A foto mostra a mão de um homem segurando três cubos de madeira. Os três cubos formam a sigla IPO.
Ultima atualização: 25 de junho de 2021

Um dos momentos mais marcantes para uma empresa listada na Bolsa de Valores é quando ela efetivamente começa a negociar suas ações. Este momento é chamado de IPO, uma sigla em inglês que representa Initial Public Offering. No Brasil, ela também pode ser chamada de Oferta Pública Inicial (OPI).

Mas, por que as empresas fazem IPO? Até que ponto isso é vantajoso para ela? E você que é investidor, vale a pena reservar as ações nesse início?

Seja muito bem-vindo ao nosso Portal! Neste texto nós vamos te explicar tudo sobre IPO. Prepare-se para aprender quais os verdadeiros impactos para as empresas e os investidores.

Ficou interessado? Então continue a leitura para saber mais!




Primeiro, o mais importante

  • Um dos principais motivos para uma empresa realizar IPO é a captação de recursos para consequente expansão da empresa.
  • O processo para a abertura de capital na Bolsa de Valores é bem criterioso e pode ser bastante demorado. Por isso, não são todas as empresas que optam por esse tipo de negócio.
  • Comprar ações em um IPO pode ser um bom negócio para o investidor. No entanto, é necessário estar atento as variáveis do mercado.

IPO: tudo o que você precisa saber

O IPO nada mais é do que a primeira oferta pública de ações de uma empresa. Isso quer dizer que a companhia recém listada na Bolsa de Valores, decidiu abrir mão de uma parte de sua composição societária para receber novos sócios.

Esses sócios são os investidores, que compram ações da empresa através de uma Corretora de Valores. O objetivo? A valorização da cotação e também a busca por bons dividendos.

A foto mostra os donos da Bluecity em lançamento na Nasdaq

Empresa Bluecity lança capital aberto na Nasdaq, o segundo maior mercado de ações do mundo.

Como funciona o IPO?

O processo de regularização de um IPO é bastante demorado. Ele pode durar aproximadamente 12 meses. Além disso, são estimados em média R$2 milhões de investimento em honorários da equipe, taxas e outras despesas.

Equipe? Isso mesmo! Geralmente as empresas criam uma equipe a parte para fazer o levantamento do IPO. Ela é formada por: advogados, contadores, banqueiro de investimento e um especialista da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) no Brasil.

Geralmente as empresas criam uma equipe a parte para fazer o levantamento do IPO.

Em algumas vezes, as empresas trocam de gestão e elegem um novo conselho de administração, com o intuito de trazer nomes com experiência para conduzir o negócio.

Depois disso, é feito um cronograma para o lançamento do IPO. De 8 a 10 meses antes, as empresas lançam um prospecto com as demonstrações financeiras dos últimos três anos.

Na sequência essas demonstrações financeiras passam por auditoria. Quando a auditoria é aprovada, a empresa é listada na Bolsa de Valores.

Um mês antes do lançamento, a companhia lança um comunicado à imprensa, finaliza os trâmites finais e finalmente vende as ações.

IPO, por que realizar?

Um dos principais motivos para uma empresa realizar um IPO é o da captação de recursos. Uma Oferta Pública Inicial é muito mais vantajosa para uma empresa, do que um empréstimo no banco, por exemplo.

Ao vender as suas ações, a empresa obtém dinheiro direto em seu caixa. Dessa forma, consegue reinvestir na própria empresa, assim como financiar novos projetos.

Lucro aos donos da empresa

Ao se desfazer de uma parte da empresa, os sócios proprietários recebem um bom lucro com a venda das ações. Mesmo assim, continuam como majoritários. O dinheiro que eles recebem serve como uma forma de recompensa por tudo o que foi criado até o momento.

Quais as vantagens de uma empresa realizar o IPO?

Neste tópico nós vamos falar sobre as vantagens e desvantagens de uma empresa ao realizar o IPO. Acompanhe no quadro abaixo:

Vantagens
  • Possibilidade de expandir ainda mais a empresa
  • Captação de recursos
  • Consequente aumento de lucros
  • Possibilidade de manter e contratar os melhores profissionais do mercado
Desvantagens
  • Processo do IPO é muito caro e demorado
  • Burocracia com documentação
  • Os números de sua empresa se tornam públicos

É seguro investir em um IPO?

Você investidor que está lendo este texto pode estar se perguntando se é seguro e se vale a pena investir em um IPO. A resposta para esta pergunta sempre será: depende.

Ao mesmo tempo em que a empresa pode dobrar, triplicar ou até quadruplicar de tamanho nos próximos anos; ela também pode vir à falência caso algo extraordinário aconteça com ela.

Um exemplo clássico disso foram as ações da antiga OGX. A antiga petrolífera de Eike Batista teve o maior IPO da história da Bolsa de Valores do Brasil. A quantia levantada na época foi de R$6,7 bilhões.

No entanto, como todos sabem, alguns anos depois as ações viraram pó. Isso fez com que muita gente perdesse muito dinheiro.

Por isso é sempre importante estudar muito bem a empresa que está abrindo o seu capital na Bolsa. Além disso, você precisa saber quais riscos você está afim de correr e qual estratégia você deseja aplicar.

Como investir em IPO?

É bastante simples investir em IPO na Bolsa. No entanto, ser simples não significa que é fácil. O que nós queremos dizer com isso?

O conhecimento em Análise Fundamentalista vai ser essencial para você. Ao escolher uma empresa, você deverá analisar o histórico e o demonstrativo apresentado por ela. Nesse momento é necessária muita atenção. Caso você analise errado, pode acabar perdendo dinheiro.

Decidiu pela empresa? Agora basta você abrir uma conta em uma corretora de valores que está participando do IPO. Na sequência, você informa o quanto você deseja investir e reserva o preço da ação. Importante: depois de feita a reserva, você não poderá voltar atrás.

Quando chegar o momento, o IPO é realizado e as negociações passam ao mercado secundário, ou seja, aos demais investidores. A partir daí as ações são negociadas na Bolsa de Valores, assim como qualquer outra. No entanto, como você participou do IPO, você teve o seu preço de ação garantido.

Resumo

IPO é uma sigla em inglês que significa Initial Public Offering, ou seja, Oferta Pública Inicial. É através do IPO que uma empresa é listada na Bolsa de Valores. Isso quer dizer que ela coloca parte de suas ações para serem negociadas com pessoas físicas.

O processo de IPO significa uma oportunidade inicial que o investidor tem para realizar a compra da ação antes de ela ser negociada com todo o mercado. Dessa maneira, você poderá compra-la em um preço inicial mais baixo do que quando ela for negociada no mercado.

Lembre-se: estude muito bem a ação antes de optar pelo seu IPO.

Esperamos que este artigo tenha lhe ajudado. Até a próxima!

(Fonte da imagem destacada: jopanuwatd /123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas