ícones abstratos que representam tecnologia blockchain.
Ultima atualização: 21 de abril de 2021

Uma das novidades tecnológicas mais importantes dos últimos tempos, o blockchain ainda gera dúvidas para muitas pessoas. Você sabe explicar o que é blockchain? Qual a diferença entre essa tecnologia e o bitcoin? Saiba que o blockchain vai muito além de criptomoedas.

É normal surgirem dúvidas a respeito de um tema tão falado nos últimos anos. Por isso, nós preparamos um artigo que vai te mostrar como essa tecnologia funciona, quais são as suas aplicações e muito mais.

Continue a leitura para saber mais a respeito do “protocolo da confiança”, como também é chamada a tecnologia blockchain.




Primeiro, o mais importante

  • Por ser descentralizada, a tecnologia blockchain é extremamente segura. Sendo conhecida como “protocolo da confiança”.
  • O blockchain possibilita a automatização dos dados. Ou seja, não há duplicidade ou informação errônea na rede.
  • O blockchain e o Bitcoin foram lançados juntos. Foi a tecnologia que possibilitou o nascimento da criptomoeda. Entretanto, eles não são sinônimos.

Blockchain: tudo o que você precisa saber

Já imaginou um sistema independente, totalmente seguro e que rastreia o envio e recebimento de informações na internet? Saiba que estamos falando do blockchain.

Ele existe há poucos anos e está diretamente ligado às criptomoedas. Entretanto, os termos estão longe de serem sinônimos.

Prepare-se para entender de uma vez por todas o que é blockchain e porque ele é muito importante.

Moedas de Bitcoin em frente a uma tela de computador que exibe volume de negociações e gráfico financeiro

A tecnologia blockchain permite realizar de forma segura diversas transações na internet. (Fonte: Pierre Borthiry/ Unsplash.com)

Entenda o que é blockchain

O assunto é bastante técnico e complexo, por isso vamos tentar ser os mais didáticos possíveis. Blockchain é a tecnologia do futuro. Resumidamente, blockchain é um sistema de validação online de informações por blocos. Ele guarda um registro de transações, que é à prova de fraudes. Por isso, ele também é conhecido como “o protocolo da confiança”.

Resumidamente, blockchain é um sistema de validação online de informações por blocos.

Esses blocos encadeados são muito seguros e carregam consigo uma impressão digital. Isso quer dizer que quando a informação é passada para um outro bloco, ela leva consigo uma impressão digital única. Neste novo bloco, será agregado mais informações e mais uma impressão digital única. E assim por diante.

Percebeu como os níveis de segurança só aumentam e fica muito difícil de fraudar a transação? Protegido por uma criptografia do mais alto nível, a tecnologia garante a autenticidade de uma forma sem igual.

Como a tecnologia blockchain funciona?

Vamos entender melhor: imagine um banco de dados gigantesco. Esse banco de dados está disponível para qualquer empresa ou pessoa escrever e acrescentar informações através do computador ou celular.

Entretanto, essas novas informações precisam ser validadas por várias pessoas e não apenas uma, o que descentraliza e dá credibilidade à tecnologia.

Por exemplo: você deseja abrir uma nova conta em determinado lugar. Não acontece sempre a mesma coisa? Você precisa levar documentos, comprovantes e passar pela burocracia de sempre.

Agora, já imaginou se todas as informações já estivessem registradas em um banco de dados único? Com isso, não existiriam mais erros de cadastro, sejam eles propositais ou não.

Isso porque qualquer tentativa de alteração no cadastro deixaria rastros. Na tecnologia blockchain, se alguma alteração for feita depois que as informações estiverem nos blocos, os outros sistemas vão recusar automaticamente.

Imagine a falta de burocracia e total transparência em ações como validação de documentos, contratos, transações financeiras e até votações. Entendeu porque falamos que é a tecnologia do futuro?

Vitalik Buterin Cofundador da Ethereum e da Bitcoin Magazine
" Enquanto a maioria das tecnologias tende a automatizar os trabalhadores na periferia com tarefas amadoras, as blockchains automatizam o centro. Em vez de colocar o motorista de fora, a blockchain coloca a Uber de fora e deixa o motorista trabalhando diretamente com o cliente."

Como surgiu a tecnologia blockchain?

A tecnologia blockchain que é utilizada hoje apareceu pela primeira vez ao mundo em 2008, com a publicação do artigo: “Bitcoin: A Peer-to-Peer Eletronic Cash System” (1). Em 2009, o código foi lançado ao mundo como código aberto, garantindo assim o início do Bitcoin.

Entretanto, as primeiras pessoas que se tem registro a pensarem em uma cadeia de blocos criptografados foram Stuart Haber e W. Scott Stornetta, em 1991. A intenção deles era fornecer um sistema em que os registros de data e hora dos documentos não fossem violados ou editados.

Ou seja, a tecnologia blockchain surgiu em 91. Mas só ganhou o mundo em 2009 com o lançamento do bitcoin.

A tecnologia blockchain é segura?

Como falamos no decorrer do artigo, a tecnologia blockchain é totalmente segura e conhecida como “o protocolo da confiança”. Por não ser centralizada e possuir inúmeras camadas de segurança é extremamente difícil de invadi-la.

Diferente de sistemas do governo, por exemplo. Eles podem sofrer um ataque cibernético e terem seus dados alterados, roubados e vazados. Isso acontece porque o sistema é centralizado, ou seja, as informações estão concentradas em apenas um único lugar.

Marc KenigsbergFundador do Bitcoin Chaser
" A blockchain é a tecnologia. A bitcoin é meramente a primeira manifestação convencional do seu potencial."

Blockchain e bitcoin são a mesma coisa?

É comum as pessoas terem esse tipo de dúvida, pois o blockchain e o bitcoin foram lançados juntos em 2009. Mas eles não são a mesma coisa.

O blockchain é a tecnologia que permitiu a criação do bitcoin e de outras criptomoedas como Ether e Litecoin, devido a sua extrema segurança.

Mas como você já viu neste artigo, ela pode ser utilizada para diversas outras aplicações.

Homem segura na mão um papel escrito Block Chain

Blockchain é a tecnologia que possibilitou a criação das criptomoedas. (Fonte: Hitesh Choudhary/ Unsplash.com)

Tecnologia blockchain na mineração de criptomoedas

Você já ouviu esse termo? Mineração de criptomoedas?

É através da mineração que os blocos são interligados. É por conta dessas ligações que a tecnologia blockchain acontece.

É através da mineração que os blocos são interligados.

Funciona da seguinte forma: os mineradores reúnem transações que ainda não foram colocadas em bloco e depois realizam cálculos extremamente complexos para gerar um código criptografado.

É por isso que as minerações são feitas em computadores de altíssimo desempenho. No processo de mineração as máquinas ficam ligadas 24 horas, verificando transações, montando o bloco, e tentando encontrar a solução.

Qual a recompensa por fazer a roda girar? O pagamento em criptomoedas.

Resumo

A tecnologia do futuro. Pense em viver em um mundo onde a adulteração de qualquer informação ou processo é praticamente impossível. Como pudemos ver durante o artigo, o “protocolo da confiança” chegou para ficar.

A tecnologia blockchain, que ficou conhecida com o lançamento do bitcoin, também pode ser aplicada em diversas áreas. Como vimos no artigo, ela pode ser usada para a validação de documentos, contratos, transações financeiras e até votações.

Esperamos que o nosso artigo tenha tirado as suas dúvidas a respeito do blockchain. Fique à vontade para visitar o nosso Guia e ler mais artigos do seu interesse.

(Fonte da imagem destacada: Monsit Jangariyawong/ 123rf.com)

Referências (1)

1. Bitcoin: A Peer-to-Peer Electronic Cash System
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Artigo
Bitcoin: A Peer-to-Peer Electronic Cash System
Ir para a fonte
Resenhas