Internal HDD

Dá pra se imaginar perdendo todas as fotos do PC de uma só vez? Ou perder todos os arquivos e documentos armazenados no seu computador devido a uma falha no HD interno? Ou, simplesmente, sendo incapaz de armazenar tudo o que precisa, porque a capacidade dele é muito limitada? Para evitar esses inconvenientes, você deve escolher um HD interno de qualidade para o seu computador.

O HD interno é um dos componentes essenciais de um computador ou de qualquer outro dispositivo eletrônico com capacidade de armazenamento. Ele permite que sejam salvas fotografias, músicas, vídeos, videogames, apresentações e documentos de trabalho. Portanto, saiba um pouco mais sobre esse produto abaixo.

O mais importante

  • O HD interno é um elemento de hardware que armazena todos os dados e programas contidos em um computador ou dispositivo eletrônico. Dentro do computador, eles são integrados à placa-mãe, que é outro elemento essencial do dispositivo.
  • A velocidade do HD interno determina a rapidez com que a leitura e a gravação das informações acontece.
  • A capacidade de armazenamento do HD interno é medida em gigabytes ou terabytes. Normalmente os usuários se baseiam neste fator para escolher entre um modelo ou outro.

Os melhores HDs internos do mercado

Nesta seção, você encontrará alguns dos melhores modelos de HD interno disponíveis no mercado atualmente. Dessa forma, será possível ter uma idéia das características destes produtos antes de fazer a sua escolha. Por isso, confira abaixo a lista que organizamos para que você faça a melhor escolha possível.

O HD interno com maior compatibilidade

Se você quer ter a certeza de que o seu HD interno será compatível com os principais sistemas operacionais disponíveis atualmente, esse modelo da Toshiba é o ideal para você. Ele é compatível com as principais marcas de computadores desktop habilitados para Serial ATA. Além disso, seu armazenamento é de 1TB e seu desempenho é excelente.

O HD interno com maior capacidade

Esse HD interno da Seagate é ideal para quem deseja ter um computador com alta capacidade para fotos ou games, pois ele possui 4TB disponíveis para que os usuários possam ter espaço de sobra nos seus computadores. Se o que você deseja é desempenho, esse modelo também vai te impressionar.

O HD interno mais silencioso

Se você deseja adquirir um HD interno muito silencioso, esse modelo é o ideal para você. Além disso, ele possui uma velocidade excelente e um ótimo custo benefício. Ele também possui um desempenho e confiabilidade sólidos, e disponibiliza bastante espaço para que você possa armazenar fotos, vídeos e arquivos.

Guia de compras: O que você deve saber sobre um HD interno

Nesta seção, você encontrará respostas para as principais perguntas sobre HD interno, bem como as características que definem suas funcionalidades e desempenho. Essa é uma boa maneira de se familiarizar com o produto antes de decidir qual modelo comprar.

Holding a HDD

O HD interno é um componente fundamental em um computador. (Fonte: Rawpixel: 109637832/ 123rf.com)

O que é um HD interno?

O HD interno é um elemento de hardware integrado em um dispositivo eletrônico que executa funções de armazenamento. A principal tarefa do HD interno é armazenar arquivos e programas e permitir sua leitura.

Hoje, é possível encontrar um HD interno em praticamente qualquer dispositivo eletrônico: computadores – desktops e laptops -, tablets, telefones celulares, televisões, consoles de videogame, dentre outros. Eles podem armazenar uma enorme variedade de arquivos, como fotografias, vídeos, áudios, jogos e software.

Quais tipos de HD interno existem?

Em geral, existem dois tipos de HD interno, o HDD (Hard Disk Drive) e o SSD (Solid State Disk). A principal diferença entre os dois é que o primeiro realiza um armazenamento físico e o segundo através de memórias flash.

Isso significa que sua estrutura e componentes também são diferentes. Assim, os HDDs têm um ou mais discos e um braço mecânico que registra e lê o conteúdo à medida que ele se move. Os SSDs, por outro lado, não possuem elementos móveis e armazenam os dados em uma memória não volátil.

fixing a HDD

A memória cache armazena as informações que acessamos mais frequentemente. (Fonte: Rawpixel: 85862647/ 123rf.co

Como funciona um HD interno?

O funcionamento de um HD interno, conforme já dicemos, dependerá do tipo dele. No caso dos HDDs os processos de gravação e leitura ocorrem graças à rotação dos discos. Isso faz com que o braço repouse sobre o disco gravando ou reproduzindo.

Por outro lado, na falta de qualquer tipo de elemento mecânico, SSDs armazenam o conteúdo em microchips com memórias flash interconectadas. Eles possuem um processador que executa operações de leitura e gravação, aumentando a eficiência e evitando falhas mecânicas.

De que depende a velocidade do HD interno?

A velocidade do HD interno ao gravar e reproduzir os elementos gravados é outro fator que interessa aos usuários. No caso dos HDDs, ele é medido em rotações por minuto, que expressam o número de rotações de cada disco nesse período de tempo.

Por outro lado, os SDDs são mais rápidos, pois não dependem de um elemento mecânico, e isso é expresso em megabytes por segundo. Nesse caso, mede-se a velocidade com que os dados se movem entre os microchips interconectados do disco. Essa operação é característica das memórias flash.

HDD open

Um HD interno realiza funções de armazenamento dentro de um dispositivo eletrônico. (Fonte: Rawpixel: 85968775/ 123rf.com)

O que é a interface de um HD interno e quais são os tipos que existem?

Trata-se do modo de comunicação entre o HD interno e o computador ou outro dispositivo eletrônico ao qual esteja conectado. Portanto, dela dependerá o correto funcionamento do HD interno.

Os dois tipos de interface mais comuns são chamados SATA – Serial ATA – e PCIe. O primeiro evoluiu tecnicamente ao longo do tempo. Assim, encontramos o SATA 1.0, SATA 2.0 e SATA 3.0, sendo que o 3.0 oferece uma maior velocidade. A interface PCIe garante uma velocidade ainda maior.

O que é a memória cache de um HD interno e para que serve?

A memória cache ou buffer pode ser definida como o espaço que o HD interno dedica aos arquivos que são acessados de maneira mais habitual. É também o espaço dos dados que estão aguardando para serem lidos ou gravados.

Sua capacidade é medida em megabytes e existem algums diferenças entre HDs internos HDD e SSD: os primeiros oferecem de 8 a 256 megabytes, mais ou menos; Os segundos geralmente começam com valores mais altos, com cerca de 32 megabytes de memória cache em diante.

fixing a HDD

A memória cache armazena as informações que acessamos mais frequentemente. (Fonte: Rawpixel: 85862647/ 123rf.co

Como saber se um HD interno é compatível com o meu dispositivo?

Ao adquirir um HD interno para um dispositivo que você já possua – ou seja, para substituir um disco existente -, é importante verificar primeiro se há compatibilidade entre o HD interno e o dispositivo. Em geral, três fatores devem ser ponderados: o tamanho do disco, o tipo de conexão e o sistema operacional do dispositivo.

O tamanho é um fator muito restritivo, porque é uma questão de encaixe, afinal, ou há espaço para o HD interno ou não. Os outros dois fatores são mais flexíveis, no sentido de que, eles podem até funcionar, por exemplo, com uma interface que não seja a ideal para o PC em questão, mas o desempenho não será o ideal.

Tabela comparativa de modelos de HD interno

Na tabela a seguir, você poderá conferir as principais características de cada modelo de HD interno que apresentamos na nossa seleção. Assim, será mais fácil e prático ver qual é o que melhor se adequa ao que você está buscando:

Modelo Toshiba P300 Seagate BarraCuda ST4000DM005 Western Digital WD Bleu
Tipo HDD HDD HDD
Armazenamento 1 terabyte 4 terabytes 1 terabyte 
Interface SATA SATA SATA
Memória cache64 megabytes 64 megabytes 64 megabytes
Medidas 14,7 x 10,2 x 2,6 cm 14,7 x 10,2 x 2 cm 14,7 x 10,2 x 2,5 cm

Critérios de compra

Agora que você já sabe quais são os elementos característicos de um HD interno, é hora de determinar quais características devem guiar a sua compra. A seguir você poderá conferir quais critérios devem ser observados para escolher o melhor HD interno de acordo com as suas necessidades.

Capacidade de armazenamento

Conforme observamos no início do artigo, a capacidade de armazenamento é geralmente o fator principal na escolha de um HD interno. Disso dependerá a quantidade de arquivos e programas que você poderá armazenar no seu dispositivo.

