Imagem de jogo de mesa.

Os jogos de mesa são clássicos, pois existem desde a antiguidade e se tornaram imprescindíveis para as pessoas, desde a infância. Atualmente eles estão mais populares do que nunca. Cada vez mais fabricantes tem surgido, e por isso a variedade nas lojas é enorme.

Alguns jogos de mesa exigem que os jogadores tenham reações rápidas, já outros requerem muita concentração. Cada um deles é ideal para uma idade específica. Neste artigo vamos te ajudar a encontrar o item perfeito seja ele para seu filho ou para você.

O mais importante

  • Existe uma enorme diversidade de jogos de mesa disponíveis no mercado atualmente. Dentre as inúmeras categorias encontram-se os de dados e os de estratégia.
  • Não há nada melhor que ver o seu filho ou sua filha jogando e aprendendo ao mesmo tempo. Os jogos de mesa fomentam o desenvolvimento cognitivo e social das crianças enquanto elas se divertem.
  • Recomendamos que você busque jogos com os quais todos se divirtam. Assim, será possível organizar jogos em família e fortalecer os laços.

Ranking: Os melhores jogos de mesa do mercado

Existem jogos de mesa para todos os gostos. Não importa se você busca um brinquedo para que seu filho se divirta com os amigos, ou para animar as noites em família, nós vamos te ajudar a encontrar o jogo perfeito. Abaixo você encontrará uma ótima seleção deles.

1° – Dixit

Esse jogo tem se destacado muito nos últimos anos, principalmente depois que ganhou o prêmio Spiel des Jahres (Jogo do Ano) em 2010. Ele é recomendado para crianças com mais de 8 anos de idade.

Ele possui diversas cartas com desenhos únicos e os jogadores deverão tentar adivinhar qual é a carta que foi escolhida pelo narrador.

2° – Banco Imobiliário

O Banco Imobiliário é um dos jogos mais clássicos de tabuleiros, e o objetivo dele é que as crianças aprendam a cuidar bem do seu dinheiro e dos seus investimentos para não falirem.

Esse jogo é longo, e pode durar 2 horas ou mais, e podem jogar de 2 a 6 jogadores.  A idade recomendada é acima de 8 anos.

3° –  Above and Below

Esse jogo é quase um RPG,  pois é uma mistura de construção de cidade e narração de histórias em que os jogadores competem para construir a melhor aldeia. Ele permite que você envie os moradores para executar diversos trabalhos. No final, ganha quem tiver a aldeia mais desenvolvida.

Por ser um jogo com uma alta complexidade e que exige uma certa estratégia, ele é mais indicado para adolescentes a partir dos 13 anos de idade.

4° – Jogo Twister

Esse é um jogo que pode ser jogado por toda a família e o desafio é colocar as mãos e os pés nas cores definidas sem cair. Vence quem for o último jogador em pé.

Ele não é recomendado para crianças que tenham menos de 6 anos de idade e pode ser jogado por 2 ou mais pessoas.

5° – Jogo Pula Macaco

Esse jogo é indicado para crianças a partir dos 4 anos de idade, e pode ser jogado por 2 a 4 jogadores. O objetivo dele é que as pessoas consigam acertar o máximo de macaquinhos na árvore.

O tempo médio que esse jogo leva para ser terminado é de 20 minutos. Esse é um dos clássicos e é ideal tanto para que as crianças joguem entre si, quanto para passar momentos agradáveis em família.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre os jogos de mesa

Jogos de mesa são um ótimo presente,mas o momento da escolha por ser complicado se você não conhecer alguns conceitos importantes. Em seguida, responderemos às perguntas mais frequentes dos pais sobre eles.

Imagem de mulher e crianças jogando em mesa.

Os jogos de mesa são uma forma de entretenimento perfeita, especialmente para motivar as crianças.
(Fonte: Iakov Filimonov: 88128036 / 123rf.com)

Quais tipos de jogos de mesa existem?

