Unir duas peças de metal ou madeira pode ser uma questão de apenas alguns segundos. Um rebitador de porca pode ser a ferramenta que você necessita e que te ajudará com qualquer tarefa de rebite profissional ou doméstica. O rebitador porca pode facilmente substituir o martelo e facilita a união do alumínio com outros materiais de menor densidade.

Se você está buscando um utensílio para deixar a dobradiça de sua porta firme e sólida, um rebitador porca é a solução. Nesse artigo, trataremos de explicar tudo o que precisa saber sobre essas ferramentas, os tipos que existem, suas funções e ainda listaremos para você os melhores modelos do mercado para que faça uma boa escolha.

O mais importante

  • O rebitador porca serve para colocar um rebite rosqueado em materiais de pouca profundidade, sem importar suas densidades. Esses rebites são utilizados para colocar um parafuso quando o material não é largo o suficiente.
  • Existem diferentes tipos de rebites de porcas. Eles se diferenciam em suas medidas (M de milímetros). O M representa o diâmetro da broca utilizada para fazer o furo que será colocado o rebite.
  • O rebite de porca geralmente possui bocais e mandris que são responsáveis por adaptarem a ferramenta às diferentes medidas de rebites presentes no mercado. O mais comum é que possuam mandris móveis entre M3 e M12 e uma chave multifunção para suas trocas.

Ranking: O melhor rebitador porca do mercado

O rebite de porca é uma ferramenta muito útil, simples de ser utilizada e econômica. Certamente não pode faltar em sua casa ou em sua oficina, pois, é uma solução rápida para unir qualquer tipo de material. A fim de facilitar sua compra, investigamos o mercado e selecionamos os cinco melhores rebites de porca para lhes apresentar.

1º – Rebitador Porca Irwin 1887142

Esse modelo da Irwin é ideal para aqueles amantes da bricolagem que querem investir em um ótimo custo-benefício e até mesmo para profissionais que desejam a praticidade de um rebitador manual. Contando com uma incrível cabeça que gira 360 graus e possuindo 4 bicos removíveis, essa ferramenta é capaz de se ajustar às mais diferentes situações para realizar o seu trabalho.

Embora seja muito flexível, seu corpo em liga de alumínio de alta resistência e suas castanhas internas em aço Cromo-Molibdênio, demonstram que a fabricação utiliza produtos de qualidade.

2º – Yangui Rebitador Porca Pneumático

A Yangui é uma das fabricantes que produz rebitadores voltados mais para o público profissional e dentre eles estão os modelos pneumáticos. Apesar de ser um item mais caro e precisar também de um compressor de ar para ser operado, ele entrega um trabalho de ótima qualidade, rápido e eficiente para grandes logísticas.

Utilizando-se de um compressor de 90 PSI, uma rotação de 2.500 RPM e pesando pouco mais de 1 kg, esse rebitador é uma verdadeira máquina robusta e compacta. Além disso, seu bico é M6 (indicado para trabalhos de funilaria), mas também é adaptável com bicos adicionais M3/M4/M5/M6/M8, se transformando em uma peça extremamente completa.

3º – Rebitador Porca Irwin R500

Uma outra forma muito interessante de rebitador porca é do tipo sanfona e esse modelo da Irwin, com seu corpo em liga de alumínio e área da sanfona produzida em aço de alta performance, acerta em cheio na sua perfeita fabricação.

A marca ainda inclui trava de segurança para evitar acidentes com a sanfona, cabeça regulável e incríveis 5 diferentes bicos ajustáveis para cada tipo de ação. Além disso, é preciso notar que como a sanfona se retrai, o equipamento é bastante flexível e fácil de ser guardado.

4º – Noll Rebitador Porca de Troca Rápida

Se existem vários formatos de rebitadores, também existem uma boa variedade de marcas e a Noll é uma das muitas que resolveram focar no rebitador de troca rápida. Esse modelo não possui 4 ou 5 bicos removíveis como os outros, mas sim apenas um principal que é regulável para 4 medidas diferentes de rebites, por isso é chamado de troca rápida.

Além de otimizar tempo de trabalho, esse item conta com recipiente para coleta automática de sobra de haste e demonstra toda sua robustez e qualidade de peças em seus 4 kg de peso.

5º – Rebitar Porca Vonder RM 244

Caso você esteja em busca apenas de um ótimo rebitador porca manual para uso caseiro, mais barato e de qualidade, talvez deva olhar com bastante atenção para esse tipo alicate da Vonder. Feito para aqueles que querem um item de entrada, de uso esporádico e duradouro, o RM 244 é um excelente item para fechar essa lista.

Embora seja um item mais básico, seu corpo é todo de aço estampado, possui 4 diferentes bicos ajustáveis e uma ótima ergonomia no movimento de pinça das alças. Utilizando-se de rebites de alumínio, é indicado para unir tubos, chapas, perfis e muito mais.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre rebitador porca

O rebitador porca é uma ferramenta pequena, confortável e prática, ideal para todos os amantes da bricolagem, mas também para uma ampla variedade de profissionais. Nas oficinas mecânicas e carpintarias não se pode faltar esse tipo de utensílio. Portanto, foi para que você, finalmente, entenda o que são e como funcionam, que esse Guia de Compras foi elaborado.

Imagem de pessoa utilizando rebitador porca.

Se você pensa em trabalhar com rebites de medidas M5 ou superiores, busque um modelo de uma sólida fabricação. (Fonte: Neculai Carmen: 13711313 / 123rf.com)

O que é um rebitador porca?

O rebite porca é uma ferramenta composta. Assim como um rebite tradicional, ele também é uma ferramenta fabricada para unir materiais. Esse método de fixação, utilizando rebites, é o mais antigo conhecido pela humanidade e também um dos mais simples. Nesse serviço, o rebitador porca faz a função de roscador.

Normalmente, possui uma forma de pinça, com um bocal (móvel ou não) e longas alças onde você precisa exercer pressão com as próprias mãos para pregar o rebite. São ferramentas muito utilizadas em todo o mundo e em uma grande variedade de trabalhos. Sua maior desvantagem é que, por serem manuais, se tornam cansativas, pois, precisam que se faça muita força.

Como é feito um rebitador porca?

Como já foi explicado anteriormente nesse artigo, o rebitador porca é uma ferramenta composta, pois, é o resultado da união de diferentes utensílios simples. Embora existam diferentes tipos de rebites, foi selecionado o rebitador porca manual como modelo para ser conversado e explorado nessa lista.

Antes de passar para a constituição da ferramenta, é preciso explicar que, assim como as furadeiras e suas brocas, os rebitadores permitem que sejam trocados seus bocais e que sejam inseridos vários tamanhos de parafusos. No caso desses equipamentos, os tamanhos são categorizados em M (de milímetros) e coincidem com a espessura da broca com que foi feito o furo.

A seguir, será apresentado para você as partes que compõem um rebitador porca:

  • Parafuso imobilizador;
  • Haste e alicate;
  • Bocal e contraporca;
  • Ejetor ou botão, para desenroscar o bocal do rebite roscado;
  • Alças para pressão, normalmente são recobertas por algum material ergonômico como borracha ou plástico;
  • Chave para ajustar as peças.

Para que serve o rebitador porca ou de rosca?

Para todos aqueles que não estão muito por dentro da bricolagem, a melhor forma de explicar para que servem os rebitadores de porcas é mediante exemplo. Suponha que você possui uma superfície de metal, um tubo, por exemplo, que não é muito grande e que você deseja unir outros objetos por parafusos, mas o tubo é bastante fino.

É exatamente nesse tipo de caso que o rebitador porca é utilizado. Assim, depois de ter feito um furo no tubo, coloca-se uma porca através do rebitador e logo após é inserido um parafuso. Resumindo: essa ferramenta permite que se rosqueie um parafuso em materiais extremamente finos. É como uma broca que se coloca na parede para conseguir parafusar e fixar um quadro no local.

Abraham MaslowPsicólogo dos EUA

“Se a única ferramenta que você possui é um martelo, tudo que está a sua volta parece um prego.”

Quais tipos de rebitador porca existem?

