parrot box
Ultima atualização: 21 de janeiro de 2020

Como escolhemos

7Produtos analisados

16Horas investidas

3Estudos avaliados

69Comentários coletados

Quem não quer um lar cheio de cores e alegria? Chegar em casa e ter passarinhos cantores é pura felicidade, e é por isso que os periquitos se tornaram tão populares como animais de estimação. Esses pássaros podem viver perfeitamente em uma gaiola para periquito,  e são ótimas companhias.

Uma boa gaiola influenciará sua felicidade e sua qualidade de vida, portanto, nós vamos ajudá-lo a adquirir o produto ideal para o seu periquito. Por isso, preste atenção no que vamos falar abaixo, porque você saberá mais sobre essas aves e o que elas precisam para viver bem.




O mais importante

  • Os periquitos são animais muito amorosos, que precisam dos seus companheiros de espécie para serem felizes. É por isso que, normalmente, dois ou mais pássaros como este são integrados em uma gaiola. Se você possui apenas um e deseja introduzir um novo periquito, deverá seguir algumas recomendações.
  • Uma gaiola para periquito bem equipada e localizada na parte certa da casa pode ser o lar perfeito para o seu animal de estimação.
  • Ao comprar uma gaiola, ela deve ser retangular ou quadrada para não desorientar o animal e precisa de alguns complementos para aumentar o nível de conforto dos pássaros.

As melhores gaiolas para periquito do mercado

Os periquitos são animais muito agradáveis e alegres, mas eles também podem se sentir tristes se não tiverem companhia e um espaço agradável para viver. Portanto, é importante que você adquira a gaiola para periquito mais adequada para eles. Confira a seleção que fizemos abaixo:

A gaiola para periquito mais resistente

As partes plásticas dessa gaiola para periquito são fabricadas com um material de primeira linha, e recebe um tratamento para evitar que os pássaros roam a gaiola. Além disso, as partes metálicas possuem pintura epóxi anti-ferrugem. Ela ainda acompanha uma grade de separação entre o periquito e o assoalho, para que ele não entre em contato com a sujeira.

A gaiola para periquito mais versátil

Essa gaiola para periquito é muito versátil, pois pode ser utilizada tanto por essa aves, quanto por calopsitas, maritacas, dentre outros passáros. Ela acomoda até duas aves, e possui um espaçamento de 1,2 cm entre as grades. Ela ainda acompanha 3 poleiros de plástico, 1 poleiro de madeira e 2 comedouros.

A gaiola para periquito mais prática

Essa gaiola para periquito é fabricada com plástico resistente e possui todos os acessórios que os passáros adoram, como poleiros de plástico, de madeira e uma varanda, que pode ser mantida aberta ou fechada. Além disso, ela é muito prática de limpar, pois a bandeja pode ser removida facilmente.

Guia de compras: O que você deve saber sobre uma gaiola para periquito

Se você deseja ter um pássaro como esse, é necessário que, além de conhecê-los melhor, você também saiba quais são os produtos que precisará comprar para dar a eles a qualidade de vida que merecem. Por isso, confira o que vamos falar abaixo para tirar todas as suas dúvidas sobre a gaiola para periquito.

parrot box

Uma gaiola para periquito deverá ser bem equipada e ficar localizada em uma parte da casa com as condições climáticas adequadas. (Fonte: Pechnun: 80329435/ 123rf.com)

Por que uma gaiola para periquito é necessária?

Eles são pássaros pertencentes à família dos papagaios e nativos da África. Uma das maiores particularidade desses animais é sua enorme fidelidade aos seus parceiros, por isso eles normalmente vivem em grupo, e não isolados. Ele são inclusive conhecidos como "O pássaro do amor", por conta disso.

A gaiola para periquito é necessária para que não corram o risco de se perderem ao voar. Aqueles criados em ambientes fechados provavelmente não saberão como sobreviver sozinhos. Portanto, é necessário criar um ambiente para eles onde estejam seguros e que tenham o que precisam. A gaiola deve ser espaçosa para que o pássaro se sinta bem e deverá ter acessórios para que se divirtam.

Quantos periquitos podem viver em uma gaiola?

