lâmpada halógena
Ultima atualização: 24 de setembro de 2020

Como escolhemos

11Produtos analisados

16Horas investidas

3Estudos avaliados

45Comentários coletados

As lâmpadas halógenas oferecem uma grande luminosidade praticamente instantânea. Além disso, são muito econômicas e têm uma vida útil consideravelmente alta. Sua comercialização é recomendada principalmente para o farol de carros, em lâmpadas de exaustores e de fornos.

As lâmpadas halógenas estão disponíveis em diferentes formados e podem ser usadas também em residências e ambientes comerciais. Se você está pensando em comprar uma, a primeira coisa a fazer é pensar onde você vai utilizar e o tipo de lâmpada que você precisa. Você também precisa considerar a potência, o fluxo luminoso e o tipo de luz que emite.




O mais importante

  • As lâmpadas halógenas são uma evolução das lâmpadas incandescentes tradicionais, mas oferecem uma vida útil mais prolongada e uma luminosidade constante ao longo do seu ciclo de vida.
  • As lâmpadas halógenas são muito utilizadas em locais de destaque, como vitrines e também em farol de carros ou fornos.
  • O primeiro critério de compra a ser considerado na hora de escolher uma lâmpada halógena é o uso que você fará dela. Depois, você deve considerar outras questões, como a potência, o fluxo luminoso e o tipo de luz que emite.

As melhoras lâmpadas halógenas do mercado: Nossas recomendações

Antes de começar com o guia de compra, queremos apresentar nossa seleção com as melhores lâmpadas halógenas do mercado. Verifique abaixo:

A melhor lâmpada halógena E27

Esta lâmpada halógena E27 da Taschibra tem uma potência de 100 Watts, é 110 Volts e 2700 Kelvin de luz quente. Oferece economia de cerca de 30% e tem uma alta durabilidade. A vida útil é de aproximadamente 1000 horas. O preço é bem econômico e é muito recomendada para utilizar em ambientes residenciais, pois oferecem relaxamento.

A melhor lâmpada halógena G9 para fornos ou luminárias

Esta lâmpada halógena G9 da Ourolux é ideal para fornos, já que é resistente a altas temperaturas, mas também pode ser utilizada em luminárias de mesa ou iluminação decorativa. Tem um IRM de 100, que garante uma boa reprodução de cores.

A melhor lâmpada halógena para carros

A lâmpada halógena para utilizar no farol dos carros é, geralmente, do modelo H1 ou H7. As opções da Osram possuem uma alta durabilidade, com uma temperatura de cor de 3200K e uma durabilidade de cerca de 100000 km, pode ser usada para farol alto e baixo. Com um ótimo custo benefício, oferece um produto certificado com garantia de duração máxima.

Guia de compras: Tudo que você precisa saber sobre as lâmpadas halógenas

Se você está pensando em comprar uma ou várias lâmpadas halógenas, é possível que você tenha algumas dúvidas sobre o seu uso, os tipos de lâmpadas existentes e as vantagens que elas oferecem. Para que você possa resolver facilmente, preparamos esta seção completa para te ajudar.

cozinhando no forno

As lâmpadas halógenas são muito utilizadas para a iluminação dos fornos. (Fonte: Gajus: 16985990 / 123rf.com)

O que são exatamente as lâmpadas halógenas?

As lâmpadas halógenas são uma evolução das lâmpadas incandescentes tradicionais, que foram proibidas. Elas também contam com um filamento de tungstênio.

As lâmpadas halógenas oferecem uma luz branca nítida, com boa reprodução de cor e uma máxima iluminação.

Porém, elas possuem gás halógeno na parte interna, geralmente bromo ou iodo, que contribuem para melhorar sua segurança e aumentar sua vida útil. A presença dos gases não contribui para melhorar sua eficiência energética, por isso são mais recomendadas para alguns usos.

São destacadas por oferecer uma luz branca nítida, com boa reprodução de cor e por oferecer uma máxima iluminação praticamente instantânea.

Como funcionam as lâmpadas halógenas?

Nas lâmpadas halógenas, a corrente elétrica flui através do filamento de tungstênio (volfrâmio) situado no interior da cobertura de quartzo. A passagem desta corrente elétrica aquece o filamento (efeito Joule), de tal modo que quando a temperatura alcança os 2500ºC, começa a emitir luz, por um processo chamado incandescência.

