blender with green juice
Ultima atualização: 13 de março de 2020

Como escolhemos

Products

22Produtos analisados
Hours

20Horas investidas
Studies

6Estudos avaliados
Comments

86Comentários coletados

Se você chegou até aqui por que adora fazer sucos naturais, sobremesas cremosas e tomar um bom caldinho no fim do dia, bem vinda ao clube! O melhor ainda é conseguir preparar todas essas receitas com praticidade, rapidez e o mínimo de trabalho possível. Por isso, um bom liquidificador deve ser um daqueles eletrodomésticos que está na sua lista de prioridades.

Mas pode ser que você esteja entre as pessoas que raramente usam o liquidificador simplesmente por não saber de todas as vantagens e facilidades deste equipamento. Independentemente de qual seja o seu caso, a partir de agora vamos mostrar tudo sobre esse companheiro nas jornadas culinárias. Você vai ver de que forma um liquidificador de qualidade pode mudar a sua rotina.



O mais importante

  • O liquidificador é um eletrodoméstico que funciona com um motor elétrico rotativo e ajuda a trituras alimentos, modificando sua consistência. Os modelos mais sofisticados costumam ser acompanhado de complementos como o processador de alimentos. Esses modelos costumam ter uma ótima relação custo-benefício.
  • No mercado, há três principais linhas de liquidificadores, classificadas basicamente pela potência. A mais baixa costuma ter menos de 600W e duas velocidades. Por outro lado, a mais alta pode ultrapassar os 1800W de potência e chegar a mais de 10 velocidades.
  • Antes de comprar um liquidificador, é importante ter em conta alguns fatores que podem ser determinantes para o bom uso do equipamento. Vale observar desde o material de fabricação até o peso e durabilidade do eletrodoméstico. Sobre esses pontos, falaremos em detalhes logo mais.

Os melhores liquidificadores do mercado: nossas recomendações

A variedade é proporcional à sua importância no dia a dia de uma casa. São centenas de modelos de liquidificador à sua disposição. Por esse motivo, escolher o ideal, pode ser muito mais difícil do que parece. Mas calma! Selecionamos alguns dos produtos mais vendidos atualmente. Assim, você tem um refresco em meio a tanto trabalho!

O liquidificador turbo com 12 velocidades

Imagina ter em casa um liquidificador com 1000W de potência e doze velocidades, mais o botão “pulsar” para facilitar a rotina da sua cozinha. Esta é proposta da Mondial com esse eletrodoméstico versátil, de montagem rápida e função filtro para sucos.

O copo de 3 litros de capacidade, conta com facas em aço inox e sistema de segurança que só permite o acionamento do motor após o encaixe do copo.

O liquidificador com copo que vira squeeze

Não é só pelo design retrô que este modelo da Philco vai atrair as atenções em sua cozinha. Ele traz toda a praticidade e segurança que a rotina exige, com muito mais facilidade no preparo de sucos, caldos e vitaminas.

Os copos de 600 ml são fabricados em plástico livre de bisfenol, e vêm com tampas para sair do liquidificador diretamente para a academia ou para sua bolsa de trabalho.

O liquidificador 2 em 1 com sistema autolimpante

Este é um liquidificador que vai atender às suas necessidades na hora de preparar alimentos mais saudáveis para toda a família. Ele é 2 em 1, com as funções de processador e liquidificador.

São 4 velocidades para você triturar grãos, picar temperos e ainda preparar massas leves, sucos e sobremesas. Versátil, ele tem pés antiderrapantes, porta-fio e sistema de auto-limpeza dos copos e facas, que são totalmente em aço inox.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre o liquidificador

Ele foi inventado há quase 100 anos, em 1922, é até hoje continua como item essencial em todas as cozinhas. Apesar de ser um eletrodoméstico muito simples, à primeira vista, o liquidificador também tem suas particularidades e é importante que você conheça todas elas para fazer o melhor uso deste equipamento. Nesta seção, vamos trazer repostas às duvidas mais comuns sobre o liquidificador.

girl making juice

Há modelos de liquidificador que tem apenas duas velocidade e o modo “pulsar” como adicional.
(Fonte: Białasiewicz: 81369144/ 123rf.com)

O que exatamente é um liquidificador?

