Polaina.

Finalmente chegou o dia daquela trilha pela montanha que você tanto esperava. Ao cruzar um pequeno riacho e sentir todos os ossos se retorcendo ao molhar a perna na água fria, você pensa: “Eu realmente preciso comprar uma polaina”. Há peças que não parecem tão importantes à primeira vista, até que chegam momentos em que seria maravilhoso tê-las com você.

A polaina é uma das melhores armas contra o frio, mas nem sempre é lembrada pelos praticantes de esportes. Na verdade, muitos não sabem até que ponto elas podem servir de ajuda em diversas situações. Criamos este artigo especializado para falar tudo sobre estas peças e sobre como elas podem mudar a sua vida.

O mais importante

  • A polaina é uma peça que, dependendo do seu estilo e função, protege a perna do frio, da umidade e de outras condições climáticas ou do terreno, principalmente na região do tornozelo. Seu uso se assemelha ao de uma meia, mas ela é muito mais eficaz na hora de proteger. Tem uma forma tubular e fica presa ao pé por meio de diferentes sistemas de fixação.
  • Embora historicamente a polaina tenha sido usada por lavradores e pastores, atualmente seu uso é muito popular entre as crianças e em diversos contextos esportivos e de lazer. Ela tem diferentes estruturas dependendo do uso, e pode ser fabricada de vários materiais.
  • Para comprar uma boa polaina, é preciso estar atento a alguns aspectos fundamentais, como a finalidade de uso, a impermeabilidade, o peso e as medidas, o conforto ao usá-la, o material de fabricação e a transpirabilidade, entre outros.

As melhores polainas: Nossas recomendações

Se você está pensando na sua próxima trilha pela montanha ou em uma viagem ao exterior para se aventurar na neve, vale a pena incluir uma boa polaina na bagagem. Suas pernas vão lhe agradecer mais tarde! É possível encontrar vários tipos de ofertas no mercado, e se você não sabe qual modelo escolher, considere a seguinte lista, que reúne algumas das melhores alternativas disponíveis.

A melhor polaina de tornozelo

Esta polaina de cano curto da Salomon pode ser usada para a prática de esportes em terrenos exigentes, ou simplesmente para impedir que qualquer elemento entre em contato com os pés durante uma caminhada na natureza. A tira fixada na sola do sapato garante estabilidade, enquanto o tecido elástico oferece uma ampla liberdade de movimento. Este modelo é transpirável e possui detalhes reflexivos, aumentando a visibilidade e a segurança.

A melhor polaina de cano longo

A polaina Sea to Summit Event Alpine é indicada para praticantes de ski, montanhismo e trekking, sendo um acessório perfeito para utilizar em conjunto com botas duplas e crampons. Seu sistema de fixação é na parte traseira da bota e sua tira removível é confeccionada em Hypalon, uma borracha ultrarresistente. O principal material de construção é a Cordura 500D, extremamente resistente à abrasão. Possui a membrana impermeável e respirável eVent.

A polaina preferida dos compradores online

Esta polaina da Altra é a mais vendida da Amazon dos Estados Unidos, adorada pelos consumidores norte-americanos. Sua composição é 82% nylon e 18% spandex, e ela é confeccionada com um material elástico altamente respirável, que também oferece uma alta resistência ao atrito. Protege os pés da poeira, areia, lama, pedras e neve. Esse produto é vendido pela Amazon americana, mas pode ser enviado para o Brasil.

Guia de Compras: O que você precisa saber sobre a polaina

A polaina se transformou em uma peça quase imprescindível para garantir o sucesso de algumas excursões e viagens, especialmente se as mesmas envolverem caminhadas longas, trilhas ou atividades relacionadas ao montanhismo.

O mercado de polainas oferece diferentes modelos de acordo com seus usos e necessidades. Nesta seção, vamos esclarecer as dúvidas mais comuns que costumam surgir em relação a elas.

Imagem de casal fazendo trekking.

As polainas de cano curto costumam ser leves e transpiráveis. (Fonte: maridav: 32707555 / 123rf.com)

O que exatamente é uma polaina?

