carregador de carro em um fundo azul
Ultima atualização: 19 de setembro de 2020

Como escolhemos

14Produtos analisados

22Horas investidas

12Estudos avaliados

78Comentários coletados

Grande parte das pessoas utiliza algumas fontes de alimentação de energia em eletroeletrônicos sem saber que se trata, na verdade de um inversor de corrente; Este tipo de aparelho é capaz de transformar una corrente contínua (DC) em corrente alternada. Este sistema é muito útil para alimentar equipamentos que funcionam em corrente alternada utilizando, para isso, uma bateria de 12V, por exemplo.

O inversor de corrente também podem aproveitar os sistemas fotovoltaicos (de energia solar) como fonte de energia. E, se à primeira vista, pode parecer complicado, fique tranquilo. Neste artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre este dispositivo, suas vantagens e formas de utilização. Acompanhe!




O mais importante

  • O inversor de corrente é usado para alimentar um equipamento que funciona com corrente alternada através de corrente elétrica contínua.
  • O termo “inversor” pode ser utilizado para tratar de aparelhos do grupo “inversor-retificador”, que, além de fazer a inversão da corrente, também varia a frequência da saída em função da corrente de entrada.
  • Um dos principais fatores aos quais é preciso estar atento na hora de comprar um inversor de corrente é a tensão de entrada e saída. Os valores mais comuns são 12 e 24 V — o mais recorrente é o de 12V —.

Inversor de corrente: nossa recomendação dos melhores produtos

Outras Recomendações

O inversor de corrente mais portátil

Este inversor de corrente da Multilaser é ideal para ser usado no carro, em situações em que falta a energia em casa ou para recarregar a bateria do seu celular. Com conversão de tensão de 12V para 110V, ele ainda tem saída USB de 5V, o que o torna ainda mais versátil.

Ele aceita tensão de entrada entre 10.5 e 15.5V e oferece tensão contínua de 150 W. A potência de pico é de 300W, com frequência de saída de 60 ± 3Hz. Dispõe de tomada de 3 pinos.

O inversor de corrente com proteção contra danos

Nesse momento, o produto selecionado não está disponível no fornecedor. Por isso, o substituímos por outro com características similares. Para relatar um problema.

Das Problem mit diesem Produkt wurde gemeldet. Danke!

Com este inversor veicular de corrente é possível conectar diversos aparelhos ao mesmo tempo. Basta estar em um veículo com saída 12V ou conectá-lo diretamente à bateria. Com alta potência de pico (1000W), ele fornece corrente contínua de 500W.

O aparelho possui circuito interno de multi proteções para evitar danos aos aparelhos conectados, como sobrecarga, sub corrente, temperatura e curto circuito. Ele é compatível com TVs, câmeras fotográficas, celulares, rádios portáteis, controles, computadores, notebook e outros dispositivos portáteis.

O inversor de corrente com pico inicial de 1600W

Nesse momento, o produto selecionado não está disponível no fornecedor. Por isso, o substituímos por outro com características similares. Para relatar um problema.

Das Problem mit diesem Produkt wurde gemeldet. Danke!

O Inversor de onda modificada Hayonik chama atenção por sua eficiência e praticidade. Ele tem dimensões reduzidas para facilitar o transporte e manuseio, mas isso não implica em perda de potência ou capacidade.

Com conexão USB, pode ser usado em bateria de celulares, câmeras fotográficas e outros equipamentos. Sua característica principal está em seus 800w de potência, convertendo de 12V para 110V, com pico inicial de 1600w para princípio de funcionamento, seguido por sua estabilidade.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre o inversor de corrente

Quando você está em um lugar sem acesso à energia elétrica mas precisa utilizar um equipamento que necessita dela, um inversor de voltagem pode ser a solução. No entanto, nem todos os modelos cumprem as mesmas funções. Por isso, é importante esclarecer todas as dúvidas antes de escolher o seu. É isso que faremos a partir de agora. Siga conosco.

instalando um painel solar

Apesar de ser habitualmente conectado à bateria do carro, o inversor de corrente também pode ser usado em barcos e até em painéis solares (Fonte: Zstockphotos: 100278390/ 123rf.com)

O que é um inversor de corrente?

O inversor de corrente e um equipamento elétrico desenvolvido para transformar a tensão de entrada de uma corrente contínua em uma tensão simétrica de saída — que pode ser senoidal, quadrada ou triangular — de corrente alternada.

O inversor permite configurar e controlar a magnitude e a frequência de saída dependendo das especificações do equipamento eletrônico que vai receber a corrente.

