!

A estante com design clean e alta resistência

Se você procura uma forma de organizar e decorar algum ambiente da sua casa ao mesmo tempo, essa estante vai cumprir as duas funções ao mesmo tempo.

Projetada em MDP de alta resistência, ela tem acabamento em pintura UV texturizada. Isso significa que sua estante estará protegida da ação do sol e do tempo. Com 4 prateleiras de 60 centímetros de largura, é um móvel compacto, versátil e muito elegante.

A melhor escolha para inovar na decoração

O design inusitado dessa estante vai chamar a atenção de todas as visitas que você receber e se tornar um lugar de destaque para os seus livros e objetos preferidos. As linhas retas trazem sofisticação mesclada à modernidade dos nichos assimétricos.

Sua estrutura em MDF e MDP garante estabilidade e durabilidade. O acabamento fosco, com pintura UV, permite que a sua estante se mantenha como nova por muito mais tempo.

O melhor modelo para divertir e organizar

Um banho de criatividade e bom gosto para o quarto das crianças. Essa prateleira em estilo Montessoriano deixa todos os brinquedos e livros ao alcance dos pequenos e, com isso, proporciona um ambiente descontraído e lúdico.

Produzida com material atóxico e MDP certificado, a estante é uma forma de estimular o senso de organização, já que permite que a própria criança coloque os objetos no lugar quando acabar a brincadeira.

Guia de compra: O que você precisa saber sobre a estante

Como ter certeza de que a estante que você pretende comprar vai ajudar na organização em vez de se tornar mais um móvel incômodo na casa? A resposta começa pela clareza dos seus objetivos. Por isso, é preciso conhecer mais sobre a estante e como ela pode ajudar na rotina e na estética da sua casa. Neste guia, vamos trazer dicas e informações preciosas. Acompanhe.

prateleiras em casa

O primeiro ponto que precisa ser avaliado é se o material da estante é adequado. As medidas também devem estar de acordo com o espaço disponível. (Fonte: Białasiewicz: 82873135/ 123rf.com)

Quais tipos de estante existem?

A estante é um móvel com vários espaços para guardar ou expor objetos. Partindo dessa ideia, podemos dizer que os principais tipos de estante são as organizadoras e as decorativas. Veja os detalhes de cada um dos tipos.

  • Estante organizadora: É fabricada com materiais resistentes e projetada para ambientes como garagens, lavanderias e escritórios. Neste caso, é importante estar atento à capacidade da estante para não danificá-la ou causar acidentes por excesso de peso.
  • Estante decorativa: Pode conter nichos para organização. No entanto, sua função principal é dar suporte a objetos decorativos. Costuma ter design diferenciado e espaço próprio para armazenar livros. Por esse motivo, também pode ser chamada de livreiro.

O que é preciso considerar na escolha de uma estante?

Além dos tipos de estante, de acordo com a sua finalidade, há outras questões que devem ser levadas em consideração antes de comprar uma estante. Primeiro, avalie o tamanho da estante, já que as medidas devem ser compatíveis com o espaço que você dispõe para acomodá-la.

Outro ponto importante a se avaliar é o material de que o móvel é feito, qual a resistência e a durabilidade da sua estrutura, além — é claro — do design. Sobre os materiais, podemos dizer que os mais comuns são:

  • Madeira. Os modelos mais atrativos são os produzidos em madeira maciça. Se bem estruturada, a estante em madeira costuma ser mais resistente. No entanto, costuma ser mais utilizada para objetos mais leves.
  • Derivados de madeira. Conhecidos como MDF ou MDP, esses materiais são um subproduto da madeira, fabricado a partir de suas fibras. É bastante resistente e costuma ter o valor mais acessível. Geralmente passa por um tratamento na pintura, que garante proteção ao tempo, que torna o produto mais durável.
  • Plástico. O plástico é um recurso prático e econômico. Além de conferir um aspecto moderno ao ambiente, também oferece facilidade na manutenção e na limpeza. No entanto, costuma ser frágil ao excesso de peso.
  • Aço. É possível encontrar desde os modelos tradicionais, versáteis e resistentes, até os modernos aramados. Tem a vantagem de poder ter prateleiras configuradas de acordo com a sua necessidade e oferecer maior resistência ao excesso de peso. Além disso, os modelos confeccionados com aço aramado conferem muita modernidade e leveza ao ambiente.
escritório com decoração moderna

Na hora de comprar uma estante, leve em conta qual a finalidade do móvel para definir o tipo e o material mais adequados. (Fonte: LightFieldStudios: 114250652/ 123rf.com

Quais as variedades mais comuns de estante decorativa?