Durante este processo, o filamento se encontra em equilíbrio químico com o gás halógeno da lâmpada, o que permite que o filamento de volfrâmio se regenere e permaneça inalterado. Como consequência disso, seu rendimento e sua vida útil são superiores aos oferecidos pelas lâmpadas incandescentes tradicionais.

foco

Você sabia que em 1882 a eletricidade foi utilizada pela primeira vez para iluminar uma rua? Esta rua foi Wall Street, em Nova York. A iluminação foi feita pela empresa de Thomas Edison.

Quais as vantagens e desvantagens das lâmpadas halógenas?

As lâmpadas halógenas oferecem uma série de vantagens importantes comparadas as lâmpadas incandescentes tradicionais. Além disso, são mais econômicas que as lâmpadas de LED, mesmo que sejam menos eficientes energeticamente.

Mas existem outras vantagens e desvantagens, que podem ser observadas na tabela abaixo:

Vantagens
  • Seu preço é mais econômico
  • São reguláveis
  • Proporcionam uma luz natural e quente
  • Oferecem uma luz brilhante
  • Produzem luz instantaneamente
  • Oferecem um fluxo luminoso constante ao longo da sua vida útil
Desvantagens
  • São menos eficientes energeticamente comparadas as lâmpadas de LED

Quais tipos de lâmpadas alógenas existem?

Atualmente, existem mais de cem tipos diferentes de bases de lâmpadas, por isso seria impossível incluir todos aqui. No entanto, vamos mostrar os modelos mais comuns, que são os seguintes:

  • E27: É o mais comum de todos, com a rosca grande, comum na maioria das casas.
  • E14: Menor que o anterior, geralmente é chamada de rosca pequena. Tem uma rosca de 14 mm.
  • GU10: Possui uma conexão de dois pinos e são utilizadas tanto em lojas quanto escritórios. Os pinos são separados por 10 mm.
  • GU5.3: Conta com uma conexão de dois pinos, de tipo agulha, separados por 5,3 mm.
  • G4: Também com conexão de dois pinos tipo agulha, com uma separação de 4 mm. São utilizadas em luminárias de escritório, de pé ou de mesa, geralmente para uso decorativo.
  • G9: Possui duas conexões, do tipo arame dobrado, separadas por 9 mm.
  • R7s: É o modelo mais comum nas lâmpadas halógenas retas. São utilizadas em luminárias de pé e projetores externos.

Por que as lâmpadas halógenas são utilizadas no farol dos carros?

Um dos principais motivos para continuar utilizando as lâmpadas halógenas no farol dos carros é que oferecem uma máxima iluminação em questão de segundos. Além disso, a luz que emitem é muito intensa, uma questão fundamental para dirigir em ambientes de pouca luminosidade.

São utilizadas no farol de carros nos seguintes casos:

  • Farol baixo;
  • Farol alto tradicional;
  • Farol alto de longo alcance;
  • Luzes anti-neblina dianteiras.
faróis de carro

Um dos principais motivos para continuar utilizando as lâmpadas halógenas no farol dos carros é porque oferecem uma iluminação máxima em questão de segundos. (Fonte: Laur7410: 105747639 / 123rf.com)

As lâmpadas halógenas são recicláveis?

Nem todas as lâmpadas halógenas são recicláveis, vai depender do fabricante e de algumas características. Porém, é recomendado descartá-las junto ao lixo reciclável e não jogar no lixo comum. Os fabricantes e lojas que vendem as lâmpadas geralmente recebem as queimadas para fazer o descarte adequado.

Critérios de compra

Para adquirir uma lâmpada halógena, é essencial que você leve em consideração alguns critérios de compra, principalmente se você está pensando em comprar através de uma plataforma online. Para facilitar esta tarefa, preparamos para você uma lista com os mais importantes. São os seguintes:

Uso

Evidentemente, você não vai precisar da mesma lâmpada para o carro ou para escritório ou para o seu forno elétrico. Por isso, assim como o tipo de base, é necessário saber a finalidade na hora de comprar uma.

No seguinte quadro, vamos mostrar algumas orientações a respeito disso:

Se você precisa de uma lâmpada halógena para É mais conveniente uma
Forno Que resista às altas temperaturas
Luminária de escritório Com uma luz neutra ou vira, entre 4000ºK e 5000ºK
Carro Com um alto fluxo luminoso e um bom nível de brilho
Refletor de estúdio fotográfico Que, entre outras características, seja regulável
Lustre para sala ou quarto Com um tom suave, que ofereça uma iluminação quente

Potência e fluxo luminoso

A potência de uma lâmpada é medida em watts (W) e determina seu consumo energético. Quanto maior a potência, maior o consumo e, claro, maior o gasto econômico.