Este tipo de aparelho é muito funcional e pode ser utilizado em uma grande variedade de aplicações. Ele é útil tanto como fonte de alimentação de computadores quanto para equipamentos industriais de alta potência.

Também podem converter a corrente elétrica de painéis solares em corrente alternada para ser usada na rede doméstica.

Como funciona um inversor de corrente?

Um inversor de corrente, se for analógico, é formado por uma bobina (indutor) e um interruptor. Este último é utilizado para interromper a corrente e colapsar o campo magnético da bobina, gerando uma onda pulsante inversa.

A onda gerada pode variar de acordo com o tipo de inversor.

Da mesma forma, o inversor digital atua na produção de onda pulsante. O que os difere é que o digital conta com um oscilador e um transistor que é empregado na geração de ondas retangulares. Em ambos os casos, no entanto, ela é produzida pela interrupção do campo magnético.

As ondas são suavizadas por transformadores, que as tornam mais senoidais e produzem a tensão de saída necessária. Os modelos mais modernos de inversor de corrente são capazes de suavizar ainda mais as ondas por meio da tecnologia IGBT (transistores bipolares de porta isolada).

carregando um telefone em um carro

É muito comum usar a bateria do automóvel para alimentar a carga de energia dos dispositivos móveis. (Fonte: Benaung: 94287291/ 123rf.com)

Como avaliar a eficiência de um inversor de corrente?

A eficiência de um inversor de corrente é um fator importante na utilização do equipamento e que, infelizmente, costuma ser omitido por muitos fabricantes, especialmente aqueles produzidos em países com menor rigor técnico.

Esta característica do inversor está relacionada com a potência que ele proporciona à entrada do aparelho para obter o nível energético desejado na saída da corrente.

Para explicar de forma mais efetiva como funciona a eficiência de um inversor de corrente, destacamos algumas considerações sobre este assunto:

  • A eficiência do inversor costuma ser em torno de 90 % (dependendo do modelo);
  • Estes 10% de potência restantes se dissipam e geram calor no aparelho;
  • Um equipamento com eficiência elevada sempre será a melhor escolha, pois aproveitará melhor a energia e aquecerá menos;
  • O inversor de corrente trabalha com maior eficiência em regiões intermediárias de potência. Em outras palavras, para alimentar um aparelho que consome 300W, um inversor de 300W não será suficiente (basta ter em mente os 10% de perda da eficiência);
  • Ainda que seja indicado utilizar um transformador com eficiência superior à necessária, não é preciso ultrapassar muito os valores requisitados. Isso quer dizer que, para alimentar um equipamento de 300W, como no exemplo anterior, seria suficiente um inversor de 600W e não um modelo de 3000W.

Quanto tempo pode durar uma bateria de carro conectada a um inversor de corrente?

É muito comum utilizar um inversor de corrente conectado à bateria do carro para alimentar os dispositivos móveis, por exemplo. Esta prática requer atenção para não correr o risco de esgotar a carga elétrica do automóvel.

Para fazer uma previsão sobre o tempo que duraria a bateria de um carro (de 12 V e 75 Ah) conectada a um inversor de corrente, basta fazer este cálculo simples:

  1. Verifique a potência requisitada pelo dispositivo que será conectado;
  2. Faça uma estimativa da corrente que a bateria vai necessitar (normalmente, este valor está descrito no equipamento);
  3. Por último, calcule o tempo máximo de uso da bateria do carro.

Para exemplificar, considere um ventilador que exige, em termos gerais, uma corrente de 0,9 Ah e 60 W. Assim, basta realizar a seguinte operação: 75 Ah x 12 V x 0,9/60 W. O resultado é que a bateria duraria cerca de 13,5 horas.

casal fazendo alguns sanduíches

Para os eletrodomésticos da cozinha, como um refrigerador ou forno, é necessário usar inversor de alta potência. Já para pequenos eletrônicos, bastará um aparelho de aproximadamente 300 W. (Fonte: Lightfieldstudios: 117398001/ 123rf.com)

Quanto tempo pode durar uma bateria com aparelhos comuns do dia a dia?

Alguns aparelhos exigem o uso de transformadores — ou do inversor de corrente — quando a voltagem do ambiente não é compatível com a corrente requisitada pelo equipamento.

Os mais comuns são o telefone celular, carregadores de dispositivos móveis, rádios, ventiladores, aspiradores de pó, fornos e geladeiras portáteis. Geralmente, estes equipamentos necessitam do inversor quando utilizados fora do ambiente doméstico.