Presente em quase todas as casas, o liquidificador é um eletrodoméstico dotado de um motor que faz girar o conjunto de facas normalmente instaladas dentro de um copo ou jarra. O objetivo desse movimento é triturar os alimentos colocados nesse recipiente.

A maioria dos modelos contam com 4 ou 6 lâminas responsáveis por triturar, picar ou misturar os ingredientes. De acordo com o objetivo do uso, pode formar uma massa homogênea, um creme ou tornar totalmente líquidos os elementos, dando origem a sucos e vitaminas.

O liquidificador é hoje amplamente utilizado no preparo das mais diversas receitas. No entanto, ele surgiu com uma função bem diferente dessa: o equipamento foi criado para uso em hospitais, ajudando a misturar os medicamentos aos alimentos, antes de servir aos pacientes.

Quais as vantagens e desvantagens do liquidificador?

Vejamos, a seguir, as principais vantagens e desvantagens de ter um liquidificador.

Vantagens
  • Permite abrir mão de outros equipamentos na cozinha, como o processador e o espremedor de frutas
  • Com o uso adequado, permite aumentar o consumo de frutas e verduras de todas as pessoas da casa
  • Facilita o preparo dos alimento, economizando tempo
  • Apesar de existir uma grande variedade de modelos e preços, de modo geral costuma ser um equipamento muito acessível
Desvantagens
  • Alguns modelos podem ser muito difíceis de limpar
  • Apesar de ser normalmente compacto, pode ser difícil encontrar o local adequado para guardá-lo
  • É particularmente frágil quando utilizado para processar alimentos que exigem força acima de sua potência, o que pode queimar o motor

Quais o tipo ideal de seletor de velocidade ?

Antes de falar sobre o seletor da velocidade, é importante lembrar o que representa essa variação no trabalho do liquidificador. Em resumo, ela interfere no processamento e na mistura dos alimentos.

Para fazer uma massa de panqueca ou uma receita mais cremosa, a velocidade alta vai ajudar.

Para sucos, por exemplo, basta uma velocidade baixa para picar as frutas e misturar os ingredientes. Por outro lado, se vai fazer uma massa de panqueca ou uma receita mais cremosa, a velocidade alta vai ajudar a encorporar todos os alimentos.

Diante disso, é possível perceber que quanto mais velocidades, melhor. Já o tipo de seletor não vai interferir no desempenho do seu liquidificador. Para eleger o melhor, você pode avaliar as suas preferências e o que julga mais prático.

Por exemplo: se optar por um modelo com botões, será mais fácil limpar. Os que possuem controle com chave giratória normalmente contam com menos velocidade, mas é mais fácil alternar entre elas… Viu? Tudo vai depender da sua avaliação pessoal.

Se ficar em dúvida sobre essa escolha, leia as avaliações deixadas por outros compradores dos modelos que você mais gostou. Esse recurso sempre ajuda muito na hora de decidir!

Qual a importância da potência do liquidificador?

A forma mais simples de conferir a potência de um liquidificador é observando a quantidade de watts do motor. Como regra geral, quanto mais watts, maior a potência do equipamento. No entanto, a calibragem do motor pode interferir no desempenho e reduzir a potência do liquidificador

Essa característica determina o que pode ser processado em seu liquidificador e de que forma proceder para cada tipo de alimento. Para esclarecer, veja essas orientações básicas.

  • Baixo número de watts: é ideal para processar líquidos. Se for utilizar para alimentos mais duros e consistentes, será necessário incluir bastante líquido à mistura. Ainda assim, é possível que alguns alimentos não sejam totalmente processados;
  • Alto número de watts: o liquidificador poderá ser utilizado como um completo processador de alimentos. Com ele, você poderá picar gelo e até mesmo preparar manteigas e massas mais encorpadas.
blender and green vegetables

Tenha certeza de que o liquidificador escolhido tenha trava de segurança, que só permita o funcionamento com o copo devidamente encaixado, para evitar acidentes. (Fonte: Kachmar: 114134329/ 123rf.com).

Quais as principais linhas de liquidificador no mercado?

Basicamente, há três linhas de liquidificador, cada uma delas diferenciada por particularidades como potência, capacidade, objetivos de uso e acabamento. Da linha mais básica para a mais completa também é possível perceber uma grande variação no preço do equipamento.

