Ultima atualização: 5 de agosto de 2021

Como escolhemos

17Produtos analisados

15Horas investidas

8Estudos avaliados

77Comentários coletados

Quem disse que aumentar o conforto e a conveniência em nossas casas era difícil? Quem quer que fosse, certamente não sabia sobre toldos. Pode parecer bobagem, mas colocar um desses itens em nossas janelas, varandas ou terraços ao ar livre pode fazer uma grande diferença em nossas vidas. Além disso, eles são fáceis de usar e, com relação ao seu tempo de vida, muito econômicos.

Se você ainda tiver alguma dúvida (sobre se você ainda tem uma ou qual é a melhor para você), não se preocupe, nós estamos aqui para ajudar. No guia de hoje vamos mostrar-lhe os melhores toldos do mercado, responder a todas as suas perguntas e dar-lhe algumas dicas. O que você acha? Você está em?




A coisa mais importante a saber

  • Ter toldos em nossas janelas ou terraços tem muitas vantagens. Entre as mais importantes estão a melhoria do espaço, tanto estética como funcionalmente, e a enorme economia de energia.
  • Os toldos são um elemento que, embora às vezes invisível, acaba se tornando um dos elementos essenciais em nossa casa. Há uma grande variedade de modelos para escolher, então sempre encontraremos o mais adequado.
  • Antes de decidir sobre um determinado modelo, é melhor levar em conta fatores como o tipo de toldo, material, operação, dimensões e extras. Isto torna muito mais fácil fazer a escolha certa.

Toldos: nossas recomendações

Guia de compra: O que você deve saber sobre toldos

Apesar de ser um elemento muito comum em casas, a verdade é que a maioria de nós não sabe muito sobre toldos. É por isso que nós temos feito algumas pesquisas e nesta seção nós respondemos as perguntas mais frequentes. Observe que a informação nestes casos é indispensável.

Personas comiendo

Uma das vantagens dos toldos é a melhoria do espaço, tanto estético quanto funcional, e a enorme economia de energia. (Fonte: Felix: mmuma7vxl1y/ Unsplash.com)

Quais são as vantagens de usar toldos?

Vamos começar com as mais importantes. Os toldos, embora em alguns casos eles sejam instalados por razões estéticas, têm um propósito bastante funcional. Na verdade, há muitas vantagens no uso de toldos

  1. Um toldo permite que você crie uma atmosfera mais agradável ao ar livre para que você possa desfrutar mais de suas áreas de jardim ou terraços.
  2. Com um toldo você pode regular a temperatura dentro da casa e evitar calor excessivo e luz solar direta.
  3. Os toldos também protegem os móveis, tanto externos quanto internos, que podem ser danificados pelo sol.
  4. Eles proporcionam privacidade em áreas externas que negligenciam uma comunidade de vizinhos ou a rua. O mesmo se aplica às janelas, especialmente quando queremos mantê-las abertas.
  5. É claro, a variedade de diferentes modelos e designs que podemos encontrar dão um toque pessoal à nossa casa e são muito estéticos.
  6. E o mais importante de tudo: usá-los economiza muita energia. De fato, uma das recomendações da OCU (1) a esse respeito é o uso correto de toldos.

Que tipos de toldos existem?

Ao escolher o toldo que melhor atende às suas necessidades, é importante estar atento aos diferentes tipos a escolher. Embora todas elas ofereçam a maioria das vantagens que acabamos de mencionar, suas características particulares tornam algumas mais convenientes do que outras, dependendo da ocasião. Vamos dar uma olhada neles

  • Toldos fixos: estes são os toldos mais clássicos. Eles são fixados a uma parede e permanecem abertos o tempo todo. Eles têm a vantagem de oferecer mais proteção, mas não são muito versáteis.
  • Toldos com braços articulados ou retráteis: estes são os mais comuns devido à sua versatilidade e funcionalidade. Eles também são fixados à parede, mas seus braços articulados permitem que eles sejam abertos ou fechados (total ou parcialmente), dependendo da ocasião. Os modelos mais modernos incluem um sistema motorizado para uma utilização mais conveniente.

Nós também podemos diferenciar tipos de toldos de acordo com sua forma e uso

  • Toldos dossel: estes são geralmente semi-curvados, como se fossem um dossel. Eles são normalmente colocados sobre pequenas janelas. Eles estão disponíveis nas versões fixa e retrátil.
  • Toldos de varanda: sua principal característica é que, como eles podem ser fixados à grade, o toldo pode ser colocado tanto na vertical quanto em uma posição projetada. Esta última posição proporciona a melhor visão do exterior. Além disso, o ajuste do corrimão proporciona segurança e estabilidade.
  • Toldo tipo vela: este tipo de toldo é colocado para criar uma espécie de telhado sobre os terraços. Ele é ancorado em diferentes pontos das paredes e cobre a superfície. Eles são muito estéticos, mas sua principal desvantagem é que são fixos, já que não são muito fáceis de remover.
  • Toldos tipo Pérgola: eles são caracterizados pelo fato de serem apoiados em pernas no chão, como se fossem uma tenda. Existem tamanhos diferentes e, durante os meses de não utilização, eles podem ser desmontados e armazenados. Sua principal vantagem é que os toldos laterais podem ser adicionados para criar uma atmosfera diferenciada.

