gas motobomb
Ultima atualização: 7 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

8Produtos analisados

21Horas investidas

4Estudos avaliados

40Comentários coletados

Pense por um instante nas seguintes situações: você precisa esvaziar a água suja da sua piscina ou quer colocar água de um poço artesiano na caixa d’água de sua casa. Porém, você não possui nenhuma tomada por perto, então, como instalar uma motobomba? A solução mais fácil é instalar uma motobomba a gasolina, que não precisa de eletricidade para funcionar.

Estes equipamentos são realmente potentes. Possuem motores de dois e quatro tempos e são capazes de esvaziar um porão inundado em algumas horas. São muito confiáveis, consistentes e versáteis, que te salvarão de qualquer problema. Neste artigo, vamos explicar tudo que você precisa saber para comprar a melhor motobomba a gasolina do mercado.




O mais importante

  • É muito importante ter bem claro como será a água que você vai trabalhar. Dependendo do nível de partículas em suspensão (água limpa ou suja), você vai precisar de um tipo específico de motobomba.
  • As motobombas a gasolina podem ser instaladas como parte de um sistema de irrigação ou junto ao filtro da piscina. Uma das melhores coisas das motobombas é a sua versatilidade.
  • O fluxo é, com toda a certeza, o fator de compra mais importante das motobombas a gasolina. Depende deste fator a quantidade de água que o motor do equipamento será capaz de mover.

As melhores motobombas a gasolina do mercado: Nossas recomendações

Para água limpa, para água suja, com maior altura do medidor ou com motor mais potente: são muitos os fatores que influenciam na decisão de compra das motobombas. Para te ajudar e tornar o processo mais simples, investigamos o mercado e selecionamos os melhores modelos para você. Continue lendo.

A motobomba a gasolina favorita dos usuários

A motobomba a gasolina da Vonder possui um motor de 2 tempos com 30cc. A partida é manual retrátil, com sucção máxima de 4m. Indicada para águas limpas de caixas d’água, cisternas, entre outros. Também pode ser utilizada em ambientes alagados, exceto na presença de muitos resíduos.

Uma motobomba a gasolina resistente e potente

A motobomba a gasolina da Nagano é indicada para uso na agricultura e no abastecimento de pulverizadores, irrigação, entre outros. Tem um motor de 4 tempos, com 163 cc. É feita em alumínio, muito resistente.

A motobomba de alta capacidade

A motobomba a gasolina da Vulcan possui um motor de 4 tempos e 163cc. É indicada para uso de alta performance, com automonia de aproximadamente 2 horas. Com sistema auto escorvante e com uma vazão máxima de 36.000 litros por hora.

Guia de compra: Tudo que você precisa saber sobre a motobomba a gasolina

As motobombas são bombas de superfície as quais se acopla um motor a gasolina ou diesel, que os confere uma total autonomia. São ideais para lugares onde não tenha corrente elétrica. Neste guia de compra, vamos responder algumas das principais dúvidas sobre estes equipamentos, quer saber mais?

gasoline motobomb

As motobombas a gasolina podem ser instaladas como parte de um sistema de irrigação ou junto a um filtro de piscina. (Fonte: Srirungpanich: 49401175 / 123rf.com)

Quais vantagens do uso da motobomba a gasolina?

A principal vantagem da motobomba a gasolina é a sua autonomia. Não necessitam estar conectadas a uma tomada, sendo assim a melhor opção para sistemas de irrigação, limpeza de lagoas e outras tarefas no campo. Abaixo, vamos detalhar algumas vantagens das motobombas.

  • Possuem um design centrífugo e um motor giratório que pressuriza o fluxo de água.
  • O sistema de pressurização ajuda a reduzir a perda de carga.
  • Possuem um sistema de controle de óleo, que impede que o motor tenha superaquecimento.
  • São mais duradouras que as bombas de água elétricas.
  • São portáteis e podem ser instaladas em qualquer lugar.
  • São ideais para trabalhar em áreas isoladas que exigem uma grande potência de extração.

Como funciona uma motobomba a gasolina?

Basicamente, uma motobomba a gasolina bombeia a água existente no ponto A para ser descarregada no ponto B. Diferente das bombas de água comuns, elas funcionam com um motor de explosão ou combustão.

Este motor térmico aciona uma bomba hidráulica de roda, que cria um vácuo para aspiração ou compressão. O motor pode ser a gasolina ou diesel (2 ou 4 tempos).

Dependendo do equipamento, a água é aspirada a uma profundidade determinada (máximo 8 metros) para ser bombeada sob pressão a uma altura específica. Para bombear a água a mais de 8 metros, é necessário utilizar bombas submergíveis.

motobomb extracting water

As motobombas, ao contrário das bombas de água corrente, funcionam com um motor de explosão ou combustão. (Fonte: Lennep: 126607322 / 123rf.com)

Quais tipos de motobomba a gasolina são encontrados no mercado?

Atualmente, é possível encontrar vários tipos de motobombas no mercado. Cada uma delas possui características específicas e serão indicadas para um tipo específico de trabalho. Por exempo, você vai encontrar algumas motobombas especiais para águas sujas e outras para remover água sob pressão.

Abaixo, vamos apresentar uma lista com os diferentes tipos de motobomba a gasolina, suas características e seus usos mais comuns:

  • Motobomba de fluxo: Utilizadas para transportar grandes quantidades de água limpa sob baixa pressão. São ideais para encher cisternas e tanques, piscinas e qualquer atividade que exija um enchimento rápido, mas sem necessidade de pressão.
  • Motobomba de pressão: Ideais para sistemas de irrigação por aspersão, transferir água por caminhos longos ou desníveis e para apagar incêndios.
  • Motobomba de água suja: Utilizadas em trabalhos de construção e esgoto de água. Acima de tudo, são úteis para inundações em porões, garagens e residências.
  • Motobomba para líquidos especiais: Projetadas para transportar líquidos utilizados na agricultura ou indústria, como ácidos ou líquidos alcalinos. Também pode ser utilizada com água salgada, para limpeza de barcos ou proteção contra incêndios.

Como diferenciar o tipo de água?

Falamos sobre a motobomba para águas sujas, mas, como saber se a água é suja? A granulometria ou passagem granular determina o diâmetro máximo dos resíduos e dos materiais em suspensão (MES) que a bomba poderá processar.

Como esta etapa não é padronizada, cada fabricante possui seus próprios valores, que podem variar em até 5mm. Entretanto, para você ter uma ideia aproximada de como diferenciar as águas, preparamos a seguinte tabela com informações sobre a granulometria para você:

Tipo de água Origem Passagem granularObservações
Águas limpasPiscina
Rio (com extração regulada)
Poço
Passagem granular baixa, menos de 5 mmAcima deste tamanho, a bomba fica obstruída
Águas carregadasLagoas residuais
Águas de inundação
Lagoas
Entre 10 e 20mmO tamanho vai depender do filtro da bomba
Águas muito carregadasLama
Águas de inundações
Água contaminada (com papel ou lenços, por exemplo)
Mais de 20mmAlgumas motobombas são equipadas com molas trituradoras para facilitar a passagem dos materiais em suspensão
Águas agressivasÁgua do mar
Produtos petrolíferos não combustíveis
Mais de 20mm A bomba possui um corpo mais resistente
A temperatura do líquido bombeado será significativa

Como a capacidade do motor afeta o rendimento da motobomba?

As cilindradas de um motor são medidas em centimetros cúbicos (cc o cm3). É o volume da câmera de combustão do cilindro e depende da distância entre o ponto morto superior e inferior do pistão e do diâmetro do próprio cilindro. Este elemento ajuda a determinar a potência real e efetiva do motor.

Por que estamos explicando tudo isso? Porque é muito importante calcular esta potência em função das necessidades de bombeamento que você tem.

Para as mesmas características de bombeamento, será sempre melhor escolher uma motobomba a gasolina de maior cilindrada, já que, como o seu desempenho, sua velocidade será menor e o motor será preservado de uma maneira ideal.

extracting water from the ground

Atualmente, podemos encontrar vários tipos de motobombas no mercado. (Fonte: Saeheng: 125035206 / 123rf.com)

É melhor uma motobomba a gasolina ou a diesel?