Armazenar fotografias e documentos do Office não é a mesma coisa que armazenar jogos de videogames, filmes e outros arquivos pesados. Portanto, esse critério tem muito a ver com o tipo de usuário e dispositivo – computador, tablet ou console de jogos, dentre outros – no qual será integrado.

HDD

Saber o tamanho do HD interno é fundamental antes da aquisição dele. (Fonte: Rawpixel: 100101853/ 123rf.com)

Dimensões do HD interno

Caso você esteja buscando por um HD interno para integrar em um dispositivo já existente, é fundamental observar o tamanho dele. Isso porque eles possuem diferentes medidas e formatos que podem impedir a instalação no seu dispositivo.

Lembre-se de que o tamanho do HD interno de um computador desktop – geralmente 3,5 polegadas – difere do tamanho do componente de um laptop – a maioria tem 2,5 polegadas – e dos utilizados em consoles de vídeo – os mais populares no mercado também usam o de 2,5 polegadas. Portanto, ao escolher um HD interno, você deve assegurar que encaixe corretamente.

Compatibilidade com o dispositivo

A compatibilidade entre o HD interno e o dispositivo é essencial. O tamanho é um dos requisitos a serem levados em consideração, mas existem mais fatores importantes com relação a isso. Dois itens essenciais são o sistema operacional com o qual o dispositivo opera e a conectividade.

Não adianta você querer integrar um HD interno avançado em um dispositivo antigo, pois, embora possa funcionar sem problemas, você não poderá tirar proveito da velocidade de leitura e gravação em um dispositivo ultrapassado. Com relação aos sistemas operacionais, a compatibilidade hoje é quase universal.

Computer elements

O tipo de HD interno que você deve adquirir deve estar de acordo com o que você deseja armazenar. (Fonte: Rawpixel: 100175913/ 123rf.com)

Velocidade de leitura e gravação

A velocidade de leitura e gravação determinará quanto tempo leva para que o HD interno armazene os arquivos e faça a leitura deles durante o seu acesso. O parâmetro de medição varia de acordo com o tipo de HD interno.

No caso do HD interno HDD, a velocidade é medida em rotações por minuto (rpm), sendo 7.200 as mais comuns no mercado. No caso do HD interno SDD, que usa memórias flash, a unidade de medida é megabyte por segundo (MB /s).

Memória cache ou buffer

A memória cache, também conhecida como buffer, é o espaço reservado para o armazenamento dos arquivos digitais que o usuário acessa com mais frequência. Nesse sentido, é preciso analisar quais tipos de arquivos você abre mais frequentemente.

De qualquer forma, ao avaliar esse critério de compra do HD interno, é necessário saber qual é o tamanho médio da cache em cada tipo de HD. No HDD, geralmente encontramos caches entre 8 MB a 256 MB. Em uma SDD, normalmente sua capacidade começa a partir de 32 MB de cache em diante.

Resumo

Neste artigo, buscamos resumir tudo o que envolve a escolha de um HD interno. Dadas as características técnicas e comparando os principais modelos do mercado, listamos os critérios e parâmetros a serem considerados na escolha do mais adequado.

Conforme você pode perceber ao longo do artigo, existem diferentes tipos de HD interno, e caberá a você fazer a melhor escolha dependendo do uso que pretenda fazer dele.

Esperamos que este artigo seja útil na sua escolha. Caso tenha gostado, compartilhe-o com seus amigos através das suas redes sociais ou deixe seu comentário.

(Fonte da imagem destacada: Wklzzz: 10252220/ 123rf.com)

Why you can trust us?

Rubens Alves Graduado em Desenvolvimento de Sistemas
A graduação na área de Tecnologia da Informação foi um caminho natural para Rubens, que desde pequeno passava horas lendo sobre computadores e outros eletrônicos. Hoje, divide seu tempo entre consultorias para pequenas e médias empresas e artigos, onde traz a seu público online informações precisas sobre tudo que envolve o universo da informática.
Nômade digital, já morou em 4 países diferentes e está sempre de olho no próximo destino. Como redatora, tem experiência escrevendo sobre diversas áreas, especialmente utensílios domésticos, tecnologia, esportes e boa forma. No Guia55, escreve e adapta artigos para auxiliar suas decisões de compra.