Ukulele
Ultima atualização: 1 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

9Produtos analisados

16Horas investidas

3Estudos avaliados

82Comentários coletados

Sabe aquelas músicas que, basta escutar, para sentir o clima de praia, luau e boas energias? Você já se perguntou o que alguns hits de Marisa Monte, as músicas da alternativa "A banda mais bonita da cidade" e canções como a sensível havaiana Somewhere over the rainbow, ou a dançante Riptide, de Vancy Joy, têm em comum? Além das vibrações positivas, todas usam como instrumento de destaque o ukulele.

Os tons aconchegantes do ukulele trazem uma sensação de paz e a vontade de continuar cantando e tocando cada vez mais músicas como essas. E, se você não toca nenhum instrumento e nem sabe por onde começar, preparamos um artigo sobre o ukulele e o universo encantador que o rodeia. Depois de tê-lo nas mãos, aprender a tocar é uma questão de — pouco — tempo. Pode acreditar!




O mais importante

  • A primeira coisa que deve ser levada em conta antes de comprar um ukulele é o tamanho do instrumento. Existem quatro tamanhos básicos que são, do menor para o maior: soprano, concerto, tenor e barítono.
  • Também é importante considerar o seu nível de intimidade e evolução com o instrumento. Se você ainda vai começar a tocar ou se já é profissional no ukulele, isso fará diferença na sua decisão final. Além disso, o valor de cada modelo pode variar de acordo com essa especificação.
  • O tipo de som emitido é um dos critérios básicos de compra. Nem todos os tipos de ukulele tem emissão idêntica. Essa variação depende da madeira da fabricação, do tamanho do instrumento e do tipo de cordas. Falaremos sobre isso em detalhes logo mais.

Os melhores ukuleles do mercado: nossos favoritos

O ukulele é um instrumento que caiu no gosto de muitas pessoas, especialmente os mais jovens, pela popularização das músicas good vibes. Como existem diferentes tipos do instrumento e uma grande variedade de modelos, decidimos fazer uma seleção com os nossos favoritos. Assim, fica mais fácil conhecer algumas das opções mais vendidas da atualidade.

O ukulele preferido dos instrumentistas

Entre os tipos mais comuns de ukulele, esse é um dos preferidos entre músicos profissionais e amadores pois, além da sonoridade mais grave, o tamanho do próprio instrumento é maior. Assim, ele confere um espaço maior entre as notas, o que facilita a execução da música.

Com 26 polegadas de comprimento, confeccionado 100% em madeira natural e encordoamento em nylon, esse ukulele versão tenor confere afinação rápida e perfeita às cordas.

O ukulele ideal para crianças ou iniciantes

A tradição de qualidade Tagima está presente nessa versão soprano do ukulele, a menor entre todos os tipos do instrumento. Com apenas 23,5 centímetros de largura e comprimento total de menos de 65 centímetros, promove emissão aguda que agrada os amantes da música mais melódica.

Por ser menor, pode ser uma excelente escolha para crianças que queiram tocar o instrumento ou para quem está iniciando no aprendizado do ukulele.

O ukulele confeccionado em legítima madeira havaiana

O ukulele PHX chega ao mercado com design diferenciado. Ele não é apenas bonito e sim projetado para ser muito mais confortável ao tocar. As tarraxas blindadas garantem a qualidade da afinação, com resultados profissionais.

O instrumento é fabricado em Baswood Koa, uma madeira havaiana de tons dourados que proporcionam um agradável tom médio, com nitidez muito mais concentrada. O modelo vem acompanhado por um case de proteção e transporte.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre o ukulele

Se você não sabe nada sobre o ukulele mas adora os sons que ele emite, precisa saber que trata-se de um instrumento bem simples e que não é nada complicado começar a tocá-lo. Mesmo assim, é fundamental conhecer um pouco sobre ele para entender qual tipo de instrumento é mais adequado para o que você espera dele.

Neste guia, vamos esclarecer as principais dúvidas sobre o ukulele e a melhor forma de escolher o seu. Siga conosco!

Ukelele

É possível afinar o ukulele usando um afinador ou "de ouvido", como se costuma dizer. Alguns instrumentos já vem acompanhados por seu próprio afinador. (Fonte: Busing: VlVAlwAH2_E/ Unsplash.com)

Qual é a origem do ukulele?