No mínimo dois. Os periquitos precisam de companhia para compartilhar a rotina e essa é uma parte essencial da sua natureza. No entanto, se você quiser reunir mais de dois periquitos em uma mesma gaiola, precisará de um modelo espaçoso. Também será necessário seguir algumas dicas para juntar mais de dois passáros em uma gaiola para periquito, confira abaixo:

  • Processo de quarentena para o recém chegado. O ideal é que os animais que vão viver juntos, cheguem juntos na mesma gaiola. Se não for esse o caso, um processo de quarentena deve ser respeitado ao incluir um novo pássaro no grupo. Assim, você poderá se certificar de que ele não tem doenças. 
  • Observe qual é o sexo do seu periquito. Por mais amáveis que sejam esses animais, nem todos eles irão se dar bem, como acontece com qualquer espécie do planeta. Você terá maiores chances de sucesso juntando dois periquitos de sexos diferentes.
  • Deixe-os voarem para que se conheçam. Recomenda-se que o primeiro contato deles seja feito deixando os animais voarem livres em um local seguro da casa.
  • Una os animais em uma gaiola nova. Se você perceber que eles se dão bem, os especialistas aconselham a compra de uma nova gaiola para periquito. Isso evitará muitos problemas para os novos membros do grupo, pois o território não estará demarcado por outro passáro.
  • Quanto maior for o número de periquitos, maior deverá ser a gaiola. Essa afirmação parece um pouco óbvia, mas verifique as dimensões da gaiola e se os animais ficarão confortáveis nela.
  • Melhor dois ou mais periquitos que somente um. Isso não significa que você não pode ter apenas um periquito, mas, caso tenha, é mais provável que ele desenvolva comportamentos estranhos.

Onde você deverá colocar uma gaiola para periquito?

Esses animais precisam de ar fresco e muita luz, por isso, uma gaiola para periquito deverá ficar em um cômodo da casa que tenha essas condições, mas sem que o sol atinja-a diretamente e evitando as correntes de vento. O local também deverá ser calmo e com pouca circulação de pessoas. Embora eles sejam animais sociais, o ruído pode causar estresse.

Além disso, evite ter plantas por perto, pois esses animais gostam de morder e algumas delas podem ser tóxicas para eles. Caso a gaiola para periquito esteja localizada em um local fresco, isso não será um problema durante o dia, mas você terá que mudar a gaiola do local durante a noite para uma parte mais quente da casa.

Como saber se o periquito é feliz na gaiola?

Existem certos comportamentos desses pássaros que poderão levar você a entender que o animal de estimação não vive em um ambiente que o faz feliz. Por exemplo, quando um periquito fica estressado, ele arranca as próprias penas. Quando estão felizes eles assobiam e vibram, e comem e bebem frequentemente. Portanto, se você perceber que o animal está muito quieto, silencioso e comendo pouco, pode ser que ele esteja triste.

Outros sintomas de felicidade são verificados quando eles dão de comer uns aos outros ou compartilham poleiros. Se eles estiverem se bicando, podem estar se atacando por não gostarem de viver juntos.

parrot box

Evite ter plantas perto da gaiola para periquito, porque esses animais gostam de mordê-las e algumas delas podem ser tóxicas para o seu organismo. (Fonte: Chaiko: 116053989/ 123rf.com)

Posso permitir que o periquito saia da gaiola?

Sim, isso é possível, mas não faça isso no primeiro dia que ele estiver na sua casa, porque eles precisam ter confiança em você para que desejem retornar à sua gaiola. Para isso, aproxime-se da gaiola várias vezes ao dia, fale baixinho e dê comida da sua própria mão. Não aproxime as mãos caso não sinta que o animal esteja receptivo para isso.

Caso já exista um relacionamento próximo, você poderá abrir a porta e colocar a mão dentro dela. O animal entenderá que pode pousar em você. Se ele subir no seu dedo, retire-o muito lentamente da gaiola. Com o tempo, você pode educá-lo a passar por cima do seu ombro e a voltar para a gaiola algumas palavras.

Como manter a limpeza da gaiola para periquito?

Como acontece com qualquer gaiola para periquito, o piso ao redor deste espaço poderá ficar sujo. Os animais comem e bebem nas suas gaiolas, fazem suas necessidades, pulam, brincam e, em tempos de muda, perdem algumas de suas penas. É muito comum que na base da gaiola exista uma bandeja que colete todo o lixo e que possa ser facilmente removida para limpeza.

Quando for comprar a gaiola para periquito, verifique se ela possui uma grade que impede o pássaro de acessar a bandeja. Afinal, pode ser perigoso para a saúde do animal se ele pousar na base e começar a brincar com a sujeira.

Critérios de compra

Agora que você sabe um pouco mais sobre esses animais, é provável que você já tenha entendido que uma gaiola para periquito deverá ser bem escolhida, para que eles gostem de estar nela. Para adquirir o espaço ideal de acordo com as necessidades do animal, você terá que levar em consideração alguns critérios essenciais. Confira quais são eles abaixo:

Tamanho

Os periquitos são animais pequenos, então uma gaiola não deverá ser gigante, mas espaçosa. Quanto mais animais, maior deverá ser a gaiola. Se você optar por ter apenas um periquito, é recomendável que a gaiola tenha cerca de 60 cm de comprimento, o que dará ao animal a oportunidade de voar e espaço para se mover. Se você deseja ter vários periquitos, ela deverá ser maior que isso.

Também é importante que a porta da gaiola seja ampla para que o animal possa entrar e sair através dela quando você o deixar voar livremente. A distância entre as grades não deve ser muito grande, para que o pássaro não possa ficar preso entre elas (1,5 centímetros é o ideal).

Design

O design de uma gaiola para periquito deverá, principalmente, focar em aspectos que tornem ela ainda mais útil. É preciso observar alguns aspectos importantes como o formato do espaço, a base, as grades e o teto dela. Confira mais informações sobre eles na tabela abaixo:

Design da gaiola para periquito Como deve ser
Formato Quadrada ou retangular, pois eles podem ficar confusos em modelos redondos
Base Não é obrigatório, mas em muitas casos uma gaiola para periquito possui pés e a parte que repousa sobre o chão tem rodinhas, caso seja necessário trocar a gaiola de lugar durante o dia
Teto O topo da gaiola poderá ter formatos diferentes, e não há um em particular que seja melhor para os periquitos, é apenas uma questão de decorativa
Portas Elas devem ser largas para que, quando se abrirem para deixar o pássaro sair, os animais consigam passar com tranquilidade
Alça Muitas gaiolas incluem uma alça no teto para facilitar o transporte de um lugar para outro

Acessórios

Os acessórios tornarão a gaiola para periquito muito mais confortável para eles, e possibilitarão que o espaço se assemelhe ao seu habitat natural. Os comedouros são essenciais, além dos bebedouros. Além disso, os momentos de lazer também são fundamentais para esses pássaros, por isso é importante que tenham poleiros, balanços e cordas.

Materiais

O material da gaiola para periquito deverá ser resistente, pois o seu bico é forte e os eles tendem a bicar. Portanto, é recomendável que ela seja de ferro, e não de madeira e plástico. Se ela for pintada, certifique-se de que essa tinta não é tóxica. Além disso, os materiais devem estar totalmente livres de chumbo e zinco.

Resumo

Os periquitos são animais sociáveis que são ótimos para se ter em casa, mas, antes disso, você deverá conhecê-los bem e fornecer os acessórios ideais para que ele tenha uma vida feliz. Por isso, escolher uma gaiola para periquito que ofereça conforto e diversão é fundamental para que eles gostem do ambiente em que estão.

Com um periquito, você poderá criar um relacionamento de confiança, educá-los a seguir certas regras quando saírem da gaiola e compartilhar momentos muito proveitosos. Por isso, a companhia deles é apreciada por tantas pessoas.

Esperamos que esse artigo tenha sido útil para você, caso tenha gostado dele, deixe seu comentário ou compartilhe com os seus amigos.

(Fonte da imagem destacada: Herman: 91165180/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Bianca de Moura Formada em Veterinária
Bianca herdou a paixão pelos animais de seu pai, que também é veterinário. O amor pelos bichinhos é tanto que, hoje, ela divide seu tempo entre atender em clínicas particulares e ajudar ONGs que resgatam cães abandonados. Além disso, ainda encontra tempo para conversar, na internet, com pessoas que dividem com ela esse amor pelos pets.