medir a temperatura do bebê
Ultima atualização: 5 de dezembro de 2019

Como escolhemos

10Produtos analisados

17Horas investidas

4Estudos avaliados

73Comentários coletados

Com certeza você sabe que a febre é uma reação do organismo diante de infecções. Por isso é tão importante contar com um termômetro em casa. Mais ainda se você tiver um pequeno em casa, é essencial ter um termômetro para bebê. Este instrumento prático para medir a temperatura te ajudará a decidir quando é necessário levá-lo ao médico.

Além disso, lembre-se que uma maneira de prevenir convulsões nas crianças é evitando que passem da temperatura de 38ºC. Sobre isso, o pediatra provavelmente irá recomendar que você não dê ao seu pequeno antitérmicos ou antiinflamatórios (como paracetamol ou ibuprofeno) a menos que apresente febre, desconforto ou dor. Neste artigo explicaremos a fundo.




O mais importante

  • A medição da temperatura corporal é um dos passos indispensáveis na hora de determinar o estado de saúde de uma criança. Além disso, levando em conta que os mais pequenos não podem expressar com clareza o que sentem quando estão doentes, nunca podemos deixar faltar um termômetro em casa para verificar a temperatura dos bebês.
  • Saber com certeza quando um pequeno tem febre ou não pode fazer uma grande diferença, além de fazer também um acompanhamento da evolução da temperatura da criança. Por isso, os termômetros para bebê são determinantes na hora de decidir se é necessário levar a criança ao pediatra, dar um antitérmico ou simplesmente dar um banho com água morna.
  • Você quer comprar o termômetro ideal para seu bebê? Além de olhar para as novidades, recomendamos que você considere alguns aspectos como a idade exata da criança, a forma que o modelo escolhido mede a temperatura, e a fonte de energia que utiliza (número e tipo de pilhas ou bateria).

Os melhores termômetros para bebê do mercado: Nossas recomendações

A tecnologia avança a passos largos e com ela aumenta a variedade de instrumentos disponíveis para cuidar da nossa saúde e cada vez mais melhoramos nossa cultura de prevenção. Os termômetros para bebês não são exceção nesse caso, as novidades aparecem sempre e as empresas não param de inventar novos modelos. Apresentaremos os melhores.

O melhor termômetro para bebê com múltiplas funções

Este termômetro da marca tomate pode ser usados por bebê e também por adultos. A medição pode ser feita na testa ou no ouvido. Com apenas um botão, é muito fácil de usar, além de também ser fácil para limpar ou levar para qualquer lugar

O termômetro ideal para bebês

Este termômetro da marca Nuk é com infravermelho e a medição deve ser feita na testa do bebê, sem necessidade de toque. Com tela digital que mostra rapidamente a temperatura e um alarme sonoro quando indicar febre.

Uma boa opção em custo-benefício

Este termômetro digital infravermelho pode ser utilizado sem contato, medindo a febre na testa do bebê. É moderno e bem fácil de usar, basta apontar o aparelho e apertar o botão, quando ouvir o sinal sonoro a medição estará completa.

Guia de compras: Tudo que você precisa saber sobre o termômetro para bebê

Sabemos que as mães sempre querem o melhor para seus filhos. Por isso, é normal que surjam dúvidas na hora de escolher o melhor para eles. Ainda mais se tratando de um instrumento relacionado a sua saúde, como é o caso do termômetro para bebê. Então, preste muita atenção neste guia com as perguntas mais frequentes sobre o assunto, tentaremos tirar todas as suas dúvidas a respeito deste produto.

O termômetro digital registra a temperatura pela axila, boca ou reto através de um circuito elétrico que envia as informações captadas a um microchip, que o processa e mostra na tela digital. (Fonte: Ximagination: 101600294 / 123rf.com)

O que é exatamente um termômetro para bebê?

De acordo com especialistas e, como você com certeza sabe, o termômetro é um instrumento que serve para medir a temperatura corporal, de um objeto ou local.

Especificamente, o termômetro para bebê é fabricado pensando nas características próprias dos pequenos, é muito útil visto que pode ser difícil medir a temperatura de um bebê com um termômetro tradicional.

Este instrumento para bebês é feito para que você não precise obrigar a criança a ficar quieto por vários minutos, enquanto ele segura o braço para medir a temperatura.

Alguns termômetros infantis permitem saber se o bebê está com febre mesmo que esteja em constante movimento. Em outros casos, não é preciso entrar em contato com a criança, graças ao uso do infra-vermelho.

Que tipos de termômetro para bebês existem?

Há diferentes tipos de termômetros para bebê disponíveis no mercado. Abaixo, indicaremos quais são os mais comuns e resumiremos suas principais características:

  • Termômetro de vidro: Mostra a temperatura em uma escala graduada através do nível que chega o líquido (mercúrio ou álcool), o qual se dilata e contrai devido ao calor. A medição é expressada em graus Celsius ou Fahrenheit. Atualmente, estes termômetros funcionam apenas com álcool colorido para evitar os riscos do contato com o mercúrio.
  • Termômetro sem contato: Mede a temperatura através da radiação de calor que emana do corpo ou objeto. Para utilizá-lo não é preciso encostar na pessoa, o que facilita para medir a temperatura quando a pessoa está em movimento ou longe. Com os termômetros de infravermelho geralmente é medida a temperatura apontando para o bebê.
  • Termômetro digital: Esse é o mais comum em hospitais e lares por sua facilidade no uso, baixo custo e exatidão. Registra a temperatura por meio da axila, boca ou reto através de um circuito elétrico que envia a informação captada a um microchip, que a processa e mostra em uma tela digital. Alguns vem no formato de chupeta, outros com desenhos de animais e são mais simples e clássicos.
  • Termômetro adesivo: Funciona de forma rápida e simples. Trata-se de um adesivo auto colante que adere na pele e mudam de cor para indicar a temperatura corporal da criança. São ideais quando eles não param de se mexer no momento de verificar a temperatura.
  • Termômetro para ouvido: É uma das opções mais utilizadas atualmente e que tem substituido em grande parte o tradicional termômetro digital. Possui um pequeno tubo (com uma capa protetora) que deve ser inserido dentro do ouvido do bebê, em seguida é aberto um obturador que capta a radiação emitida pelo canal auditivo.
Termômetro para bebê.

Por questões de higiene, é melhor não misturar os objetos da criança com as demais pessoas que moram na casa. (Fonte: Agsararattananont: 121951831 / 123rf.com)

Quais as vantagens e desvantagens dos termômetros (sem mercúrio) para bebê?

O Ministério da Saúde e a Anvisa proibiram a fabricação, importação e distribuição de termômetros com mercúrio, e as pessoas que possuem um em casa devem ter cuidado ao utilizar, principalmente caso quebre o vidro.

É comprovado que o mercúrio é uma substância tóxica para o ser humano e o meio ambiente. Quando um termômetro de vidro quebra, o líquido no seu interior sai e pode ser ingerido. É aí que está o perigo!

A partir de então, foi implementado o uso de outros compostos nos termômetros manuais, como o álcool colorido ou o gálio. Os termômetros de gálio são mais confiáveis quanto a precisão para medir a temperatura. O problema é que continuam sendo de vidro e, portanto, podem quebrar. Veja abaixo uma tabela de vantagens e desvantagens:

Termômetro VantagensDesvantagens
Vidro (gálio) É exato e confiável.

Não precisa de pilhas.

Fácil limpeza.

Demora para medir a temperatura (4 minutos, axilar, 2 minutos, retal).

Quebra facilmente.

Mais difícil de usar com bebês.

Digital tradicional Mais rápido.

Não quebra facilmente.

Menos exato.

Mais difícil de usar con bebês.

Chupeta Apropriado para bebês.Menos exato.

Mais frágil.

Ouvido e testa Facilidade de uso.

Resultados rápidos.

Comodidade para o bebê.

Menos risco de infecções.

Exige baterias.

Maior custo.

Menos exatidão.

Que recomendações devo seguir quando for utilizar um termômetro para bebê?

Como na maioria dos assuntos relacionados a crianças, você deve considerar algumas questões quando for utilizar o termômetro para bebê:

  • Utilize um termômetro exclusivo para seu bebê. Por questões de higiene, é melhor não misturar as coisas do seu filho com as de outras pessoas que morem na mesma casa. Ainda mais por se tratar de um instrumento relacionado a saúde. Deste modo, você reduzirá o risco de propagação de infecções, alergias, entre outros.
  • Limpe o termômetro com álcool ou água morna depois de cada uso. Lembre-se da importância da higiene e desinfecção dos objetos utilizados com os pequenos, tudo isso pode influenciar em melhores condições de saúde para eles.
  • Não verifique a temperatura do bebê logo depois do banho, chegar da rua ou sair de baixo das cobertas. Nem se tiver chorado muito ou acabou de comer e beber. É recomendado esperar até 30 minutos para uma medição mais precisa de sua temperatura corporal.
  • Segure bem o termômetro enquanto estiver medindo a temperatura do bebê. Por mais que pareça básico, um pequeno descuido pode fazer com que seu termômetro caia, estrague ou desconfigure.
  • Se você for usar um termômetro retal, oral ou de ouvido, deve estar alerta aos movimentos da criança para evitar lesões. É melhor “prevenir do que remediar”, por isso é importante estar bem atento ao que o bebê estiver fazendo durante a medição da temperatura para evitar contratempos.
Cecilia RepettiEditora de livros escolares

“Um bebê tem febre quando sua temperatura corporal, medida com um termômetro de axila, é superior aos 37,5ºC. A febre não é uma doença, mas um sintoma de que algo está errado no corpo da pessoa. É um processo que facilita a atividade de defesa contra os germes.”

