café e um notebook
Ultima atualização: 20 de agosto de 2020

Como escolhemos

16Produtos analisados

18Horas investidas

5Estudos avaliados

70Comentários coletados

Por mais que o smartphone já tenha assumido uma grande parte da rotina, nem sempre é possível realizar todas as tarefas por meio deste dispositivo. Quem trabalha diante de um computador sabe bem que ele ainda é indispensável em diversas situações. E, ao contrário do que parece, você pode ter um bom equipamento sem gastar uma fortuna! Porém, encontrar o melhor notebook barato do mercado é uma tarefa que exige pesquisa e atenção.

Diante disso, decidimos preparar um artigo que mostra tudo sobre o que esperar de um notebook barato, quais as funcionalidades e em que situações ele é ou não indicado. Se a sua busca é por um equipamento que ajude nas tarefas do dia a dia, este é o seu lugar. A partir de agora você vai saber o que esperar deste dispositivo e como fazer a melhor escolha com o menor investimento.




O mais importante

  • Com um notebook barato, é possível executar programas comuns como os editores de texto e planilhas, fazer apresentações e assistir a filmes e séries em serviços de streaming. Além disso, ele permite navegar pela internet e jogar diversos jogos on-line.
  • Encontrar o melhor notebook barato pode ajudar tanto no uso doméstico quanto no trabalho de profissionais que não precisam de equipamentos com configurações potentes. Para diminuir o custo, esse tipo de computador geralmente conta com placa de vídeo mais simples, ideal para tarefas básicas.
  • O primeiro critério relevante a se considerar na hora da compra de um notebook barato é o uso que você pretende dar a ele. É desta definição que depende toda a configuração do computador.

Os melhores notebooks baratos do mercado: nossas recomendações

O notebook barato mais vendido pela Amazon

Com configuração bastante avançada, considerando o investimento, esse notebook Acer Aspire 3 chega ao mercado com processador Intel Celeron N4000.

Os 4GB de memória RAM, com 500GB de armazenamento, garantem um desempenho considerável para as tarefas do dia a dia em casa ou no escritório. Traz placa de video Intel HD Graphics 600 e tela com resolução HD. Com essa configuração, é possível rodar alguns aplicativos de edição de imagens e até mesmo jogos on-line.

O notebook 2 em 1 mais acessível

O notebook Positivo Duo conta com design moderno, elegante e é uma evolução em termos de tecnologia. Com tela de 11. 6” conversível 360°, ele é tem tela touchscreen de uso simples e intuitivo.

Assim, em questão de segundo, você pode transformar seu notebook em um tablet, com uma ótima experiência para entretenimento e consumo de mídias digitais. Com processador Intel Atom Quad-Core, ele vem com Windows 10 e acompanha uma caneta capacitiva para a tela.

O notebook barato da linha Dell Inspiron

Além do design moderno e diferenciado, este notebook da Dell é ideal para a escola, o trabalho e o uso doméstico. Para ver filmes e séries, ele conta com uma tela de 15.6 polegadas em alta definição HD com sistema antirreflexo e placa gráfica integrada Intel UHD Graphics 610.

Possui o processador Intel Pentium Gold de 8ª Geração, que é até 2,3 vezes mais rápido no desempenho geral do sistema quando comparado a um processador Intel Celeron. A memória de 4GB garante uma navegação rápida, com armazenamento de 500GB para você arquivar documentos e fotos.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre um notebook barato

Na hora de comprar um computador, o primeiro impacto com os preços e tantas configurações distintas pode causar confusão e até desânimo. Mas depois desta seção, você vai estar pronto para escolher o melhor notebook, barato e eficiente, para as suas tarefas rotineiras. Aqui, vamos responder às principais dúvidas de outros compradores sobre este dispositivo. Acompanhe!

garota usando notebook para fazer lição de casa

Um notebook barato é ideal tanto para o uso doméstico quanto para profissionais que usem as ferramentas mais básicas de informática. (Fonte: Neel: sZYUKEWsDLA/ Unsplash.com)

Quais as funcionalidades de um notebook barato?

Mais do que se guiar pelo preço, é importante ter certeza de que vai escolher um computador que possa executar, de maneira adequada, os softwares que você utiliza com mais frequência. Assim, problemas como lentidão e travamentos não serão um incômodo.

De maneira geral, com um notebook barato será possível realizar uma série de atividades. As mais importantes — executadas sem problemas no dispositivo — são:

  • Pacotes de aplicativos de informática como o Microsoft Office ou o LibreOffice;
  • Navegadores web, como Chrome, Mozilla Firefox, Vivaldi e Microsoft Edge;
  • Reprodutores multimídia, como o Windows Media Player;
  • Programas de comunicação, como Skype ou Zoom;
  • Editores de vídeo e áudio, (com algumas restrições) como AVS Video Editor e o Photoshop;
  • Leitores e organizadores de documentos, como Adobe Acrobat Reader.
  • Gestores de e-books, como o Calibre.

Quais os principais tipos de notebook barato?

Ao longo dos anos, diversos fabricantes investiram em modelos de notebooks que tivessem um custo menor de produção e venda. Assim, surgiram categorias divididas de acordo com as configurações e demandas de cada modelo. Basicamente, os tipos que se enquadram como notebooks baratos são:

  • Chromebook: Trata-se de um equipamento desenvolvido para quem trabalha utilizando a nuvem, com aplicativos do sistema operacional Chrome OS. O destaque para esse tipo de computador é a inicialização rápida. O custo reduzido é resultado da baixa capacidade de armazenamento, item dispensável para quem mantém todos os arquivos salvos virtualmente;
  • Netbook: Sucesso há alguns anos, o netbook foi muito utilizado especialmente por estudantes. Leve e com dimensões reduzidas — com tela entre 7 e 11 polegadas —, também possui configuração simples, que permite a execução das tarefas mais básicas da informática. Atualmente, esse tipo de computador não é mais fabricado e só é possível adquirir modelos usados;
  • Notebook tradicional: Computador portátil convencional, geralmente com configuração básica e menos potente. Tem memória RAM e armazenamento compatíveis com as funções básicas da informática, com placa de vídeo menos potente, o que faz com que o desempenho do dispositivo seja mais baixo, especialmente em jogos.

Para quem o notebook barato é indicado?

O notebook barato é a opção ideal para a maioria dos usuários comuns. Assim, é uma excelente alternativa para estudantes que precisam de um computador para os trabalhos de casa. Da mesma forma, as pessoas que desejam um computador apenas para se conectar à Internet, enviar e-mails ou se comunicar.

Além disso, este tipo de dispositivo também é indicado para profissionais que não necessitam de softwares muito exigentes, como professores, funcionários de escritório e jornalistas, entre outros. Especialmente para os profissionais que viajam com frequência ou não têm um escritório fixo, este modelo é o ideal.

Quais as vantagens de comprar um notebook barato?

Se você tem o perfil de alguma das pessoas que comentamos há pouco, sem dúvidas um notebook barato pode ser muito vantajoso para as suas tarefas mais comuns. Além do preço acessível, há outras vantagens (e alguns inconvenientes) para quem escolhe este tipo de dispositivo. Veja no quadro abaixo:

Vantagens
  • O preço é realmente mais acessível
  • Oferece uma excelente relação custo-benefício
  • É especialmente desenvolvido para o usuário médio
  • Apresenta configuração mais simples e otimizada
  • Pode ser utilizado em casa, no escritório ou em qualquer outro lugar
  • É ideal para levar em viagens
Desvantagens
  • Pode não ter potência suficiente para rodar softwares mais exigentes, sem travamento
  • Não tem memória suficiente para executar jogos com gráficos avançados

Quais o sistema operacional de um notebook barato?

Não existe um sistema único ou exclusivo para os modelos de notebook baratos. Com exceção dos Chromebooks, que são desenvolvidos para operar especificamente com o Chrome OS, a maioria deles vêm de fábrica com o mais habitual em todos os dispositivos, que é o Windows, sistema operacional da Microsoft.

É possível encontrar no mercado algumas opções com outros sistemas operacionais, como o Linux. A boa notícia é que, geralmente, estes computadores costumam ser ainda mais baratos. Assim, você pode escolher esta opção e, se não se adaptar, substitui-lo pelo seu sistema operacional pelo seu favorito.

Quais as alternativas a um notebook barato?

Pode ser que, após mostrarmos as indicações e, sobretudo, as configurações mais comuns em um notebbok barato, você chegue à conclusão de que este não é o tipo de computador ideal para as suas necessidades. Neste caso, vale a pena conhecer algumas alternativas de dispositivos que podem ser mais adequados:

  • Notebook gamer: Este tipo de notebook tem configuração avançada, que garante um grande desempenho em jogos on-line. Por conta, entre outros fatores, de potentes placas de vídeo, ele costuma ter preço bem superior ao dos notebooks comuns;
  • Notebook 2 em 1: Ele está na "metade do caminho" entre um notebook e um tablet. Assim, é possível aproveitar vantagens dos dois dispositivos em apenas um equipamento. O destaque é para a tela touchscreen;
  • Notebook convencional: Modelos que conta com todas as funcionalidades de um computador comum, e traz configurações de processamento e armazenamento compatíveis com tarefas mais exigentes, como edição de imagens e modelagem 3D, por exemplo. É ideal para engenheiros, designers e analistas financeiros;
  • Tablet: Esta é a opção mais indicada para quem pretende usar redes sociais e serviços de e-mail, navegar na Internet e assistir a vídeos, sem executar outros aplicativos mais exigentes.

Critérios de compra

Diante de todas essas informações, você pode estar com o dedo na tela para fechar o carrinho e começar a contar o prazo para receber seu novo notebook. Mas não vá tão depressa! Ainda é preciso pensar sobre o ponto de vista técnico de um notebook barato. Para isso, destacamos alguns pontos de atenção. Confira:

Uso

Este é, sem dúvida, o elemento fundamental sempre que se pensa em comprar um novo dispositivo. Dependendo do uso que você vai fazer do computador é que será possível definir se um notebook barato é mesmo o mais indicado para suas tarefas.

Se você costuma usar editores de documentos on-line e já tem o hábito de manter seus arquivos na nuvem, um Chromebook pode ser a alternativa. Mas, se prefere manter tudo guardado no próprio computador, a solução ideal é mesmo o notebook.

Se você gosta de assistir a filmes, precisa pensar sobre a qualidade da tela. E se pretende rodar jogos ou programas pesados, o ideal é contar com configurações mais robustas. Portanto, antes de se decidir por um modelo específico, tenha certeza de que ele vai atender a essas expectativas.

caderno preto na mesa

Com um notebook barato, é possível utilizar aplicativos de informática, como o Word e o Excel, ver filmes e navegar pela internet. (Fonte: Menghani: ejLp_lrQvyI-/ Unsplash.com)

Processador

O processador é o cérebro de um computador. Ele é o responsável por realizar todos os processos internos e executar os diferentes programas instalados, incluindo o próprio sistema operacional. Atualmente, as duas maiores fabricantes são a AMD e a Intel.

O mais importante a se avaliar em um processador é o número de núcleos disponíveis e sua frequência em Gigahertz. Em um notebook barato, o mais comum são os processadores Celeron e Core i3 da Intel ou Ryzen 3 da AMD. Esses dois últimos são os que vão garantir um melhor desempenho.

Memória RAM

A memória RAM é fundamental para o desempenho do notebook. Por esta razão, podemos afirmar que "quanto mais, melhor". Os modelos mais baratos, costumam oferecer entre 2 e 4 GB. Se possível, escolha o que tiver a maior RAM e esqueça o hábito de ter várias guias abertas ao mesmo tempo.

Porém, se você puder esticar um pouco o orçamento, não hesite em escolher um modelo com 8 GB. Uma maior memória RAM garante que o notebook envelheça muito melhor. Assim, a longo prazo, é um investimento que compensa.

menino trabalhando no computador

Uma das vantagens de um notebook barato é que ele pode ser levado nas viagens e utilizado em qualquer lugar onde você esteja. (Fonte: Nesa by makers: 7d4LREDSPyQ/ Unsplash.com)

Tela

Sobre as configurações da tela, vale ficar atento ao tamanho e também à resolução da imagem. Isso é ainda mais importante para quem pretende usar o notebook para assistir a séries e filmes. Se este é o seu caso, considere uma tela de 15,6 polegas (ou superior).

Além disso, procure por uma tela com resolução Full HD. Se o orçamento estiver mais apertado e você não tiver escolha, a HD (1.366 x 768) também pode oferecer bons resultados. Na verdade, ela já é suficiente para a maioria das tarefas mais básicas. Lembre-se de avaliar também o tipo de tela, brilho e contraste.

Armazenamento

Este é um dos aspectos que você pode "sacrificar" para não ultrapassar o valor que pretende investir. Atualmente, muita coisa pode ser guardada na nuvem, sem ocupar espaço interno no seu notebook. Assim, um HD de 256 GB pode ser suficiente para armazenar o indispensável na memória do computador.

Há algumas opções de dispositivos com armazenamento SSD, que ajuda a otimizar a velocidade de execução das tarefas. Os mais comuns nesta faixa são SSDs de 128 GB. Será muito difícil encontrar um SSD com espaço maior que este em um notebook barato.

Javier GalianaDiretor de vendas da Intel

"O consumidor pede mobilidade total, com resposta rápida e mais rendimento para criar e tirar o melhor proveito de suas próprias capacidades, sem interferências".

Conectividade

As opções de conexão, seja por cabo ou sem fio, são fundamentais para que o notebook ofereça a maior versatilidade possível. Por isso, na hora da compra, lembre-se de verificar:

  • Portas USB: A primeira coisa que você precisa conferir é quantas portas USB o computador possui. De maneira geral, o ideal é que ele tenha pelo menos uma entrada USB 3.0 (ou USB 3.2). Isso vai garantir uma maior velocidade de transferência, quando necessário;
  • Wi-Fi: Já não é de hoje que todos os computadores portáteis — até mesmo um notebook barato — têm conexão Wi-Fi. No entanto, é importante estar atento a quais padrões cada modelo suporta. No Brasil, o usado ainda é o padrão 2G, mas a conexão 5G oferece banda mais larga e estável. Por isso é recomendado que o aparelho tenha, pelo menos, essas duas opções;
  • Bluetooth: Este ponto é fundamental para quem costuma utilizar periféricos como mouse, teclados, fone de ouvido ou trackpads. Além disso, a conexão bluetooth é indispensável para sincronizar seus dispositivos móveis e até transferir arquivos para outros usuários;
  • Entrada HDMI: Este é o tipo de conexão mais utilizada atualmente para ligar o notebook a outros equipamentos, como um monitor ou projetor de imagens, por exemplo. A versão mais do HDMI é a 2.1. No entanto, a partir da versão 1.4 já é possível inclusive suportar arquivos em 4K (ainda que com qualidade inferior à versão atual).

Resumo

As inúmeras opções do computadores e tantos outros dispositivos eletrônicos disponíveis no mercado podem causar confusão na hora de escolher o equipamento ideal para cada caso. Como vimos, nem sempre é preciso um alto investimento para se executar suas tarefas mais rotineiras. Por isso, trouxemos dicas para escolher o melhor notebook barato e se manter em contato com a tecnologia.

Neste artigo, você conheceu as opções de computadores que, com investimento acessível, podem ser mais do que suficientes para navegar na Internet e trabalhar em softwares básicos. Mostramos, ainda, que existem alternativas de dispositivos que podem ser mais adequados ao seu estilo de trabalho, como o Chromebook, o tablet ou os notebooks convencionais. Destacamos critérios importantes para uma compra bem sucedida, com o melhor proveito de cada configuração.

Se este material serviu como apoio para você encontrar o melhor notebook barato de 2020, divida essas informações com seus amigos, compartilhando em suas redes sociais. Ficaremos muito agradecidos! Um abraço e até a próxima!

(Fonte da imagem destacada: Knight: j4uuKnN43_M/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em nós?