Certamente, um dos gêneros literários mais divertidos para ser desfrutado durante seus momentos de leitura são os livros de ficção científica. Ciberpunk, novela espacial, ficção científica antropológica, distopias, a lista de subgêneros da ficção científica é bastante ampla. Entretanto, essa grande variedade temática leva, principalmente os leitores novos, a uma certa confusão.

Quais são os livros de ficção científica mais adequados para leitores recém-chegados no gênero? É recomendável iniciar lendo logo os clássicos ou algo mais contemporâneo? Em qual livro foi baseado aquele filme que você tanto gostou? Esse artigo espera lhe ajudar no processo de escolha de seus próximos livros de ficção científica, começando pelos mais vendidos de 2019.

O mais importante

  • A quantidade de subgêneros que estão dentro da ficção científica é praticamente inesgotável: ucronias, distopias, novelas espaciais, ciberpunk, steampunk ou retrofuturismo, entre outros. Por isso, pode ser difícil para um novo leitor escolher o primeiro título a ser lido. Mas, além disso, a escolha de um livro também deve seguir seus gostos pessoais, personalidade e inquietudes.
  • Dentro de cada subgênero existem livros focados em uma grande variedade de leitores. Dessa forma, algumas novelas são recomendadas para leitores jovens, incluindo até o público infantil. Existem também outros tipos de subgêneros, como a chamada ficção científica “dura”, feitas para o público de leitores que adora detalhes mais técnicos e científicos.
  • Ler livros de ficção científica está ao alcance de qualquer bolso, pois, exitem desde acessíveis edições de bolso até edições para colecionadores. Na sua escolha, você também deve pensar no tempo que dispõe para a leitura, já que alguns títulos chegam até as 200 páginas e, portanto, facilmente devoráveis em apenas um final de semana.

Os melhores livros de ficção científica: Nossas sugestões

Nessa seção serão apresentados três livros de ficção científica que você pode escolher para iniciar sua jornada no gênero. São obras distintas entre si, de diferentes subgêneros e momentos, mas em comum o fato de serem todas obras inesquecíveis:

O Livro que Revolucionou a Ficção Científica

Escrito por Ray Bradubury em um contexto de terra devastada pela Segunda Guerra Mundial, esse livro foi um dos responsáveis por revolucionar o gênero, trazendo a tona e popularizando o subgênero, atualmente muito famoso e na moda, distopia. Bradbury também faz toda uma análise sociológica e filosófica da sociedade da época e futura, sendo uma leitura obrigatória para jovens e adultos.

Uma Trilogia Inesquecível

Frank Herbert e sua trilogia Duna são dois elementos inesquecíveis do mundo da literatura mundial, principalmente dos livros de ficção científica. Contando a saga do jovem Paul Atreides e sua ida para um novo planeta para receber um treinamento, falando de profecias, religião e política, Herbet foi (e ainda é) capaz de vender centenas de milhares de livros anualmente. Certamente, uma ótima forma de se iniciar no gênero.

O livro ideal para os iniciantes

A escritora brasileira Anna Fagundes Martino é com seu livro A Casa de Vidro, a responsável por um dos grandes sucessos de venda do mercado de ficção científica nacional atualmente. Contendo apenas 81 páginas, a pequena novela conta a história de pessoas que possuem poderes especiais e é uma ótima porta de entrada para novos leitores e para estimular os jovens a leitura.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre os livros de ficção científica

A ficção científica é um gênero muito amplo, com múltiplas temáticas e estilos. Por isso, os novos leitores podem ficar um pouco perdidos para entender qual tipo de leitura mais se adequa a seus gostos pessoais. Na seção a seguir, algumas respostas dessas dúvidas serão clareadas e explicadas mais detalhadamente.

Imagem de homem sentado lendo livro.

Uma característica chave dos livros de ficção científica é a presença de tecnologia, elemento praticamente inexistente nas novelas fantásticas.
(Fonte: Nyul: 44831027 / 123rf.com)

Quais as diferenças entre os livros de ficção científica e os livro de fantasia?

Se a história que está sendo lida tiver elementos mágicos, então certamente é um romance fantástica. Do contrário, a história será uma ficção científica. Colocando de uma outra forma, a fantasia passa por universos e mundos imaginários, enquanto que na ficção científica a ação está posta no universo real, seja no passado, presente ou futuro.

Uma característica chave dos livros de ficção científica é a presença de tecnologia, elemento praticamente inexistente nas novelas fantásticas. Por outro lado, o fator especulativo é muito presente na ficção científica e praticamente ausente na fantasia. Nas obras fantásticas, de forma geral, não há especulações sobre como será o futuro.

Existem livros de ficção científica juvenil?

Embora a fantasia seja o gênero favorito entre os leitores mais jovens, não são poucos os livros de ficção científica destinados para os chamados jovens adultos. Sagas como Hunger Games, de Suzanne Collins, ou Divergente, de Veronica Roth, ambas adaptadas com muito sucesso para o cinema, são dois exemplos claros dessa situação.

