computador seguro
Ultima atualização: 22 de setembro de 2020

Como escolhemos

11Produtos analisados

23Horas investidas

5Estudos avaliados

79Comentários coletados

O seu computador está bem protegido? Se, ultimamente você tem notado que ele está lento, que os seus arquivos estão danificados ou que o funcionamento em geral está alterado, é provável que o seu computador seja mais uma vítima dos vírus. Parece horrível, né? Mas não se preocupe. Hoje você tem à disposição uma grande variedade de antivírus que podem te dar a segurança que você precisa.

A instalação do antivírus é recomendada há muito tempo, em todos os dispositivos eletrônicos. Para proteger informações sigilosas ou para aumentar a vida útil dos aparelhos, eles se tornam imprescindíveis. Se você não sabe muito bem como funcionam ou qual é o melhor para você, continue lendo este artigo com os dados mais atualizados.




O mais importante

  • O objetivo dos programas antivírus é detectar e eliminar vírus nos computadores, um tipo de software que infecta o código de um dispositivo para fins maliciosos. Com um bom antivírus, você poderá proteger seus dados pessoais, manter o bom desempenho do seu computador ou outro dispositivo e prevenir de potenciais riscos.
  • Existem diferentes tipos de antivírus, de acordo com a função que realizam, o objetivo e também a categoria. A maioria deles (e os melhores) são pagos, mas também existem opções gratuitas. Hoje existem antivírus para todos os sistemas operacionais e para todos os dispositivos eletrônicos.
  • Se você está pensando em instalar um antivírus, existe uma série de critérios de compra que você deve considerar: o tipo de sistema operacional do seu computador, que tenha uma licença oficial e autorizada, que inclua um VPN e não deixe o dispositivo lento, entre outros fatores.

O melhor antivírus do mercado: Nossas recomendações

Instalar um programa antivírus é um passo fundamental para manter sua própria segurança e prevenir potenciais perigos para o seu computador. Em tempos de alta conectividade, as ameaças estão mais presentes do que nunca. Se você não tem certeza de qual tipo de antivírus você quer adquirir, verifique a seleção que preparamos para você, com as melhores opções disponíveis.

Outras Recomendações

O antivírus mais valorizado por especialistas

O programa Kaspersky Total Security é um antivírus muito vendido e muito recomendado por seus usuários. É muito fácil de instalar e usar e não deixa o computador lento. Após instalado, tem validade de um ano e pode ser facilmente renovado. É um produto totalmente digital.

O antivírus com proteção completa

Nesse momento, o produto selecionado não está disponível no fornecedor. Por isso, o substituímos por outro com características similares. Para relatar um problema.

Das Problem mit diesem Produkt wurde gemeldet. Danke!

O McAfee é um antivírus muito completo. Pode ser instalado em 5 dispositivos diferentes e protege contra tudo: vírus, malware, ransomware, spyware e programas indesejados. Também conta com um gerenciador de senhas. Ele funciona em qualquer sistema operacional e é muito fácil de usar, após a compra você recebe um código e pode instalar na mesma hora.

O antivírus que cobre todas as suas necessidades de segurança

O Bitdefender Total Security é um antivírus que protege todos os seus dados em tempo real, previne ameaças, controle parental e gerencia suas senhas. Pode ser utilizado em Mac ou Windows e também protege contra spam. É um opção muito prática e com ótima velocidade, não prejudica o desempenho do seu computador.

Guia de compras: o que você deve saber sobre antivírus

Se você passa a maior parte do tempo conectado na internet, a probabilidade de um vírus invadir seu computador aumenta consideravelmente. É muito importante instalar um antivírus o quanto antes para evitar ameaças aos seus dados pessoais e seu dispositivo. Você quer saber mais sobre os tipos e o seu funcionamento? Continue lendo esta seção, onde vamos responder as dúvidas mais frequentes.

trabalhando no computador

O objetivo dos programas antivírus é detectar e eliminar vírus nos computadores, um tipo de software que infecta o código de um dispositivo para fins maliciosos. (Fonte: Rawpixel: 60043601/ 123rf.com)

O que é exatamente um antivírus?

Os antivírus são programas de computador feitos para prevenir, detectar e eliminar vírus.

O antivírus serve para prevenir, detectar e eliminar vírus.

