cachorro comendo

Hoje em dia é difícil encontrar alguém que não goste de cachorro. Estas fofuras tem um papel muito importante na nossa vida, pois dão tudo o que podem sem pedir nada em troca. Precisam apenas de passeios, carinhos, consultas veterinárias e, claro, uma boa ração para cachorro, adaptada para suas necessidades.

Hoje fizemos um guia sobre isso, alimentação para o seu companheiro. Devemos verificar critérios básicos como a raça do cachorro, idade, estado físico, estilo de vida, entre outros. Mas, agora, vejamos o que é mais importante sobre a ração para o seu cachorro.

O mais importante

  • Nem todas as rações para cachorro possuem a mesma qualidade. Por exemplo, existem marcas Premium (alta qualidade, mais caras e compostas por ingredientes qualificados), regulares (com ingredientes de qualidade inferior) e genéricas (geralmente vendidas a granel ou em supermercados). Daremos mais detalhes ao longo deste guia.
  • A alimentação e a saúde do seu cachorro andam de mãos dadas: quanto mais você investir (não estamos falando apenas de dinheiro) na sua ração, melhor será sua saúde. Se você vacilar neste âmbito, seu cachorro poderá ter muitos problemas, tanto a curto como a longo prazo.
  • Embora não exista apenas as rações secas (existe também a ração úmida), neste guia falaremos apenas do primeiro tipo, pois na nossa opinião, é a que melhor se adapta a todos os tipos de raças. Se você tiver dúvidas sobre a alimentação do seu cachorro, consulte o médico veterinário.

Os melhores tipos de ração de cachorro do mercado: Nossas escolhas

Você ganhou um cachorro? Decidiu adotar um animal abandonado? Sabemos que com uma boa companhia, ele estará muito mais feliz! Para isso, você precisará levá-lo para passear, dar carinho e também cuidar da sua saúde. Qual a melhor forma de prevenir doenças que não seja com a alimentação? Acompanhe:

Opção de alta qualidade para adultos pequenos

A ração Premiatta para adultos vem numa embalagem de 7,5kg com opção também de 3kg, sabor frango. Diminui o volume e odor das fezes, melhora a saúde dental, sem conservantes e com proteínas nobres de alta qualidade. Ajuda também as articulações e, por conter baixo nível de sódio, é ideal para o coração.

Uma ótima opção para seu cachorro

A ração para cães adultos de porte médio da Royal Canin está disponível em embalagens de 2,5kg e 15kg. Auxilia na digestão e no sistema imunológico do cão, com a quantidade adequada de fibras e proteínas e fornecimento completo de antioxidantes e probióticos.

A opção para os cães filhotes

Esta opção da Premier é indicada para filhotes pequenos que ficam, na maior parte do tempo, dentro de casa. Disponível numa embalagem de 12kg. Possui os nutrientes essenciais para este tipo de cão. É um alimento completo e balanceado, ajuda a manter uma pelagem bonita e saudável. Com ingredientes de alta qualidade, tem um sabor agradável.

Ótima opção em custo benefício

A ração da Pedigree para cães adultos é uma refeição completa e balanceada, sem aromas artificiais, com grãos integrais e alto teor de proteína. Disponível numa embalagem de 1kg. Com suculentos pedaços macios no sabor carne.

Guia de compras: Tudo que você precisa saber sobre ração para cachorro

Chegou a hora de responder as perguntas que, em geral, todos os donos de cachorro fazem. Vamos enfatizar as dúvidas mais frequentes, oferencendo dicas adequadas e detalhando tudo o que você precisa saber para alimentar seu cachorro de forma adequada, o que resultará numa maior felicidade do seu cachorro e maior expectativa de vida.

alimentando um cachorro

Algumas raças de cachorro são seriamente afetadas por mudanças a sua volta ou no comportamento dos seus donos. (Fonte: Jaromír Chalabala: 60225334 / 123rf.com)

O que é a ração para cachorro e quais suas vantagens?

É um alimento seco que, em geral, vem em formato de bolinhas pequenas. A intenção é cobrir as necessidades alimentares dos nossos amigos peludos para manter uma boa saúde, tanto física quanto mental. E isso tem muito a ver com o tipo de ração que você dará ao cachorro, já que existem três principais.

