Blocos de madeira empilhados com desenhos que representam: carro, avião, casa, saúde, dinheiro e família
Ultima atualização: 13 de maio de 2021

Seja muito bem-vindo ao nosso portal! Neste artigo nós vamos abordar um assunto que muitas vezes é deixado de lado pela maioria dos brasileiros, o seguro de vida. Você sabia que ele pode ser essencial para a sua família?

Se você veio até aqui, é porque já parou para pensar nisso pelo menos uma vez. Não é mesmo? Mas será que o seguro de vida vale a pena? Para quem ele é recomendado?

É normal surgirem dúvidas em um assunto como esse. Foi por isso que preparamos um material que esclarecer tudo para você. Quer saber mais a respeito? Basta continuar a leitura!




O mais importante

  • Qualquer pessoa pode fazer um seguro de vida.
  • O seguro de vida não cobre apenas casos de morte. Entram na lista diversas situações como: doenças graves que precisam de tratamento e acidentes que impossibilitam o trabalho no momento.
  • Qualquer pessoa pode ser a beneficiária de um seguro de vida, não é necessário que sejam os familiares.

Seguro de vida: nossa recomendação dos melhores produtos

Selecionamos com muito cuidado as melhores opções em seguro de vida do mercado. Veja quais são:

Guia de compra: o que você precisa saber sobre seguro de vida

A verdade é que os brasileiros, muitas vezes, não realizam nem o seguro do próprio carro. Quem faz, acaba fazendo apenas esse. Seguro residencial? A maioria não faz. E o seguro de vida, então? Acabam também não fazendo.

É preciso entender a importância de um seguro de vida e porque você precisa fazer um para você e sua família o quanto antes. Você sabia que ele não serve apenas para casos de morte?

No entanto, qual tipo de seguro escolher? Para quem um seguro de vida é recomendado? Existe idade máxima ou idade mínima?

Essas e outras dúvidas você tira a partir de agora com o nosso Guia de Contratação! Preparamos um material exclusivo para você poder escolher o seguro de vida ideal!

to de uma família com mãe, pai e filha de mãos dadas na praia

Com um seguro de vida, a sua família fica protegida financeiramente caso alguma tragédia aconteça. (Fonte: Natalya Zaritskaya/ Unsplash.com)

O que é um seguro de vida?

O seguro de vida nada mais é do que um contrato feito para garantir um suporte financeiro ao beneficiário do seguro. Ou seja, um valor pré-determinado é pago caso algo aconteça com o segurado.

Não estamos falando necessariamente de morte, ein? Existem seguros de vida dos mais variados tipos (em breve nós vamos falar sobre eles).

Na hora de escolher um seguro de vida, é importante estar atento a todos os detalhes! Por exemplo: se você é casado, vale muito mais a pena você contratar um seguro que tenha a extensão de cobertura para morte e acidente do cônjuge. Sai muito mais em conta do que dois seguros individuais.

Por que ter um seguro de vida é importante?

Saiba que é extremamente vantajoso possuir um seguro de vida. Enquanto muita gente pensa que contratar um seguro de vida é jogar dinheiro fora, nós vamos te mostrar que na verdade ele é um investimento.

Nós vamos te mostrar as vantagens a partir de agora:

  • Vantagem financeira para a família: Caso algo aconteça com você, sua família não vai precisar se preocupar com as finanças. O seguro vai garantir a qualidade de vida por um tempo.
  • Tranquilidade para você: Nada pior do que imaginar que caso aconteça algo com você, sua família pode ficar desamparada, não é mesmo? Com a contratação de um bom seguro de vida você não terá essa preocupação. Isso significa uma preocupação a menos no dia a dia.
  • Qualidade de vida em caso de acidente ou doença: Como afirmamos anteriormente, o seguro de vida não é exclusivo para quando o segurado venha a falecer. Um dos principais benefícios do seguro é o de garantir a indenização em caso de invalidez total ou parcial causada por acidente ou doença.

Existem alguns seguros que podem cobrir até despesas médico-hospitalares e odontológicas.

Existe um limite máximo ou mínimo de idade para poder contratar um seguro de vida?

Vai depender do caso e de seguradora para seguradora. Geralmente o limite para contratar um plano é o de 65 anos. Quando falamos em limite mínimo de seguro de vida, é bem difícil você entrar seguros oferecidos para menores de 14 anos.

Confira uma lista das profissões que normalmente são reprovadas ao solicitar um seguro, por serem consideradas de alto risco:

  • Garimpeiro;
  • Monitor ou instrutor de menores infratores;
  • Motoqueiro;
  • Motorista de transporte de cargas;
  • Piloto automobilístico;
  • Pintor de edifícios sem equipamento de segurança adequado;
  • Trabalhador em plataformas petrolíferas;
  • Aposentado por invalidez.

O que um seguro de vida cobre?

Essa é uma dúvida bastante comum. Por isso logo abaixo você verá uma lista com as coberturas de seguro de vida mais comuns oferecidas pelas corretoras.

É importante ressaltar que é possível misturar os diferentes tipos de cobertura oferecidos. Dessa forma você obtém um seguro ideal para você e sua família.

Dica: não se esqueça de ler atentamente as cláusulas do contrato. Elas podem mudar de seguradora para seguradora.

Veja agora a nossa lista:

  • Morte por acidente
  •  Morte natural
  •  Invalidez Permanente – por Acidente Majorada/ total ou parcial por Acidente / total por acidente
  •  Doenças graves
  •  Diárias de Incapacidade Temporária
  •  Diárias por Internação Hospitalar

Foto de uma mão segurando uma planta representando a vida

Leia sempre as cláusulas apresentadas. Elas costumam mudar de seguradora para seguradora.
Fonte: Ravi Roshan/ unsplash.com

Critérios de Contratação: Como comparar os seguros de vida disponíveis no mercado

É difícil afirmar que exista o melhor seguro de vida do mercado. O que realmente existe é o melhor seguro de vida feito para você, de acordo com suas necessidades e condições financeiras.

Mas como escolher o seguro de vida ideal? O que analisar na hora da compra? Fique tranquilo, a partir de agora nós vamos te mostrar critérios de contratação essenciais que devem ser analisados na hora da escolha. Confira!

Tipos de seguro

O seguro de vida ideal é aquele que você mais se identifica. Conheça os tipos de seguro geralmente oferecidos e veja qual deles se encaixa em sua necessidade:

  • Resgatável. Nessa opção de seguro, o contratado escolhe um período mínimo de carência que vai pagar pelo seguro. Após esse prazo, o valor pago até o momento pode ser recolhido. Acaba sendo uma opção de investimento forçada. Ela é atrelada as mesmas proteções de um seguro de vida tradicional, só que você pode resgatar caso assim deseje.
  • Individual. O nome já diz tudo né? Esse tipo de seguro cobre uma única pessoa. Ou seja, caso algo aconteça com ela, o seguro pode ser acionado.
  • Familiar. Ideal para quem deseja estender a cobertura para o cônjuge, filhos e outros familiares. Essa opção geralmente vale muito mais a pena do que vários individuais para a família.
  • Em grupo. Excelente opção para empresários contratarem para seus funcionários. Nesse caso, eles estão resguardados caso algo aconteça durante o trabalho.

Tipos de cobertura

Os tipos de cobertura que você escolher podem representar uma diferença significativa no valor mensal a ser pago.

Por isso é importante você entender o que realmente necessita.

Quais os seus medos? Contrair uma doença e necessitar de tratamento? Sofrer um acidente e ficar impossibilitado de trabalhar? Possui familiares que dependem de você e quer deixá-los confortáveis em caso de algum imprevisto com você?

Entenda qual o seu perfil e o da sua família para escolher os tipos de cobertura a serem contratados.

Orçamento familiar

O valor mensal do seu seguro não pode de forma alguma comprometer as finanças da sua família.

Quanto mais velho for o segurado, mais caro será o valor da apólice.

Geralmente eles são bem baratos. Quanto mais velho for o segurado, mais caro será o valor da apólice.

Lembre-se de que é o seguro de vida que vai pagar por um tempo todos os gastos da sua família. Então, desde que ele não comprometa suas contas no fim do mês, escolha um que tenha um excelente retorno aos beneficiários. Nesse caso, o seguro de vida acaba sendo um investimento.

Indenização

Um dos critérios mais importantes para se levar em conta: quanto o seguro irá pagar de indenização? Os valores costumam girar entre R$15 mil e R$600mil. Dependendo o caso, os seguros de vida podem chegar a milhões de reais.

No entanto, quanto mais a apólice pagar, mais cara ela será, obviamente.

Resumo

Muito mais do que uma precaução, um investimento! A contratação de um seguro de vida é um item essencial para você e sua família.

Lembre-se: eles são necessários pois não cobrem apenas os casos de morte. Incluem também outras fatalidades como, doenças graves e acidentes de trabalho.

Esperamos que este artigo tenha lhe ajudado a entender como escolher o seguro de vida ideal para você.

Fique à vontade para acessar nosso Guia e encontrar mais artigos do seu interesse. Até mais!

(Fonte da imagem destacada: Jakub Jirsák/ 123rf.com)

Resenhas