No momento em que estiver buscando jogos de mesa você encontrará inúmeras categorias para escolher. Estas categorias normalmente são definidas por seus elementos físicos ou pela sua forma de jogar. Estas são algumas das categorias básicas dentre as quais a maioria deles está classificada:

CategoriaForma de jogarCaracterísticas
Jogos de dados Baseiam-se em lançar dados e mover as fichas no tabuleiro, e incluem os jogos mais clássicos O êxito depende principalmente da sorte e as partidas são curtas e fáceis de compreender
Jogos de estratégia São jogos que implicam que os jogadores utilizem uma série de estratégias Podem ser em grupo ou individuais
Jogos de cartasSão jogados unicamente com cartas, que podem ser naipes tradicionais ou cartas desenhadas especialmente para o jogo, como o Dixit Alguns são exclusivamente de sorte, outros envolvem o uso da estratégia e da dedução
RPG São jogos de interpretação em que os jogadores devem assumir o papel de um personagem Exigem o uso de habilidades de narração e imaginação dos jogadores e as partidas são longas

Quais são os benefícios dos jogos de mesa?

As crianças aprendem melhor jogando. Os jogos de mesa permitem que as crianças desenvolvam habilidades cognitivas e sócio afetivas importantes enquanto se divertem. Embora o conteúdo educacional dependa do jogo escolhido, a maioria deles oferecem os seguintes benefícios:

  • Contribuem para o desenvolvimento cognitivo e motriz: Os jogos de mesa, em especial aqueles com design atrativo e colorido, contribuem para o desenvolvimento cognitivo dos mais jovens. Eles ajudam a reconhecer melhor formas, cores, números e letras. Os jogos com peças estimulam a motricidade e a coordenação.
  • Estimulam as habilidades sociais: Jogar um jogo de tabuleiro com outras crianças estimula seu filho a competir de forma saudável e a cooperar. As crianças colocam em prática sua paciência, generosidade e até mesmo seu conceito de justiça. Além disso, eles aprendem a analisar as estratégias de outros jogadores.
  • Permitem passar bons momento em família: Uma das melhores formas de tirar proveito dos jogos de mesa é jogá-los em família. As noites de jogos são as atividades perfeitas para desfrutar de algum tempo com seus filhos e para ficar longe da tecnologia. Além disso, o trabalho em equipe vai unir a família ainda mais.

Devo jogá-los com meus filhos?

É claro! A maioria dos jogos de mesa indicados para crianças são fáceis de entender e perfeitos para serem jogados entre irmãos ou amigos. Assim que eles entenderem as regras, irão se divertir sem a necessidade de supervisão dos pais.  No entanto, vale a pena também jogar com eles sempre que possível.

Você pode usá-los também como ferramentas de ensino para as crianças. À medida que eles forem crescendo, você pode procurar jogos que você também goste e que sejam desafiadores para todas as idades. Assim, você pode organizar noites de jogos para toda a família.

Imagem de pessoas sentadas em formato de círculo jogando baralho.

Ter jogos de mesa em casa é uma ótima forma de se distrair, especialmente nos dias de chuva.
(Fonte: Bernard Bodo: 77786158 / 123rf.com)

Qual é a idade para que as crianças comecem a jogar jogos de mesa?

Existem diferentes jogos de mesa para cada etapa da infância. Recomenda-se que as crianças comecem a jogar por volta dos 4 anos. Neste momento, elas já possuem habilidades motoras para isso.

A medida que as crianças vão crescendo, os jogos de mesa vão ficando mais complexos. Enquanto existem jogos de RPG  que os adolescentes adoram, os adultos também podem se divertir com eles nas noites com os amigos.

Critérios de Compra

Os jogos de mesa estão mais populares do que nunca. Existem muitos tipos diferentes no mercado, e por isso você tem grandes chances de encontrar o jogo perfeito. Existem certos critérios que você deve levar em conta, conforme vamos listar abaixo.

  • Idade das crianças
  • Número de jogadores
  • Tipo de jogo
  • Complexidade e duração
  • Conteúdo educativo

Idade das crianças

A partir de 4 anos as crianças já podem começar a se divertir com jogos de mesa. É importante que você procure os jogos apropriados para cada etapa da vida. As crianças menores requerem jogos mais curtos para não perder o interesse. Os que envolvem movimentos são ótimos, já que crianças dessa idade estão cheias de energia.