Mais uma vez, vai depender das suas necessidades. Por exemplo, se você pensar no dinheiro, as motobombas a gasolina são mais baratas. O diesel pode até ser mais econômico que a gasolina, sendo melhor a longo prazo. Porém, com a frequente alteração do custo do combustível, as opções a gasolina geralmente são melhores.

Abaixo, vamos mostrar uma tabela com as características e usos de cada tipo de motobomba para você ter uma ideia:

TipoTipo de motor RuídoManutençãoUso
Gasolina2 e 4 temposMais silenciososBásicoOcasional
Diesel2 temposMuito barulhentasExigenteRegular e intensivo

Que tipo de manutenção devo fazer para cuidar da minha motobomba?

Independentemente do tipo e modelo da motobomba que você escolheu, deverá considerar alguns aspectos de manutenção.

Se você cuidar do seu equipamento, limpar suas partes e manter o motor em boas condições, terá uma máquina funcionando por muito tempo. Abaixo, vamos mostrar algumas dicas de manutenção e de uso:

  • Drene o combustível e o óleo periodicamente.
  • Limpe e troque as velas de ignição sempre que o motor não estiver funcionando 100%.
  • Limpe o filtro de ar depois de cada uso. Se estiver muito danificado, troque.
  • Antes de cada uso, você deve verificar o nível de óleo, o estado do filtro de ar e o nível de combustível.
  • Se a bomba não for de ativação automática, encha de água o depósito antes de ligar, já que, caso contrário, pode acabar sobrecarregando o motor ou esfriá-lo.
  • Verifique se todas as emendas estão firmes, especialmente se a sua motobomba for potente.
  • Se encontrar algum vazamento de água, não ligue o equipamento, já que a mangueira pode se soltar e causar acidentes.

Critérios de compra

Você já viu que as motobombas a gasolina são a melhor opção para seu trabalho de bombeamento de água. São leves, fazem pouco barulho e tem uma grande autonomia. Na próxima parte do nosso artigo, vamos explicar os principais critérios de compra, ou seja, os fatores que tornam uma boa motobomba a melhor.

Vazão

A vazão é o parâmetro que vai determinar o volume de água que a sua motobomba a gasolina será capaz de bombear e descarregar por um período específico de tempo. É expressada em metros cúbicos por hora (m3/h) ou em litros por minuto (l/m).

Você vai precisar escolher dependendo do volume de água que necessita bombear e do tempo disponível. A vazão varia de acordo com a profundidade de aspiração e da altura do ponto de evacuação.

De fato, para um determinado diâmetro e uma mesma bomba, quanto maior for a diferença de altura, menor será a vazão. Por outro lado, quanto mais próximos estiverem o ponto de aspiração e evacuação em termos de altura, maior será a vazão.

extracting water underground

A vazão varia de acordo com a profundidade de aspiração e da altura do ponto de evacuação. (Fonte: Lennep: 126607321 / 123rf.com)

Pressão

A pressão define a força da água na evacuação. É relativa a vazão e ao diâmetro da mangueira. É medida em bars (B). A pressão é decisiva se a motobomba estiver conectada a equipamentos que exigem pressão de entrada específica, por exemplo, para sistemas de irrigação. Muitos fabricantes indicam este fator como altura manométrica. Neste caso, um bar equivale a 10 MCA.

Para você ter uma ideia: uma bomba com pressão de trabalho de 2,5B ou 25 MCA fornece, desde que a descarga esteja na mesma altura da bomba, 2,5B de pressão de saída. Se a descarga estiver em 10 metros acima da bomba, apenas chegará a 1,5B a pressão de saída.

Altura manométrica total (AMT)

A altura manométrica total resume a situação de bombeamento. Ou seja, é calculada somando a altura de aspiração (AA) entre o ponto de sucção e a bomba, a altura de evacuação (AE) entre a motobomba e o ponto de descarregamento, a pressão de saída exigida em B e as perdas de carga.

Para você ter uma ideia melhor, abaixo vamos mostrar um exemplo de como calcular este fator com um caso real:

  • AA: 3 metros (por exemplo, o fundo de uma piscina).
  • AE: 2 metros (que separam a bomba de uma rede de drenagem, por exemplo, o esgoto).
  • Pressão exigida: 2B.
  • Perda de carga: 10% pelo comprimento das mangueiras e juntas.
  • Total: (3 + 2 + 20) + 10 % = 27,50 AMT.

Partida

Uma motobomba com partida automática não contém ar na aspiração, mas pode impulsionar a água de forma ideal sem aquecer e sem intervenção manual.

As motobombas de ativação manual devem ser preparadas manualmente, cada vez que forem ligadas. Para isso, há um depósito que vai impedir que o motor seja sobreaquecido ou estrague.

Hoje em dia, a maioria das motobombas possuem partida automática, o que vai permitir que você trabalhe com mais conforto e economize tempo na partida. Estas motobombas a gasolina geralmente possuem uma melhor curva de rendimento e uma vida útil muito maior, já que superaquecem e dificilmente estragam.

Autonomia

A autonomia é um critério de compra muito importante, especialmente se você pensa em usar o equipamento de forma itinerante ou se quer para trabalhos em ambientes onde não há fontes de energia elétrica.

As motobombas a gasolina são ideais para trabalhar no campo ou em lugares remotos, por exemplo, em montanhas. A autonomia é medida em horas e vai depender de cada modelo.

Este fator vai depender do consumo de combustível e a capacidade do depósito, que vão se traduzir no número de horas de funcionamento com o depósito cheio. Observe muito bem este aspecto, se você vai trabalhar em lugares de difícil acesso ou sem possibilidade de obter combustível.

Peso

O peso das motobombas a gasolina variam entre os 8 e os 100kgs. Este fator vai depender diretamente das características do produto. Por exemplo, os equipamentos mais potentes serão mais pesados, já que o motor vai ser maior.

Os acessórios, como as emendas e as válvulas também afetam o peso da máquina. Bem como o tamanho do depósito, que vai afetar no peso total da motobomba. As motobombas mais pesadas são instaladas sobre uma estrutura com rodas para facilitar o deslocamento.

Neste aspecto, se você vai mover sua bomba de um lado para outro, deve procurar  um modelo com este tipo de estrutura com rodas e que seja o mais leve possível. Se você precisa de uma máquina potente, escolha uma com uma estrutura forte e durável.

Resumo

As motobombas a gasolina permitem bombear grandes quantidades de água em lugares remotos ou sem possibilidade de conexão com energia elétrica. Estes equipamentos são pensados para trabalhos difíceis, como apagar incêndios florestais ou drenagem de porões ou garagens inundadas.

Neste artigo, nós explicamos tudo que você precisa saber para comprar uma boa motobomba a gasolina. Respondemos as principais dúvidas sobre este equipamento e explicamos quais são os principais critérios de compra. Observe bem a vazão, a pressão e o peso, e assim você vai conseguir comprar o melhor equipamento para você.

Se você gostou do nosso artigo, deixe um comentário logo abaixo e compartilhe com seus amigos e familiares para que eles também possam encontrar as melhores motobombas a gasolina do mercado.

(Fonte da imagem destacada: Saeheng: 125035206 / 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Luiz Felipe Andrade Manutentor profissional
Luiz Felipe herdou do pai, mestre de obras, a paixão pelas ferramentas. Tanto é que desde cedo decidiu seguir uma carreira que poucas pessoas sabem que existe: a de manutentor profissional, ou seja, a pessoa que é especialista em manutenções. Com tanto conhecimento na área, resolveu compartilhar o que sabe com o público que, como ele, ama criar e consertar.
Curiosa por natureza e apaixonada por viagens, ama estar por dentro das novidades que podem facilitar e tornar mais alegre o dia a dia das pessoas. No Guia55, escreve e adapta artigos para auxiliar suas decisões de compra.