A polaina é uma peça fabricada com diferentes materiais têxteis com o objetivo de cobrir as pernas, geralmente desde o joelho até o tornozelo, embora existam vários tipos distintos.

Ela é colocada por fora do calçado, e sua função é evitar a entrada de água, neve, umidade ou detritos, e servir como uma proteção extra contra o frio.

Por que a polaina é necessária?

Se você costuma se aventurar pelas montanhas ou na neve, se gosta de praticar alpinismo ou de fazer trilhas, ou se simplesmente costuma sair para correr em pistas de terra, já sabe que ter um bom calçado não é suficiente. A polaina, uma vez que fica bem presa às pernas, cumpre diferentes funções que são muito úteis:

  • Evita a entrada de objetos externos, como pedras pequenas, terra e detritos;
  • Mantém os pés secos diante de poças ou da água da chuva;
  • Protege as pernas de arranhões e do atrito com elementos do terreno;
  • Proporciona uma estabilidade extra ao caminhar, correr ou escalar;
  • Favorece a transpiração;
  • Protege os pés das baixas temperaturas.
Juanfra Marín VargasGuia de atividades de montanha de Mamut Sierra Nevada

“Ao fazer trilhas ou correr pela neve, é importante vestir roupas leves e transpiráveis, mas que isolem o corpo das intempéries climáticas no alto das montanhas, especialmente do vento e da água”.

Quais partes da perna a polaina cobre?

Isso vai depender do tipo da polaina. Existem diferentes medidas aptas para cada tipo de atividade.

De forma geral, há duas medidas principais: as polainas de cano longo, que cobrem desde os joelhos até o peito do pé, e as polainas de cano curto ou de tornozelo, que cobrem – assim como seu nome indica – todo o tornozelo e o peito do pé. Também existem modelos que cobrem as panturrilhas.

As polainas de cano curto costumam ser leves e transpiráveis, e são ideais para fazer trilhas em terrenos de floresta, areia, barro, neve ou com superfícies difíceis.

As polainas de cano longo, por outro lado, são perfeitas para condições climáticas extremas, e costumam ser ultrarresistentes e impermeáveis. Geralmente elas são usadas sobre botas.

Homem caminhando com polaina azul.

Geralmente, a polaina é composta por um material têxtil que cobre a perna. (Fonte: Obzerova: 60843352 / 123rf.com)

Como costuma ser a estrutura de uma polaina?

As polainas costumam ser compostas por um material têxtil que cobre a perna. Diferentes acessórios são agregados a esta estrutura tubular para reforçar o material e fixar a peça ao tornozelo ou ao joelho, juntamente com diferentes sistemas de fecho para que a proteção seja eficaz.

Podemos resumir a estrutura de acordo com os seguintes aspectos:

  • Na parte superior, a polaina costuma ter uma borracha elástica para impedir que a mesma caia ou deslize para baixo;
  • O sistema de fixação mais comum é a sirga de aço, mas as polainas mais resistentes são as que usam correias de neoprene ou de uretano. É preciso ser muito cuidadoso na hora de prender a fivela para que ela não fique na beira da sola e não seja esmagada durante a caminhada;
  • No que diz respeito aos zíperes laterais para facilitar a colocação, os melhores modelos contêm uma solapa com fecho de velcro que impede, por exemplo, a entrada de umidade;
  • Na parte inferior, na frente, muitas possuem um pequeno gancho para fixar a polaina aos cadarços do calçado, o que funciona como uma medida extra de proteção.

Quais tipos de polaina são mais convenientes?

Novamente, isso depende do uso e da sua necessidade pessoal. O lado positivo do mercado de polainas é que há muita variedade de acordo com as atividades que você planeja realizar. Antes de escolher o seu modelo, portanto, é importante ter bem claro o seu objetivo.

Na tabela a seguir, resumimos os contextos típicos em que cada tipo de polaina costuma ser útil.

Tipo de atividade Tipo de polainaCaracterísticas
Polainas para corrida em trilhaDe tornozeloLeves, pouco volumosas, confortáveis ao toque, com sistema de fixação por baixo
Polainas clássicas ou de montanhaDe cano longoImpermeáveis, de material resistente, de cobertura completa, transpiráveis, com zíper lateral ou velcro
Polainas para escalada no geloDe cano longoConfeccionadas com materiais reforçados, de longa durabilidade, resistentes e impermeáveis
Polainas para esportes de neveDe cano longo ou de tornozelo, dependendo do esporteImpermeáveis e transpiráveis
Polainas para caminhadas e trekkingDe tornozeloElaboradas para oferecer uma proteção básica contra pedras, areia e chuva (para climas amenos)
Polainas para correrDe tornozeloMuito leves, compactas e elásticas

Qual deve ser a grossura de uma polaina?

Quando falamos da grossura de um material têxtil, temos que falar em deniers (d). Esta unidade se refere à densidade linear da massa de fibras. Equivale ao peso em gramas por cada 9 mil metros de fibra. Quanto mais elevado este valor, mais densa e grossa é a fibra utilizada pelo material, o que faz com que o mesmo seja mais resistente, embora também pese mais.

Normalmente, a parte inferior da polaina é a que precisa de uma resistência maior. Os valores típicos das partes superiores podem ser de 70 d, para transpirar melhor. Em alguns casos, o polímero Kevlar é adicionado às partes inferiores: seu valor típico deveria ser de 400, 500 ou 600 d, e os mais resistentes podem chegar aos 1000 d.

Itens para caminhada.

Normalmente, a parte inferior da polaina é a que precisa de uma resistência maior. (Fonte: Gilitukha: 47346689 / 123rf.com)

Qual grau de impermeabilidade uma polaina deve ter?

A impermeabilidade é medida em milímetros de altura de colunas de água que um tecido aguenta sem deixar a água passar. Uma peça é considerada impermeável quando suporta mais de 10 mil mm.

Obviamente, considerando os diferentes usos que é possível dar a uma polaina, nem todos os modelos precisam ser 100% impermeáveis. A seguir, listamos alguns indicadores como referência.

  • 0 a 5 mil mm: Nenhuma resistência contra a chuva fina e a neve seca.
  • 6 mil a 10 mil mm: Resiste à chuva leve a moderada, e a uma queda de neve moderada.
  • 11 mil a 15 mil mm: Resiste à chuva moderada a forte, e a uma queda de neve forte.
  • 16 mil a 20 mil mm: Resiste a chuvas muito fortes e a nevascas intensas de neve.
  • Mais de 20 mil mm: Máxima proteção contra tempestades de chuva e neve.

Como saber qual tamanho de polaina comprar?

A maioria das marcas costuma especificar a qual número de calçado a polaina equivale. No entanto, o melhor é experimentá-la com a bota de inverno ou o calçado esportivo com o qual você pretende usá-la, já que é fundamental que ela fique firme e confortável. Às vezes é bom escolher um tamanho maior, pois elas podem ficar muito justas.

Também não é recomendável que a polaina fique muito folgada, pois neste caso ela não será eficiente para proteger da água, areia e detritos presentes no caminho.

Há marcas que fabricam modelos especificamente para mulheres. A diferença consiste no fato de que a parte das panturrilhas é mais larga. De qualquer forma, é melhor experimentar antes de comprar.

Enric ViolanEspecialista em Podologia Esportiva

“A polaina e outros acessórios para os calçados protegem nossos pés do contato direto com o terreno. Devemos buscar modelos com tecnologias e materiais que eliminem o suor e evitem que a umidade fique dentro da meia”.

Como é a manutenção de uma polaina?

Não é nada complicada. No entanto, se você pratica esportes extremos ou faz alpinismo, é provável que sua polaina fique muito suja. Neste caso, é importante limpá-la imediatamente após o uso para remover a sujeira mais grossa. Depois, basta passar um pano úmido para garantir uma boa secagem antes do próximo uso.

Imagem de casal fazendo trekking na natureza.

Se você gosta de praticar esportes extremos ou de fazer atividades relacionadas ao montanhismo, precisa de uma polaina. (Fonte: maridav: 32707754 / 123rf.com)

Critérios de Compra

A polaina é, talvez, a peça que mais protege os pés e os calçados dos praticantes de diversos esportes. Antes de iniciar a sua próxima aventura, excursão ou viagem, é importante ter a sua à mão.

Já mencionamos que os modelos diferem de acordo com o uso, as atividades e os materiais. Se você tem dúvidas, recomendamos seguir estes critérios de compra para não errar na decisão.

  • Impermeabilidade
  • Forma de fixação
  • Resistência do material
  • Transpirabilidade
  • Design

Impermeabilidade

Como vimos, não é necessário que todos os tipos de polaina sejam 100% impermeáveis. Isso depende da forma como você pretende usá-la.

Como o normal é que elas sejam destinadas a atividades ao ar livre, sempre há o risco de chuva, água acumulada, neve ou outros detritos. Portanto, é melhor ter certeza de que a sua polaina é capaz de suportar pelo menos 6 mil mm de água.

Forma de fixação

O propósito da polaina é impedir que elementos externos entrem pelo calçado e provoquem incômodo ao caminhar ou correr. Isso não é possível se o modelo não tiver um bom sistema de fixação que a mantenha estável. Por isso, certifique-se de que os zíperes laterais sejam eficientes, ou de que o sistema de velcro tenha uma estabilidade adequada.

Resistência do material

Quanto maior for a grossura da polaina, maior será a resistência.

Se você gosta de praticar esportes radicais ou de fazer atividades relacionadas ao montanhismo, vai precisar de uma polaina feita de um material o mais resistente possível.

Um bom exemplo é o Ripstop: um tecido duplo reforçado que costuma ser antirrasgos e incorpora fios mais grossos de alta resistência em sua trama. Neste sentido, quanto maior for a grossura da polaina, maior será a resistência.

Transpirabilidade

A transpirabilidade da polaina é um ponto muito importante, já que, se durante a atividade o vapor do suor não for eliminado suficientemente rápido, ele se condensa e empapa o calçado e a calça.

Por isso, recomendamos buscar modelos com membranas de alta qualidade e de duas ou três camadas. Os modelos que não possuem membrana não são aconselháveis.

Design

A polaina é um acessório para o calçado, e por isso deve passar despercebida. Há alguns modelos que são extremamente pesados ou incômodos. Esta é a razão pela qual é recomendável experimentar as peças antes de comprá-las, para ter certeza de que as mesmas contam com um design compacto e confortável.

Resumo

A polaina é uma peça feita de diferentes materiais têxteis (geralmente nylon e lycra) que cobre as pernas, desde o joelho até o tornozelo, com o objetivo de protegê-las do frio, da água, da neve, da umidade e de outros elementos. Trata-se de um acessório usado por fora do calçado, muito útil para a prática de diversas atividades ao ar livre.

Basicamente, existem polainas de cano longo e polainas de tornozelo, e elas diferem no que diz respeito à parte das pernas que cobrem. É importante escolher bem o tipo que você quer usar de acordo com as atividades que pratica, já que as polainas leves ideais para correr pela montanha são muito diferentes das versões pesadas e reforçadas necessárias para a prática da escalada no gelo.

Se você gostou deste artigo, compartilhe-o entre os seus contatos para que todos possam saber mais sobre as polainas. Certamente estas informações vão ser muito úteis para várias pessoas que podem estar pensando em comprá-las.

(Fonte da imagem principal: Fstock: 93462462 / 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Patrícia de Souza Personal Stylist
Patrícia ama andar bem vestida e, mais do que isso, ajudar os outros a se sentirem bem. Para isso, fez vários cursos de moda e maquiagem e transformou sua paixão em profissão. Além de roupas, acessórios, batons e bases, também é apaixonada por óleos corporais, e acredita que eles podem fazer muito bem, tanto para a saúde quanto a autoestima.