  • Ração Premium: É a de maior qualidade, portanto, geralmente é mais cara. Pense que, se você investir em uma boa alimentação, seu cachorro terá uma melhor digestão. A consequência será: menos gases, maior qualidade das fezes, melhor saúde e ficará saciado por mais tempo.
  • Ração Regular: Geralmente é mais comum, por ter um valor mais em conta. De qualquer forma, e ainda que nem todos os produtos dessa categoria sejam de má qualidade, é um pouco difícil encontrar um equilíbrio entre custo-benefício.
  • Ração Genérica: Geralmente é vendida em supermercados. Muitas vezes vendidos a granel ou sem marca definida, possuem ingredientes de má qualidade (geralmente adicionam cereais, o que engorda muito os cachorros), o que pode ser notado em sua saúde digestiva.

A ração seca é a mais comum, com melhor preço, fácil armazenamento e alta duração. Também contém mais nutrientes e é mais equilibrada que as outras alternativas. Observe a tabela abaixo onde você poderá ver as vantagens e desvantagens deste tipo de ração para cachorro.

Vantagens
  • Mais econômica
  • Remove o tártaro
  • Não deixa sujeiras
  • Dura mais tempo
  • Fácil de dosar a quantidade
  • Melhor digestão (principalmente em rações premium ou de alta qualidade)
Desvantagens
  • Muito seca, então seu cachorro precisará constantemente de água
  • As vezes é difícil encontrar uma ração com sabor agradável
  • Pode ser enjoativa

Quais os tipos de ração para cachorro?

Além de diferenciar os tipos de ração seca, também é necessário observar outra tipologia. Existem também as rações úmidas, que iremos ver mais alguns detalhes.

Quando nos referimos a alimentação dos nossos cachorros, não podemos ignorar o fato de que existem diferentes tipo de ração. O segredo de uma dieta equilibrada e rica em nutrientes está em saber combinar diferentes tipos de alimentos, porque seu cão irá apreciar essa variedade. Imagine ter que comer somente arroz e feijão todos os dias, com certeza uma hora você vai cansar.

Tipos de ração Características
Seca É o produto mais vendido. Geralmente tem a melhor qualidade de ingredientes. É o pilar básico de uma alimentação saudável.
Úmida Vem em embalagens com água e ração úmida. Pode manchar o recipiente, que deve ser constantemente lavado.

O que é melhor: a ração seca ou úmida?

Sempre vai depender muito da marca. Sem querer desmerecer, e sabendo que cada marca foca seus produtos para determinadas necessidades e bolsos (a úmida pode ser mais cara que a seca), a qualidade da ração úmida será determinante para escolher de forma responsável qual a melhor para seu cachorro.

A seguir, apresentaremos as vantagens e desvantagens da ração úmida:

Vantagens Desvantagens
Hidratação extra Não pode ficar disponível no pote muito tempo, pois estraga rápido
Bons produtos fornecem um alimento de qualidade e com bom equilíbrio nutricional Pode causar tártaro e obesidade, porque os cachorros tendem a comer maior quantidade e de forma mais rápida por ser mais saboroso
Uma boa opção para cachorros com alergias ou idosos 

Qual a quantidade de ração adequada para o meu filhote?

Se sua cadela acabou de ter uma ninhada ou você adquiriu um filhote, sabe que suas necessidades alimentares são bem diferentes a de um cachorro adulto. Porém, a medida que vão crescendo, devemos adaptar sua alimentação, para que a introdução dos alimentos de adulta seja boa. Observe a tabela abaixo, para que fique mais claro:

Idade do filhote Necessidades alimentares
Até 8 semanas Leite materno.

A partir da terceira semana pode ser oferecida ração molhada, para que seja mais fácil de assimilar.

Na sexta semana pode começar a introduzir a ração para cachorro, além do leite materno.

De 2 a 3 meses Comem 4 vezes ao dia. Se for uma raça pequena (como o Chihuahua), melhor 5 vezes.

É necessário comprar uma ração para cachorro de qualidade. Em caso de dúvidas, consulte o veterinário.

De 3 a 6 meses Reduza a frequência de alimentação para 3 vezes ao dia, pois já estará acostumado.
De 6 meses a 1 ano Agora seu cachorro deve comer 2 vezes ao dia.

Qual a quantidade de ração de cachorro ideal por dia?

Isso depende de muitos fatores, já que devemos levar em conta a idade do seu cachorro, raça, tamanho, condição física, sua saúde (eles não comem da mesma forma se estiverem doentes), se é uma cadela prenha, entre outras especificações.

De toda forma, por regra geral, deve-se considerar uma porcentagem entre 2 e 3% do peso do seu cachorro.

Deste modo, pesando seu cachorro (que é recomendado fazer pelo menos uma vez ao mês, para não haver problemas com sobrepeso ou magreza excessiva) e calculando os 3% desse valor, você saberá qual quantidade de ração oferecer.

De qualquer forma, quase todas as embalagens de ração para cachorro incluem uma tabela orientativa, detalhando a quantidade e frequência necessárias.

Como dar ração para o meu cachorro com excesso de peso?

Antes de mais nada, você deve ter certeza deste problema. Para isso, você deve apalpar a área lateral do seu cachorro. Se você conseguir sentir as costelas, significa que seu animal de estimação está saudável.

Se, ao tocar, você não notar os ossos, você precisará ajudar seu cachorro a perder peso. Isso pode acontecer deixando de dar comida toda vez que o cachorro pede (muitos donos oferecem sua própria comida ao cão).

Isso não é o melhor a ser feito já que, por exemplo, as massas, possuem alto nível de carboidrato, que se transformam em açúcar e faz o cachorro acumular gordura. Por isso é necessário descartar esse costume e substituí-lo por melhores hábitos alimentares.

Os cachorros precisam comer no seu tempo e manter uma rotina saudável, além de se alimentarem apenas com a própria comida.

foco

Você sabia que a “impressão digital” do cachorro vem do seu nariz?

Meu cachorro não engorda, que ração para cachorros dar?

Neste caso, o problema não é que o cachorro coma muito ou coma mal, mas na verdade não está recebendo os nutrientes necessários ou a quantidade que seu organismo exige. Isso pode acontecer porque ele não gosta da ração que você está oferecendo ou também pode ser algum problema como vermes ou bactérias. Não adianta tentar forçá-lo a comer.

Pode ser que não seja este o motivo, mas sim problemas psicológicos, como o nervosismo. Existem algumas raças de cachorro que são seriamente afetadas por mudanças a sua volta ou no comportamento do seu dono. Se conseguir acalmá-lo, ele pode voltar ao normal.

ração de cachorro

Se você escolher alimentos compostos por prebióticos, estará oferecendo ao seu animal de estimação alimento para as bactérias boas do intestino grosso. (Fonte: Phana Sitti: 63687978 / 123rf.com)

Se for este o caso, recomendamos que você invista em rações de qualidade Premium, já que possuem inúmeros benefícios para a saúde (melhora na digestão e maior absorção de nutrientes). É necessário uma ração com 23% de proteína, além de uma com melhor sabor. Para isso, misture a ração seca com uma lata de ração úmida.

Critérios de compra

Chegou a hora da verdade: o que você precisa saber ao comprar ração para cachorro? Detalharemos aqui alguns critérios para você considerar, e não se perder entre tantos produtos, ingredientes e marcas. Alimentar seu cachorro de forma correta pode não ser tão simples, mas se você estiver interessado, poderá escolher o melhor produto.

Ingredientes

A primeira coisa a verificar ao escolher um pacote de ração para cachorro é a lista de ingredientes. Você sabe que isso é determinante para seu cachorro porque a composição impactará diretamente na saúde em geral, tanto física quanto mental. Na lista abaixo veja os principais nutrientes, ordenados de maior a menor porcentagem:

  • Proteína: Componente básico na dieta canina (benéfica para os músculos, ossos e sistema imunológico), assim a ração escolhida deve conter uma alta porcentagem. Também podemos classificar os diferentes tipos de proteínas de carne.
  • Cordeiro: Um dos alimentos mais apetitosos para cães, com ingestão calórica e protéica considerável. Também torna as fezes mais consistentes (principalmente em animais com problemas digestivos).
  • Frango: Ajuda a manter os músculos fortes e saudáveis.
  • Salmão: Proteína de fácil adaptação, além de favorecer a saúde dos pelos e da pele. Este tipo de peixe é benéfico para os dentes e ossos.
  • Gorduras: Também conhecidas como lipídios ou óleos, são fundamentais numa dieta canina equilibrada. São responsáveis por fornecer um sabor agradável a ração e dar energia. Também mantém a temperatura corporal e ajudam nos movimentos musculares e dos órgãos.
  • Carboidratos: São açúcares e sacarídeos que, junto com as gorduras, fornecem energia. É importante oferecer ao seu cachorro cereais pré-digeridos, por seu curto sistema digestivo. Se você não levar isso em conta, o organismo do seu cão não conseguirá digerir bem a ração, podendo causar diarréia e gases.

Vitaminas

As vitaminas são componentes exigidos na alimentação diária do seu cachorro. Por exemplo, a vitamina B é responsável em mater o pelo forte e sedoso. Se este nutriente faltar, pode causar problemas no sistema reprodutor, nervoso, imunológico, entre outros.

Portanto, vitaminas e minerais são absolutamente necessários. Você deve escolher uma ração com vitamina A, B, C, D, E e K, o que será antioxidante para seu cão, regulará o cálcio e fósforo (minerais importantes para os ossos), proteção antibacteriana e melhor na visão, entre outros benefícios.

Roger CarasFotógrafo

“Cães não são nossa vida inteira, mas eles fazem nossas vidas inteiras.”

Defesas do organismo

Os cachorros também ficam doentes às vezes, por isso é sempre melhor prevenir, escolhendo alimentos que garantam proteção aos peludos. O sistema imunológico oferece defesas contra bactérias, fungos, parasitas e vírus. Se essas defesas não fazem seu trabalho, deve haver algum motivo.

Mudanças bruscas de temperatura, estresse prolongado, contaminação ou deficiência nutricional podem ser causas prováveis do enfraquecimento das defesas do seu cachorro. Os nutrientes ideais para solucionar este problema são, entre outros, Ômega 3, vitaminas E e C, taurina e luteína. Este conjunto de nutrientes evita a liberação excessiva de radicais livres.

cães comendo

Os cachorros precisam comer sempre na mesma hora e manter uma rotina. (Fonte: Damedeeso: 42304648 / 123rf.com)

Prebióticos

Prebióticos são fibras de origem vegetal não digeridas pelo intestino delgado e estimulam o crescimento de bactérias benéficas para o intestino. São o alimento natural dos probióticos (bactérias vivas boas para o trato digestivo). Diferente destes, os prebióticos não são vivos, podendo resistir a mudanças de temperatura.

Portanto, ao invés de ingerir bactérias, se você escolher rações compostas por prebióticos estará oferecendo ao seu cachorro um alimento para as bactérias boas do intestino. Também reduz inflamações, além de aumentar a absorção de nutrientes no organismo do seu cachorro.

comida de cachorro natural

O segredo de uma dieta equilibrada e rica em nutrientes consiste em saber combinar diferentes tipos de ração. (Fonte: Monika Wisniewska: 58817622 / 123rf.com)

Resumo

Comprar a ração para seu cachorro não é besteira. Ainda que muitos supermercados queiram vender qualquer produto e nós, movidos por interesses econômicos, cedemos a tentação, podemos estar prejudicando nosso animal de estimação. Por isso, é importante conhecer sobre a alimentação para os cachorros.

Se você seguir nossas dicas de alimentação e nutrição, conseguirá fazer o que é certo. Sabemos que um animal exige tempo, porque seu trabalho como dono não é apenas e levá-lo passear, fazer carinho e servir água e ração, mas também cuidar da sua saúde. Lembre-se: a saúde começa sempre pela boca.

Chegamos ao fim deste guia completo sobre ração para cachorro. Esperamos que tenha gostado, se sim, compartilhe em suas redes sociais e comente logo abaixo. Até a próxima!

(Fonte da imagem destacada: Jaromír Chalabala: 26746497 / 123rf.com)

Why you can trust us?

Bianca de Moura Formada em Veterinária
Bianca herdou a paixão pelos animais de seu pai, que também é veterinário. O amor pelos bichinhos é tanto que, hoje, ela divide seu tempo entre atender em clínicas particulares e ajudar ONGs que resgatam cães abandonados. Além disso, ainda encontra tempo para conversar, na internet, com pessoas que dividem com ela esse amor pelos pets.
Curiosa por natureza e apaixonada por viagens, ama estar por dentro das novidades que podem facilitar e tornar mais alegre o dia a dia das pessoas. No Guia55, escreve e adapta artigos para auxiliar suas decisões de compra.