Publicado: 11 de dezembro de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

19Horas investidas

5Estudos avaliados

57Comentários coletados

Quem é que não gosta de olhar pela janela e ver um gramado verdinho e cheio de vida? E aquela tão sonhada plantação de hortaliças no fundo do quintal, então? Apesar de prazerosa, essa atividade requer cuidados constantes, sobretudo para manter a terra sempre com a umidade adequada. Para tanto, adotar um sistema de irrigação pode ser uma ótima opção.

Ao contrário do que muitos imaginam, contar com esse apoio na jardinagem é muito simples. No mercado, há opções para todos os tamanhos de hortas e jardins. E, se você tem dúvidas sobre como esse sistema pode ajudar a manter suas plantas mais saudáveis, siga conosco. Ao longo deste artigo vamos falar mais sobre essa forma de cuidar do cultivo.




O mais importante

  • No mercado é possível encontrar os mais distintos modelos de sistema de irrigação. Cada um deles é desenvolvido especialmente de acordo com a área a ser irrigada, o nível de automatização e os complementos que se deseja instalar.
  • Todos os tipos de sistema de irrigação, até mesmo os mais simples, podem ser operados por meio de um temporizador. Com ele, você pode programar o intervalo entre as regas e manter tudo funcionando mesmo quando estiver ausente.
  • Com um bom sistema de irrigação e um temporizador é provável que você diminua até 25% do consumo de água. Esse é um ponto a se considerar no momento da compra. Veremos outros aspectos importantes ao longo deste guia.

Os melhores sistemas de irrigação do mercado: nossas recomendações

Escolher um sistema de irrigação pode não ser tão complicado quanto parece. Se você tiver clareza sobre a amplitude da área e suas necessidades de rega, fica mais simples definir os componentes essenciais. Para auxiliar neste momento, separamos alguns dos produtos mais vendidos atualmente. Confira:

O sistema de irrigação para jardins domésticos

Fácil de montar, esse kit foi desenvolvido exclusivamente para os cuidados com jardins domésticos. Por isso, tem sistema simplificado que você vai conseguir ativar com rapidez e agilidade.

Todas as peças desse conjunto tem tratamento UV, que as torna ainda mais resistentes e duráveis. O kit pode, ainda, ser incrementado com um temporizador para um sistema de rega programado, para tornar sua rotina de cuidados com o jardim ainda mais cômoda.

O sistema de irrigação ideal para pequenos espaços

Esse irrigador é a peça que faltava para manter o seu jardim sempre verdinho e bem cuidado. Conectado diretamente à mangueira, ele é ideal para áreas pequenas, com um alcance de até 6 metros de diâmetro.

Confeccionado em plástico ABS de alta resistência e com proteção contra a ação do tempo, ele é acionado pela pressão da água e promove a irrigação circular. Suas pontas arredondadas não causam estrago ao jardim.

Um kit para sistema de irrigação suspenso

Esse kit proporciona um eficiente sistema de irrigação e climatização, podendo ser um auxiliar no resfriamento de plantações, hortas e jardins. A mangueira possui 10 metros de extensão, com 10 bicos pulverizadores que distribuem a névoa de água uniformemente pelo espaço.

O kit vem acompanhado por conector para torneiras e braçadeiras para prender a mangueira em locais suspensos ou verticais. Assim, é possível instalar seu sistema de irrigação no alto de estufas, por exemplo.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre o sistema de irrigação

O primeiro grande benefício de um sistema de irrigação é te deixar livre da tarefa diária de regar o jardim. Além disso, ele ainda proporciona economia de água. Como são muitos modelos e recursos, é normal que você tenha dúvidas. Por isso, criamos uma seção para responder às principais questões sobre o sistema de irrigação. Acompanhe.

gardener

O temporizador pode ser adaptado a qualquer sistema de irrigação.
(Fonte: Kachmar: 104849773/ 123rf.com)

O que é um sistema de irrigação?