A seguir, preparamos uma tabela com o cálculo da duração de uma bateira convencional, de 12V, para alimentar estes dispositivos mais comuns:

Equipamentos elétricos Potência de consumo (em W) Tempo máximo de uso (em horas)
Geladeira portátil 70 W 11,6 horas
Tostadeira 800 W 1 hora
Carregador de celular 18 W 45 horas
Forno elétrico 1000 W 0,8 horas
Sanduicheira 700 W 1,2 horas

Como conectar o inversor de corrente ao carro?

Como falamos anteriormente, o inversor de corrente precisa de uma fonte de energia para realizar sua função. A maioria dos modelos é desenvolvido para se conectar à bateria do carro, de 12V.

O inversor se conecta à tomada do acendedor.

É por meio do acendedor de cigarros que o conversor de corrente consegue se ligar à bateria, através de um fusível. Tanto a corrente máxima quanto a potência distribuídas ao aparelho são condicionadas a esta corrente.

Normalmente, ele costuma ser de 20 Ah, com cerca de 240 W de potencia. Se houver a possibilidade de conexão direta com a bateria, os resultados serão mais satisfatórios.

garota trabalhando no escritório

Os inversores de corrente são utilizados em uma grande variedade de aparelhos, desde as fontes de alimentação de computadores até aplicações industriais de alta potência. (Fonte: Wavebreak Media Ltd: 36327284/ 123rf.com)

Como utilizar um inversor de corrente em outros dispositivos?

O inversor de corrente pode te salvar de um apuro quando precisar de um aparelho elétrico mas faltar a energia. Ainda que seja mais comum conectá-lo à bateria dos carros, ele pode ser utilizado em barcos e, inclusive, em painéis solares.

Se você tem dúvidas de como usar seu inversor de corrente, veja o passo a passo que elaboramos para facilitar essa tarefa. A recomendação número 1 é consultar as orientações do fabricante antes do procedimento:

  1. Assegure-se de que possui todos os cabos necessários. Verifique se o seu aparelho conta com o cabo específico para cada forma de conexão;
  2. Cuidado com a corrente elétrica. Tome todas as medidas de segurança antes de trabalhar com dispositivos de transferência de energia. Procure usar luvas isolantes e não toque em partes metálicas. Antes de tudo, certifique-se de que o inversor esteja desligado;
  3. Conecte o inversor. Os cabos que são conectados à fontes alternativas costumam ser diferenciados por cores. Assim, é mais fácil identificar os polos negativo e positivo para saber com facilidade qual cabo deve ser conectado;
  4. Identifique a potência de saída. Cada dispositivo eletrônico tem um consumo distinto. O carregador do telefone consome pouca energia, enquanto um aspirador de pó pode chegar aos 1000 W, por exemplo. Por isso, verificar a potência suportada pelo inversor é fundamental para evitar danos ao aparelho;
  5. Conecte o equipamento. O melhor é manter o aparelho em um lugar seco e limpo. Mantenha longe do pó e de agentes corrosivos, para prolongar a vida útil do seu inversor de corrente.

Como manter o inversor de corrente em boas condições?

Um inversor de corrente requer pouca manutenção. No entanto, é preciso ter atenção às condições de uso e conservação para prolongar a vida útil do aparelho.

Se você costuma usar o conversor com frequência, é importante que, pelo menos uma vez por mês, faça uma limpeza preventiva, para evitar o acúmulo de pó ou outros detritos no aparelho.

A seguir, deixamos algumas dicas simples para manter seu inversor de corrente sempre limpo e bem conservado:

  1. O primeiro passo é desconectar o aparelho. Assegure-se de que eles esteja desligado e sem corrente residual;
  2. É normal o acúmulo de pó e sujeira no interior do equipamento. Se ele tiver um sistema de refrigeração, tenha especial atenção a este componente;
  3. Retire o excesso de pó com um aspirador ou soprador pequeno. Se não tiver um desses equipamentos, pode fazer isso com um pano seco, tomando cuidado com as partes eletrônicas, que costumam ser bastante frágeis à pressão, especialmente sobre os transistores e placas;
  4. Limpe bem o sensor de temperatura. O acúmulo de pó nesta área pode causar falsa detecção de aquecimento, levando o inversor a se desligar por segurança;
  5. Revise todas as conexões e circuitos. Para tanto, você pode usar um testador de voltagem para detectar se todos as placas estão recebendo corrente elétrica normalmente. Se perceber qualquer irregularidade, o ideal é levar o transformador para um profissional em elétrica ou eletrônica.