Não existe uma segmentação clara, já que cada fabricante é livre para criar as próprias linhas, de acordo com o material, o design e o público a que se destina. No entanto, de maneira geral, é possível traçar algumas diferenças:

Potência Facas Capacidade (L) Velocidades
Linha Básica de 300 a 500W 4menos de 1 litro 1 ou 2
Linha Intermediária de 600 a 1000W 4 a 61,2 a 1,5 2 ou mais, além da função “pulsar”
Linha  Premium Mais de 1200W6 ou mais 1,8 ou mais Até 16, com funções “pulsar” e auto-limpeza

As facas do liquidificador são importantes?

Além de avaliar itens como potência, capacidade do copo, velocidade do seu novo liquidificador, é bom ter em mente que as facas são elementos essenciais para o bom desempenho do eletrodoméstico.

A maioria dos modelos conta com lâminas em aço inoxidável.

A maioria dos modelos conta com lâminas em aço inoxidável — essas são, de fato, as melhores —. No entanto, os mais em conta costumam ter facas de aço comum. Fique atenta a esse detalhe, pois o contato direto com a umidade e a acidez de algumas frutas pode oxidar as lâminas.

Os modelos mais sofisticados e modernos têm chegado ao mercado com uma combinação de 6 lâminas curvas e retas, para triturar alimentos duros. Há, ainda, os modelos com arestas verticais, para ajudar na mistura de smoothies e shakes.

Depois de comprar, ao longo do uso, é importante sempre verificar se a lâmina está devidamente afiada. É comum perder a afiação com o tempo. Quando ocorrer, é preciso levar para manutenção, pois as facas sem corte diminuem o rendimento do liquidificador.

Como limpar o liquidificador?

Como falamos há pouco, os modelos mais modernos de liquidificador já contam com a função que ajuda na limpeza do copo e das lâminas imediatamente após o uso. No entanto, o custo desse serviço nem sempre é atrativo.

Por isso, criamos um passo a passo com os principais cuidados na hora de limpar seu novo liquidificador:

  • Procure limpar a base do motor, o cabo e o painel com um pano úmido. Para manchas mais difíceis, use um detergente suave e limão;
  • Nunca coloque o liquidificador ou o cabo elétrico sob a água;
  • Se pretende limpar as partes laváveis na lava-louças, consulte o manual para saber se esse procedimento é adequado;
  • lave o copo com água morna para eliminar possíveis odores, assim como sabores e corantes.

Critérios de compra

Temos que certeza que você conseguiu triturar todas as dúvidas e está pronta para apertar o “pulsar” para começar a fazer as melhores receitas com seu novo liquidificador. No entanto, ainda precisamos falar sobre alguns critérios importantes que devem ser considerados na hora de escolher o modelo ideal. Confira:

Potência

O sucesso dos seus pratos pode depender desse fator. Por isso, vale a pena refletir sobre o tipo de alimentos que você pretende processar no novo liquidificador. Assim, certamente a escolha será mais direcionada.

Se você vai apenas fazer shakes ou sucos, por exemplo, uma potência menor poderá atender às suas necessidades. Mas se pretende processar alimentos mais pesados, vale investir em um liquidificador de alta potência.

Para ter certeza do sucesso, o ideal é que a potência do equipamento seja de, pelo menos, 600W. No entanto, se for possível e couber no seu orçamento, é sempre bom contar com um liquidificador com potência acima dos 1200W. Afinal, nunca se sabe quando pode surgir uma nova receita, não é?

healthy girl in the kitchen

Uma das vantagens de ter um bom liquidificador é que ele vai estimular o consumo de frutas e verduras. (Fonte: Lightfieldstudios: 121417718/ 123rf.com).

Capacidade

De nada adianta comprar o liquidificador com o motor mais top das galáxias se a capacidade do copo não for suficiente para preparar tudo o que você deseja. Por isso, esse fator não pode passar em branco na hora da escolha.

A maioria dos modelos comporta em torno de 1 litro. Existem ainda os compactos, com 700ml em média, e os gigantes, com até 3 ou 4 litros de capacidade.

Assim como falamos sobre a potência, esse é mais um fator particular, que depende da utilização dada ao seu liquidificador. Se você prepara porções individuais de sucos, por exemplo, não tem necessidade de um copo grande.

Para quem vive em uma “grande família”, espaço nunca é demais! Nesse caso, vale investir um pouco mais e garantir que as bebidas de todos sejam preparadas de uma única vez.

Material

Um aspecto importante para a escolha do seu liquidificador é a certeza de estar comprando um produto confiável, que não fará mal a sua saúde e que tenha muita durabilidade. Por isso, avaliar o material de fabricação é fundamental.

Os copos costumam ser feitos em vidro ou plástico. O primeiro, que costuma ser a melhor escolha, deve ter espessura grossa. No segundo, é importante ter garantia de que o plástico é livre de bisfenol-A, substância química nociva à saúde.

O corpo do liquidificador, que abriga o motor, pode ser em aço ou plástico. Mais uma vez, assegure-se sobre a resistência e durabilidade do material. Da mesma forma, verifique se os materiais proporcionam com acabamento.

Velocidade

Como mostramos anteriormente, a velocidade do motor é crucial para o bom desempenho do liquidificador. Por isso, contar com um modelo que tenha maior variação de velocidades é sempre mais vantajoso.

Os modelos mais básicos costumam ter apenas uma velocidade. Já os mais avançados, podem chegar a 12 ou até 16 velocidades. A partir das versões intermediárias, já é possível contar com a função “pulsar” que intensifica a força do liquidificador.

Novamente nossa recomendação é que você escolha um modelo que esteja de acordo com a rotina da sua casa. Se, no entanto, prefere contar com benefícios extras, vale optar por modelos com, pelo menos, 10 velocidades.

Para pessoas que querem ter controle total sobre o equipamento, a opção é um modelo com seletor dimerizável. Assim, é possível determinar exatamente a velocidade do aparelho.

Limpeza

Pode parecer menos importante, mas a facilidade de limpeza pode fazer toda diferença na rotina. Não é segredo que as peças do liquidificador são difíceis de limpar. Por isso, esse ponto deve ser bem avaliado.

O ideal é que o copo do liquidificador tenha a boca larga. Assim, é possível evitar o desperdício e facilitar a limpeza.

Além disso, fique atenta às partes removíveis. Quanto mais o equipamento puder ser desmontável, mais fácil será a limpeza. Se você costuma utilizar a lava-louças, procure por produtos que possam ser higienizados dessa maneira.

E o ponto fundamental: verifique se o copo é fácil de desmontar e montar. Gastar horas tentando recolocar as lâminas no lugar pode ser muito contra-produtivo no dia a dia da cozinha.

Resumo

Se você chegou ao fim deste artigo está pensando nas novas receitas que vai produzir em breve, nós cumprimos nosso objetivo! Esclarecer todas as dúvidas sobre os cuidados e os tipos de liquidificador é fundamental para uma decisão de sucesso. Assim, com o melhor eletrodoméstico em casa, você vai ter mais tempo livre, mais saúde e muita qualidade de vida.

Ao longo deste guia, falamos sobre questões importantes que, normalmente, só são percebidas quando o produto já está em uso. Para que isso não aconteça com você, deixamos dicas de como avaliar de que forma cada função do liquidificador pode interferir no preparo das suas receitas e tudo o que é preciso ter em mente antes da compra.

Agora, você está pronta para decidir. Se gostou do que acabou de saber, compartilhe em suas redes sociais e deixe-nos um comentário. Muito obrigado e até breve!

(Fonte da imagem destacada: Białasiewicz: 83101951/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Nayara de Azevedo Chef de Cozinha
A cozinha é, de longe, o local preferido de Nayara em sua casa. Em sua casa e em qualquer outro lugar, na verdade. Louca por combinar novos sabores e criar novas receitas, a chef também se dedica a pesquisar e compartilhar informações sobre os acessórios que tornam a vida dos cozinheiros mais prática. Apaixonada por presentear, também usa suas horas vagas para dar dicas de presentes, não necessariamente relacionados à cozinha.
Vera Pereira Redatora/Editora
Jornalista, especialista em produção de conteúdo digital, tem na escrita a sua maior paixão. Adora investigar, apurar fatos e reconstruir histórias. Por isso, atua na pesquisa e adaptação dos conteúdos internacionais à realidade e legislação brasileiras.
Jessica Bigio Jornalista
Jornalista e editora com mais de 8 anos de experiência em veículos internacionais. Curiosa por natureza e apaixonada pelas palavras. O processo de escrever, desde a pesquisa à parte criativa, lhe encanta.