Nesse caso, o mercado não dispõe de tantas variedades de modelos como se fosse o rebitador porca tradicional. Entretanto, assim como o tradicional, existem diferentes designs e tipos de rebitadores de porcas feitos exatamente para cada uma das especifidades de uso da ferramenta. A seguir, você vai encontrar uma tabela com os mais diferentes tipos de rebitador porca:

Tipo Uso Características
Rebitador manual Oficinas, carpintaria e bricolagem São os mais comuns e mais vendidos. Podem ser feitos: com alça tradicional, sanfonada ou alça grande
Rebitador pneumático Usos industriais Funcionam com ar comprimido. Ideais para trabalhos duros, devido sua grande potência. Existem os de tipo C, estilo prensa
Industrial de coluna Linhas de montagem Máquina muito especializada. Pesado, em torno de 100 kg. Automático, de grande potência e rapidez
Pneumático de bancada Processos automáticos e linhas de montagem Podem ser colocados sobre superfícies horizontais para trabalhar. Potente

Como utilizar um rebitador porca?

No geral, usar um rebitador porca é uma tarefa muito simples. Os processos de rebite manual não possuem grandes dificuldades. O grande problema, com os manuais, é que precisam de um grande esforço físico que, em alguns casos, principalmente em tarefas mais prolongadas, pode acabar sendo extremamente irritante.

A seguir, será explicado, passo a passo, como deve ser utilizado um rebitador porca:

  1. A primeira coisa que você deve fazer é revisar o rebitador e seus rebites, certifique-se que possui em mãos todos os elementos necessários;
  2. Revise os parafusos e brocas que irá utilizar, tenha certeza que dispõe de todas as medidas que irá utilizar;
  3. Assegure-se de que todas as peças que irá unir estejam perfuradas pela broca de tamanho correta. Caso ainda não, você deve fazer primeiro esse procedimento;
  4. Escolha um bocal de tamanho adequado e um tubo apto para seu rebitador;
  5. Enrosque o tubo na ferramenta e depois coloque o bocal de pressão;
  6. Uma vez feito o furo, enrosque a porca sobre o bocal e insira no orifício para a vedação;
  7. Depois de pronto, aperte a ferramenta até que o rebite fique vedado;
  8. Uma vez feito, desenrosque girando a haste superior até que o bocal quebre e a porca se fixe na lâmina;
  9. Depois de colocada, a peça fica pronta para receber o parafuso de mesmo calibre correspondente;
  10. Depois de finalizada a tarefa, limpe bem a ferramenta e a guarde novamente na caixa.

O que significa rebitar?

Rebitar é uma técnica mecânica de fixação. Embora, às vezes, seja difícil de crer, é o método de união de peças mais econômico que existe. Nesse caso, as uniões entre as peças são fixas e para retirá-las é necessário um outro tipo de serviço.

É uma técnica extremamente flexível, pois, a fixação é realizada colocando-se um rebite em um furo e fixando-o manualmente com a ferramenta.

Imagem de caixa de ferramentas.

O rebitar é o método de união mais econômico que existe. (Fonte: Vladimir Zhupanenko: 82403715 / 123rf.com)

Quando escolher entre um tipo ou outro de rebite porca?

Como você pode imaginar, da mesma forma que existe uma grande variedade de rebitadores de porca, também há de rebites. Esses itens são classificados em diferentes categorias e cada uma delas possui um propósito concreto. Para que você entenda que tipo de rebite é o melhor para cada caso, acompanhe a tabela abaixo:

Tipo de rebite Usos Características
Rebite de golpe Para unir materiais grossos ou pesado Em uma só peça. São aplicados com um martelo e não com um rebitador
Rebites cegos Bricolagem, montagens mecânicas e carpintaria Os mais utilizados hoje em dia. São formados por um grande tubo cilíndrico. São chamados assim porque não necessitam que a outra extremidade seja alcançada para se fixar
Rebites tubulares ou de porca Para inserir parafusos em peças finas de metal ou madeira São muito utilizados em montagens de móveis
De alumínio, lacados e anodizados Para materiais metálicos Muito utilizados em oficinas mecânicas e em linhas de fabricação em cadeia
De aço e cobre Os feitos de aço são para aplicações onde se requer grande resistência mecânica. Os de cobre são mais indicados para latão ou o próprio cobre
De aço inoxidável Especialmente utilizados em construções marítimas

O que é um rebite porca?

O rebite porca é um fecho mecânico que assegura uma forte fixação de uma chapa fina com outros materiais que apresentam muito pouco ou nenhum espaço em suas partes traseiras. Eles podem ser utilizados para rebitar diferentes junções, permitindo que fixe uma outra peça com um parafuso ou prego.

Qual a utilidade de um rebite porca?

O rebite porca é usado em todo tipo de chapas metálicas de pouca espessura. Não importa a densidade do material. Esses tipos de porcas rebitadoras evitam a necessidade das marteladas e da solda, possibilitando o trabalho com porcas e parafusos. Portanto, é uma solução espetacular para espaços pequenos, remotos e que só se pode trabalhar através de um de seus lados.

Na próxima tabela é possível entender mais sobre as aplicações de um rebite de porca:

Usos Setores
Construção de armários

Perfil de janelas e portas

Instalação e fabricação de ar condicionado

Instalação de painéis solares

Fechamentos metálicos

Trilhos

Piscinas

Pés niveladores

Suportes de fiação

Instalação de tubos e calefação

Aeroespacial

Automotivo

Eletrodomésticos

Eletrônica

Mobiliário metálico

Ferroviário

Telecomunicações

Alimentação

Produtos químicos

Iluminação

Marinho

Submarinos

Medicina

Pasta e papel

Qual é a vantagem de utilizar o rebitador porca?

Como já foi explicado em seções anteriores desse artigo, o rebitador é a forma de união mais antiga, simples e econômica que existe no mercado. Fixar duas peças de metal, madeira ou plástico com um rebitador porca é muito simples. Sua maior desvantagem é que essa fixação é praticamente para sempre. Entretanto, existem muitas outras vantagens:

  • Proporciona uma forte fixação em uma chapa fina;
  • Instalação cega muito simples (por um só lado);
  • Tempo rápido de montagem;
  • Custo de montagem reduzido: instalação simples com um só movimento de mãos;
  • Evita danificar a superfície da peça (banhada ou pintada previamente);
  • Custo de instalação reduzido; não são necessárias ferramentas caras;
  • Trabalha com fixações bem justas e seguras;
  • Não deforma as peças;
  • Trava de segurança após a aplicação;
  • Adequado para repetidas montagens e desmontagens.

Critérios de Compra

Agora que você já sabe muito bem o que é um rebitador porca, entende seus componentes, funcionamentos e tudo o mais que tem a ver com o mundo dos rebites, é preciso compreender melhor o que diferencia uma boa de uma má ferramenta. Na próxima parte do artigo você ficará por dentro dos Critérios de Compra que deve prestar atenção para escolher a melhor ferramenta possível:

  • Materiais
  • Acessórios
  • Tipo
  • Bicos e mandris
  • Tamanho e peso
  • Design
  • Utilidade

Materiais

Os materiais utilizados na fabricação são responsáveis por marcar a linha da diferença entre um rebitador porca duradouro para aquele que quebrará logo no primeiro uso. Os modelos mais econômicos geralmente são fabricados com materiais de pouca qualidade. Embora sejam ferramentas aptas para trabalhos domésticos de bricolagem, não durarão muito tempo caso os utilize em materiais resistentes.

Se você pensa em trabalhar com rebites de medidas M5 ou superiores, busque um modelo de fabricação mais sólida. O melhor é que você escolha um rebitador de aço ou de liga de alumínio, ideal para suportar trabalhos prolongados. As alças devem ser de borracha ou plástico, permitindo uma pinça firme e suave para que exerça pressão sem machucar a mão.

Benjamín FranklinCientista e inventor dos EUA

“A oxidação por falta de uso gasta muito mais a ferramenta do que o próprio uso no trabalho.”

Acessórios

A maioria dos rebitadores de porca possui uma confortável maleta que os acompanha. Essas oferecem uma grande variedade de rebites de porca e normalmente levam junto dezenas de rebites entre medidas M3 e M12. Essas maletas são ideais para trabalhos domésticos, entretanto, não são tão indicadas para uso profissional.

Um acessório indispensável em qualquer rebitador porca são os mandris e os bocais. A opção de mudar o bocal e adaptá-lo aos mais distintos tipos de rebites é muito necessária, pois, se não for assim você acabará sendo obrigado a comprar outros rebitadores só para realizar cada específico trabalho. Ou seja, isso é inviável!

Tipo

Como mostrado na seção do Guia de Compras, existem diferentes tipos de rebitador porca. O rebitador manual, o tradicional e o alicate são ideais para trabalhos caseiros e bricolagem. Os manuais de tipo alicate, com alças grandes, também funcionam bem em demandas profissionais, pois, permitem ficar sob bastante força.

Se você está buscando um rebitador porca para uma oficina de carpintaria, o melhor é que pesquise modelos elétricos ou pneumáticos. Essas ferramentas te permitem trabalhar de forma mais cômoda, rápida e sem se cansar muito. Porém, também são mais caras e precisam de um compressor de ar para funcionar.

Arrumando peça com rebitador.

Um rebitador de aço ou de liga de alumínio suporta melhor trabalhos prolongados. (Fonte: Neculai Carmen: 13711303 / 123rf.com)

Bicos e mandris

A maioria dos rebitadores de porca dispõem de bicos removíveis ou ajustáveis. Esse acessório te permite trabalhar com rebites de diferentes tamanhos. Normalmente, também possuem uma chave multissistema feita exatamente para mudar os bicos, mas também já existem ferramentas que possuem sistemas de ajustes automáticos, não necessitando de nenhuma ferramenta anexa.

Os bicos devem ser da melhor qualidade, pois, recebem muita pressão durante o trabalho. Certifique-se que são construídos corretamente, fabricados em materiais resistentes como o aço e que, além disso, tenham algum tipo de tratamento reforçado e proteção contra corrosão.

Tamanho e peso

O rebitador porca de mão geralmente possui tamanho e peso reduzidos. É preciso ser assim porque você certamente o utilizará com apenas uma das mãos. Se forem muito pesados, trabalhar com eles seria difícil e muito cansativo. Preste atenção nas mais diversas opiniões e avaliações de outros compradores, caso eles relatem que certa peça é pesada, considere não comprá-la.

Porém, você também não deve escolher um rebitador muito leve, já que esse fator pode ser um sinal da utilização de materiais frágeis. Resumindo: você deve escolher uma ferramenta que seja cômoda. Novamente, fique atento no que diz outros compradores. Para rebitador tipo alicate, o peso não é tão importante, pois, trabalha-se com as duas mãos.

Design

O rebitador porca tradicional possui um design compacto, com uma cabeça e alças bem próximas. É fabricado assim para ser utilizado apenas com uma mão e, se não estiver acostumado a isso, pode se tornar um trabalho incômodo. As de tipo alicate possuem duas alças grandes e um bocal com espaço suficiente para guardar os rebites.

No que diz respeito ao design, é importante que a máquina possua uma alça ergonômica e confortável. O revestimento deve se adaptar à mão e ser suave, evitando que a ferramenta escorregue. Os rebitadores pneumáticos geralmente possuem forma de pistola, com um gatilho que realiza todo o trabalho e com um pequeno tanque para os rebites e o ar comprimido.

Imagem de ferramentas sobre mesa.

É importante que escolha bem o material do rebitador que vai comprar. (Fonte: Pawelproc: 38619755 / 123rf.com)

Utilidade

O rebitador porca é uma ferramenta muito utilizada em trabalhos de união e fixação de materiais. Ao contrário de alguns outros utensílios, não possuem nenhum outro tipo de uso a não ser para aqueles para que foram projetados. Entretanto, o rebitador é a forma mais barata e simples de se unir duas peças de metal, resultando em uma fixação confiável e definitiva.

No caso do rebitador porca, é utilizado para trabalhos mecânicos, de carpintaria, construção e bricolagem. Ultimamente, muitas pessoas estão o utilizando no processo de adaptação de antigos carros grandes (furgão, caminhonete, van) em motorhomes ou “casas sobre rodas”. Por causa da portabilidade desse material, ele se torna essencial nesse tipo de prática de viajantes e de aventureiros que buscam acampar nos mais diversos locais.

Resumo

Ao contrário do que geralmente se acredita, os melhores rebitadores de porca não precisam estar só em uma oficina. Você também pode ter um em casa, já que são ferramentas muito úteis, confortáveis e simples. Os rebitadores se converteram em uma peça essencial para qualquer amante da bricolagem que se preze, pois, se pode fazer de tudo com eles.

Antes de escolher um rebitador porca dentre as centenas de modelos do mercado, você deve considerar tudo o que foi dito no artigo. Fatores como os materiais que pretende trabalhar, a qualidades da fabricação da ferramenta, a opção de conseguir trocar os bicos e a forma de rebitar, tudo é importante em sua decisão.

Se gostou do artigo, deixe um comentário ou compartilhe com seus amigos e familiares para que eles também encontrem o melhor rebitador porca do mercado.

(Fonte da imagem destacada: Pawelproc: 38619752 / 123rf.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
26 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...