Ultima atualização: 7 de outubro de 2021

Como escolhemos

7Produtos analisados

21Horas investidas

6Estudos avaliados

30Comentários coletados

Hoje, todos nós podemos desfrutar da eletricidade. Nós provavelmente já nos perguntamos muitas vezes como isso é possível.

Atrás dele há muitas pessoas e máquinas trabalhando duro para torná-lo possível, sendo o transformador um dos dispositivos mais importantes para produzi-lo.

O transformador é um elemento essencial para ser capaz de distribuir energia elétrica e é responsável por gerar mudanças de tensão em circuitos de corrente alternada, para que os consumidores possam usar a energia com segurança.

A seguir, vamos contar um pouco mais sobre eles.




O mais importante

  • O transformador ajuda a melhorar a segurança e eficiência do sistema de energia durante a distribuição e regulação a longa distância.
  • Mais e mais transformadores são feitos de materiais de alta qualidade que fazem menos ruído durante a operação.
  • Há uma grande variedade de tipos de transformadores, dependendo da aplicação e da necessidade.

Transformador: nossa recomendação dos melhores produtos

Existem tantos tipos diferentes de transformadores no mercado que compilamos uma lista dos melhores transformadores atualmente no mercado.

Nós queremos ajudá-lo a decidir qual é a opção ideal para você escolher a que melhor se adapta às suas necessidades, então tome nota.

Guia de compra: O que você deve saber sobre o transformador

Antes de comprar um transformador é importante que você conheça os aspectos mais importantes sobre este dispositivo.

Para este propósito, preparamos esta seção que certamente o ajudará a conhecer e esclarecer quaisquer possíveis dúvidas que você possa ter.

O transformador ajuda a melhorar a segurança e a eficiência do sistema de energia durante a distribuição e regulação a longa distância. (Fonte: citadelle: 128339413/ 123rf)

O que é um transformador?

Um transformador é uma máquina elétrica que transfere energia de um circuito elétrico para outro, sem mudar a freqüência.

A transferência ocorre com mudanças na tensão e corrente. O equipamento aumenta ou diminui a corrente alternada quando necessário.

Estas máquinas ajudam a melhorar a segurança e eficiência do sistema de energia durante a distribuição e regulação a longa distância.

Sua operação é baseada nos princípios da indução eletromagnética e consiste em um núcleo e dois enrolamentos.

Como funciona um transformador?

A operação é baseada no fato de que colocar uma corrente alternada no enrolamento primário gera um fluxo magnético no núcleo do transformador, de modo que ele também é produzido no enrolamento secundário.

Portanto, ele resulta em uma tensão variável no enrolamento secundário que pode ser maior ou menor, dependendo do tipo de transformador.

Um simples transformador é composto essencialmente de três partes

  1. Bobina primária - Esta parte, também chamada de bobina primária, é conectada à fonte de energia e transporta a corrente alternada da linha de alimentação. Dependendo da aplicação do transformador, pode ser um enrolamento primário de baixa ou alta tensão.
  2. Core - Aqui é onde os enrolamentos são enrolados e o fluxo magnético alternado é gerado. Elas são geralmente feitas de folhas isoladas eletricamente para reduzir as correntes de fuga.
  3. Bobina secundária - Esta parte, também chamada de bobina primária, fornece energia para a carga e é também onde a força eletromotiva é produzida pela mudança de magnetismo no núcleo que a rodeia.

Quantos tipos de transformadores existem?

Existe uma grande variedade de tipos de transformadores, dependendo da aplicação e da necessidade de cada um. Cada um deles é detalhado abaixo.

Pulsado

Diferencial de variação linear

Transformador Características
Impulsor/redutor de tensão Usado por empresas geradoras de eletricidade para transportar em altas tensões para que as casas possam receber em baixas tensões. Variável Para uma entrada de tensão fixa, a tensão de saída pode ser variada.
Isolamento Contém isolamento galvânico, e são usados para proteger equipamentos que estão diretamente conectados à rede elétrica.
Pode ter uma ou mais bobinas secundárias. Eles incorporam um fusível térmico para proteger os equipamentos contra sobrecargas.
Transformador que funciona em regime pulsado. Tem uma velocidade de resposta rápida. É utilizado para transferir pulsos para elementos de controle.
Um transformador usado para medir deslocamentos que são lineares. Eles são usados em servomecanismos para dar feedback de posição. Diodo dividido Composto de diodos espalhados pelo enrolamento conectados em série para fornecer uma tensão DC. Impedância É o transformador encarregado de adaptar as antenas e linhas de transmissão. Eles estão encarregados de diminuir ou aumentar a impedância.

[/tablex]

Qual é a diferença entre um transformador passo-a-passo e um transformador passo-a-passo?

Com base na indução eletromagnética, os transformadores de energia elétrica variam os níveis de tensão de um circuito de corrente alternada enquanto mantêm sua potência.

Existem duas classificações desses dispositivos:

  • Transformadores step-up - Aumente a tensão de saída em relação à tensão de entrada. O número de voltas no enrolamento secundário é maior do que aqueles no enrolamento primário.
  • Transformadores de passo para baixo - Diminua a tensão de saída em relação à tensão de entrada. O número de voltas do enrolamento primário é maior do que as do enrolamento secundário.

Entretanto, qualquer transformador pode funcionar como um transformador de passo-a-passo, conectando-o ao contrário. Assim como um redutor pode se tornar um impulsionador.

O que é polaridade em um transformador?

Poucas pessoas estão cientes da existência da polaridade de um transformador elétrico.

As bobinas secundárias dos transformadores monofásicos são enroladas na mesma direção que a bobina primária ou na direção oposta, dependendo do critério do fabricante.

Pode ser, por causa disso, que a corrente na bobina primária e a corrente na bobina secundária fluam em uma direção, ou na direção oposta:

  • Polaridade aditiva - Ambos os enrolamentos, ferida, giram na mesma direção. Estando na mesma direção eles adicionam juntos e os terminais "H1" (transformadores primários monofásicos) e "X2" (transformadores secundários monofásicos) estão em linha.
  • Polaridade subtrativa - Ambos os enrolamentos, ferida, giram em direções opostas. Quando na direção oposta eles são subtraídos e os terminais "H1" (transformadores primários monofásicos) e "X1" (transformadores secundários monofásicos) estão em linha.

Como a polaridade pode ser determinada? Para fazer isso, nós temos que colocar um jumper entre os terminais da esquerda e colocar um voltímetro para medir a tensão alternada entre os terminais da direita.

Nós então fornecemos o enrolamento primário com um nível de tensão alternada conhecido como "Vx". Se a leitura do voltímetro for maior que a tensão "Vx", a polaridade é aditiva, enquanto que se for menor, a polaridade é subtrativa.

Cada vez mais transformadores são feitos de materiais de alta qualidade que fazem menos ruído durante a operação. (Fonte:
ewagnarin: 133441181/ 123rf)

Por que os transformadores fazem ruído?

Nós temos que entender que estamos lidando com um dispositivo bastante complexo no qual grandes quantidades de energia circulam, então é normal que ele produza algum ruído.

Embora seja verdade que não devemos nos preocupar com isso, há alguns sons que servem de alerta para que algo não esteja certo e precise ser verificado.

A maioria dos transformadores gera ruído em uma freqüência baixa. Entretanto, é verdade que estes dispositivos são compostos de componentes vibro-acústicos, portanto, se eles estiverem sobrecarregados, eles podem aumentar a intensidade do ruído.

Nós recomendamos, neste caso, parar a operação do dispositivo e fazer uma revisão abrangente para garantir que o aumento do som seja causado por isto e não um problema.

Critérios de compra

Se você chegou a este ponto e decidiu comprar um transformador, você precisa levar em conta os seguintes aspectos que detalhamos abaixo, que consideramos essenciais para você escolher o transformador que melhor se adapte ao que você está procurando.

Voltagem

Este é um dos critérios mais importantes. Quando falamos de voltagem, nos referimos ao número de voltas que temos que dar o fio do núcleo primeiro para caber na bobina secundária.

A voltagem faz o transformador funcionar como esperado. Se a voltagem for alta, os dispositivos eletrônicos podem ser danificados devido a uma sobrecarga causada pelo aumento da corrente.

Por outro lado, se for baixo, não estará funcionando corretamente e pode ficar tenso.

Isolamento

Outro elemento que devemos levar em conta ao escolher nosso transformador é a temperatura no local onde vamos instalá-lo, pois esta é responsável pela degradação do isolamento, o que consequentemente significa uma redução na vida útil do equipamento.

Qual é a temperatura certa? Em resposta a esta pergunta, é recomendado que a temperatura ambiente não deve ser superior a 105ºC.

Isto evita que o isolamento derreta. Da mesma forma, o fabricante do transformador deve levar em conta a temperatura ambiente para evitar possíveis danos através do aquecimento do próprio dispositivo.

Há uma grande variedade de tipos de transformadores dependendo da aplicação e das necessidades de cada um. (Fonte: Tap10: 104361729/ 123rf)

Conformidade com os padrões

É essencial que o equipamento esteja em conformidade com todos os padrões e regulamentos de qualidade, especialmente porque asseguramos que a operação seja adequada e não teremos que gastar dinheiro em instalações ou reparos adicionais.

Além disso, por estarmos em conformidade, verificamos que o transformador atende ao nível mínimo de eficiência energética.

Não adianta comprar um transformador barato, dando importância apenas ao preço, pois pode ser muito econômico, mas pode não funcionar corretamente, então não teremos feito uma compra efetiva.

É melhor escolher um transformador de qualidade para garantir que o equipamento não falhe.

Instalação

A instalação é o critério mais importante ao escolher um transformador elétrico.

Por quê? É importante porque existem transformadores que são para o exterior e outros que são para o interior, por isso certos aspectos devem ser cumpridos dependendo de sua condição.

Se for para o exterior, devemos garantir que temos uma estrutura capaz de protegê-lo e com uma ótima capacidade de evacuar o calor produzido pelas perdas de energia inerentes ao funcionamento do transformador.

Este último aspecto também deve ser cumprido se for para uso interno.

Resumo

Muitos problemas elétricos foram resolvidos devido ao aparecimento de transformadores.

Estes dispositivos são milagres tecnológicos e seu propósito é melhorar a qualidade, segurança e eficiência do sistema de energia no processo de operação, regulação e distribuição por longas distâncias.

Como qualquer outro aparelho, antes de investir nele, devemos pensar e pesquisar o que queremos para fazer a compra certa.

Ao longo do artigo respondemos as perguntas mais comuns que os clientes costumam fazer e falamos sobre os critérios a serem levados em conta ao comprar um transformador.

Se você acha que este artigo o ajudou, seja para aprender um pouco mais sobre transformadores, esclarecer suas dúvidas ou em seu processo de escolha, você pode escrever um comentário e/ou compartilhá-lo através das redes sociais. (Fonte da imagem em destaque: Kasto: 62092962/ 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas