minisystem
Ultima atualização: 11 de junho de 2020

Como escolhemos

16Produtos analisados

17Horas investidas

4Estudos avaliados

67Comentários coletados

Quem não gosta de ouvir uma boa música? Sabendo disso, vamos mostrar hoje este guia sobre o mini system. São muitas as pessoas que ainda gostam dos formatos físicos da música. Pegar o CD, observar a capa, as letras da música e aproveitar de um som digital.

O mini system continua tendo seu mercado. Isso porque ainda há muita gente que prefere um equipamento dedicado exclusivamente à música. Os fabricantes combinaram um suporte físico com diversas conexões para que você possa conectar seu reprodutor portátil, smartphone ou outra opção que este gadget ofereça. Obviamente, o principal é a qualidade.




O mais importante

  • O mini system não se limita a fornecer suporte para reproduzir um CD. Também pode incluir conexão por bluetooth, wifi e entrada USB.
  • É possível encontrar modelos de mini system com boa potência. Além disso, alguns são capazes de reproduzir com alta fidelidade, devido ao seu chip de áudio e aos formatos suportados.
  • No final deste artigo vamos mostrar alguns critérios de compra que vão te ajudar a fazer a escolha certa.

Os melhores modelos de mini system do mercado: Nossas recomendações

Como já falamos, o mini system continua tendo seu público fiel. Mas não só isso, muitos fabricantes focados na alta fidelidade seguem desenvolvendo modelos para satisfazer os ouvidos mais exigentes. Abaixo, vamos mostrar uma seleção com os principais modelos deste produto, com ótimas referências. Confira:

O mini system favorito dos usuários online

O mini system da Philco reproduz CD, tem entrada USB, bluetooth, entrada auxiliar de áudio estéreo, rádio FM, permite navegar dentro de pastas e tem diferentes modos de iluminação. Tem controle e está disponível em preto com amarelo. Tem uma potência de 1600W.

Um micro system com alta qualidade de som

Este mini system da Panasonic tem uma potência RMS de 250W e com uma alta qualidade de som. Além de reproduzir CD, tem conexão por bluetooth ou cabo auxiliar e rádio FM. Tem um aplicativo para celular (apenas Android) para uma maior interação. Acompanha um controle remoto e tem um display com todas as informações necessárias para o usuário.

Um mini system compacto e portátil

Este mini system de torre da Sony é um modelo diferenciado e muito prático. Com reprodução de CD e DVD, entrada USB, entrada de cabo auxiliar e bluetooth. A caixa pode ser controlada por gestos e ela tem alças, que facilita o transporte de um lado para outro. Conta com iluminação 180º, que podem ser controladas com o auxílio de um aplicativo.

Guia de compras: Tudo que você precisa saber sobre o mini system

O mercado do mini system é amplo e com diferentes fabricantes disponíveis. Atualmente, eles possuem características muito diferentes. Já não são mais meros reprodutores de CD, foram somadas as tecnologias e incorporaram outros sistemas de reprodução. Isso significa que as possibilidades se multiplicaram. Vamos entender um pouco mais sobre este produto:

changing the volume

Um mini system é um aparelho tecnológico usado especificamente para escutar música. (Fonte: Thongcharoen: 93304303 / 123rf.com)

O que é um mini system e para que serve?

Um mini system é um aparelho tecnológico utilizado especificamente para escutar música. Hoje em dia, já não são meros reprodutores de CD, muito menos tem aquela mesma potência do passado.

Seu principal objetivo é ser uma tecnologia de áudio sem suporte físico, mediante conexão bluetooth e, em alguns casos, também por wifi. Esta última característica é incorporada principalmente em modelos de mini system conhecidos como multiroom.

E por que este termo? Porque podem ser conectados a outros dispositivos por wifi, como soundbars, caixas de som portáteis e muito mais. Sempre que forem compatíveis. Marcas de prestígio continuam apostando neste produto.

Quais são as vantagens e desvantagens de um mini system?

É óbvio que um mini system vai oferecer uma qualidade de som maior do que um celular pode fornecer. No entanto, o smartphone continua sendo muito utilizado para o consumo de música.

Mas claro que não são a mesma coisa. O mini system é projetado exclusivamente para a reprodução de músicas e possuem um chio de áudio muito superior. Vamos observar algumas vantagens e desvantagens:

Vantagens
  • Amplo mercado e faixa de preços
  • Tamanho compacto
  • Podem desenvolver uma boa qualidade de áudio
  • Atualmente possuem diferentes possibilidades de conexão
  • Existem alguns modelos com bom rendimento e preço razoável
  • O mini system multiroom pode ser conectado a outros sistemas de áudio
Desvantagens
  • Um mini system com vários recursos pode ter um custo bem alto
  • Para um usuário pode ser complexo examinar todas as especificações
  • Nem todos os modelos de mini system são compatíveis com codecs apt-X ou LDAC

O que é o sistema NFC de alguns modelos de mini system?

O sistema NFC (Near Field Communication) já existe a algum tempo. Para ser mais específico, desde o início dos anos 2000. Para ser mais fácil de entender, vamos dizer que é uma tecnologia incorporada principalmente nos smartphones de última geração.

Por este motivo, outros aparelhos tecnológicos também possuem compatibilidade com ele. É baseado em uma transferência rápida e segura de dados. Graças a este sistema você pode fazer uma série de ações com o seu smartphone.

Se aplicamos estas ações ao meio musical, basta aproximar o seu smartphone de um mini system compatível e com um simples gesto você conseguirá reproduzir as músicas nele, com alguns passos prévios.

Quais codecs bluetooth são comuns no mini system?

A grande maioria dos aparelhos mini system possuem conexão bluetooth. Isso é bom se você quiser transmitir músicas do seu celular ou qualquer outro dispositivo que permita.

O bluetooth, de acordo com sua versão, pode ser compatível com diferentes codecs que influenciam diretamente na qualidade de áudio. Isso é de grande importância se você procura a melhor qualidade de som.

O codec mais extendido é o SBC mas, independente do que você for transmitir, pode comprimir muito o som e tem um certo atraso. É o básico e universal para utilizar o bluetooth.

Porém, se você quer ouvir música com certa qualidade, verifique se o mini system (e seu smartphone) são compatíveis com apt-X ou LDAC, já que oferecem um maior rendimento. Estes são os codecs mais comuns no mini system:

  • SBC: é o codec universal. Embora ofereça um bitrate máximo na faixa de 320kbps, sua eficiência não é muito boa. Comprime muito o som e tem um atraso significativo, por isso não é aconselhável para a tecnologia audiovisual.
  • AAC: o desempenho em relação à qualidade de áudio é superior ao SBC. No entanto, é muito pior em variáveis como o atraso.
  • apt-X: pertence a empresa Qualcomm. Apesar de que sua utilização tenha iniciado nos anos 80, não se tornou comum em produtos de consumo massivo até bem pouco tempo. Possui diferentes variantes, como o apt-X HD, com suporte para áudio de alta fidelidade de 24 bits e 192 kHz, ou o apt-X Adaptative, que se ajusta às condições.
  • LDAC: codec desenvolvido pela Sony. Atualmente, é o de maior qualidade possível, sempre e quando o arquivo original for de grande qualidade.
modern living room

Você pode encontrar mini system com boa potência. (Fonte: Bialasiewicz: 82517707 / 123rf.com)

Qual é a potência de saída dos alto-falantes de um mini system?

A potência de saída é o pico máximo de watts que um alto-falante pode suportar em períodos curtos até que finalmente se quebre. É assim que é medido. Qual é o problema?

O dado mais confiável é a potência RMS ou nominal.

A potência de saída não é uma medida confiável, apesar de que muitas empresas a utilizem para dar a informação de potência dos seus alto-falantes. E claro, isso pode causar uma certa confusão.

O dado mais confiável é a potência RMS ou nominal. O problema é que nem sempre é especificada. Este dado indica basicamente a pressão que um alto-falante pode chegar a suportar de forma contínua.

Esta seria a potência dos alto-falantes de um mini system. Por isso, sempre que for possível, preste atenção na potência RMS, se estiver disponível.

O que é a faixa de frequência de um mini system?

Este é um dado importante a ser considerado quando falamos de som. Determina as frequências que um alto-falante é capaz de reproduzir. É importante mencionar que o ouvido humano geralmente cobre uma faixa de frequência entre 20Hz e 20kHz.

De qualquer forma, não é algo exato, já que a capacidade auditiva varia em função de cada indivíduo e também ao longo do tempo, devido a idade. Ao comprar um mini system, observe suas especificações e verifique se a faixa abrange todas as frequências comuns em um ser humano.

Ainda assim, você vai ver que existem modelos de mini system baratos que as reproduzem sem problemas, mas lembre que a qualidade do som entra no jogo junto com outras variáveis igualmente importantes.

Leonard CohenPoeta, compositor e cantor

"A música é a vida emocional da maioria das pessoas."

Critérios de compra

Se você realmente quer comprar um mini system, não deixe de ler esta seção. Nossa intenção é te ajudar para que você faça a melhor escolha. Por isso, nas próximas linhas vamos mostrar uma série de dicas para que, sem muitas complicações, você possa prestar atenção em alguns fatores importantes para escolher o produto que se adapte às suas necessidades.

Fabricante

São muitas as marcas que fabricam mini system atualmente. Existem desde as mais famosas e conhecidas, quanto outras com menos notoriedade, mas com produtos de qualidade. Não deixe de prestar atenção no chip de áudio, que vai determinar o rendimento máximo que você poderá alcançar.

bass music system

Hoje em dia, o mini system não se limita a dar suporte para reprodução de CDs. (Fonte: Aleksanderdn: 42089873 / 123rf.com)

Potência

A potência é importante, embora você precise fazer um leitura certeira para não se equivocar. Tudo vai depender do que você vai exigir em um mini system. Se a sua intenção é ter música em um ambiente pequeno, com 20W de potência é o suficiente.

Mas se você vai utilizar em ambientes maiores, vai ser melhor uma opção com 100W de potência. Preste atenção, já que a potência de saída não é a mesma coisa que a RMS.

Esta determina a pressão que um alto-falante pode suportar constantemente. É a potência real. A de saída é o pico que pode chegar a sofrer em um curto período de tempo. Infelizmente, poucas marcas anunciam a potência RMS.

Com ou sem wifi

Sempre vai depender da sua escolha, mas o fato de ter conexão wifi implica em um maior número de possibilidades. Graças a isso, muitos modelos de mini system podem utilizar a wifi para reproduzir streaming.

Se o seu orçamento permitir, recomendamos que você escolha um modelo com wifi. Existe a possibilidade de que o mini system tenha o sistema multiroom, assim sua conectividade pode ser emparelhada a outros dispositivos.

Neste grupo entram os alto-falantes portáteis, soundbars e outros que fornecem à sua casa uma reprodução com maior alcance. Para isso, devem ser compatíveis.

Robert SchumannCompositor

"A música é a linguagem que me permite comunicar com o futuro."

Conectividade adicional

Além de wifi, você deve saber que o mini system pode ter portas USB e suportar codecs bluetooth, que podem ser dos mais genéricos, o SBC, até o grande LDAC.

Alguns modelos também tem compatibilidade com Alexa, que incluem Chromecast ou funções como Google Assistant. Hoje em dia, as possibilidades são muitas. Aqui também podemos incluir as diferentes entradas e saídas do mini system.

É possível encontrar entrada coaxial digital, digital óptica, entrada de linha analógica RCA, conexão LAN, fone de ouvido e também AUX. Antes de comprar, observe todas as conexões e observe quais você irá precisar.

Compatibilidade de formatos

Outro aspecto importante é a lista de formatos que um mini system pode admitir através de suas diferentes funções. Assim, você tem formatos como MP3, WAV, DSD e alguns outros. É importante observar qual o mini system suporta.

Resumo

Quando você for observar as características de um mini system, pode haver dados que você não vai entender completamente. No entanto, neste artigo, você pode comprovar que não é tão difícil de entender. Uma série de pautas e um pouco de informação e você vai estar preparado para tomar a decisão adequada. Infelizmente, os fabricantes nem sempre divulgam todos os dados.

Lembre de dar uma olhada nas marcas, seus chips de áudio, mesmo que seja mais difícil, e também os materiais utilizados. Então observe a potência RMS do alto-falante, a conectividade, os formatos compatíveis e tudo que pode oferecer. Leve em consideração que é um produto que tem uma alta durabilidade.

Se você gostou do nosso artigo, não deixe de compartilhar em suas redes sociais com seus amigos. Até o próximo!

(Fonte da imagem destacada: Thongcharoen: 93289133 / 123rf.com) 

Por que você pode confiar em nós?

Giovani Stack Fotógrafo e Videomaker
Giovani une seu gosto pela fotografia e pelos vídeos com seu interesse pelas nuances do universo tecnológico. Assim, analisa cada detalhe e compartilha com a internet todas as suas descobertas sobre os aspectos técnicos das máquinas, monitores, caixas de som e muitos outros acessórios que fazem seus vídeos e fotos encantarem seus clientes.
Curiosa por natureza e apaixonada por viagens, ama estar por dentro das novidades que podem facilitar e tornar mais alegre o dia a dia das pessoas. No Guia55, escreve e adapta artigos para auxiliar suas decisões de compra.
Ricardo Fernández Redator especializado em eletrônicos
Redator especializado em produtos eletrônicos. Gosta de analisar e escrever artigos focados em artigos de som, smartphones e muito mais. Já escreveu para a revisa musical This is Rock. Sua maior paixão é música, mas também ama cinema, geografia, esportes e falar com seus amigos.