Toldos são um elemento que, embora às vezes invisível, acaba se tornando um dos elementos obrigatórios em nossa casa. (Fonte: Herrmann: 75504656/ 123rf.com)

Quão grandes podem ser os toldos?

O tamanho dos toldos também é essencial para que eles cumpram seu objetivo principal: proteção contra os raios solares. Felizmente, podemos encontrar toldos em uma grande variedade de tamanhos, e é até possível criar um toldo sob medida para atender às dimensões do local.

Com exceção dos toldos tipo vela ou pérgolas, o mais importante ao escolher o tamanho do nosso toldo é levar em conta tanto o comprimento quanto a profundidade quando ele está aberto. O ideal é que o toldo cubra toda a superfície e nos permita desfrutar da sala, tanto dentro como fora.

Qual é o mecanismo de abertura dos toldos articulados?

Outra questão que pode surgir quando estamos navegando pelos diferentes tipos de toldos é o mecanismo de abertura dos toldos articulados. O que queremos dizer com isso? Muito simplesmente: o que acontece com o toldo quando nós o fechamos. Bem, há três situações possíveis

  • Toldos sem cassete: uma vez fechado, o toldo é enrolado em um cilindro, mas permanece completamente do lado de fora.
  • Toldos com meio cassete: uma vez fechado, o toldo é enrolado em um cilindro, que neste caso é protegido por uma estrutura. A única parte do toldo que permanece visível são os braços (e a saia, se ela tiver um).
  • Toldos com cassete integral: uma vez fechado, o toldo é enrolado em um cilindro que é completamente protegido por uma moldura. Desta forma, nenhuma de suas partes permanece do lado de fora.
www.ocu.org
"No inverno mantenha as persianas enroladas e as cortinas puxadas até o sol se pôr; no verão use toldos, persianas e cortinas para protegê-lo do calor".

Como são instalados os toldos?

Não há uma resposta única para esta pergunta e isso dependerá, acima de tudo, do tipo de toldo que você deseja instalar. Por exemplo, no caso dos mais simples toldos articulados ou toldos de pérgola, é bem possível que nós mesmos possamos fazer a instalação. Claro, desde que sejamos bons em bricolage.

No entanto, para toldos motorizados mais sofisticados ou toldos tipo vela, será necessária a ajuda de um especialista. É importante enfatizar que a instalação correta é essencial, tanto por razões de utilidade quanto de segurança. Estes são itens muito pesados que podem ser perigosos se se destacarem.

De que manutenção os toldos precisam?

Embora os toldos geralmente tenham uma vida útil bastante longa, é importante levar em conta sua manutenção para evitar que eles se deteriorem mais rápido do que o normal. Para fazer isso, nós diferenciamos entre a instalação do tecido. O principal da instalação é que o deslizamento é adequado.
Para isso, será suficiente manter os trilhos e engrenagens limpos e lubrificados.

Quanto ao tecido (a parte que é mais frequentemente danificada), você deve saber que a maioria dos modelos tem uma camada protetora para torná-los à prova d'água, o que aumenta sua resistência. Mesmo assim, com o passar do tempo e a ação do sol e da chuva, ele pode se desgastar. Neste caso, é melhor ter cuidado para não deixá-lo exposto quando não estiver em uso.

É claro que você sempre pode substituir o tecido ou todo o toldo quando ele se deteriora demais e não cumpre mais sua função. Além disso, até esse momento ou se quisermos atrasá-lo, há produtos que podem ser aplicados no tecido para aumentar sua resistência.

Um toldo permite que você crie um ambiente ao ar livre mais agradável para que você possa desfrutar mais de suas áreas de jardim ou terraços. (Fonte: Nalbantjan: 35228443/ 123rf.com)

Critérios de compra

Bem, basta de teoria, vamos ao que interessa. O que devo procurar ao comprar um toldo para escolher o certo para mim? A resposta é bem simples: o principal critério de compra. Aqui nós mostramos os principais critérios e lhe damos as principais chaves para fazer de sua escolha um sucesso.

Tipo de toldo e localização

Como não poderia ser de outra forma, o primeiro fator que levaremos em consideração ao escolher nosso futuro toldo é a localização. Como já vimos anteriormente, cada um dos tipos tem características específicas que o tornam mais adequado para os diferentes locais que podemos precisar. Isto está resumido na tabela a seguir:

Tipo de toldo Localização Porquê?
Toldos de copa Pequenas janelas ou portas De tamanho reduzido e geralmente são fixos.
Toldos de varanda Para varandas de diferentes tamanhos. São muito versáteis devido à sua posição dupla: a posição vertical proporciona privacidade e a posição projetada permite maior visibilidade.
Toldos vela Terraços externos e grandes terraços. São maiores em tamanho e podem cobrir uma grande área, além de serem muito estéticos.
Toldos de pérgola Terraços externos e grandes terraços. São maiores em tamanho e podem cobrir uma grande área, além de serem muito estéticos.

Além disso, com exceção dos toldos de copa, também devemos levar em conta a mobilidade dos toldos. Embora em alguns casos o fato de ser fixo possa ser uma vantagem, é normal escolher um toldo articulado. Este último nos oferece a liberdade de abri-los ou fechá-los conforme a necessidade.

Dimensões e ângulo de inclinação

Em segundo lugar, também intimamente relacionado ao primeiro critério, encontramos as dimensões e o ângulo de inclinação. Lembre-se que escolher o tamanho certo para nosso toldo é essencial para que ele seja capaz de cumprir sua função e ser realmente útil. Além disso, com a possibilidade de ter uma feita sob medida, esta questão nunca será um problema.

Se falarmos de inclinação, as coisas mudam. Por um lado, devemos estar conscientes de que alguns dos modelos (pérgola, vela ou toldo) não permitem sequer uma inclinação, ou seja, são fixos. Dos outros, é importante olhar para as possibilidades de inclinação que eles oferecem e ver se eles se adequam às suas necessidades e gostos.

Os toldos também protegem os móveis, tanto externos quanto internos, que podem ser danificados pelo sol. (Fonte: Sergeev: 36928598/ 123rf.com)

Tipo de tecido ou lona

Outro fator importante a ter em mente durante nosso processo de seleção é o material de fabricação dos toldos que estamos considerando. Como regra geral, normalmente encontramos toldos com tecidos de poliéster ou algodão, aos quais é adicionado algum tipo de tratamento. Qualquer um destes dois materiais é benéfico:

Tejido Principais vantagens
Algodão Forte, resistente e durável, também é resistente à água e pode ser facilmente lavado.
Poliester Muito resistente, embora proteja, permite a entrada da luz solar através dele.

Embora ambos sejam tecidos altamente resistentes, é normal acrescentar um tratamento que aumente ainda mais a vida útil do toldo. Os principais tratamentos são

  • Revestimento laminado ou vinil: proporciona maior resistência à água. Particularmente útil para toldos em áreas chuvosas.
  • Revestimento acrílico: também resistente à água, mas sua principal característica é que aumenta a durabilidade da cor do tecido, fazendo-o parecer novo por mais tempo.

Outras características funcionais

Finalmente, quando temos nosso toldo ideal em termos de praticidade, podemos passar à funcionalidade. Neste caso, nós nos referimos a diferentes características que tornam o uso do toldo mais funcional, confortável e simples. Embora existam muitos toldos, os mais populares tendem a ser

  • Sistema motorizado: com um controle manual ou automático, abrir e fechar o toldo é canja. Além disso, os mais modernos permitem que você defina um horário ou até mesmo o faça com um aplicativo móvel sem mesmo precisar estar em casa.
  • Sensor meteorológico: projetado para detectar vento, chuva e sol e abrir ou fechar o toldo, dependendo destes parâmetros. Além de ser muito útil para nós, também aumenta o tempo de vida útil do toldo.
www.bricoblog.euTítulo
"Os toldos vêm com uma película protetora que os torna impermeáveis. No entanto, com o tempo, essa proteção se perde, principalmente devido ao efeito da forte luz solar".

Resumo

Acredite ou não, ter um toldo é um luxo. Graças aos toldos, nossos jardins, terraços e varandas se tornam lugares mais agradáveis para se passar o tempo. E se os colocarmos em nossas janelas, eles também contribuem para o nosso conforto dentro de casa. E se isso não foi suficiente, eles nos ajudam a economizar energia (na verdade, muito mais do que pensamos).

Agora, pensando bem, por que você mudou de idéia? Normal. Como você, cada vez mais pessoas estão interessadas em desfrutar de todas as vantagens e comodidades que um toldo pode trazer para sua casa. E com os modelos mais modernos, muito fáceis e confortáveis de usar, ainda mais. Você ainda tem dúvidas?

Se você achou útil nosso guia sobre toldos, compartilhe-o em redes sociais para que outros também possam apreciá-lo e deixe-nos um comentário.

(Fonte da imagem em destaque: Sukpaiboonwat: 82316909/ 123rf.com)

Referências (1)

1. OCU (2020). Cómo ahorrar energía. [online] www.ocu.org.
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Artículo sobre: ''¿Cómo ahorrar energía?''
OCU (2020). Cómo ahorrar energía. [online] www.ocu.org.
Ir para a fonte
Resenhas