Porém, diferente do que algumas pessoas pensam, uma lâmpada com mais potência não tem como iluminar mais. O fator que vai determinar se a lâmpada ilumina mais ou menos é o seu fluxo luminoso.

O fluxo luminoso é medido em lúmens (lm) e é definido como a quantidade total de luz que uma fonte pode produzir em todas as direções em um segundo. As lâmpadas de tungstênio possuem um fluxo luminoso de 13,5 lm/W (lúmens por watts). Assim, uma lâmpada de 40 W pode alcançar 450 lúmens.

lâmpada de forno

Se você precisa de uma lâmpada halógena para uma luminária de escritório, é conveniente escolher uma luz neutra ou fria, entre 4000ºK e 5000ºK. (Fonte: Gudella: 88451736 / 123rf.com)

Tipo de luz

O tipo de luz que uma lâmpada vai proporcionar dependerá de várias questões. Uma delas é a temperatura da luz em graus Kelvin (K).

Os tons quentes proporcionam uma luz mais suave e são ideais para sala ou quartos. Os mais frios proporcionam uma luz branca intensa e são mais adequados para iluminar locais de trabalho, que precisam de muita iluminação.

Na seguinte tabela, você pode ver uma escala de temperaturas de luz com seu correspondente tom de luz.

Temperatura de luz em Kelvin Tom de luz
2.700ºK Muito quente
3.000ºK Quente
4.000ºK Neutra/branca
5.700ºK Fria
8.500ºK Muito fria

Ao pensar no tipo da luz, também é importante considerar o ângulo da luz. Em geral, é possível fazer a seguinte distinção:

  • Ângulos inferiores a 40º: Produzem um efeito de foco, iluminando uma área menor e de forma mais direta.
  • Ângulos superiores a 120º: A luz dispersa muito mais, iluminando praticamente todo o ambiente.

Índice cromático

O índice de reprodução cromática (CRI) revela a qualidade da luz de uma lâmpada, bem como sua confiabilidade em relação à luz natural do sol.

É representada em uma escala que vai de 0 a 100, onde o último valor representa a luz e a cor natural. O zero, pelo contrário, representa uma distorção total das cores.

Para estúdios fotográficos e alguns ambientes de trabalho, o índice cromático deve ser o mais elevado possível. Alguns fabricantes apresentam de forma conjunta a informação do índice cromático e da temperatura da luz.

Desta forma, atribuem um código numérico como 927, onde o 9 indica um CRI de 90 e o 27 indica uma temperatura de luz de 2.700ºK.

Vida útil e nível de eficiência energética

A vida útil de uma lâmpada geralmente é expressada em horas de uso. É um valor orientativo oferecido pelos fabricantes, algumas vezes em forma de valor mínimo e outras como uma média da sua duração.

Por outro lado, o nível de eficiência energética é indicado na embalagem. Geralmente, é destacado na embalagem e a opção mais eficiente é A+++.

Resumo

As lâmpadas halógenas são utilizadas para diferentes finalidades, alguns mais comuns como o farol dos carros ou iluminação do forno e micro-ondas. Também são utilizadas em luminárias para escritórios e refletores de estúdios fotográficos ou de gravação. A principal, mas não a única vantagem, é que oferecem uma máxima iluminação instantaneamente.

Além disso, são muito econômicas e sua vida útil é consideravelmente longa. Ela proporciona uma iluminação mais quente e pode ser usada também em residências ou escritórios e também é comum para a iluminação de vitrines. Na hora de comprar as lâmpadas halógenas, é fundamental ter claro o tamanho adequado dependendo do uso que você fará.

Para finalizar, se você achou este guia interessante e que te ajudou no processo de escolha, deixe um comentário para nós ou compartilhe este artigo em suas redes sociais.

(Fonte da imagem destacada: Gnatkovskiy: 93627035 / 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Jaime Caballero Licenciado em Engenharia
Licenciado em Filologia e Engenharia de Minas, Jaime vê no Guia55 a combinação perfeita para trabalhar com as palavras e a tecnologia. Muito atento aos detalhes, busca criar conteúdo que desperte interesse no leitor.
Curiosa por natureza e apaixonada por viagens, ama estar por dentro das novidades que podem facilitar e tornar mais alegre o dia a dia das pessoas. No Guia55, escreve e adapta artigos para auxiliar suas decisões de compra.