luzes de jardim movidas a energia solar
Ultima atualização: 17 de agosto de 2020

Como escolhemos

14Produtos analisados

15Horas investidas

3Estudos avaliados

55Comentários coletados

A iluminação da área externa de casa, seja por decoração ou para a segurança da família, é sempre uma preocupação. Ao mesmo tempo em que não pode ser exagerada, precisa ser suficiente para garantir a luminosidade esperada. Por isso, é fundamental contar com uma boa luminária externa que ajude a manter sua casa e todos os moradores com o máximo de bem estar e tranquilidade.

Se você está em dúvida sobre o modelo ideal, preparamos este guia que pode ajudar a resolver essa questão. Aqui, vamos mostrar as funções, a melhor localização e os cuidados na hora de comprar e instalar uma luminária externa, desde os modelos mais simples aos mais hight tech e sofisticados. Siga com a gente!




O mais importante

  • Uma luminária externa não apenas permite criar um ambiente agradável no jardim ou na varanda, mas também contribui para aumentar a segurança da sua residência;
  • Existe uma grande variedade de sistemas de iluminação para a área externa. Por esse motivo, é preciso escolher não apenas pelo design e sim pelas características de luminosidade, economia e resistência.
  • Para escolher a melhor luminária externa, é importante levar em conta alguns critérios como a forma de instalação, a localização e a capacidade luminosa. Vamos ver cada um destes pontos em detalhes, em breve.

As melhores luminárias externas do mercado: nossas recomendações

Antes de começar a falar da luminária externa e suas funcionalidades, que tal conhecer alguns dos produtos disponíveis no mercado? Na lista a seguir, selecionamos modelos variados, com funções e objetivos distintos. Todos eles estão entre os mais vendidos e bem avaliados do mercado. Conheça cada um deles:

Guia de compras: O que você precisa saber sobre uma luminária externa

Pensar em iluminação de exteriores abre um leque de possibilidades de estilos, finalidades e produtos a escolher. Pensando nisso, fomos em busca das principais dúvidas que podem surgir na hora de escolher a luminária externa ideal para cada ambiente. As respostas você pode conferir a partir de agora, neste guia detalhado sobre este produto.

jardim iluminado

A luminária externa não apenas permite criar um ambiente agradável mas também aumenta a segurança de uma casa. (Fonte: Kachmar: 105233876/ 123rf.com)

O que é uma luminária externa?

A luminária externa constitui um sistema de iluminação para fachadas, jardins, varandas e entradas de residências ou escritórios. Sua função principal é fornecer luz à noite ou quando as condições climáticas reduzem a luminosidade natural. Em geral, é produzida para resistir às condições ambientais mais exigentes.

Quais as funções de uma luminária externa?

As funções e tipos de luminária externa podem ser classificados de acordo com o objetivo de cada um dos seguintes grupos:

  • Luminária externa funcional: Tem objetivo principalmente prático. Foi desenvolvida para facilitar as atividades noturnas e melhorar a segurança da casa ou de um ambiente específico;
  • Lminária externa decorativa: Geralmente possui design mais elaborado e é utilizada para os momentos de lazer e descanso, promovendo um clima mais agradável ao ambiente.

Quais as vantagens e desvantagens de uma luminária externa?

Contar com uma luminária externa em sua casa ou empresa pode oferecer uma série de vantagens. No quadro a seguir, apresentamos aquelas que mais se destacam:

Vantagens
  • Garante a claridade aos ambientes externos durante a noite
  • Ajuda a melhrar a segurança do patrimônio
  • Costuma ter preço acessível
  • Melhora a estética do local
  • Existe uma grande variedade de modelos para escolher
  • São desenvolvidas para suportar condições climáticas extremas
Desvantagens
  • Requer instalação e montagem feitas por profissional qualificado

Por que utilizar uma luminária externa?

A primeira razão é, possivelmente, a mais evidente. A luminária externa ajuda a melhor a luminosidade de um ambiente durante a noite. A iluminação adequada não apenas promove sensação de bem estar como também confere segurança aos moradores de uma residência.

Além disso, é possível utilizar sistemas automatizados, como as lâmpadas inteligentes, para garantir que as luzes externas fiquem acesas quando a família estiver fora ou que se apaguem em determinado momento da madrugada.

types of smart light bulbs

12 de fevereiro de 2020

sensor-de-movimiento

13 de fevereiro de 2020

Onde instalar a luminária externa?