Os autores clássicos também possuem obras direcionadas ao público jovem, sendo aqueles seus livros de menores volumes e de leitura mais fácil. Esse é o caso de 1984, de George Orwell; Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley; Viagem ao Centro da Terra, de Jules Verne; ou A Guerra dos Mundos, H. G. Wells, entre outros.

Arthur C. ClarkeEscritor e cientista britânico

“Qualquer tecnologia suficientemente avançada é indissociável da magia.”

Quis são os menores livros clássicos de ficção científica?

Se forem considerados pequenos aqueles livros de até 300 páginas, existem múltiplos livros de ficção científica imprescindíveis que podem ser lidos em um fim de semana. Esse é o caso de O Mundo Submerso, de J. G. Ballard, (187 páginas) mais atual do que nunca porque fala de mudanças climáticas, ou o clássico Fahrenheit 451, de Ray Bradbury (224 páginas).

As ideias propostas pelos escritores de livros de ficção científica sempre encontraram na obra curta seu formato ideal. Portanto, não é um fato raro que os clássicos do gênero não superam as 40.000 palavras, como, por exemplo A Persistência da Visão, de John Varley.

Existem livros de ficção científica para crianças?

Embora muitas pessoas pensem que a ficção científica seja um gênero apenas para jovens e adultos, também existem publicações adequadas para as crianças. A capacidade desses livros de impulsionar a imaginação e a fantasia os fazem especialmente apropriados para as crianças. Esse é o caso de Seu Alienígena, de Tammi Sauer e Goro Fujita, uma emocionante história com belas ilustrações.

A grande popularidade vivida pela narrativa infantil atualmente necessita de novos temas a serem explorados. Como mostra, por exemplo, a crescente quantidade de contos infantis que utiliza elementos de ficção científica. Portanto, será cada vez mais comum comprar livros de ficção científica para seus filhos ou outras crianças que se relaciona.

Homem lendo livro.

Embora muitas pessoas pensem que a ficção científica seja um gênero apenas para jovens e adultos, também existem publicações adequadas para as crianças.
(Fonte: Kritchanut: 38490408 / 123rf.com)

Quais tipos de livros de ficção científica você deve ler se já for um leitor de livros de fantasia?

Os temas mais comuns são os mundos paralelos, os monstros, poderes especiais e os romances.

A fronteira entre a fantasia e a ficção científica nem sempre são claras. Se você é um apaixonado pela literatura fantástica, mas está em busca de iniciar nos livros de ficção científica, deve saber que elementos da literatura fantástica são sempre muito importantes para os enredos de ficção científica. Um exemplo disso é a saga de Uma Princesa de Marte, de Edgar Rice Burroughs.

Outro exemplo de fantasia científica são os livros de Phillip Pullman, autor da trilogia His Dark Materials, atualmente sendo adaptada em formato de série pela HBO. Os temas mais comuns nos livros de fantasia científica são os mundos paralelos, os monstros, poderes especiais e, logicamente, os romances.

Quais autoras já se destacaram escrevendo livros de ficção científica?

Muitos esquecem que uma das precursoras da ficção científica foi uma mulher, Mary Shelley, com Frankenstein (1818). Desde então, apesar de ainda estarem em menor quantidade que os homens, o número de mulheres que se dedicam a esse gênero nunca parou de crescer, mesmo que, em certas ocasiões, algumas tenham escondido sua identidade feminina atrás de um pseudônimo masculino.

Algumas das pioneiras foi C. L. Moore, esposa do também escritor Henry Kuttner; Leigh Brackett, autora do primeiro roteiro de O Império Contra-ataca; Octavia E. Butler, pioneira da ficção científica sociológica; Ursula K. LeGuin, ganhadora dos prêmios Hugo; e Connie Willis, uma das mais populares entre os fãs do gênero.

View this post on Instagram

"carticult #fahrenheit451 #raybradbury #edituraart

A post shared by Andreea (@andreeabooklover) on

Quantos livros de ficção científica já foram adaptados para o cinema?

A lista de livros de ficção científica levados para o cinema é interminável. Outro ponto importante é a fidelidade com que foram retratados, como é o caso de Blade Runner (1982). Baseado na obra de Philip K. Dick, Androids Sonham Com Ovelhas Elétricas?, o roteiro acabou se diferenciando bastante da história original. O resultado disso? Um grande clássico da Sétima Arte.

Outro clássico da ficção científica cinematográfica é A Coisa (1982). O filme de John Carpenter é uma adaptação fiel do romance Quem Anda Aí?, de Joh W. Campbell, publicado em 1938. Essa mesma história já havia sido adaptada para o cinema em 1951 no filme O Enigma do Mundo.

Hombre con libro en manos

A lista de livros de ficção científica levados para o cinema é interminável. Um exemplo disso é Blade Runner.
(Fonte: Kritchanut: 35217666/ 123rf.com)

Quais são os melhores livros de ficção científica de temáticas feministas?

Centrados no papel da mulher na sociedade, esse subgênero da ficção científica está mais na moda do que nunca. Seus autores nem sempre são mulheres, como é o caso do romance Venus Mais X, de Theodore Sturgeon, onde ele descreve um mundo sem distinção entre sexos, ou As Possuídas de Stepford, de Ira Levin, uma alegoria cruel da submissão da mulher.

Porém, o exemplo mais claro de ficção científica feminista é The Handmaid’s Tale (O Conto da Aia), de Margaret Atwood. Esse livro virou uma série de muito sucesso mundial e é uma distopia sobre uma ditadura teocrática que tomou o poder nos Estados Unidos, marginalizando o papel da mulher a meros recipientes reprodutores.

Ray BradburyEscritor estadunidense de mistério do gênero fantástico, terror e ficção científica

“A ficção científica te balança na beira de um penhasco. A fantasia te empurra.”

Critérios de Compra

Se você é um leitor que está começando a se aproximar desse gênero agora, preste bem atenção nesses critérios para que consiga fazer uma boa escolha nessa sua nova jornada:

  • Faixa etária
  • Questionamentos e interesses
  • Orçamento
  • Ficção Científica “dura” ou não?

Faixa etária

A idade nunca deve ser um problema para que se desfrute de um bom livro de ficção científica. Se você é um leitor jovem, é aconselhável que inicie com os autores clássicos: Isaac Asimov, Ray Bradbury ou H. G. Wells. As sagas mais recentes para jovens adultos também são ótimas formas de começar nesse maravilhoso universo.

Para leitores adultos, é recomendado iniciar também com os clássicos, mas escolhendo os de leitura mais fácil, como Robert A. Heinlein, Philip K. Dick ou Arthur C. Clarke. Depois desses, é importante procurar os autores contemporâneos, como Kim Stanley Robinson (Trilogia de Marte) ou John Scalzi e seu ótimo romance Redshirts.

Libro en manos de hombre

A idade nunca deve ser um problema para que se desfrute de um bom livro de ficção científica.
(Fonte: Blaz Photo: zMRLZh40kms/ Unsplash.com)

Questionamentos e interesses

O gosto pessoal é essencial na hora da escolha do subgênero a ser lido. Se você se interessa por ecologia, nada melhor que a saga Duna, de Frank Herbert, para iniciar nos livros de ficção científica. Se gosta de sociologia, Robert A Heinlein e seu livro Um Estranho Numa Terra Estranha, é um livro cult sobre o movimento hippie.

Se prefere a filosofia ou a comunicação, Stanislaw Lem é mais um autor essencial. Livros como Solaris ou Congresso de Futurologia são clássicos de leitura obrigatória. Outros temas, como política, tem sidos amplamente discutidos em romances como Os Despossuídos, de Ursula K. Le Guin, ou Tropas Estelares, de Robert A. Heinlein.

Tema Sugestão
Ecologia Duna, de Frank Herbert
Sociologia Um Estranho Numa Terra Estranha, de Robert A Heinlein
Filosofia ou comunicação Solaris ou Congresso de Futurologia, de Stanislaw Lem
Política Os Despossuídos, de Ursula K. Le Guin, ou Tropas Estelares, de Robert A. Heinlein

Orçamento

Infelizmente, os livros ainda são produtos caros no Brasil. Entretanto, é possível encontrar livros de ficção científica por bons preços em sebos, lojas virtuais ou edições de bolso. Mas, se o valor não é um ponto crucial para você, vale a pena investir em belíssimas edições feitas para colecionadores ou mesmo em um box com toda ou parte da obra de um autor.

Outra forma importante de poupar dinheiro é lendo através de um kindle, pois, geralmente as edições ficam bem mais baratas e ainda poupam papel.

Ficção científica “dura” ou não?

Por fim, você deve refletir se deseja ir atrás dos livros de ficção científica “dura” ou comuns. Mas, qual a diferença? A ficção científica “dura” (do inglês hard Science Fiction) é caracterizada por não poupar em suas histórias o uso de muitos dados técnicos e científicos. Além disso, esses detalhes científicos realmente possuem um peso e um papel central no desenrolar da trama.

Por outro lado, os livros de ficção científica comuns (do inglês Soft Science Fiction) geralmente giram em torno dos próprios personagens ou de outros conceitos de histórias, bem longe de dados científicos e tecnológicos.

Hombre leyendo en su sala

A lista de livros de ficção científica adaptados para a televisão é muito grande. Um exemplo mais recente foi a adaptação de 11.22.63 do autor Stephen King.
(Fonte: Gstocktudio: 49646134/ 123rf.com)

Resumo

Nesse artigo foi posto para você alguns conselhos de como se introduzir dentro do mundo dos livros de ficção científica. Para isso, nada melhor do que ler três grandes obras listadas aqui: Duna, Fahrenheit 451 e A Casa de Vidro.

Também foi tentado esclarecer muitos questionamentos que surgem entre os novos leitores e, além disso, foram indicadas várias obras escritas por mulheres ou que seguem temáticas feministas. Por outro lado, também foram sugeridos livros de ficção científica para jovens e para crianças.

Se você gostou desse artigo, compartilhe em suas redes sociais e comente algo conosco!

(Fonte da imagem destacada: Syd Wachs: slItfWbhijc / Unsplash.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
45 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...