Um instrumento com som praiano e envolvente não poderia ter outra origem senão o Havaí! A história do ukulele tem seus primeiros registros no final do século XIX, na década de 1880.

Os primeiros registros do ukulele datam do fim do século XIX.

Adaptado do cavaquinho, levado ao arquipélago pelos portugueses da Ilha da Madeira, ele ganhou novos tons e ritmos.

Curiosamente, antes de ditar o estilo da música popular havaiana, o ukulele fez muito sucesso na música popular americana, sobretudo durante a Segunda Guerra Mundial. No pós-guerra, o instrumento passou a ser produzido em larga escala e atraiu a atenção de músicos de todo o mundo, até mesmo o beatle George Harrison se rendeu à doçura do ukulele.

Como se classifica o ukulele?

O ukulele pertence à família de cordas. Assim como violas, violões e o cavaquinho, é normalmente fabricado em madeira e produz os sons por meio da pressão exercida sobre as cordas.

Originalmente, era composto por cinco cordas, fabricadas a partir de tripas de animais. Atualmente, ele passou a ter apenas quatro cordas. As mais utilizadas são as de nylon, ainda que existam as confeccionadas em fluorcarbono e as revestidas em alumínio, cobre e bronze.

O formato do ukulele o remete a um pequeno violão. Em forma de oito, como costumam ser outros instrumentos de corda. Porém, como ocorre com as guitarras, é possível encontrar modelos inusitados, como os triangulares ou quadrados.

foco

Entre as interpretações possíveis, o nome ukulele é a tradução para "pulga saltitante", por causa do movimento das mãos de quem o toca. Há outra vertente que diz que o nome significa "presente de longe", numa referência às origens do instrumento.

Quais os tipos de ukulele existentes?

Como falamos, o ukulele é um instrumento muito simples. Ainda assim, existem vários tipos deles. A diferenciação principal é visual e diz respeito ao tamanho do ukulele, mas isso tem impacto direto em sua emissão sonora, tornando-o mais grave ou mais agudo. Para deixar bem explicada a diferença entre cada tipo de ukulele, elaboramos uma tabela com os detalhes de cada um deles. Confira:

  • Soprano: é o menor e, normalmente, o mais acessível entre os membros da família do ukulele. Por esse motivo, é o mais comum, principalmente entre crianças e iniciantes. Mede cerca de 53 centímetros e é o que tem a emissão mais aguda de todos, conservando as características o ukulele original.
  • Concerto: é o segundo na escala de tamanho, com aproximadamente 58 centímetros de comprimento. Os trastes são mais separados e ele emite som mais grave. O nome "concerto" não determina se tratar de um ukulele profissional. Ele faz referência exclusivamente ao tamanho do instrumento, que é o mais comum entre equipes de músicos em apresentações. Dentro dessa categoria, também há os modelos para iniciantes.
  • Tenor: o terceiro maior modelo de ukulele, com cerca de 66 centímetros, é um dos mais adotados por músicos profissionais. Devido ao seu tamanho, é o preferido das pessoas que têm as mãos maiores, que o consideram mais fácil de tocar.
  • Barítono: finalmente, esse é o maior entre os tipos de ukulele. Com aproximadamente 76 centímetros, ele é, de todos os ukuleles, o que tem um som mais grave.

Além desses quatro tipos mais comuns de ukulele, é possível encontrar no mercado os modelos com seis ou oito cordas, os ukuleles elétricos e, ainda, uma versão ainda menor que a soprano. Chamado de "sopraníssimo", o instrumento chega a medir menos de 40 centímetros.

Ukelele on the grass

O ukulele é um instrumento relativamente simples e não demanda muito esforço para começar a tocar.
(Fonte: Morrison: fEdo2qJ647U/ Unsplash.com)

Quais as principais partes do ukulele?

Simples, leve e compacto, o ukulele é o instrumento ideal para ser levado para toda parte. Apesar dos diversos tipos, as partes que o compõe são basicamente as mesmas. Ainda que hajam pequenas variações entre os modelos, descrevemos a seguir os principais componentes do ukulele e suas funções no instrumento:

Elemento Características
Cabeça ou mão Situada na extremidade superior do braço, é onde se encontram as tarraxas
Tarraxas Permitem afinar o ukulele, ao apertar ou afrouxar as cordas
Pestana É o elemento que promove a ligação entre o braço e a mão — ou cabeça — do ukulele. Sobre ele se apoiam as cordas
Braço A parte longa e estreita que vai do corpo do instrumento até à cabeça
Diapasão é a parte que recobre o braço do ukulele, onde se apoiam os dedos pressionando as cordas
Trastes São pequenos tiras paralelas de metal colocadas sobre o braço do ukulele, na transversal. Eles delimitam a diferenciação das notas e acordes
Cordas Normalmente feitas em nylon, vão desde as tarraxas até a ponte que fica na parte inferior do ukulele. É a movimentação das cordas, estimuladas por pressão e vibração, que produz o som.
Corpo A maior parte do ukulele. É ele que amplifica o som produzido pelas cordas de forma que se pode escutá-lo. O material e a forma do corpo influenciam diretamente na reprodução do som das cordas
Boca É a abertura redonda existente no corpo do ukulele. Por meio dela é que sai o som
Ponte Situada na parte mais inferior do ukulele, é onde as cordas ficam presas e a partir dela são levadas à cabeça do instrumento
Tampa harmônica Geralmente em madeira, é a peça que recobre o corpo do ukulele

Qual a afinação ideal para o ukulele?

É possível afinar o ukulele usando um afinador ou "de ouvido", como se costuma dizer. Alguns instrumentos já vem acompanhados por seu próprio afinador. Você pode também baixar algum aplicativo em seu smartphone próprio para esse fim. Assim como na maioria dos instrumentos de corda, o ukulele pode ser afinado em diversos tons.

A afinação mais comum para o ukulele é em "Dó".

Se você aderir a afinação em C (nota Dó), a sequência das cordas deve ser: G C E A, ou seja: Sol, Dó, Mi, Lá). Para definir o tom mais adequado, você deve considerar também o tom mais confortável para acompanhar a música com a voz.

Uma dica importante: como ocorre nos demais instrumentos de corda, também no ukulele, as cordas são denominadas de baixo para cima. No entanto, ao contrário dos outros instrumentos da família, no ukulele, as notas mais graves estão nas cordas de baixo e as mais agudas, nas cordas de cima.

foco

Se você pretende comprar um ukulele mas não tem a mínima ideia de como começar a tocar, comece a seguir canais de tutoriais no YouTube. Você encontrará desde as mais simples dicas até aulas completas.

Quais os músicos famosos que se destacaram ao som do ukulele?

Muitas pessoas sentem vontade de tocar um instrumento para seguir seu ídolo ou, ainda, após ouvir uma música que traga uma sensação diferente. Com o ukulele não é diferente: contam que até o rei do Havaí decidiu aprender o instrumento após ouvir um "plebeu" tocar o ukulele. Pensando nessa história, pesquisamos alguns ídolos que levaram esse som para o mundo:

  • Israel Kamakawiwo’ole: o havaiano que ficou eternizado pela sua doce canção Somewhere over the rainbow, mesclando partes das músicas Over the rainbow e What a wonderful world.
  • Amanda Palmer: cantora e pianista do grupo The Dresden Dolls, ela é reconhecida pelo seu talento ao ukulele. É seguro dizer que sua canção mais conhecida é Ukulele Anthem.
  • George Harrison: um dos mais perfeitos guitarristas da história, o famoso membro dos The Beatles também era apaixonado pelo som do ukulele.
  • Eddie Vedder: o cantor da consagrada banda Pearl Jam é outro ídolo da música que ajudou a popularizar o som do ukulele. Em 2011, Vedder gravou o disco Ukulele Songs, com todas as canções executadas neste delicado instrumento.
  • Phoebe Waller-Bridge: a atriz, roteirista e diretora inglesa, premiada com seis estatuetas do Emmy, também é uma aficcionada pelo ukulele. Na série Crashing, ela atua com o instrumento como companheiro em diversas cenas.

Critérios de compra

Falamos aqui sobre como o ukulele é um instrumento simples de tocar e imaginamos que, neste momento, você esteja a um clique de comprar o instrumento para começar a praticar, não é?

Tudo certo com isso, mas antes da sua escolha final, há alguns pontos que você precisa ter em mente para avaliar se está tomando a decisão correta. Vamos a eles?

Tamanho

Antes de definir o modelo ideal, lembre-se de considerar qual tamanho será mais viável para a sua expectativa e necessidades. Apesar de o soprano ter as medidas mais adotadas, isso não significa que ele seja o ideal para você. Se tiver mãos grandes, por exemplo, vai ficar mais difícil tocar com ele do que com um modelo maior, como o tenor ou o barítono.

Nível

Nada impede que você sonhe em ser um grande ídolo da música empunhando o seu ukulele. Mas pode ser que seu objetivo seja apenas a diversão entre amigos ou um passatempo para espantar o estresse no fim do dia... Por isso, o nível em que pretende utilizar o seu instrumento — profissional ou amador — também precisa ser levado em conta antes da escolha final, para evitar altos e desnecessários investimentos.

person with a ukulele

O modelo soprano é o menor de todos os tipos de ukulele e, ainda assim, o mais habitual deles. (Fonte: Ruvalcabar: KvCzffawB5Y/ Unsplash.com)

Material

Ainda que existam alguns fabricantes que inovam, produzindo ukulele em plastico ou outro material, o mais comum ainda é a madeira. No entanto, cada tipo de madeira produz um som característico. Por isso, é importante verificar se o material do seu ukulele escolhido vai produzir a emissão que você deseja. Geralmente, essa informação consta na descrição do produto.

Cordas

Como comentamos, o ukulele original utilizava acordoamento feito com tripas de animais. Com a evolução do segmento, as cordas passaram a ser fabricadas em nylon e ganharam revestimentos diversos para personalizar o som do instrumento.

Atualmente, é possível encontrar no mercado as cordas chamadas Nylgut, que simulam as características das cordas de tripa a partir de materiais sintéticos. Se sua ideia é ficar mais próximo do som original do ukulele, essa pode ser uma alternativa.

Resumo

O ukulele é um instrumento de notas doces e sensíveis, que pode ser um grande companheiro para crianças e adultos. Ao longo desse artigo, mostramos que você pode adquirir um ukulele e começar a tocar com facilidade, pois se trata de um instrumento simples, que trará boas energias e marcará momentos memoráveis à beira da praia, numa tarde de chuva ou na viagem com os amigos.

Lembre-se sempre que, assim como o material de fabricação e o tamanho do instrumento, as cordas também têm influência sobre o tipo de som que o ukulele vai emitir. O preço do instrumento pode falar muito sobre a sua qualidade e durabilidade.

Portanto, é importante ter clareza sobre cada um desses pontos antes de fazer sua escolha. Com todos esses cuidados, só falta agora finalizar a sua compra para começar a desfrutar dos benefícios da boa música!

Esperamos ter tornado mais fácil a sua jornada em busca do ukulele ideal. Se esse guia foi útil para você, sinta-se à vontade para compartilhar e deixar-nos seu comentário. Obrigado!

(Fonte da imagem destacada: Monterisi: 119226239/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Ricardo Amorim Músico e Viajante
A música e as viagens sempre foram as paixões de Ricardo. Seu violão o acompanha pelo mundo, desde que saiu de casa aos 17 anos. Desde então, já conheceu mais de 50 países e segue sua jornada rumo aos 100. Além de suas duas paixões, Ricardo também escreve sobre outras formas de lazer, especialmente sobre livros, aproveitando os dois anos investidos no curso de Jornalismo.
Vera Pereira Redatora/Editora
Jornalista, especialista em produção de conteúdo digital, tem na escrita a sua maior paixão. Adora investigar, apurar fatos e reconstruir histórias. Por isso, atua na pesquisa e adaptação dos conteúdos internacionais à realidade e legislação brasileiras.
Já trabalhou em diversos meios de comunicação, impressos e online. Apaixonado por leitura, cinema e música, escreve sobre muitos temas, mas especialmente sobre a tecnologia que envolve a fotografia e os vídeos, além de livros e instrumentos musicais.