Não há limites para a criatividade na hora de decorar um ambiente. Por isso, podemos dizer que são incontáveis as variações de estante disponíveis no mercado. Ainda assim, de acordo com a forma de montagem e utilização, é possível destacar algumas variedades básicas:

  • Separadora de ambientes. Normalmente confeccionadas em materiais leves e cor clara, á utilizada para dividir dois espaços em um mesmo cômodo sem, contudo, bloquear sua luminosidade.
  • Em forma de escada. Tem a estrutura parecida com uma escada apoiada na parede. Normalmente, as prateleiras inferiores são mais largas e vão ficando mais estreitas conforme mais altas. Sua utilização mais comum é em salas e quartos.
  • Suspensa. Pode ser composta por várias prateleiras, todas fixadas na parede. É ideal para acomodar livros e outros pequenos objetos de decoração e se apresenta como uma excelente forma de aproveitamento do espaço.
  • Em forma de árvore. Com design atrativo e lúdico, suas prateleiras são estruturadas na diagonal e imitam os galhos de uma árvore. Muito comum para acomodar livros e discos de um forma inusitada e original.
  • Livreiro. Projetada especialmente com a função de guardar livros, essa estante costuma ter prateleiras com a dimensão apropriada para acomodar os formatos padrão dos exemplares. Pode ter portas, normalmente de vidro.
  • Com formas geométricas. Há muitos modelos que lançam mão da geometria para um design diferenciado. Esse tipo de estante pode ter as prateleiras em forma redonda, triangular ou hexagonal. Geralmente, é composta por nichos que vão fixados à parede.
  • Design original. Nesse tipo de estante, há espaço para a criatividade. Desde formas desencontradas até as propostas retrô ou ultra modernas. Pode ser mais difícil para acomodar os objetos, mas ela já é, em si, uma peça decorativa.
Prateleiras com livros

A madeira é sempre uma boa escolha para a estante, seja ela maciça ou seus derivados, como o MDF. (Fonte: Vladimir Mokry/ Unsplash.com)

O que é uma estante Montessoriana?

Nunca é demais falar sobre os benefícios da leitura e das brincadeiras lúdicas para as crianças. Mas não basta comprar livros e brinquedos educativos. É preciso deixá-los acessível, ao alcance dos pequenos. Assim, terão liberdade para escolher e se encantar com o mundo da leitura.

Maria MontessoriEducadora e médica psiquiatra do século XIX

“Todas as crianças podem aprender. São os adultos que não permitem”.

A estante montessoriana ajuda a compor o mobiliário para estimular a prática da metodologia criada por Maria Montessori no século XIX. Ela revolucionou a educação, defendendo que dar autonomia às crianças é uma forma de estimular o desenvolvimento máximo de suas habilidades.

Os móveis utilizados no sistema Montessoriano são mais baixos que os tradicionais. Nesse tipo de decoração, tudo — desde mesa à espelhos e prateleiras — fica ao alcance da criança, para que ela possa interagir com todos os elementos do ambiente.

É melhor usar uma estante aberta ou com portas?

A estante aberta tem a vantagem de facilitar a visualização de tudo o que está armazenado nela. Por isso, é o modelo mais utilizado como decorativo. No entanto, costuma acumular mais poeria do que os modelos com portas. Sendo assim, você terá que limpar a estante com mais frequência.

Além disso, por ser mais acessível a todas as pessoas que utilizam o espaço, é normal que fique frequentemente desorganizada, com acúmulo de coisas desnecessárias. Da mesma forma, a estante com portas, por manter o conteúdo interior reservado, pode se tornar um pequeno depósito de bagunça de toda a família.

Por outro lado, os modelos com porta de vidro permitem saber tudo o que está dentro da estante, mantém a limpeza por mais tempo e criam uma atmosfera de sofisticação. Resumidamente, é importante lembrar que a estante deve ser utilizada para ajudar na organização e não para esconder a bagunça do dia a dia.

Ray EamesDiretora de cinema, desenhista e arquiteta

“O funcional é melhor que o belo. O que funciona bem resiste ao tempo e às tendências de beleza”.

Quais as vantagens e desvantagens de usar uma estante?

Diante de tanta informação, já é possível concluir que a estante é um móvel imprescindível tanto para a casa quanto para seus negócios. Contudo, antes de tomar uma decisão, é importante considerar se essa é a melhor alternativa para suas necessidades.

Para tanto, elaboramos uma tabela com as principais vantagens e desvantagens deste móvel.

Vantagens
  • Ajuda a manter a ordem
  • Há muitas opções que reúnem estética e funcionalidade
  • É simples encontrar o modelo adequado às necessidades
Desvantagens
  • Chega à sua casa desmontada
  • Alguns modelos são muito básicos
  • A estante aberta costuma acumular muito pó nos objetos

Critérios de compra

A esse ponto, você certamente já decidiu se a estante é a melhor opção para organizar e decorar aquele ambiente que precisa de um toque especial. Sem dúvidas, já deve estar imaginando sua sala ou escritório livre de toda a bagunça. No entanto, há ainda alguns aspectos a se considerar antes de bater o martelo. Ficar atento a esses cuidados vai garantir uma compra de sucesso.

Cômodo

Nem todos os modelos de estante são adequados para todos os ambientes. Portanto, antes de definir a compra, avalie as informações do fabricante para garantir que o modelo escolhido é próprio para o cômodo em que será instalado. Na tabela que segue, listamos o que avaliar como fundamental de acordo com o local de uso da estante:

CômodoO que avaliarO que evitar
DormitórioFunção decorativaArmazenar muitas coisas na estante
Dormitório infantilAcesso fácil da criança ao móvelQualquer elemento que possa oferecer perigo
SalaDesign adequado à decoração do ambiente e combinação entre funcionalidade e belezaDesorganização e sobrecarga
CozinhaFacilidade de limpeza e capacidade de armazenamentoMateriais que não suportem umidade e calor, como plástico e algumas madeiras
BanheiroOpção de armazenamento extra e facilidade de limpezaMateriais que não suportam umidade
Área de serviçoResistência e funcionalidadeMateriais que não suportam umidade

Design

A sua casa tem um estilo de decoração muito bem definido? Então, é melhor seguir a mesma linha para a estante. Assim, o móvel não destoará dos demais. Contudo, se não encontrar o modelo no mesmo estilo, opte por um design neutro e clássico.

Se você vai utilizar a estante para colocar objetos de decoração, o ideal é que ela não chame mais atenção que esses itens. Isso é, se os objetos forem chamativos, é melhor que a estante seja neutra.

Por outro lado, se vai abrigar itens básicos, você pode abusar da originalidade na formas da estante, mas mantenha sempre em mente a máxima repetida pelos designers: “menos é mais”. Certamente, essa será a opção mais inteligente!

Prateleiras com livros

Certifique-se sobre o peso máximo suportado pela estante e nunca sobrecarregue o móvel. (Fonte: AnikaSalsera : 24439140/ 123rf.com)

Fixação

Fixar a estante na parede não é um item opcional, nem mesmo nos modelos de chão. Isso significa que, independentemente do modelo que você escolher, é importante que ela seja presa à parede para evitar acidentes.

Nos modelos suspensos, siga as instruções do fabricante e utilize buchas e parafusos no tamanho indicado. O tamanho desses itens é definido de acordo com a capacidade de peso que a estante pode suportar.

foco

Existem, no mercado, parafusos específicos para cada tipo de parede. Um profissional saberá dizer qual o necessário de acordo com o material com que a parede foi construída.

Profundidade

Além das medidas externas da estante, que garantem se ela vai se acomodar bem no espaço disponível, também é preciso considerar a profundidade de cada prateleira do móvel. O ideal é que ela tenha, no mínimo 30 centímetros.

Verifique se a profundidade do móvel está de acordo com a medida dos objetos que ele vai acomodar. Afinal, nada pior do que um livro ou uma caixa que não cabem direito no espaço. Além de atentar contra a estética, isso também pode trazer riscos de acidentes.

William MorrisArquiteto e designer

“Não tenha nada em sua casa que seja inútil ou que você não considere bonito”.

Altura

Conferir a distância entre as prateleiras de uma estante é essencial para definir se ela será útil para você. Imagine o que pretende acomodar em cada um dos níveis. Assim, ficará mais fácil perceber qual a altura necessária para organizar tudo, sem surpresas.

Se você ainda não tem clareza do que vai permanecer na estante — ou prefere ter mais possibilidades — busque por uma opção com prateleiras ajustáveis. Dessa forma, é possível configurar a altura dos níveis de acordo com a necessidade do momento.

Resumo

Funcional, bonita e versátil, a estante pode trazer grande ajuda para a organização e a beleza de um ambiente. Basta ter em mente o seu principal objetivo e seguir nossas dicas. Nunca é demais lembrar que esse móvel precisa ser adequado às suas necessidades. Ao contrário, poderá se converter em mais um elemento para agravar a desorganização.

Considere sempre o cômodo onde a estante será instalada, o material mais indicado e as medidas do móvel. Não hesite em pesquisar e consultar as avaliações de outros compradores antes de concluir sua compra. Seguindo esses critérios, você fará uma excelente escolha para deixar qualquer ambiente mais agradável e bonito!

Esperamos que o conteúdo desse guia tenha sido útil para sua decisão. Fique à vontade para compartilhar com seus amigos e deixar-nos um comentário sobre suas impressões. Até logo!

(Fonte da imagem destacada: Belchonock: 98606777/ 123rf.com)

Why you can trust us?

Marcela Campos Personal Organizer
Marcela sempre gostou de ter a casa organizada. E funcional. Tudo em sua casa precisa estar no lugar certo, limpo e, principalmente, funcionando. Daí surgiu seu interesse pela profissão que descobriu há 3 anos: a de Personal Organizer. Hoje, além de ajudar pessoas a a deixarem suas casa em equilíbrio perfeito, ela escreve artigos online sobre produtos que podem ajudar nesta tarefa.
Vera Pereira Redatora/Editora
Jornalista, especialista em produção de conteúdo digital, tem na escrita a sua maior paixão. Adora investigar, apurar fatos e reconstruir histórias. Por isso, atua na pesquisa e adaptação dos conteúdos internacionais à realidade e legislação brasileiras.