Mãos femininas segurando um tablet

Como escolhemos

Products

18Produtos analisados
Hours

17Horas investidas
Studies

4Estudos avaliados
Comments

132Comentários coletados

Entre um smartphone e um computador, o tablet é uma alternativa excelente a ambos. São ideais para navegar na internet, ler ebooks e aproveitar o conteúdo de mídia online. Além disso, visto que são dispositivos rápidos e confortáveis, são companheiros de viagem perfeitos.

Ao longo dos últimos anos, seus recursos não pararam de crescer, enquanto cada vez mais modelos surgem no mercado. Sendo assim, atualmente existem dispositivos focados em diferentes tipos de uso. Há até mesmo tablets projetados para uso profissional.




O mais importante

  • Eles são dispositivos muito confortáveis, leves e fáceis de transportar. Perfeitos para serem levados em uma viagem. Em geral, os modelos mais populares têm telas de 7 a 10 polegadas (cerca de 15 a 25 cm). No entanto, alguns fabricantes oferecem dispositivos com telas maiores.
  • Os usos mais comuns do tablet são navegar na Internet, ler notícias ou ebooks, acessar os e-mails e jogar videogames.
  • Há cada vez mais tipos de modelos, com melhores recursos e mais aplicativos. No entanto, existem basicamente três tipos de sistemas operacionais para tablets: Android, iOS e Windows.

Ranking: Os melhores tablets do mercado

A seguir, oferecemos o nosso Ranking completo com os cinco melhores tablets disponíveis no mercado. Cada um se destaca especialmente por alguma particularidade. Claro, todos são dispositivos com um excelente custo-benefício. Assim, você poderá escolher qual é o mais indicado para você.

1º – iPad Pro

Os recursos do iPad Pro da Apple são absolutamente espetaculares. Infelizmente, seu preço não é dos mais amigáveis. O cérebro desta monstruosidade é um chip A12X Bionic com Neural Engine. Ele possui reconhecimento facial pelo Face ID. Existem versões com 64 GB, 256 GB, 512 GB e até 1 TB de capacidade de armazenamento.

Sua tela de retina líquida com 12,9″ estende-se até a borda do aparelho, oferecendo uma qualidade de imagem impressionante e cores muito vivas. Vem com o teclado Apple Pencil e Smart Keyboard Folio, tornando-o perfeito para aplicações profissionais. Além disso, apesar do tamanho, pesa menos de 500 gramas.

É difícil argumentar contra o fato este ser o melhor tablet disponível no mercado atualmente. Não há nada que se aproxime do desempenho, qualidade de imagem e especificações técnicas deste dispositivo. No entanto, o preço não é para qualquer um.

2º – Tablet Multilaser M10A branco

Este tablet de 10 polegadas da Multilaser possui 2 GB de RAM, além de contar com 16 GB de capacidade de armazenamento. A tela em alta definição HD com tecnologia IPS oferece mais cores. Ele também vem com uma câmera principal de 5 MP.

Oferece um ótimo custo benefício e é o tablet ideal para quem quer navegar na internet, ver seus filmes e séries preferidos. Um tablet rápido, indicado para usuários intermediários. Não é o modelo perfeito para aplicativos muito pesados.

3º – Apple new iPad 9,7” de 32 GB

O Apple iPad foi o produto onde tudo começou, sendo o primeiro tablet a chegar ao mercado, e a sua versão atual continua sendo uma escolha sólida. Ele integra um display retina de 9,7″ e um chip A10 Fusion com arquitetura de 64 bits, além de uma bateria que pode chegar a 10 horas de autonomia e um o sensor de identidade Touch ID. Disponível em duas opções: 32 GB e 128 GB.

Este tablet é poderoso o suficiente para abrir simultaneamente vários aplicativos sem perder a fluidez. Ele permite editar vídeos em qualidade 4K, e possui integração com a tecnologia de realidade aumentada. Além disso, junto com o Apple Pencil pode ser usado como se fosse um notebook. Seu principal ponto fraco é a câmera, que não é tão boa quanto a de alguns concorrentes.

4º – Tablet Samsung Galaxy Tab A

Este tablet projetado pela Samsung possui o selo de mais vendido da Amazon pelo seu preço baixo. É um tablet barato, porém de configuração simples para usuários leves que apenas querem navegar pela internet. Ele possui 1,5 GB de RAM. Além disso, possui capacidade de armazenamento de 8 GB e espaço para expansão.