Os vírus existem desde a década de 1980 e é um tipo de software que afeta os programas do computador, modificando de modo que inclua uma cópia (possivelmente evoluída) de si mesmos.

Isso os torna altamente perigosos, já que desta forma podem acessar suas informações pessoais e até mesmo aquelas confidenciais.

Como o antivírus funciona?

Os antivírus são programas ou códigos de software. Antigamente, era preciso executá-los de forma manual, mas hoje em dia funcionam de maneira automática e em alta velocidade.

Embora os mecanismos possam variar de acordo com os objetivos e o tipo de antivírus, a maioria é baseada nas seguintes ações:

  1. Escanear todos os arquivos, e-mails e programas que existem, são recebidos e instalados no dispositivo. Muitos podem estar escondidos entre os documentos e estrutura de pastas e programas.
  2. Monitorar os arquivos a medida que vão sendo abertos ou criados para garantir que não estejam infectados. Esta é um proteção em tempo real contra os vírus, que pode afetar o rendimento dos dispositivos.
  3. Inspecionar periodicamente o dispositivo de forma exaustiva para verificar se existem arquivos ou programas corruptos e, consequentemente, eliminar os vírus que podem ter sido introduzidos.

Como os antivírus detectam ameaças no computador?

Embora alguns especialistas afirmem que não existe um algorítimo perfeito para detectar e identificar um vírus de computador, com o tempo alguns mecanismos se tornaram "práticas recomendadas".

De acordo com a tecnologia utilizada, o mecanismo do antivírus pode detectar ameaças de diversas maneiras. Os mais comuns são os seguintes:

  • Assinatura de vírus: Muitos antivírus contam com uma base de dados que armazenam assinaturas de vírus. Basicamente, é o "número do passaporte" de um vírus, ou seja, uma série de caracteres (números e letras) que identifica de uma forma inequívoca um vírus. Quando um antivírus detecta esse "número de passaporte", tem mais chances de sucesso para combater o vírus.
  • Detecção heurística: Mecanismo que verifica os arquivos, buscando padrões de códigos similares aos utilizados pelos vírus. Não precisa ter exatamente o mesmo código que o vírus armazenado, o objetivo é buscar similaridades mais gerais aplicando algorítimos.
  • Detecção por comportamento: Tem relação com a análise do sistema após detectar uma falha ou mal funcionamento.
  • Detecção por sandbox: É o fato de usar um software em máquinas virtuais para ver se o programa executa instruções maliciosas ou não. Apesar deste mecanismo ser seguro, leva bastante tempo para fazer todos os testes antes de executar o software na máquina real.

pareja en computadora

Existem diferentes tipos de antivírus, de acordo com a função que realizam, o objetivo que perseguem e sua categoria. A maioria deles (e os melhores) são pagos, mas existem alguns gratuitos. (Fonte: Yeulet: 41392750 / 123rf.com)

Contra quais ameaças o antivírus protege?

No início, os antivírus foram desenvolvidos com o único propósito de detectar e eliminar um tipo de malware: os vírus que se replicam como códigos maliciosos em um computador.

Com o passar do tempo, o malware se proliferou em todos os tipos de ameaças e os programas antivírus precisaram evoluir. Hoje em dia, eles protegem de uma grande variedade de perigos:

  1. BHO maliciosos (objetos ajudantes do navegador): plug-in dos buscadores da Internet, presentes especialmente no Windows.
  2. Sequestros de navegador: uma forma do software não desejado que modifica a configuração de um navegador sem a permissão do usuário para injetar a publicidade indesejada.
  3. Ransomware (sequestro de dados): um tipo de programa que restringe o acesso a determinadas partes ou arquivos do sistema operacional infectado e pede um resgate em troca de tirar esta restrição.
  4. Fraude eletrônica.
  5. Adware: qualquer programa que automaticamente mostra ou oferece publicidade não desejada ou enganosa.
  6. Spyware: malware que copia informações de um computador e transmite estas informações a uma entidade externa sem o conhecimento ou consentimento do usuário.
  7. URL infectadas.
  8. Spam ou lixo eletrônico.
  9. Ataques de phishing ou roubo de identidade: conjunto de técnicas que procura enganar a vítima, ganhando sua confiança. O método consiste em se passar por uma pessoa, empresa ou serviço (falsificação de um terceiro confiável) com fins de manipulação.
  10. Ataques bancários online.

Como os antivírus são classificados?

Nem todos os antivírus são iguais e também não funcionam da mesma maneira. As diversas formas que um computador ou notebook pode ser atacado, infectado ou danificado deram lugar a diferentes programas para detectar e eliminar os vírus.

Hoje em dia, os antivírus podem ser classificados por diferentes critérios, segundo sua finalidade, objetivo, condição e função:

De acordo com a finalidade De acordo com o objetivo De acordo com a função De acordo com a condição
Preventivos: Antecipam a infecção para evitar a entrada de um programa malicioso. Não são os mais utilizados, pois geralmente deixar o computador muito lento. Firewall: Atuam como um muro de defesa para bloquear o acesso de programas a um sistema. É muito recomendado para os equipamentos com conexão permanente (ou regular) a uma rede de internet. A finalidade é controlar o tráfego de entrada e saída e impedir atividades suspeitas. Eliminadores-reparadores: Procuram eliminar as ameaças das partes afetadas do sistema. E, posteriormente, reparam o equipamento para devolver ao seu estado prévio. Passivo: Aquele que não tem funcionamento, nem proteção permanentes, mesmo que esteja instalado no equipamento.
Identificadores: Procuram identificar ameaças que podem afetar o rendimento do sistema operacional. Para isso, o que fazem é explorar o sistema e examinar as sequências de códigos relacionados com os programas perigosos. Anti spyware: Aplicativos que detectam e eliminam os programas espiões, ou seja, que são instalados no equipamento de maneira oculta para conhecer os hábitos de navegação, senhas e outros dados. Detectores: Procuram notificar o usuário da presença de um vírus conhecido. Ativo: Aquele que, mesmo que não exerça uma proteção constante, executa e trabalha.
Descontaminadores: Procuram acabar com os vírus que danificaram o equipamento, enquanto tenta devolver ao sistema o estado em que estava antes de ser atacado pelo programa malicioso. Anti pop-up: Procuram detectar e evitar a execução dos incômodos avisos pop-ups que aparecem durante a navegação. Muitos destes escondem programas espiões. Imunizadores: Sua função é antecipar a entrada ou ataque de qualquer programa malicioso. São responsáveis, principalmente, por vigiar a execução dos aplicativos, formatar os discos e copiar os documentos. Online: Não são instalados no equipamento e realizam análises da internet. São utilizados apenas para saber se existe algum vírus. 
Anti spam: São utilizados para prevenir a entrada de lixo eletrônico (spam) ou mensagens não desejadas na caixa de entrada. Heurísticos: Funcionam fingindo que vão abrir programas para ver como funcionam e assim, identificar atividades suspeitas. Offline: Aquele programa que é instalado no equipamento para sua proteção e é responsável por detectar ameaças e eliminar aplicativos maliciosos.
Anti malware: Programa que bloqueia e elimina qualquer forma de malware, ou seja, qualquer software malicioso ou programa que se infiltra no equipamento para danificá-lo. Residentes: São encontrados na memória do equipamento e analisam os programas desde o momento que o usuário abre, examinando se o arquivo aberto contém ou não algum vírus.

O que significa que o antivírus inclui um VPN?

Alguns antivírus modernos incluem a conexão a um VPN (rede privada virtual) como parte do seu pacote de segurança. Este aspecto é muito positivo, já que a VPN é uma ferramenta de proteção muito eficiente.

Principalmente em relação a privacidade e ao anonimato que o usuário irá navegar pela internet. Alguns dos benefícios podem ser vistos abaixo:

Benefícios
Ocultar seu IP Quando você se conecta a qualquer servidor VPN, seu endereço de IP e localização ficam ocultos, desta forma, você garante o anonimado total em suas conexões
Burlar algorítimos Muitos sites de comércio eletrônico mostram diferentes preços aos usuários, de acordo com a sua localização, como as companhias aéreas, com o anonimato do VPN você consegue "burlar" estes algorítimos e assim economizar dinheiro na hora da compra
Evitar a publicidade direcionada Se os anúncios online que você vê se encaixam misteriosamente ao seu perfil, é porque muitos deles já sabem o que você faz na internet, com uma rede VPN você vai evitar entrar em bancos de publicidade pelas suas buscas e hábitos
Proteger suas transações bancárias As conversas privadas, os dados de contas bancárias e as informações financeiras devem estar sempre a salvo, mas nem sempre é assim no mundo da internet, onde os números e as contas são o novo ouro e os roubos de identidade crescem de forma desenfreada, com um VPN você vai garantir a segurança das informações que você valoriza

Critérios de compra

Se você teme pela sua segurança e por todas as informações sigilosas que você guarda nos seus dispositivos eletrônicos, não há nada melhor que um antivírus para que você liberte sua mente destas preocupações. Hoje em dia, há tantas ameaças online que seria uma loucura deixar sua identidade, programas e arquivos desprotegidos. Estes são alguns critérios que você deve considerar antes de comprar um antivírus.

Sistema operacional

Parece óbvio, mas não é. Mesmo que a maioria dos antivírus funcione na maioria dos sistemas operacionais, ainda existem aqueles limitados a sistemas operacionais específicos.

Antes de comprar um, portanto, considere não somente o sistema operacional que você está usando, mas também os tipos de dispositivos onde estão instalados (computador, celular, tablet, entre outros).

computador com antivírus

Alguns antivírus modernos incluem a conexão a um VPN (rede virtual privada) como parte do seu pacote de segurança. (Fonte: Gioiak2: 80433638 / 123rf.com)

Licença oficial e autorizada

Pode parecer um paradoxo, mas existem muitos vírus disfarçados de antivírus. São os programas falsos, que operam tomando controle do seu computador, desabilitando seu antivírus e te enchendo de mensagens dizendo que seu computador está infectado.

Para não chegar nessa situação, evite as ofertas de antivírus gratuitos e procure contratar aqueles com licenças oficiais e autorizadas.

VPN incluída

Uma vantagem adicional dos antivírus atuais é, sem dúvidas, a inclusão da VPN. Ela serve para criptografar seus dados cada vez que você utiliza a internet.

Criando uma rede ultra segura que esconde seu endereço de IP e garante o anonimado da sua conexão, você terá uma camada extra de proteção para afastar qualquer ameaça. Verifique se o seu antivírus conta com esta aliada poderosa.

Velocidade e rendimento

Um dos maiores problemas dos antivírus é que podem deixar seu computador ou outro dispositivo lento depois de instalados.

Antes de comprar um antivírus, verifique se não necessita de mais de 128 GB de RAM para funcionar. Caso contrário, embora você esteja protegido, o rendimento do seu dispositivo será seriamente afetado.

Tim CookCEO da Apple
"Se você colocar uma chave embaixo do tapete para a polícia, o ladrão também pode encontrar. Os criminosos estão usando todas as ferramentas tecnológicas disponíveis para hackear as contas das pessoas. Se sabem que tem uma chave escondida em algum lugar, eles não param até encontrá-la."

Proteções extras

Com todas as novas ameaças que existem hoje em dia, um antivírus que protege apenas contra o malware não é mais suficiente.

Embora isso tenha sido suficiente 30 anos atrás, o programa que você contratou agora deve lidar com outras formas de vírus que podem danificar seu dispositivo ou comprometer sua segurança. As mais perigosas são:

  • Spam ou lixo eletrônico;
  • Spyware;
  • Adware;
  • Roubo de identidade;
  • URLs infectadas.

Resumo

Os antivírus são programas que detectam, monitoram, identificam e eliminam todos os tipos de vírus dos dispositivos eletrônicos. Uma vez instalados no computador, são capazes de proteger seus dados, arquivos ou programas de todas as ameaças que circulam atualmente na internet. Hoje em dia, também são muito eficientes contra os perigosos e-mails spam e roubo de identidade.

Nem todos os antivírus funcionam da mesma forma. Seus mecanismos diferem de acordo com o objetivo que possuem, sua função e condição, entre outros fatores. Os mais modernos incluem uma conexão a uma VPN para garantir maior privacidade online. É recomendado que tenham licença oficial e garanta que não deixarão seu computador lento depois de instalados.

Se você gostou deste artigo, compartilhe em suas redes sociais para que outras pessoas conheçam melhor os antivírus! Obrigado!

(Fonte da imagem destacada: Adiruch: 73919829 / 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Resenhas