Você pode instalar uma luminária externa em diferentes espaços no seu quintal, na fachada da casa ou na entrada da garagem. Tudo depende da sua necessidade e do tipo de luminária que vai escolher. Alguns dos pontos mais habituais para o uso da luminária são:

  • Junto ao portão: Melhora a segurança e facilita a entrada e saída dos moradores e visitas. Neste caso, pode ser interessante contar com um sensor de presença, que permite o acendimento automático da lâmpada;
  • Na fachada: Esta é uma alternativa para quem quer manter a calçada sempre iluminada. Além de trazer um ótimo efeito estético, ainda assegura a proteção da casa, especialmente se você tiver câmeras de vigilância instaladas nos muros;
  • No jardim: Ideal para proporcionar um ambiente agradável e acolhedor, essa luminária pode ser colocada junto à arvores ou dando destaque a peças decorativas. Nestes casos, uma boa alternativa pode ser a luminária externa com alimentação solar, que traz mais economia e sustentabilidade para o seu dia a dia;
  • No caminho da entrada: Outra opção onde a luminária com alimentação solar é bem vinda! Esse tipo de luminária externa funciona para balizar o caminho do portão social até a porta principal da sua casa. Existem modelos de estaca e os que ficam rentes ao chão.
faróis elétricos no jardim

Existe uma grande variedade de luminárias externas. Assim, é possível escolher desde os designs mais clássicos até as modernas lâmpadas solares ou luzes de LED. (Fonte: Ruangjan: 37105264/ 123rf.com)

Como criar um ambiente agradável com a luminária externa?

Para criar um ambiente que proporcione a medida certa de iluminação e conforto na sua varanda, jardim ou sacada, é importante estar atento a pequenos detalhes. Além de escolher a melhor luminária externa, é preciso também saber como inserir este elemento no ambiente. Veja nossas dicas:

  • Evite as luzes muito potentes: Quando a iluminação é muito intensa, pode causar incômodo depois de algum tempo naquele ambiente. Além disso, se o foco estiver na altura dos olhos das pessoas, pode ofuscar a visão e atrapalhar o clima de descontração com os convidados;
  • Divida bem a luminosidade no ambiente: A iluminação mais homogênea pode ajudar a gerar uma sensação de maior amplitude no ambiente;
  • Transforme objetos em pontos de luz: Com um toque criativo, a iluminação do jardim pode partir de vasos, árvores e outros elementos que podem ajudar na claridade do ambiente, mas também na decoração do espaço;
  • Misture mais de um tipo de luz: A iluminação uniforme pode ser massante e cansativa. Por isso, experimente utiliza diferentes tipos de luminárias. O espaço vai ganhar um apelo decorativo ainda mais sofisticado.

A luminária externa tem proteção contra intempéries?

A proteção contra água, poeira ou outros materiais geralmente é expressa na indústria através do grau de proteção IP. A sigla sempre vem acompanhada por dois números: o primeiro número refere-se à poeira ou objetos estranhos, e o segundo número refere-se à resistência contra a água.

Este índice pode ser consultado na descrição do produto. Nas tabelas a seguir, explicamos brevemente o que os dois valores indicam:

IPX1 Proteção contra objetos estranhos
0 Nenhuma proteção
1 Proteção contra objetos com diâmetro superior a 50 mm
2 Proteção contra objetos com diâmetro superior a 12,5 mm
3 Proteção contra objetos com diâmetro superior a 2,5 mm
4 Proteção contra objetos com diâmetro superior a 1 mm
5 Proteção contra partículas de pó
6 À prova de pó

Com relação à resistência a água, cada número indica:

IP1X Proteção contra água
0 Nenhuma proteção.
1 Proteção contra respingos verticais
2 Proteção contra respingos na inclinação de 15º
3 Proteção contra pulverização de água
4 Proteção contra aspersão leve
5 Proteção contra jatos de água
6 Proteção contra jatos contínuos de água
7 Proteção contra imersão curta
8 Resistência à imersão completa e contínua
9 Resistência a submersão com pressão aumentada e a altas temperaturas

Critérios de compra

Depois de conhecer as funcionalidades e características de uma luminária externa, você pode estar pronto para escolher o modelo que mais combina para incrementar ainda mais a área externa da sua casa. Antes disso, aconselhamos que se atenha por alguns minutos aos critérios de compra que apresentaremos agora. Eles podem ser decisivos para escolher a luminária ideal.

Localização da casa

Uma casa à beira-mar necessita de uma luminária externa diferente daquela que seria ideal para uma chácara nas montanhas. No primeiro caso, a lâmpada terá que ser resistente aos efeitos da umidade e à maresia. Já no segundo caso, o principal desafio é a mudança de temperatura ao longo do dia e a incidência de ventos.

O mesmo ocorre em empresas. Dependendo do seu segmento, um determinado tipo de luminária externa pode ser mais ou menos adequados. Empresas do ramo contábil necessitam de uma iluminação clara e fria. Já um restaurante pode utilizar uma luminária com luminosidade mais quente e aconchegante.

jardim iluminado moderno

A luminária externa pode ser usada em fachadas, jardins ou entradas de residências para decorar ou conferir mais segurança ao ambiente. (Fonte: Białasiewicz: 124959645/ 123rf.com)

Tipo de luz

Na hora de escolher uma luminária externa, verifique a intensidade luminosa e o tipo de luz que ela emite. Atualmente, graças ao desenvolvimento das lâmpadas inteligentes, é possível desfrutar de lâmpadas que mudam de cor dependendo da programação ou até da variação da luz ambiente.

O mais comum para esses ambientes é utilizar uma luz quente ou a luz branca fria. Fique atento se optar por uma luminária LED pois, em geral, os modelos vêm com luzes embutidas para que não possam ser substituídas.

Material

Considerando que a luminária externa quase sempre estará ao ar livre, é essencial que você escolha uma modelo produzido com materiais de boa qualidade. Além disso, é importante que eles sejam adequados às condições climáticas. Nesse sentido, como já vimos, você pode consultar a certificação IPXX do produto.

Dessa forma, você vai saber qual proteção ele tem contra água e poeira. Nossa recomendação é que tenha, pelo menos, a proteção IP67. Os materiais mais usados ​​são metais, como alumínio, vidro, plástico ABS e policarbonato.

casa totalmente iluminada

Existe uma grande variedade de modelos de luminária externa no mercado, para escolher de acordo com seu estilo. (Fonte: Gelner: 84901016/ 123rf.com)

Design

O mercado da decoração de ambientes não pára de crescer e, junto com ele, chegam novas opções de design para luminária externa. Alguns dos desenhos mais utilizados atualmente são os seguintes:

  • Luminária suspensa de teto: Apesar de ser mais tradicional, há uma grande variedade de formatos, com materiais e níveis de luminosidade que a transformam em um elemento moderno e atual;
  • Bolas brancas: Muito utilizadas nas decorações atuais, elas costumam ser colocadas delimitando caminhos. Criam um ambiente descontraído e jovial;
  • Balizas: Outra opção para orientar caminhos, que também é utilizada em sítios, praças e empresas;
  • Focos: Esta é uma das alternativas mais comuns para iluminar grandes espaços. Geralmente, a luz é projetada em uma árvore ou outros objetos que compõem o espaço;
  • Arandelas: Presas às paredes, elas proporcionam uma iluminação indireta que deixa o ambiente agradável ao mesmo tempo em que confere a luminosidade necessária;
  • Luminária de pé: Pode ser uma opção útil e versátil, pois em alguns casos é possível levá-la para outros locais. Os novos modelos possuem design inovador, que decora o ambiente com sofisticação;
  • Cordão de luz: Chamada por muitos decoradores de "luzes de gambiarra" e por outros como "fio de fada", é uma alternativa descontraída capaz de criar um clima intimista e aconchegante. Além disso, conta com opções alimentados por energia solar, para um ambiente mais sustentável.

Consumo energético

Caso você vá usar a luminária externa apenas esporadicamente, o consumo de energia não afetará muito a conta de luz. No entanto, se pretende instalar um sistema de iluminação com várias lâmpadas e acendê-las continuamente, é bom avaliar o consumo antes da compra.

A melhor aposta são as lâmpadas solares. No entanto, é importante verificar se esse tipo de luminária é adequada ao clima da sua regiões e ao uso que vai dar a ela. Outra opção de baixo consumo são as luzes LED. De qualquer forma, é sempre bom calcular o consumo de energia da lâmpada.

Fernando RojoDesigner de iluminação

"Se você realmente quer economizar energia, precisa investir em lâmpadas de qualidade".

Instalação

Para avaliar o nível de dificuldade na instalação da luminária externa, é necessário levar em consideração dois aspectos: a própria montagem e a instalação elétrica. Também nesse aspecto, as lâmpadas solares oferecem vantagens pois não demandam conexão à rede elétrica.

Antes de comprar, verifique se a luminária vem acompanhada pelo material necessário para a montagem, além dos acessórios incluídos, especialmente se você vai fazer isso sozinho. E, sempre que possível, prefira o produto que vem com instruções detalhadas e em português.

Resumo

Se você tem sentido falta de luminosidade adicional na sua varanda ou na entrada da casa, a luminária externa é a opção ideal para garantir mais iluminação de forma mais rápida e prática, sem quebradeiras ou instalações elétricas extremamente complicadas. Além da segurança, contar com uma luminária no jardim ou no quintal vai proporcionar um clima mais agradável aos seus momentos em família.

Neste guia, mostramos os detalhes de funcionalidades e cuidados no uso de uma luminária externa. Deixamos dicas dos modelos ideais para cada ambiente e destacamos as vantagens e desvantagens na utilização deste tipo de fonte luminosa. Além disso, expusemos os critérios que julgamos importantes na hora de escolher o modelo ideal para sua luminária externa.

Por fim, esperamos que este material tenha sido útil para esclarecer suas dúvidas sobre a iluminação externa da sua residência ou empresa. Se gostou, aproveite para compartilhar com outras pessoas. Obrigado e até logo!

(Fonte da imagem destacada: Finko: 87105937/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Jaime Caballero Licenciado em Engenharia
Licenciado em Filologia e Engenharia de Minas, Jaime vê no Guia55 a combinação perfeita para trabalhar com as palavras e a tecnologia. Muito atento aos detalhes, busca criar conteúdo que desperte interesse no leitor.
Vera Pereira Redatora/Editora
Jornalista, especialista em produção de conteúdo digital, tem na escrita a sua maior paixão. Adora investigar, apurar fatos e reconstruir histórias. Por isso, atua na pesquisa e adaptação dos conteúdos internacionais à realidade e legislação brasileiras.