A principal função de um sistema de irrigação é regular a distribuição da água nas áreas cultivadas. Ele pode ser um circuito hidráulico, movido com a pressão da água, ou elétrico, usando um temporizador para definir o fluxo de aspersão sobre as plantas.

Em locais pequenos, como jardins domésticos ou pequenas hortas e estufas, o sistema de irrigação pode ser ligado diretamente na torneira e realizar um excelente trabalho de rega, com economia de água e sem que você precise dedicar tempo ou esforço manual.

Os sistemas de irrigação automatizados permitem interromper a irrigação em época de chuva, por exemplo. A vantagem da maioria deles é que, quando reativados, não necessitam de nova programação de ciclos e horários, pois mantêm a configuração anterior.

Quais os tipos de sistemas de irrigação?

Para escolher o sistema de irrigação ideal para o seu jardim, é fundamental conhecer os principais tipos existentes. Com essas informações, fica mais claro qual o irrigador mais adequado para cada caso.

Sendo assim, preparamos uma lista com os diferentes tipos de sistema de irrigação. Aqui, você poderá conferir as principais características que ajudarão a basear sua decisão de compra:

Tipo de sistema de irrigação Características
 Irrigador de aspersão Geralmente é fixo

Muito fácil de instalar
Depende da pressão da água na rede de abastecimento
Ideal para áreas pequenas
Costuma ter duas conexões: uma para receber a água e outra para dar prosseguimento ao fluxo para outros irrigadores do sistema

Circuito hidráulico, ativado com a abertura da torneira

Sistema com temporizador eletrônico Funciona mediante corrente elétrica ou à pilha
Pode determinar o fluxo de irrigação de sistemas de todos os tamanhos, já que controla o momento em que a água é liberada
Adaptável a distintos sistemas de irrigação
Ideal para áreas internas e externas
Sistema de mangueira Funciona conectado à torneira
Geralmente conta com 1 aspersor a cada metro
Não há limite de distância, pois a água vai circular por toda a mangueira, quanto mais pressão, melhor
 Sistema de irrigação por gotejamento Sistema hidráulico, geralmente feito por meio de mangueiras
A água cai na superfície em gotas, por ação da gravidade
Permite grande economia de água
Não é possível utilizar programação
Ideal para hortas e estufas

Qual é o sistema de irrigação ideal?

Agora que você conhece os diferentes tipos de sistema de irrigação, deve estar se perguntando sobre qual deles é o mais adequado para o seu jardim... Essa resposta depende de vários fatores. O primeiro diz respeito à área a ser irrigada e o tipo de rega necessária.

Se o espaço for grande, será preciso um sistema mais extenso. Neste caso a mangueira com aspersores pode ser a melhor indicação. Já para hortaliças e estufas, o sistema por gotejamento é o mais adotado. Assim, para escolher bem, é importante ter em mente suas necessidades.

Quais as vantagens de um sistema de irrigação?

A principal vantagem, além de facilitar a sua tarefa de manter os jardins sempre regados, é a economia de água proporcionada por um sistema de irrigação. Com aspersão mais distribuída, tanto o tempo quanto a quantidade de água serão muito menores.

Elaboramos uma lista com alguns dos principais benefícios do uso de um sistema de irrigação em suas plantações:

  • Facilita sua rotina, evitando o trabalho diário de regar as plantas;
  • Há uma grande variedade de modelos com diferentes formas de irrigação, para todos os tipos de plantações e para todos os orçamentos;
  • Pode ser usado em áreas internas e externas;
  • Permite economia de espaço e garante praticidade, por dispensar o manejo diário de mangueira para a irrigação manual;
  • Proporciona uma grande economia de água;
  • Promove a rega uniforme de toda a extensão do jardim por contar com aspersores que distribuem a água de forma equilibrada;
  • Alguns modelos contam com sensores de umidade, para ativar o sistema de irrigação quando é detectada falta de água no solo;
  • É simples de montar e instalar. No caso dos temporizadores, a programação também é bastante simples e intuitiva.

No mercado é possível encontrar diferentes modelos, em função da extensão, tipo de funcionamento e complementos desejados. (Fonte: Neto: 42004476/ 123rf.com)

É preciso ter uma torneira de alta pressão?

Para alguns modelos de sistema de irrigação, a pressão da água é fundamental. Geralmente, o fabricante traz essa informação na descrição do produto. O ideal é que você tenha uma pressão de água sempre um pouco superior à indicada para o sistema adquirido.

A pressão da água é um fator determinante na escolha do sistema.

Já os sistemas de gotejamento, por exemplo, podem ser conectados a uma torneira de fluxo comum, diretamente da rede de abastecimento. Isso porque ele funciona com a ação da gravidade, que faz com que a água escoe por pequenos furos feitos ao longo da mangueira.

Como instalar um sistema de irrigação?

O nível de dificuldade na instalação do sistema de irrigação varia de acordo com a complexidade do modelo escolhido. Para os sistemas hidráulicos, por exemplo, basta conectar a mangueira a uma torneira para começar a funcionar.

Já nos modelos eletrônicos ou digitais, o processo de instalação passa pela configuração do temporizador. Nestes casos, boa parte dos sistemas é dotada de um painel fácil de manusear e configurar.

Com temporizadores e um sistema de irrigação eficiente, costume-se economizar até 25% do consumo de água. (Fonte: Garcia: 81876661/ 123rf.com)

Como utilizar o sistema de irrigação com mais eficiência?

Sim, a ideia é que ele faça o serviço de irrigação e você não precise se preocupar com isso. Certamente, o sistema de irrigação vai fazer com que sua tarefa diária seja reduzida, mas ainda assim, será preciso ter atenção a alguns pontos para garantir a rega correta e eficaz:

  • É melhor regar as plantas nas primeiras horas do dia e no fim da tarde, depois do por-do-sol. Nos verão, é melhor fazer a irrigação a noite. Assim, você evitará que a água evapore antes de penetrar no solo e atingir as raízes;
  • Revisar periodicamente os canos, mangueiras e conexões é importante para aumentar a vida útil do seu sistema de irrigação. Dessa forma, você evita vazamentos;
  • Regular frequentemente os aspersores de água ajuda a mantê-los distribuindo a irrigação de maneira uniforme, garantindo a economia de água e a eficiência do sistema.

Critérios de compra

A este ponto da leitura, você já sabe tudo sobre o funcionamento de um bom sistema de irrigação e qual tipo é o mais indicado para sua casa. No entanto, antes de finalizar sua compra, temos algumas dicas de compra. Avaliar esses critérios é fundamental para ter a certeza de estar comprando o produto mais adequado para as suas expectativas.

Funções

Ao escolher um sistema de irrigação, é importante analisar as funções de cada modelo e aquelas que, de fato, são relevantes para a manutenção do seu jardim. Sistemas mais sofisticados certamente contarão com mais funcionalidades, mas nem sempre elas serão necessárias.

Algumas plantações, como a de frutas e hortaliças, se dão melhor com sistemas simples, como os de gotejamento. Apesar de não permitir programar a frequência da irrigação, ele é o ideal pois fornece uma irrigação constante com pouco consumo de água.

Modelos com sensores, por exemplo, são úteis para quem não consegue monitorar a umidade do solo com frequência. Se você gosta — e pode! — cuidar das suas plantas diariamente, vai perceber quando elas precisarem de mais água.

backyard irrigation system

O sistema de irrigação com temporizador permite interromper a atividade em época de chuva, sem a necessidade de voltar a programá-lo quando for reativado. (Fonte: Akz: 38442056/ 123rf.com)

Programação

A instalação de temporizadores no seu sistema de irrigação vai se mostrar necessária de acordo com o seu modo de vida e a sua disponibilidade de tempo. Além disso, se você costuma esquecer de acionar o sistema de irrigação, programar essa tarefa é uma boa ideia.

O temporizador é essencial para programar a irrigação.

Ao optar por um sistema de irrigação digital, você poderá programar os dias, o horário e, até mesmo, a frequência e duração de cada sessão de aspersão da água. Os modelos mais avançados permitem, ainda, setorizar regiões para receberem irrigação em momentos distintos.

Zonas de irrigação

Dependendo do tipo de cultivo e da extensão da área plantada, você vai precisar optar por um sistema com uma ou mais zonas de irrigação. Se vai usar o equipamento em uma horta ou jardim pequeno, por exemplo, basta escolher um sistema com apenas uma zona.

Já para os espaços como grandes jardins ou pomares, é mais indicado escolher um sistema de irrigação com várias zonas independentes. Dessa forma, você poderá programar diferentes ciclos de rega, dependendo das necessidades de cada tipo de planta.

Sistema de irrigação

Acessórios

Muitos sistemas já são vendidos com kits de acessórios.

Normalmente, quando se compra um sistema de irrigação por gotejamento, ele já vem acompanhado por tudo o que é necessário para sua instalação, montagem e funcionamento. Mesmo que escolha outro modelo, procure por fabricantes que vendem packs de acessórios.

A maioria dos sistemas de irrigação mais modernos costumam sair de fábrica com as baterias e bicos para instalação em torneiras. Os mais sofisticados, operados digitalmente, normalmente têm os kits de acessórios vendidos em separado.

Antes de comprar, vale verificar se os complementos são facilmente encontrados no comércio. Mesmo que o kit inicial já acompanhe o produto, é importante ter a certeza de que vai encontrar as peças para comprar caso seja necessário substituí-las.

Design

O design de um sistema de irrigação costuma ser muito simples. As válvulas de gotejamento, por exemplo, geralmente são constituídas por uma mangueira grossa à qual são adicionados uma série de bicos ajustáveis por onde flui a água na quantidade ideal para cada tipo de planta.

Mesmo os sistemas mais complexos, de modo geral, tem projetos simples e priorizam o menor contato possível com as plantas, como cuidado para não agredi-las ou prejudicar o crescimento. O design, portanto, interfere muito pouco no aspecto do seu jardim, sem prejuízo estético.

O modelos de irrigação por aspersores, sobretudo os chamados modelo esguicho, também são projetados com pontas arredondadas e estacas delicadas. Trata-se, também, de uma preocupação para não machucar o solo e estragar o gramado do jardim, por exemplo.

backyard

A instalação do sistema de irrigação pode ser mais ou menos complexa, de acordo com a amplitude da rede e o tipo de sistema utilizado. (Fonte: Sosnovyy: 30305433/ 123rf.com)

Resumo

Contar com um bom sistema de irrigação como aliado para manter o jardim sempre bem cuidado, com menos trabalho e preocupação, não é exclusividade dos espaços grandes e cinematográficos, não! Mesmo quem tem uma pequena horta no quintal ou uma estufa de flores em casa pode contar com essa comodidade e, assim desfrutar de plantas saudáveis o ano todo.

Para ajudar a escolher o sistema ideal para a irrigação do seu jardim, apresentamos informações sobre o funcionamento desses equipamentos, os principais tipos de irrigadores e quais os mais adequados para cada tipo de cultivo. Alertamos, ainda, sobre os critérios que devem ser avaliados antes da compra, para uma escolha que garanta um gramado sempre verdinho, sem custos exagerados e com o menor trabalho possível.

Esperamos que você tenha gostado deste artigo e se anime a compartilhar com outras pessoas que também procuram soluções para um jardim mais bonito. Obrigado e até logo!

(Fonte da imagen destacada: Павленко: 89114109/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Resenhas