Sua tela é de 7 polegadas e utiliza processador Quad-Core de 1,3 GHz. Possui uma câmera frontal de 5 MP e traseira de 2 MP. É um modelo leve e fino com cantos ergonômicos e arredondados.

Guia de Compra: O que você precisa saber ao comprar um tablet

Para adquirir um tablet, é importante que você considere certos detalhes. Lembre-se de que existem diferentes tipos de aparelhos, cada um com características específicas. Por este motivo, nesta seção, abordamos as dúvidas mais comuns dos consumidores. Assim, você terá o máximo de informação possível.

Mulher sentada no sofá com um tablet na mão

Os tablets são aparelhos muito versáteis, permitindo que aproveitemos diversos recursos. (Fonte: Racorn: 47438817/123rf.com)

O que exatamente é um tablet?

Um tablet é um dispositivo digital na forma de uma mesa, com tela de toque e sem teclado. Eles funcionam como pequenos computadores, com especificações inferiores às dos computadores pessoais, porém muito mais leves e mais portáteis. Seu tamanho é normalmente menor que o de um computador, mas superior ao de um celular.

Quais são os principais usos do tablet?

O tablet possui diversas aplicações. Alguns dos usos mais comuns são: consultar o Facebook ou o Instagram, navegar na Internet, ler e responder a e-mails, ler notícias ou ebooks e jogar. Eles também têm aplicações educacionais bastante interessantes. Além disso, podem ser utilizados para assistir filmes e ouvir música.

Se o tablet for ser usado por crianças ou se elas tiverem acesso ao mesmo, é importante que ele possua controle parental. Em geral, quase todos os tablets da atualidade contam com essa opção, além da possibilidade de criar perfis específicos para menores.

Tablet sobre uma mesa de trabalho

O primeiro tablet foi o iPad, lançado pela Apple em 2010 e que revolucionou o mercado. (Fonte: Stokkete : 36594648/ 123rf.com)

Quais as vantagens e desvantagens do tablet?

Sem dúvida, uma das principais vantagens do tablet é que ele é um dispositivo muito leve e confortável. Isso o torna perfeito para ser levado em viagens ou utilizado em qualquer lugar. Além disso, sua tela é grande o bastante para enxergar o conteúdo multimídia sem precisar fixar a atenção na tela do aparelho.

Outra vantagem interessante desses dispositivos é que eles não precisam de um teclado ou mouse. Outros pontos a favor são sua tela é tátil e interface simples.

Por outro lado, seus recursos são muito inferiores aos de um computador pessoal. Além disso, eles também não costumam possuir uma grande capacidade de armazenamento.

Vantagens
  • Não precisam de teclado ou mouse
  • São rápidos e confortáveis
  • São fáceis de transportar
  • Normalmente, possuem interfaces muito intuitivas
Desvantagens
  • Recursos inferiores aos de um computador
  • Não possuem uma grande capacidade de armazenamento

Para quem é recomendável adquirir um tablet?

A aquisição de um tablet poderá ser interessante para qualquer um que necessite de um dispositivo que lhe permita navegar na Internet, aproveitar o conteúdo multimídia e executar algumas tarefas básicas.

Também pode ser útil para atividades educacionais, pessoais ou mesmo para algumas aplicações profissionais.

Que capacidade de armazenamento deve ter um tablet?

Como você não usará o tablet para armazenar filmes ou instalar programas que exijam muito espaço, não será necessário ter uma grande capacidade de armazenamento. Sendo assim, a capacidade mínima necessária é de 16 GB, embora o ideal seja que ele possua pelo menos 32 GB.

Opte por um tablet de 8 GB apenas se você é um usuário leve que não utiliza muitos aplicativos e precisa economizar na compra de um equipamento desses, mas saiba que essas versões são mais limitadas.

Que sistemas operacionais existem?

Atualmente, os três sistemas operacionais mais usados nos tablets são Android, iOS e Windows. Cada um oferece uma série de vantagens e desvantagens.

O Android é o sistema operacional mais popular, por isso tem um grande número de aplicativos e dispositivos. No entanto, seu uso não é tão simples quanto o iOS da Apple.

Além disso, os dispositivos Android são mais baratos e sua loja possui diversos aplicativos gratuitos. Caso você esteja disposto a pagar, os modelos de iPad da Apple, com o sistema operacional iOS, possuem excelentes funcionalidades.

Por sua vez, os dispositivos baseados no Windows são projetados para um uso mais profissional.

Tipo Características
iPad Possuem funcionalidades incríveis. Seu sistema operacional é fluido, simples e fácil de utilizar
Android Possuem uma grande quantidade de aplicativos, muitos deles gratuitos. Em geral, são mais econômicos. Oferecem diversas possibilidades de personalização
Windows Estão focados em um perfil mais profissional. Seu sistema operacional é muito poderoso, porém requer um período de aprendizado maior

Quais são os melhores microprocessadores para um tablet?

Na nossa opinião, os processadores mais potentes são o Snapdragon 835 da Qualcomm, Kirin 960 da Huawei e A10x da Apple. Se possível, não hesite em investir num bom chip, que te garantirá um bom desempenho.

foco

Lembre-se, não negligencie outros elementos, como a RAM.

Que cuidados um tablet requer?

Os tablets necessitam de certos cuidados básicos. Para começar, é importante evitar que ele entre em contato com a água (afinal, eles são dispositivos eletrônicos).

Além disso, embora muitos sejam projetados para resistir a impactos, é recomendável evitar choques e quedas. E claro, é importante manter o sistema operacional atualizado.

Critérios de compra

A seguir, analisaremos uma série de aspectos importantes que você deve levar em conta antes de adquirir um tablet. Alguns são critérios gerais. Outros, são específicos para esse tipo de dispositivo. É importante que você esteja ciente de certas características técnicas relacionadas aos tablets.

  • Objetivo de uso
  • Design e qualidade dos materiais
  • Memória RAM
  • Microprocessador
  • Capacidade de armazenamento
  • Tamanho da tela
  • Resolução e tipo de painel da tela
  • Autonomia
  • Conexão com a internet
  • Sistema operacional

Objetivo de uso

Antes de comprar um tablet é importante estabelecer com clareza o uso que você pretende fazer dele. Se você vai usar o tablet principalmente para navegar na internet ou ler os e-mails, vale optar por um dispositivo de baixo custo. No entanto, se você for fazer um uso mais profissional, é melhor adquirir um dispositivo de ponta.

Se você pretende usá-lo para aproveitar o conteúdo multimídia, deve escolher um com uma tela maior e um bom sistema de som.

Se você quer utilizá-lo apenas como um complemento para outros equipamentos, o ideal é um modelo mais esportivo. E principalmente, é importante verificar se as especificações são suficientes e se o software é atualizado com frequência.

Design e qualidade dos materiais

Se você é uma daquelas pessoas que julgam um livro pela capa, certamente dá muita importância a esta questão. Sim, o design é importante. Não acredita? Pergunte à Apple! E não apenas o design, mas também a qualidade dos materiais.

Em geral, os tablets são feitos de metal ou plástico, sendo este último mais utilizado em modelos nas faixas de preço mais baixas.

O metal é, a princípio, muito mais resistente. E, para alguns, também muito mais elegante. Em relação ao vidro da tela, a melhor opção é usar um “Gorilla Glass”. Com este material, você garante uma proteção excepcional. Finalmente, a cor fica a seu critério. Como dizem, há gostos para todas as cores!

Memória RAM

A memória RAM do aparelho afeta o número de aplicativos que você pode abrir ao mesmo tempo, bem como a velocidade e desempenho do mesmo.

Em geral, os tablets costumam ter 1 GB ou 2 GB de RAM. No entanto, os melhores modelos chegam a 3 GB ou até 4 GB. Aqui, sem dúvida, quanto mais, melhor. Este aspecto é particularmente importante se você optar por um dispositivo Android. Neste tipo de aparelho, a RAM é o elemento chave para a multitarefa.

Além disso, dado que não é uma peça muito cara e que a diferença de desempenho é notável, vale a pena ter um pouco mais de RAM. A longo prazo, isto dará ao tablet uma maior durabilidade.

Tablet em cima de uma mesa de madeira

Os tablets são ideais para ler e navegar na internet. (Fonte: Luckybusiness: 30319153/ 123rf.com)

Microprocessador

O microprocessador do tablet é um elemento essencial em seu desempenho. É o aspecto que determinará sua fluidez e velocidade de resposta. Além disso, também é responsável por seu desempenho gráfico. Mais importante que o número de núcleos é o poder e a eficiência de cada um deles.

Os melhores microprocessadores são geralmente das seguintes marcas: Apple, Huawei, Qualcomm, Intel ou MediaTek. Assim como nos smartphones, é muito comum encontrar o Snapdragon, da Qualcomm.

Também são comuns os microprocessadores “A” da Apple, o Exynos da Samsung e o Kirin da chinesa Huawei.

Daniel BellProfessor e escritor americano

“A tecnologia, como a arte, é um altíssimo exercício da imaginação humana.”

Capacidade de armazenamento

Em geral, os tablets não possuem muita capacidade de armazenamento. Felizmente, alguns modelos suprem esta deficiência com a possibilidade de expandir a capacidade através de cartões SD ou micro SD. Em geral, é melhor comprar um cartão micro SD do que um tablet com mais armazenamento.

Em todo caso, nosso conselho é que você opte por um dispositivo que tenha, pelo menos, 16 GB de armazenamento. A partir daí, por mais que talvez você pense que quanto mais, melhor, nem sempre é o caso.

Se você quiser o tablet principalmente para ler livros e navegar na Internet, dificilmente precisará de mais do que 32 GB.

Mulher usando um tablet

Uma das desvantagens dos tablets é que a maioria possui pouca capacidade de armazenamento em seu disco rígido. (Fonte: Harnprasop: 29468697/ 123rf.com)

Tamanho da tela

De modo geral, dois modelos de tablets prevalecem atualmente. De um lado, há os de 10″ (cerca de 25cm) e, do outro, os de 7″ (cerca de 15 cm). Se você quer um dispositivo que possa carregar facilmente em qualquer lugar, então um 7″ é o mais conveniente para você.

Por outro lado, se você planeja trabalhar com o tablet com alguma frequência, o ideal é escolher um modelo de 10″.

Nos últimos anos, alguns modelos maiores surgiram. São dispositivos de 12″, como o iPad Pro ou o Microsoft Surface Pro. Esses tablets foram desenvolvidos para um uso mais profissional. Dados os seus recursos, eles são capazes substituir computadores pessoais em diversas tarefas.

Katherine NevilleEscritora americana

“Os que não conseguem acompanhar a revolução tecnológica descobrirão que eles próprios se tornaram obsoletos.”

Resolução e tipo de painel da tela

Quanto maior a resolução da tela, maior a nitidez da imagem e melhores ângulos de visão. Em suma, melhor qualidade de imagem.

Um valor padrão, para fins de referência, poderia ser HD (1.200 x 800). No entanto, você não deve se deixar levar somente por esse critério. Pixels por polegada também são importantes. Quanto maior a quantidade, melhor a resolução e maior a claridade.

Tenha em mente que a mesma resolução de imagem em uma tela menor significa mais pixels. Dessa forma, 1.200 x 800 pixels não são a mesma coisa em um tablet de 10″ ou outro de 7″.

De qualquer maneira, se o que você procura é qualidade de imagem, o iPad Pro de 12,9″ oferece 2.732 x 2.048 a 264 pixels por polegada.

Mulher acessando site a partir de um tablet

Os tablets são fáceis de transportar e possuem uma interface amigável.(Fonte: Grinvalds: 54247534/ 123rf.com)

Também é importante considerar o tipo de painel da tela. Este fator é essencial para preservar a qualidade da imagem de ângulos oblíquos. Ele também determina quão vivas e precisas serão as cores. Recomendamos que você opte pelas tecnologias IPS ou PLS. Jamais por algo inferior.

Autonomia

A autonomia de um tablet é outro aspecto muito importante que você deve considerar ao comprar um. A capacidade das baterias é medida em miliamperes por hora (mAh). Nosso conselho é que você não compre um dispositivo com capacidade inferior a 5.000 mAh. E se ele possuir a tecnologia de carregamento rápido, melhor.

Conexão com a internet

Como é de se esperar, todos os tablets oferecem conexão à Internet via Wi-Fi. No entanto, existem modelos que também permitem conexão através de redes 3G / 4G (LTE).

Esses tipos de conexões permitem que você não dependa de ter acesso a uma rede Wi-Fi. Naturalmente, para utilizar estas tecnologias, você provavelmente precisará pagar uma taxa mensal.

Se você for usar o tablet em ambientes externos ou em um ambiente com acesso difícil a Wi-Fi, escolha um tablet com uma conexão LTE. Caso contrário, você pode dispensar essa opção, pois, em última análise, os dispositivos que contam com ela tendem a possuir um preço mais elevado (sem contar a mensalidade que você terá que pagar).

Você também deve considerar o tipo de Wi-Fi e Bluetooth disponíveis. Uma versão mais recente do Bluetooth significa mais alcance, melhor sincronização e maior eficiência energética. A grande maioria dos dispositivos de última geração integra o Bluetooth 4.2. No entanto, o padrão 5.0 está começando a aparecer.

Em relação ao Wi-Fi, o recomendado é o tipo 802.11 a/b/g/n/ac, que utiliza as frequências de 5 GHz e 2,4 GHz, com 30 metros de alcance e uma velocidade de transferência de 7 Gbps.

Sistema Operacional

O sistema operacional e o modelo de tablet estão diretamente relacionados. Dos três que mencionamos, recomendamos que você opte por um dispositivo baseado em Android ou em um iPad da Apple.

Nossa recomendação é que você evite adquirir um tablet baseado no Windows, pois seu preço é muito elevado para os recursos oferecidos.

No entanto, um tablet Windows pode ser interessante se você precisar dele para uso profissional e quiser aproveitar a possibilidade de ter ferramentas do Office. Em geral, o Android é um sistema operacional muito mais flexível do que o iOS. Especificamente, o Android Oreo, do Google, possui um desempenho excelente.

Durabilidade

Você certamente quer que o seu tablet dure o maior tempo possível. É claro que isto nem sempre é uma tarefa fácil, especialmente hoje em dia, que os dispositivos eletrônicos parecem precisar ser constantemente renovados. No entanto, para fazer com que o tablet adquirido tenha uma vida longa, você deve levar em conta alguns detalhes.

Para começar, é importante que o sistema operacional receba suporte e atualizações para os próximos anos.

A nível de hardware, é essencial escolher um dispositivo com um bom microprocessador e RAM suficiente. Tenha em mente que é muito difícil fazer um upgrade em um componente de um tablet.

Acessórios

Recomenda-se que o tablet adquirido seja compatível com acessórios como teclados, mouse e canetas ópticas. Estes podem ser do mesmo fabricante ou de terceiros. Neste aspecto, destaca-se a fabricante coreana Samsung, que integra o sistema Samsung DeX em muitos dos seus dispositivos para transformar o tablet em um pequeno PC.

View this post on Instagram

Black lifestyle ?

A post shared by Pinkush (@tjpinkush) on

Marca

A marca de um tablet é essencial por vários motivos. Entre eles, dois se destacam: garantia e atendimento ao cliente por parte do fabricante, e a possibilidade de receber atualizações do sistema operacional.

Ao adquirir um tablet de uma marca reconhecida, você garante um produto de qualidade e suporte técnico adequado.

O primeiro ponto é realmente importante, pois o dispositivo adquirido pode sofrer algum tipo de problema técnico. Certifique-se de que o tablet escolhido possua garantia de pelo menos dois anos. Alguns dos fabricantes mais prestigiados são: Apple, Google, Amazon, Samsung, Microsoft e Huawei.

Resumo

Uma das consequências da febre que se tornaram os tablets de alguns anos para cá é que o mercado se encontra saturado com um grande número de modelos. Por este motivo, pode ser difícil escolher qual dispositivo comprar. Sendo assim, é importante que você saiba com clareza quais usos você pretende dar a ele.

A partir daí, há vários aspectos que você deve considerar. Naturalmente, o preço e o fabricante são dois critérios fundamentais. Além disso, o tamanho da tela e a resolução da imagem são pontos-chave. A nível de desempenho, é essencial que eles tenham um bom microprocessador e RAM suficiente.

Esperamos que este guia tenha sido útil para você. Se você acha que foi, gostaríamos que você compartilhasse com seus amigos e nos deixasse um comentário.

(Fonte da imagem em destaque: Thongwattana:15415164/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Daniele Padrão Gamer e Técnica de Celulares
Dificilmente você ficará sem respostas ao conversar com Daniele sobre celulares, games ou os gadgets mais tecnológicos. Ela prefere jogar no computador, mas não abre mão de seu PS4 (enquanto o 5 não é lançado). Além disso, todos smartphone que passa por sua mão sai com cara de novo, seja ele Xiaomi, Samsung ou Apple.