Mais tarde, você pode introduzir clássicos, como Banco Imobiliário ou Uno. A partir dos 8 anos, as crianças compreendem quase todos os jogos de mesa com facilidade. Então é possível partir para alguns mais elaborados, como os de estratégia.

foco

Sabia que o Banco Imobiliário é um dos jogos mais vendidos do mundo?

Número de jogadores

O número de jogadores é um fator chave na hora de escolher um jogo. Se você não está seguro da sua escolha com relação ao número de jogadores que ele permite, opte pelo que requer um maior número de pessoas. Assim,  quando você estiver com mais gente em casa, todos vão poder jogar.

No momento de buscar por um jogo de mesa, considere em que ocasiões você vai jogar. Existem jogos de mesa excelentes para duas pessoas, e há os que são mais indicados para festas ou tardes em família.

Tipo de jogo

O jogo perfeito para o seu filho dependerá dos seus interesses e da sua personalidade. Se você tem um filho muito extrovertido, aposte em algo que envolva mímica ou canto. Se o seu pequeno é criativo e ama contar histórias, você pode optar por um jogo narrativo como o Dixit. Se ele é muito observador, busque por algo que envolva a estratégia ou deduções.

Além disso, você pode escolher jogos de mesa didáticos, que contribuem para o seu desenvolvimento. Se a sua intenção é que o seu pequenino se exercite um pouco, busque pelos que estimulam a atividade física. Existem vários que testam a flexibilidade, equilíbrio, coordenação e até mesmo o ritmo dos jogadores.

Imagem de jogo de mesa com seus respectivos acessórios.

O Banco Imobiliário é um clássico que não pode faltar nos momentos familiares.
(Fonte: Steven Cukrov: 29099192 / 123rf.com)

Complexidade e duração

Um fator que diferencia os jogos de mesa é a complexidade. RPGs e alguns jogos de estratégia, por exemplo, são mais complicados de entender, mas são fascinantes. Estes jogos mais complexos deixam os jogadores imersos em mundos fictícios elaborados e os jogos podem durar por várias horas.

É importante ter em mente que nem todas as crianças e adolescentes gostam de jogos muito complexos. Como já dissemos, se seu filho tem menos de 8 anos, os jogos mais simples e curtos são melhores. Nessa idade, um jogo que é muito complicado e requer muita paciência pode deixá-lo aborrecido.

Conteúdo educativo

Um jogo de mesa não precisa ser explicitamente didático para contribuir para o desenvolvimento cognitivo do seu filho. Muitos deles permitem que seu filho desenvolva diversas habilidade e aprenda jogando. Considere quais capacidades você deseja estimular no seu filho

Em nosso Ranking, por exemplo, incluímos jogos  com os quais os pequeninos podem aprimorar as suas habilidades, como Banco Imobiliário. Ele serve como uma importante introdução em temas como a gestão do dinheiro. Os jogos narrativos, como o Dixit, ajudam a desenvolver a criatividade e a comunicação verbal das crianças de forma divertida.

Resumo

Se você está procurando o presente perfeito para seus filhos, os jogos de mesa são uma excelente escolha. Graças à sua popularidade, você pode escolher dentre uma infinidade deles no mercado. Independentemente da sua idade, personalidade ou interesses, você encontrará o mais adequado de acordo com o que busca.

Jogos de mesa contribuirão para o desenvolvimento dos seus filhos. Ao jogá-los, as crianças aprendem enquanto se divertem. A melhor maneira de aproveitar é optar por um que você possa jogar com eles. Afinal, as tardes de jogos familiares são uma ótima maneira de passar bons momentos juntos.

Se você gostou do nosso Guia sobre jogos de mesa, recomende este artigo nas redes sociais ou deixe um comentário.

(Fonte da imagem destacada: Artem Oleshko: 70148148/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Ricardo Amorim Músico e Viajante
A música e as viagens sempre foram as paixões de Ricardo. Seu violão o acompanha pelo mundo, desde que saiu de casa aos 17 anos. Desde então, já conheceu mais de 50 países e segue sua jornada rumo aos 100. Além de suas duas paixões, Ricardo também escreve sobre outras formas de lazer, especialmente sobre livros, aproveitando os dois anos investidos no curso de Jornalismo.