Critérios de compra

Agora que você já sabe tudo o que precisa sobre o inversor de corrente e suas aplicações, está pronto para escolher o modelo ideal para as suas necessidades. No entanto, antes da sua decisão final, aconselhamos que leve em conta alguns fatores práticos que podem fazer a diferença na hora do uso. Veja o que destacamos:

Potência e voltagem

A potência é o fator de compra mais importante em um inversor de corrente. Avaliar a potência máxima de um equipamento é ideal para saber o que pode ser conectado a ele. Normalmente, os inversores têm uma potência de entrada média de cerca de 12V, embora alguns possam chegar aos 24 V.

Além da potência de entrada, que é medida em watts, há também a de saída. A maioria dos fabricantes indica qual é a potência máxima de saída. O valor geralmente fica entre 110 e 330 V, com frequências de 50 Hz ou 60 Hz.

garota pegando seu telefone em um carregador

Um inversor de corrente analógico é composto por um indutor e um interruptor, utilizado para colapsar o campo magnético da bobina e gerar uma onda pulsante inversa de energia. (Fonte: Fakhrurrozi: 117168042/ 123rf.com)

Lugares de utilização

É importante que este ponto seja definido antes da compra. Isso porque algumas aplicações podem requerer um modelo específico de aparelho. De acordo com suas expectativas de uso e locais onde deseja conectar o seu inversor, podem ser necessárias configurações diferenciadas.

Nem todos os modelos podem se conectar a todas as fontes de energia.

Assim, se pretende usar o seu inversor de corrente em um painel solar, por exemplo, possivelmente, o aparelho necessário não será o mesmo utilizado para carregar a bateria do telefone celular, no console do seu automóvel.

Portas de saída

Outro fator a considerar é o tipo e a quantidade de portas de saída do aparelho. O número de portas afetará o número de dispositivos que você pode conectar.

neste sentido, é com estar atento: independentemente do número de portas que você possui, a soma da potência total de cada tomada nunca deve exceder a potência nominal do inversor de corrente.

Os equipamentos mais modernos, além das tradicionais portas de saída e cabos bipolares, possuem portas USB. Nestes modelos, a tensão de saída das portas USB será de 5 V e a corrente máxima de cada uma é, normalmente, indicada ao lado da própria porta.

carregador de carro

O termo “inversor” pode ser usado para se referir a um grupo “inversor-retificador”. Além de inverter a corrente, o aparelho varia a frequência da saída em função da corrente de entrada. (Fonte: Boonpong: 50827291/ 123rf.com)

Potência nominal

A potência nominal é, juntamente com a potência total, um fator determinante na hora de comprar um inversor de corrente. Na prática, a classificação indica a quantidade máxima de potência em watts que o aparelho será capaz de fornecer continuamente.

Assim, um inversor com uma potência de saída de 300W não será capaz de alimentar um dispositivo de 350 ou 400W, já que eles demandam mais energia para se manter em funcionamento.

Se você tiver mais de uma tomada ou portas USB, a soma da potência de todas as saídas não pode exceder a potência nominal, em hipótese alguma. Isso quer dizer que, em um dispositivo de 300 W com 3 portas, será possível conectar, ao mesmo tempo, 3 aparelhos de 100W, no máximo.

Potência de pico

Alguns modelos de inversor de corrente permitem obter uma potência de pico muito superior à potência nominal. Essa potência diz respeito à energia necessária no momento em que o aparelho é ligado.

Os modelos mais modernos — geralmente os mais caros — permitem obter o dobro da energia para movimentar motores elétricos durante a partida.

É importante ter em mente que o inversor de corrente vai fornecer essa energia de pico apenas por um curto período, durante a inicialização do funcionamento do equipamento conectado. Se isso não for respeitado, o aparelho pode superaquecer e desligar.

Resumo

Não ha dúvidas de que o inversor de corrente é um aparelho de grande utilidade no dia a dia e em ocasiões específicas, como um acampamento em locais sem eletricidade. Além disso, podem ser necessários como transformador de voltagem em alguns equipamentos em casa ou no trabalho, para recarregar a bateria do celular ou ligar o aspirador de pó para o carro, por exemplo.

Neste artigo, mostramos em detalhes o funcionamento deste aparelho, a quem ele é recomendado, os tipos de alimentação e instalação e quais os cuidados tanto o uso quanto na manutenção de um inversor de corrente. Destacamos, ainda, alguns pontos fundamentais que merecem atenção na hora da compra, para que sua escolha seja muito bem sucedida e corresponda a todas as suas expectativas.

Assim, esperamos ter ajudado na sua decisão pelo melhor inversor de corrente de 2021. Se gostou, aproveita para compartilhar em suas redes sociais e apoiar nosso conteúdo. Muito obrigado e até mais!

(Fonte da imagem destacada: Pripir: 104896083/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Resenhas