Ultima atualização: 5 de agosto de 2021

Como escolhemos

14Produtos analisados

22Horas investidas

9Estudos avaliados

65Comentários coletados

Um processador de alimentos é um pequeno eletrodoméstico que é capaz de modificar a estrutura dos alimentos. Não é um robô para cozinhar, mas para transformar os ingredientes que você usa, ele pode cortar, bater, amassar, moer, laminar, ralar ou fatiar, por exemplo.

É verdade que você tem alternativas na cozinha para fazer tudo isso, mas um aparelho desse tipo permite que você simplifique os processos. O processo é mais rápido e o resultado é esteticamente mais agradável. Geralmente é muito fácil de usar e, de agora em diante, se tornará seu ajudante de cozinha essencial.




As coisas mais importantes

  • Um processador de alimentos permite que você otimize o espaço de sua cozinha, já que substitui quase todos os pequenos eletrodomésticos que você usa regularmente. Possui diferentes acessórios para facilmente executar funções como cortar, bater, fatiar, triturar, espremer, misturar, amassar, triturar e muito mais.
  • Ele não cozinha comida, mas ajuda você a cozinhar muito mais rápido e economiza muito trabalho. Assim que você começar a usar seu processador de alimentos, ele se tornará um item obrigatório. É o melhor gadget de cozinha que você pode ter.
  • Você encontrará modelos diferentes no mercado, com características e preços diferentes. Uma vez que você conheça todas as suas possibilidades, você pode escolher a que melhor se adapta às suas necessidades e ao seu orçamento. É claro, cada processador tem funções diferentes.

Processador de alimentos: nossas recomendações

Guia de compras: O que você precisa saber sobre um processador de alimentos

Nas seções seguintes você descobrirá tudo o que precisa saber sobre processadores de alimentos.

Procesador de alimentos en cocina

Os processadores de alimentos ajudam você a cozinhar muito mais rápido.
(Fonte: Starus: 50147361/ 123rf.com)

Qual é a diferença entre um liquidificador, processador de alimentos e processador de alimentos?

Na maioria dos lares você encontrará um liquidificador. É um aparelho capaz de misturar ou misturar frutas ou vegetais. Ele pode ser usado para preparar purês, cremes, smoothies ou sucos. Recentemente, os processadores de alimentos também foram introduzidos em casa. Eles são usados para cozinhar e desempenham uma infinidade de funções.

Um processador de alimentos simplifica a maioria das preparações culinárias. Picar vegetais, picar nozes, preparar um molho, um purê ou um batido, bater claras de ovo, amassar e em geral tudo o que um liquidificador ou processador de alimentos faz, mas sem cozinhar. Você também será capaz de preparar alguns pratos que não requerem calor.

Por que ter um processador de alimentos?

Há muitas razões pelas quais você pode querer ter um processador de alimentos, mas estas são as mais comuns:

  • Espaço. As casas estão ficando cada vez menores, então é inviável ter um número infinito de aparelhos elétricos. Com um processador de alimentos você pode ter "tudo em um". No final, quando você tem um monte de aparelhos armazenados em um armário, você acaba não usando nenhum deles.
  • Tempo. Se você passar pouco tempo em casa, você terá ainda menos tempo para cozinhar. É por isso que é essencial não ter que gastar tempo cortando cebolas, picando alho ou fatiando batatas. Com um processador de alimentos você será capaz de otimizar o tempo que você gasta cozinhando, evitando ter que fazer muitas funções manualmente.
  • Limpeza. Com um processador de alimentos, há muito menos confusão. Além disso, o aparelho em si é fácil de limpar. Na maioria dos casos, você pode colocar seus diferentes elementos na máquina de lavar louça.
  • Experiência. Nem todos têm muita experiência na cozinha. Com um processador de alimentos você não precisa ser um grande chef para preparar pratos requintados com uma ótima apresentação. Este aparelho simplifica ao máximo a preparação.

Um processador de alimentos economiza dinheiro na cozinha?

Outra vantagem de um processador de alimentos é que ele permite que você reutilize certos alimentos. Você também pode preparar alguns pratos em casa que o ajudarão a economizar dinheiro. Nesta tabela nós lhe mostramos como.

Ingredientes Resultado
Pão seco Pão ralado
Cereais em grano Farinha de cereais
Frutas congeladas Sorvete ou sorbet
Sobras de carne Maçarocas de carne
Queijo seco cheese Ralado
Carne ou peixe Hamburgers
Feijão-de-bico cozido Hummus

Que características deve ter o processador de alimentos?

Na tabela a seguir vamos mostrar a você outro aspecto interessante que você deve levar em consideração ao comprar seu processador de alimentos. Nós estamos nos referindo às características que deveria ter.

Desempenho Para levar em conta
Capacidade da embarcação Número de membros da família
Uso pretendido
Design Estética e tamanho
Segurança Conformidade com os regulamentos atuais
Acessórios Deve ter tudo que você precisará
Funcionalidade Facilidade de uso
Price A melhor relação custo-benefício

Mais adiante, no guia de compras, nós entraremos em mais detalhes sobre estes aspectos para ajudá-lo a tomar sua decisão final.

O que você pode fazer com um processador de alimentos?

É verdade que nós já mostramos os diferentes usos que você pode dar ao seu processador de alimentos. Agora você vai descobrir como você pode realmente tirar o máximo proveito disso. Nós revisamos seus principais usos, mas continuamos voltando à mesma idéia: suas funções dependem do modelo particular que você adquiriu:

  • Trituração. Dependendo do modelo, ele terá mais ou menos potência, mas a verdade é que qualquer processador de alimentos triturará a maioria dos alimentos. Você deve ter em mente que ele não só tem o liquidificador principal, mas também outros liquidificadores adicionais que lhe dão usos extras.
  • Emulsificando. Alguns modelos permitem que você emulsifique. Uma função da qual você vai tirar muito proveito ao preparar molhos, maionese ou gaspacho.
  • Cortando. Você pode picar carne ou peixe para fazer um hambúrguer. Você também pode moer nozes para um bolo ou frutas congeladas para fazer um slushie. Estas são apenas algumas idéias.
  • Chicoteamento. Você pode bater os ovos, bater as claras de ovo em picos rígidos ou fazer deliciosos milkshakes. Tudo sem esforço e sem fazer tanta bagunça como se você estivesse fazendo isso à mão ou com um liquidificador tradicional.
  • Grade. Você não precisa mais ralar queijo ou cenoura à mão, você pode fazer isso facilmente com este aparelho.
  • Fatiamento. Você será capaz de fatiar diferentes tipos de alimentos sem que você ou seus dedos corram qualquer tipo de perigo.
  • Amassar. Com sua opção de amassar, você pode preparar pratos como pizzas, tortas, quiches e outros pratos similares. Você fará isso sem esforço e com resultados excepcionais.
  • Espremendo. Muitos processadores de alimentos têm acessórios para espremer diferentes frutas cítricas. Você obterá muito mais de cada peça do que se você o fizesse manualmente, sem mencionar a economia de tempo e energia.
  • Mistura. Seguindo o ponto anterior, com seu acessório misturador você será capaz de preparar sucos de frutas e vegetais deliciosos - e saudáveis.

Qual é a origem do processador de alimentos?

Como na maioria das invenções, a idéia nasceu da necessidade. Foi porque teve origem com um vendedor de uma empresa de catering, Pierre Verdun, que notou quanto tempo as pessoas passavam picando, picando, misturando ou misturando ingredientes.

Especialmente em grandes restaurantes, onde cozinheiros e seus assistentes tinham que preparar comida para centenas de pessoas todos os dias. Com este pensamento em mente, o executivo trabalhou em um dispositivo que se chamava Robot-Coupe.

Tornou-se um sucesso no país vizinho nos anos 60.

À luz deste primeiro processador, outros modelos se seguiram. Eles passaram de ser projetados apenas para uso profissional, para serem usados em casa. Ela evoluiu, dando lugar ao processador de alimentos de que estamos falando, mas também a outros mais complexos. Não há mais desculpas: os aparelhos facilitam a preparação de pratos deliciosos, a oportunidade perfeita para os entusiastas da culinária levarem ao fogão.

Quais são os benefícios dos processadores de alimentos?

Aqui estão as principais vantagens e desvantagens dos processadores de alimentos:

Vantagens
  • Eles ajudam a economizar tempo
  • permitem que você faça alimentos de melhor qualidade
  • ajudam a otimizar seu espaço de cozinha
Desvantagens
  • Nem todos os processadores de alimentos oferecem as mesmas funções

[/kb_faq]

Critérios de compra

Em uma tabela anterior, mostramos o que você deve considerar ao comprar um produto de Agora é hora de olhar todos esses pontos com mais detalhes:

Capacidade da tigela

É importante que você considere a capacidade da tigela do modelo que você está comprando. Sua escolha dependerá de diferentes fatores, sendo um deles o número de membros da família. Você também pode usá-lo para fins profissionais, por exemplo, se você for um caterer, restaurante ou escola de culinária. Nestes casos você precisa procurar a maior capacidade possível.

Energia

Quanto mais o aparelho tiver, melhor ele fará seu trabalho. Deve ter pelo menos 600 W. Tenha em mente que quanto menor a potência, mais lento ele irá funcionar. Se você comprou uma máquina para economizar tempo, não se esqueça deste ponto.

Lembre-se de que um processador com pouco poder pode acabar aquecendo demais e isto pode ser perigoso.

Design

Você encontrará modelos diferentes no mercado. É verdade que, quando se trata de tomar sua decisão final, a estética pode ser importante, especialmente se ela for visível. Mas seu tamanho será ainda mais importante, para que possa ser armazenada sem problemas.

Em alguns casos, a própria máquina incorpora uma gaveta para armazenar seus acessórios. Se você optar por um modelo deste tipo, o armazenamento será mais fácil. Preste também atenção à qualidade dos materiais. Um produto de baixa qualidade durará menos tempo e será sempre um problema a longo prazo.

Segurança

Um processador de alimentos tem um alto poder de corte. Ele tem lâminas diferentes que são muito afiadas. Verifique se o aparelho está de acordo com todos os regulamentos legais atuais. Deve incorporar medidas de segurança que impeçam o acesso às lâminas enquanto estiver funcionando.

Acessórios

Você pode pensar que quanto mais acessórios incluir, melhor. Mas você também deve pensar que quanto mais elementos ele tiver, mais caro ele será, ou pelo menos isso seria normal. Verifique se ele tem aqueles elementos que você realmente precisa.

Funcionalidade

Você deve considerar o que você pode fazer com o processador de alimentos e como é fácil fazer isso. Se ele tem muitas funções mas é difícil de usar, acabará esquecido em um armário.

Verifique se as funções mais usadas: iniciar, parar e mudar de velocidade, são muito acessíveis.

Preço

Há processadores de alimentos muito baratos e outros que são mais caros. A coisa mais importante a considerar é a relação custo-benefício. Se for muito barato, você deve se perguntar se ele será realmente útil. Por outro lado, se for muito caro, você terá que verificar se vale o preço que você vai pagar.

Uma maneira de calcular o preço é levando em conta a marca, as características que ela oferece, a qualidade dos componentes e o número de acessórios.

Resumo

Um processador de alimentos é uma ferramenta que pode ajudá-lo a tornar o cozimento mais fácil, mais rápido e mais simples. Ele permite que você prepare todos os tipos de pratos e você também pode criar novos pratos ou terminar os antigos.

Você poderá fazer melhor uso dos alimentos e conseguir melhores apresentações. Um processador de alimentos substitui quase todos os pequenos eletrodomésticos que você tem em sua cozinha. Desta forma você economiza dinheiro, mas acima de tudo espaço. Você encontrará diferentes modelos e preços no mercado.

É essencial que você analise suas principais características a fim de fazer uma boa compra. Não se esqueça de todas as recomendações que você descobriu neste artigo, elas irão ajudá-lo a encontrar o melhor processador de alimentos para você.

(Fonte da imagem em destaque: Dmytro Titov: / 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas