girl recordin herself
Ultima atualização: 27 de maio de 2020

Como escolhemos

16Produtos analisados

18Horas investidas

4Estudos avaliados

76Comentários coletados

Se você gosta de fotografia e tem uma câmera (não estamos falando da câmera do celular), com certeza você já cogitou comprar acessórios para poder tirar a foto que você quer em qualquer situação, para melhorar suas fotos e testar novas técnicas. Um dos itens mais imprescindíveis para poder conseguir tudo isso é, sem dúvidas, o tripé para câmera.

Seja para melhorar a nitidez das suas fotos com pouca luz, para criar panorâmicas de qualidade ou para fazer selfies, o tripé é um acessório que não pode faltar no seu equipamento fotográfico. Mas, qual tripé escolher? Quando e como utilizar? No nosso guia, vamos tentar responder estas e outras perguntas para te ajudar a escolher o produto mais adequado.




O mais importante

  • O tripé é um elemento indispensável para qualquer fotógrafo profissional, mas não é menos importante para um amador.
  • Os tripés fornecem estabilidade e firmeza à câmera, principalmente em situações com pouca luz. Você vai conseguir fotos muito mais nítidas e profissionais.
  • Para escolher o mais adequado às suas necessidades, você deve considerar uma série de aspectos. O mais importante é, provavelmente, o uso que será feito e o tipo de fotografia que você vai fazer. Vamos ver estes fatores mais detalhadamente na última seção deste guia.

Os melhores tripés para câmera do mercado: Nossas recomendações

Existem muitos tripés no mercado e com uma faixa de preços muito ampla. Por isso, vamos mostrar uma série de possibilidades variadas. Vamos apresentar opções com diferentes características, mas versáteis e que podem atender às suas necessidades na fotografia, mesmo que seja em uma frequência esporádica, média ou avançada.

Um tripé para câmera profissional de fibra de carbono

Este tripé de fibra de carbono suporta um peso de até 8kg, vem com uma bolsa de transporte. Indicada para uso profissional, pode ser utilizado em terrenos irregulares ou com condições de vento. Tem pés de borracha que garantem a estabilidade. Possui alavanca de liberação rápida, é muito seguro. A coluna central pode ser invertida. Tem uma altura máxima de 1,46m.

Tripé Digipod com 1,70m

Este tripé da Digiopd é um dos mais altos da marca, suporta até 5kg e chega a 1,70m de altura. Com cabeça 3-way e sapata de engate rápido, você vai ganhar tempo na instalação da câmera. A cabeça faz com que a câmera possa ser inclinada até 90 graus. Os fechos são de abertura rápida e os pés ajustáveis. Acompanha bolsa com zíper.

Tripé profissional com cabeça hidráulica

Este tripé da Weifeng pode chegar a 1,60m de altura e suporte equipamentos de até 3 quilos. Sua altura mínima é 62cm. Feito de liga de magnésio, é versátil e fácil de usar. Acompanha uma bolsa para transporte.

Guia de compras: Tudo que você precisa saber sobre os tripés para câmera

Embora o tripé seja um dos acessórios mais simples para fotografar, é importante ter claro alguns conceitos, tanto na hora de escolher um como no momento de utilizá-lo. Abaixo, vamos falar um pouco mais sobre como aproveitar ao máximo o tripé para câmera.

reporter

O tripé é um elemento indispensável para qualquer fotógrafo profissional ou amador que queira melhor a qualidade de suas fotos. (Fonte: Golub: 109659077 / 123rf.com)

O que é um tripé?

Um tripé é um aparelho, um elemento ou estrutura portátil de três pés que é utilizado para suportar o peso e manter uma câmera estável, evitando o movimento e oferecendo, deste modo, firmeza.

Assim, você evita fotos tremidas e melhora a nitidez da imagem em situações, se for segurar a câmera com as mãos, não é possível.

Quando utilizar o tripé?

Sempre que o tempo de exposição da foto for longo, ou seja, se você fotografa em velocidades lentas, a foto pode ficar tremida ou borrada. Se você aumentar o ISO para evitar, vai causar ruídos nas fotos, independente do estabilizador da câmera.

Com a ajuda do tripé, você evitar fazer fotos tremidas ou borradas.

Nesses momentos, você deve usar o tripé para câmera para melhorar a nitidez das suas fotos. A regra da inversão focal dá uma ideia do tempo de exposição que você deve disparar a foto para que ela não fique tremida.

Isso é calculado dividindo 1 entre a distância focal do objetivo. Então, se você utiliza uma lente de 55mm, o tempo de exposição deve ser de 1/50 segundos ou mais rápido, 1/80, 1/100.*

Em geral, com um tempo de exposição superior a 1/100, fica difícil a foto sair realmente nítida (a menos que você tenha mãos de cirurgião). Por isso, o uso do tripé é essencial para fotos nítidas com um ISO razoável e sem ruídos excessivos nas fotos.

foco

*Nota: se a sua câmera é de formato APS-C, ou seja, não é full frame, você deve considerar o fator de corte. Nas câmeras APS-C, a distância focal da lente é multiplicada por este fator de corte. Assim, uma distância focal de 55mm equivale nas APS-C a cerca de 75-80mm.

Em quais situações e para que tipo de fotografia utilizar o tripé?

Utilizar velocidades lentas, ou seja, um período longo de exposição, é algo que pode acontecer em muitas situações. Além disso, para algumas especialidades da fotografia ou para criar alguns efeitos, o uso do tripé é indispensável. Vamos ver abaixo:

  • Fotografia com pouca luz;
  • Fotografia noturna e light painting;
  • Para criar um efeito sedoso na água;
  • Para capturar o movimento de objetos ou pessoas;
  • Congelar o movimento com a técnica panning;
  • Selfies ou fotos de grupo, para que todos apareçam;
  • Técnicas como HDR (Alto Alcance Dinâmico), time lapse ou focus stacking;
  • Para trabalhar com lentes amplas;
  • Para gravar vídeos com a câmera sem vibrações;
  • Fotografia de paisagens e panorâmicas;
  • Para fotografar a natureza;
  • Fotografia macro ou de aproximação;
  • Para fotografias de arquitetura ou interiores;
  • Fotografia de produtos ou lojas.
interview

Os tripés fornecem estabilidade e firmeza para a câmera, principalmente em situações de pouca luz, para evitar fotos tremidas. (Fonte: Lightfieldstudios: 118056310 / 123rf.com)

Quais as vantagens e desvantagens de um tripé para câmera?

Como você pode ver na lista anterior, para certos tipos de fotografias, o uso de um tripé é necessário e, em muitos casos, indispensável. Ao fornecer estabilidade, vai permitir fazer melhores fotos, de maior qualidade. Mas trabalhar com o tripé também tem algumas desvantagens. Vamos observar:

Vantagens
  • Melhoram a nitidez e qualidade da foto ao fornecer maior estabilidade para a câmera
  • Permitem realizar fotos de qualidade com pouca luz e captar melhor os detalhes
  • Possibilitam fazer fotos em ângulos impossíveis com a câmera nas mãos
  • Fica mais fácil trabalhar com as lentes maiores e mais pesadas
  • São essenciais para selfies ou fotos de grupo que o fotógrafo queira aparecer
  • São indispensáveis em algumas práticas fotográficas 
Desvantagens
  • É um peso extra para o equipamento fotográfico e ocupa espaço
  • Exige tempo de montagem, perdendo tempo na hora da foto
  • Não são recomendados para fotos em locais cheios

Quais são as partes do tripé para câmera?

Um tripé é composto, basicamente, por uma cabeça ou articulação esférica e um corpo. O corpo é composto por três pés e uma coluna central. Abaixo, vamos falar um pouco sobre cada um destas partes e qual sua função:

  • Os pés do tripé fornecem estabilidade. Possuem diferentes “seções” para usar o tripé em diferentes alturas. Cada seção tem uma trava. Alguns tripés tem vários ângulos de abertura que permitem abrir os pés em diferentes posições, o que adiciona muita versatilidade.
  • A cabeça ou articulação esférica é o que permite ajustar o ângulo da fotografia. Existem diferentes tipos, mas os mais comuns são de bola ou três eixos. Em alguns tripés ela pode ser trocada, para você fazer diferentes tipos de fotografias.
  • A coluna central serve para extender ainda mais a altura do tripé. Nem todos possuem. Na maioria, a coluna central pode ser tirada e colocada ao contrário para fazer fotos no nível do chão ou também pode ser usada para outros ângulos.
guy capturing a landscape

Um tripé é um aparelho, um elemento ou estrutura portátil de três pés utilizado para suportar o peso e manter a câmera estável. (Fonte: Chalabala: 86906730 / 123rf.com)

Quais tipos de tripé existem?

Preparamos uma pequena classificação dos tipos de tripé de acordo com o uso e qualidade. Fizemos pensando nas suas possíveis necessidades. Vamos observar:

  • Tripé de gama baixa: são fabricados em plástico e alumínio. As partes não podem ser separadas. Se você é um usuário esporádico, ou seja, se vai usar apenas de vez em quando, pode ser uma boa opção.
  • Tripé leve ou de viagem (gama média): estes tripés fornecem um equilíbrio entre a estabilidade e leveza, ou seja, o peso e a facilidade para levar para qualquer lugar. É uma ótima opção para qualquer fotógrafo que queira utilizá-lo em viagens sem precisar carregar muito peso.
  • Tripé de gama média alta: são tripés maiores e mais pesados, mas permitem mais opções de movimento e oferecem mais possibilidades. Se você é um amador na fotografia e quer fazer fotos macro, de produtos ou em estúdio, vai encontrar opções muito versáteis.
  • Mini tripé: são tripés muito pequenos, de apenas alguns centímetros. São muito úteis para levar para qualquer lugar e colocar em uma base estável para fotografar. São feitos para câmeras leves, mas alguns suportam até 3kg.
  • Mini tripé flexível: também são muito pequenos e podem ser facilmente carregados de um lado para outro. Não elevam muito a câmera, mas podem ajudar muito. Por ter os pés flexíveis ou articulados, podem também ser presos em algum lugar, como árvores.

Como utilizar o tripé para câmera?

Pode parecer que o uso do tripé para câmera não tem segredos. É um aparelho de uso fácil, quase que intuitivo, mas é importante considerar uma série de regras e dicas para utilizar corretamente, para você conseguir as melhores fotos.

  • Antes de colocar a câmera no tripé, procure o enquadramento que você quer com a câmera na mão;
  • Certifique-se que a superfície seja estável, abra os pés do tripé até o nível de segurança;
  • Coloque um dos pés apontado para o local que você irá fotografar, assim terá espaço suficiente entre os dois outros pés caso você precise movê-los;
  • Estenda os pés até a altura desejada. Sempre começando pelas partes mais grossas, as mais próximas à cabeça. As inferiores são mais finas e, portanto, menos estáveis;
  • A coluna central é o último item a ser estendido e, se for possível, não o faça, já que é o ponto menos estável do tripé;
  • Verifique se a cabeça está nivelada e estável. Verifique que as travas dos pés estejam bem firmes e fechados;
  • Coloque o encaixe na câmera e depois na cabeça do tripé. Normalmente você vai escutar um clic quando estiver travada;
  • Trabalhe no modo manual, com a sensibilidade do sensor (ISO) o mais baixo que a câmera permitir;
  • Ajuste o ângulo da câmera com a cabeça do tripé e desligue o estabilizador de imagem da câmera. Ele não é necessário quando se utiliza o tripé;
  • É indispensável disparar com um controle remoto ou colocando o temporizador na câmera, assim você vai evitar fotos tremidas.

Critérios de compra

O ideal, na hora de escolher um tripé, é saber a finalidade dele e o tipo de fotografia que você vai fazer. Talvez o mais importante para um amador seja combinar estabilidade com utilidade. Ou seja, encontrar um bom equilíbrio entre os benefícios e o uso. Para isso, analise os seguintes critérios:

Uso e tipo de fotografia

A fotografia é um hobby muito viciante, por isso talvez seja difícil definir o uso do tripé desde o princípio. Se você vai utilizar mais esporadicamente ou para selfies e fotos em grupo, ou talvez em viagens, um modelo simples pode atender suas necessidades.

Mas se você é um fotógrafo profissional e quer praticar diferentes técnicas, o melhor é escolher um tripé de melhor qualidade. Se você for levar o tripé para câmera para vários lugares, escolha uma opção mais leve.

picture of a landscape

Sempre que o tempo de exposição for longo, ou seja, que você fotografe em velocidades lentas, a foto pode ficar tremida ou borrada. (Fonte: Sriphet: 108311478 / 123rf.com)

Capacidade de carga

A capacidade de carga é o primeiro item a ser considerado ao comprar um tripé para câmera. Verifique o peso máximo do seu equipamento fotográfico, a câmera e lente mais pesadas e também outros acessórios para garantir que esteja dentro do limite.

Escolha sempre um tripé que suporte mais do que o total desta soma. O ideal é que suporte até o dobro deste peso. Considere também o peso da cabeça do tripé nesta conta.

Pés

Os pés são o tripé propriamente dito, o que garante sua função principal: fornecer estabilidade para a câmera. Você deve considerar vários fatores sobre eles na hora de escolher o tripé. Vamos falar um pouco melhor abaixo:

  • Seções: quanto menos seções tiver os pés, mais estável será o tripé. Geralmente, o mínimo são três. Quando mais seções, maior capacidade de dobrar o tripé e assim, ele fica menor, facilitando o transporte.
  • Diâmetro: quanto maior o diâmetro dos pés, mais estável será o tripé, mas também mais pesado. É uma questão de encontrar o equilíbrio adequado.
  • Tipo de travas: você vai encontrar tripés com fechamento de presilha e parafuso. Os dois são resistentes e duradouros, vai depender da sua preferência.
  • Pés: geralmente são de borracha, válido para praticamente qualquer superfície. Mas se você for utilizar em locais escorregadios, o melhor é que tenham uma ponta metálica. Alguns tripés tem as duas opções e outros podem ser adquiridos separadamente.
couple on the top of a mountain

O tripé melhora a nitidez e qualidade da foto ao fornecer estabilidade para a câmera. (Fonte: Anyaberkut: 82482229 / 123rf.com)

Material, peso e altura

Os materiais mais comuns para a fabricação dos tripés são: alumínio e fibra de carbono. O alumínio é mais rígido, mais resistente à corrosão, mais pesado e econômico.

A fibra de carbono é um material muito resistente e leve, e suporta bem o peso. Isso torna os tripés de fibra de carbono mais caros. São mais delicados e é necessário um cuidado maior.

O peso do tripé influencia na sua estabilidade. Se você quer um para viagens, é melhor um mais leve. São estáveis e funcionam bem com equipamentos fotográficos mais simples e leves.

A altura máxima do tripé é importante para poder fazer fotos com mais conforto. Observe se a altura máxima é fornecida com ou sem a coluna central, um elemento que, quando implantado, reduz a estabilidade.

Resumo

Se você é um amante da fotografia, o tripé para câmera é um elemento indispensável para seu equipamento, já que fornece estabilidade para a câmera e, portanto, nitidez e qualidade para as suas fotos. Com ele, você poderá elevar a qualidade das suas fotos. Além disso, vai poder praticar técnicas e tipos de fotografia que sem ele, é impossível.

Na hora de escolher o melhor tripé para câmera do mercado, o mais importante é buscar o equilíbrio entre a estabilidade, versatilidade e o peso na hora de transportar. Mas, o mais importante, é que você saiba o tipo de fotografia que vai fazer com a ajuda do tripé e considere o peso do seu equipamento fotográfico.

Se este artigo foi útil para você, não deixe de compartilhar em suas redes sociais ou deixar um comentário para nós!

(Fonte da imagem destacada: Rawpixel: 96571894 / 123rf.com)  

Por que você pode confiar em nós?

Giovani Stack Fotógrafo e Videomaker
Giovani une seu gosto pela fotografia e pelos vídeos com seu interesse pelas nuances do universo tecnológico. Assim, analisa cada detalhe e compartilha com a internet todas as suas descobertas sobre os aspectos técnicos das máquinas, monitores, caixas de som e muitos outros acessórios que fazem seus vídeos e fotos encantarem seus clientes.
Curiosa por natureza e apaixonada por viagens, ama estar por dentro das novidades que podem facilitar e tornar mais alegre o dia a dia das pessoas. No Guia55, escreve e adapta artigos para auxiliar suas decisões de compra.