splitter HDMI
Ultima atualização: 11 de dezembro de 2020

Como escolhemos

8Produtos analisados

21Horas investidas

8Estudos avaliados

54Comentários coletados

Os cabos HDMI (High Definition Multimedia Inteface) se tornaram a forma mais comum e eficaz para transmissão de áudio e vídeo digital. Atualmente, dispositivos que vão desde os consoles de videogame até os computadores e Smart TVs, utilizam esse tipo de conexão. Por isso, contar com um splitter HDMI pode ser essencial para conseguir conectar todos os seus eletrônicos.

Este acessório garante que nunca falte uma porta disponível para receber os sinais de mais um dispositivo. Assim, promove conectividade total, sempre com alta qualidade. Se você ainda não conhece bem este recurso, fique com a gente. A partir de agora, vamos falar mais sobre o splitter e suas funcionalidades, com dicas de uso e orientações para a escolha do melhor aparelho de 2021.




O mais importante

  • O splitter HDMI permite a divisão do sinal de entrada em várias saídas. Com isso, ele torna possível a reprodução, de forma simultânea, em várias telas.
  • A diferença entre um splitter HDMI e um switch HDMI é que o primeiro divide uma entrada em várias saídas e o segundo permite conectar várias entradas a uma única tela.
  • Na hora de comprar o seu splitter HDMI, uma dica é levar em conta alguns critérios como o número de saídas, a resolução suportada e a compatibilidade com deferentes versões HDMI.

Os melhores splitters HDMI do mercado: nossas recomendações

A seguir, apresentamos uma seleção com os melhores modelos de splitter HDMI disponíveis no mercado. Assim, esperamos facilitar a sua busca pelo dispositivo ideal. Todos os aparelhos desta lista estão entre os mais vendidos e bem avaliados por compradores on-line. Confira:

O splitter HDMI com quatro saídas

De forma rápida e simples, este splitter HDMI permite replicar o sinal do seu DVD, BluRay ou computador em até quatro telas simultaneamente.

Isso porque este dispositivo da Multilaser conta com quatro saídas de vídeo e tem operação simples e intuitiva: basta conectar os cabos ao aparelho e plugar nos aparelhos para os quais deseja enviar o sinal para começar a reproduzir a mesma imagem em todas as telas.

O splitter HDMI com suporte 3D

Este é um splitter de duas saídas HDMI. Assim, ele distribui a entrada HDMI em duas saídas idênticas, que são sincronizadas e amplificadas. Além de poder ser utilizado em cascata (uso de dois ou mais divisores para criar mais saídas HDMI), ele tem suporte para tecnologia 3D.

Compatível com qualquer aplicação HDMI, ele mantém a resolução de vídeo da entrada e pode reproduzir desde 480 até 1080p, com faixa de frequência de 225 MHz.

O splitter HDMI 4K com switcher integrado

Nesse momento, o produto selecionado não está disponível no fornecedor. Por isso, o substituímos por outro com características similares. Para relatar um problema.

Das Problem mit diesem Produkt wurde gemeldet. Danke!

O Matrix HDMI 4 x 2 transmite em resolução 4K e é indicado para conectar diversos aparelhos com interface HDMI 1.4 e 2.0. Com ele, você pode controlar qual dispositivo será mostrado na entrada e na saída, através de um controle remoto multifuncional.

O aparelho possui ainda duas saídas de áudio independentes para fone de ouvido e duas saídas ópticas digitais para home theater e TV, que podem ser alternadas para você escolher qual aparelho terá a imagem transmitida para qualquer uma das duas saídas.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre o splitter HDMI

Apesar de ainda ser pouco conhecido para a boa parte das pessoas, o splitter HDMI tem se mostrado cada vez mais necessário. Por isso, destacamos esta seção para falar sobre as funcionalidades e as vantagens de contar com este dispositivo em casa. Assim, não faltará informação na hora de escolher o seu preferido.

splitter HDMI

O splitter HDMI permite dividir um sinal de entrada em várias saídas para reproduzir o mesmo conteúdo, simultaneamente, em mais de uma tela. (Fonte: Amikishiyev: 102839725/ 123rf.com)

O que é, exatamente, um splitter HDMI?

Em inglês, split significa divisão. Essa definição já explica, em certa medida, a função deste dispositivo. O splitter HDMI serve para dividir um sinal de áudio e vídeo e replicá-lo em várias saídas.

Assim, ele recebe o sinal de um único aparelho de reprodução (que pode ser um computador, um videogame ou um leitor de DVD) e emite este sinal para diversas telas ao mesmo tempo.

Este aparelho pode ser dividido basicamente em dois tipos: os passivos e os ativos. Os primeiros não utilizam alimentação elétrica e são menos comuns. Já os ativos, são conectados à rede elétrica e costumam oferecer melhores resultados em definição de imagem e som.

Qual a diferença entre um splitter HDMI e um switch HDMI?

O splitter HDMI é o aparelho que permite dividir ou duplicar o sinal de uma única fonte, gerando a possibilidade de que ele seja reproduzido em vários monitores ao mesmo tempo. Para tanto, ele conta com uma única entrada e várias saídas.

O switch, por outro lado, tem função exatamente oposta. Ele é capaz de receber o sinal de vários dispositivos (computador, videogame, TV digital, reprodutor multimídia) e unificá-los para reprodução em um mesmo aparelho, normalmente a TV.

O splitter HDMI é muito utilizado no trabalho. É cada vez maior o número de profissionais que trabalha com o sinal do computador dividido em dois ou mais monitores.

Quais as vantagens e desvantagens de um splitter HDMI?

O splitter HDMI é indispensável para quem deseja dividir o sinal para reprodução em vários dispositivos. Esta é, sem dúvida, a maior vantagem deste aparelho. No entanto, não é a única!

Na tabela abaixo mostramos uma série de pontos positivos e, ainda, alguns inconvenientes quando se fala em splitter HDMI:

Vantagens
  • Permite a conexão com várias telas ao mesmo tempo
  • Não resulta em perda de qualidade do sinal
  • O preço é muito acessível
  • É fácil de instalar e usar
  • Não há perda de resolução da imagem
  • Tem tamanho reduzido, o que não atrapalha o uso de outros aparelhos
Desvantagens
  • Com exceção de alguns modelos de duas saídas, precisa estar conectado à energia elétrica para funcionar

Para quem o splitter HDMI é recomendado?

Se você normalmente precisa conectar vários monitores ao mesmo computador, console de jogos, reprodutor de Blu-Ray ou qualquer outro dispositivo semelhante, o splitter HDMI é ideal para o seu dia a dia.

Neste sentido, é possível perceber que ele é essencial não apenas para recreação, mas para uso em atividades profissionais, comerciais e até mesmo na organização de eventos, como competições esportivas ou torneios de jogos.

Nestes casos, o uso do splitter permite que várias telas sejam conectadas ao mesmo console, para que dois competidores joguem simultaneamente em telas diferentes.

Também é muito usado comercialmente, para a transmissão simultânea de vídeos institucionais nas dependências de uma empresa, por exemplo.

splitter HDMI

A diferença entre o splitter HDMI e o switch HDMI é que o primeiro divide uma entrada em várias saídas e o segundo permite conectar várias entradas em uma saída. (Fonte: Shinji: 4656224578/ Flickr.com)

Quais os principais tipos de conectores HDMI?

Atualmente, existem três tipos de conectores HDMI: o padrão, o mini e o micro HDMI. Cada um deles pode ser conectado normalmente a um splitter, desde que tenha uma das extremidades do cabo em HDMI padrão.

A seguir, explicamos em que dispositivos cada um deles é mais comum:

Padrão tipo A: É o mais comum e o utilizado por consoles de videogame, televisores e praticamente todos os aparelhos de grande ou médio porte.

Mini HDMI ou HDMI tipo C: Seu tamanho é mais compacto e, embora seja semelhante ao tipo A, ele é que é muito mais plano. É o tipo de saída usada nas câmeras de vídeo.

Micro HDMI ou HDMI tipo D: É ainda menor, que o tipo C e tem aparência muito semelhante à de um conector microUSB. É muito usado em câmeras.

Critérios de compra

Diante de tanta informação, você certamente já se sente pronto para clicar em "comprar" e começar a utilizar este recurso no seu dia a dia. No entanto, recomendamos que passe mais alguns minutos com a gente. A partir de agora, vamos mostrar os fatores que podem ser decisivos na hora da compra. Veja cada um deles:

Número de saídas

Pode parecer muito lógico, mas às vezes este ponto merece ainda mais atenção. Esta deve ser a primeira coisa que você deve levar em consideração na hora da compra. Os splitters mais comuns são os de uma entrada e duas saídas.

No entanto, será que duas saídas serão suficientes para a sua necessidade? Quantas telas você pretende conectar de uma só vez? E se precisar aumentar este número? São questões simples, mas que valem uma reflexão.

Em algumas situações, pode valer a pena optar por um aparelho com quatro ou mais saídas, mesmo que, a princípio, você não vá usar todas elas. Afinal, nunca se sabe quando pode aparecer uma tela a mais para receber seus conteúdos!

splitter HDMI

O splitter HDMI permite dividir ou duplicar o sinal de uma única fonte para que ele possa ser reproduzido por várias telas. (Fonte: Wavemovies: 93719295/ 123rf.com)

Resoluções suportadas

Além de considerar as resoluções que o splitter suporta, é importante que você também verifique a frequência da transmissão. Assim, no caso da resolução 4K, por exemplo, a maioria dos dispositivos tem uma taxa de atualização máxima de 30 Hz.

Se, no entanto, você deseja reproduzir conteúdo em 4K a 60 Hz, não vai conseguir fazer isso com um modelo básico de splitter HDMI. Neste caso, vai precisar de muita pesquisa e, possivelmente, um investimento maior.

Outro ponto a se levar em consideração é o comprimento do cabo HDMI conectado. Isso porque este fator também tem influência considerável sobre a manutenção da qualidade do sinal.

Muitos aparelhos, apesar de compatíveis com a tecnologia 4K, só são capazes de transmitir com essa resolução através de cabos com pequeno comprimento.

Áudio compatível

Considerando que o splitter será utilizado para a transmissão tanto de vídeo quanto de áudio digital, é preciso comprovar os formatos de som que o dispositivo escolhido suporta.

Por isso, antes de comprar, fique atento a este aspecto. Na lista a seguir você pode conhecer os formatos mais populares:

  • LPCM;
  • Dolby-AC3;
  • DTS 7.1;
  • DSD;
  • Dolby TrueHD;
  • DTS-HD master audio.

Compatibilidade com versões HDMI

Há pouco falamos sobre as diferenças nos padrões físicos das entradas HDMI. Além disso, existem diferentes versões deste tipo de conexão. Cada uma delas, com melhorias em relação às versões anteriores.

Nossa recomendação é para que você opte por um splitter HDMI que seja compatível, pelo menos, com a versão 1.4 — e nunca abaixo dela —. Para ilustrar, deixamos uma breve descrição de cada versão:

  • HDMI 1.0: Foi a primeira versão a aparecer. Permite transmitir conteúdo em resolução Full HD a 60 Hz;
  • HDMI 1.1: Semelhante à anterior, embora tenha adicionado o suporte para DVD de áudio;
  • HDMI 1.2: Adicionada a capacidade de permitir resoluções e configurações personalizadas;
  • HDMI 1.3: Permite resoluções de 2560 × 1440 a 60 Hz e suporte para áudio Dolby TrueHD e DTS-HD Master Audio;
  • HDMI 1.4: Suporta resoluções de 4K a até 24 Hz. Também é compatível com conteúdo 3D;
  • HDMI 2.0: Atualização que permitiu a transmissão de conteúdo em resolução 4k a 60 Hz;
  • HDMI 2.1: Ativa resoluções de 8K a 60 Hz e 4K a 120 Hz, além de incluir o suporte ao HDR dinâmico. No entanto, para obter o máximo desta versão, é precisa utilizar cabos 48G.

Instalação

Como regra geral, o splitter HDMI é um dispositivo plug and play ou com instalação muito simples. São raros os modelos não profissionais que necessitam de algum tipo específico de configuração do aparelho.

De qualquer forma, é importante se certificar sobre este processo antes de comprar o seu splitter, especialmente se você tem pouco conhecimento com computação e eletrônicos. Quanto mais simples for a instalação, melhor!

Resumo

Com a difusão das mídias digitais, a conexão HDMI passou a ser o padrão mais utilizado pelos mais diversos aparelhos de áudio e vídeo. Assim, ele trouxe também uma série de possibilidades, como compartilhar imagens de vários equipamentos em um monitor ou, ao contrário, reproduzir um único conteúdo em várias telas, ao mesmo tempo. É aí que entra o splitter HDMI.

Neste artigo, falamos sobre este periférico ainda pouco conhecido, mas que tem tornado mais fácil a vida de muitas pessoas, seja no hobby doméstico ou em atividades profissionais. Mostramos como ele funciona, em que ele se diferencia de um switch e destacamos os diferentes padrões de conexão em que o splitter HDMI pode ser utilizado. Além disso, deixamos algumas orientações para que a hora da compra se torne um momento menos complicado.

Enfim, esperamos que, assim que receber o seu novo splitter HDMI, você possa reproduzir seus vídeos favoritos em muitas telas por aí! Enquanto isso, aproveite para espalhar o nosso conteúdo também, compartilhando em suas redes sociais. Um grande abraço e obrigado!

(Fonte da imagem destacada: Gudella: 111494963/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Resenhas