Critérios de compra

Encontramos uma grande variedade de termômetros para bebê no mercado. São muitos os critérios que podem ser utilizados para escolher o mais adequado. No entanto, há alguns aspectos importantes que você não deve deixar passar. A seguir, explicaremos cada um deles para quem assim você possa escolher o termômetro que melhor de adapte aos seus interesses e necessidades.

Idade do bebê

Dependendo da idade do pequeno, será mais apropriado um tipo de termômetro ou outro. Por exemplo, os termômetros retais são especialmente recomendados para os recém nascidos, por serem mais exatos (1).

Contudo, os termômetros de ouvido são cada vez mais comuns, mas é melhor utilizá-lo em bebês maiores para evitar lesões nos canais auditivos.

medir a temperatura do bebê

Se você vai usar um termômetro retal, oral ou de ouvido, deve estar alerta aos movimentos do seu bebê para evitar leões. (Fonte: Adamowicz: 37142135 / 123rf.com)

Forma de verificar a temperatura

O que é mais importante na hora de verificar a temperatura do bebê? É importante que você preste atenção nele para escolher o tipo de termômetro adequado e que se ajuste melhor as necessidades do seu pequeno.

Escolha um termômetro de acordo com o comportamento do seu bebê.

Por exemplo, se o bebê se mexe muito, melhor não comprar um termômetro digital tradicional. Será muito difícil saber com certeza se ele está com febre.

Nestes casos, é preferível um termômetro com infra-vermelho que não exige contato direto ou, inclusive, os adesivos que mudam de cor conforme a temperatura do bebê.

Além disso, se o bebê tiver poucos meses de vida é melhor evitar os termômetros de ouvido, já que é quase impossível colocar o bico no seu ouvido. O mesmo acontece com crianças muito sensíveis ou irritadas.

Qualidade

Como na maioria das coisas relacionadas com a saúde das crianças, é muito importante prestar atenção na qualidade e segurança dos materiais de fabricação. Com frequência as pessoas acreditam que um termômetro mais caro tem melhor qualidade, mas não! Nem sempre isso acontece. Assim, informe-se bem sobre a durabilidade do produto antes de focar no preço.

medir a temperatura do bebê

Dependendo da idade da criança, será mais apropriado um tipo de termômetro ou outro. (Fonte: Alicephoto: 70851850 / 123rf.com)

Peso e tamanho do termômetro

Dependendo da necessidade de utilizar o termômetro para bebê dentro ou fora de casa, você poderá escolher um modelo maior e mais vistoso ou um menor e mais simples. Se quiser levar o termômetro para qualquer lugar, é melhor escolher um leve e pequeno. No entanto, as vezes vale a pena comprar um modelo maior, mas que com certeza se cair nas mãos no bebê não irá estragar.

Fonte de energia que utiliza

Como você já sabe, os termômetros de vidro não necessitam de bateria. Porém, os termômetros digitais estão cada vez mais populares e exigem diferentes tipos de pilhas. Por isso, recomendamos que você leia a fundo as especificações do produto para saber exatamente se precisa de bateria, quais e quantas. Às vezes, é melhor não complicar e escolher o mais simples!

Resumo

Os termômetros para bebê são instrumentos básicos, que os pais precisam ter em casa sempre por perto quando estiverem com seus pequenos. Você já sabe que a febre é um sinal de alerta do organismo diante de infecções, por isso é importante estar ciente da temperatura corporal do seu filho. Não espere eles ficarem doentes!

Cada dia encontramos mais variedades de ofertas de termômetros para bebês, desde os clássicos de vidro até as novidades como os adesivos que devem ser colados na testa e mudam de cor de acordo com a temperatura do bebê. No entanto, é importante informar-se a fundo sobre as vantagens e desvantagens de cada tipo de termômetro infantil para não ter nenhuma surpresa depois de comprar.

Esperamos que este artigo tenha lhe ajudado! Por favor, deixe sua opinião logo abaixo nos comentários e compartilhe em suas redes sociais com seus contato. Obrigado!

(Fonte da imagem destacada: Chassenet: 67567659 / 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Nathani de Souza Professora infantil e mãe
Lidar com crianças é o que Nathani sabe e ama fazer. Seja na sala de aula, seja em casa, com seus dois filhos, Gabriel e Enzo. Além da jornada dupla lidando com pequenos, ela ainda investe suas horas extras buscando e compartilhando conhecimento sobre o universo infantil na internet.
Curiosa por natureza e apaixonada por viagens, ama estar por dentro das novidades que podem facilitar e tornar mais alegre o dia a dia das pessoas. No Guia55, escreve e adapta artigos para auxiliar suas decisões de compra.
Mariana Hoyos Jornalista
Mãe de dois filhos lindos. Escritora de contos, poesias, artigos acadêmicos e científicos. Estuda e escreve sobre educação, casais e família. Formada em jornalismo e doutora em Direitos Humanos e Desenvolvimento Sustentável.