sega retro console
Ultima atualização: 12 de agosto de 2020

Como escolhemos

13Produtos analisados

16Horas investidas

4Estudos avaliados

78Comentários coletados

O vintage está na moda! Isso vale para tudo: seja na decoração, nos utensílios de cozinha e até nos eletrônicos. Mesmo com toda a tecnologia dos equipamentos mais modernos, a nostalgia e o design que remetem a outras épocas têm ganhado espaço entre todos os públicos. Todos mesmo! Uma prova é a volta dos antigos consoles, para quem é adepto do videogame retrô.

Entre jogos com gráficos impecáveis, cada vez mais realistas, com trilha sonora de cinema e recursos impensáveis há 20 anos, muitos gamers estão voltando às décadas de 1980 e 1990 para reviver a chegada dos videogames. E se você também procura o modelo ideal para fazer essa viagem no tempo, vai encontrar aqui tudo o que precisa para fazer a melhor escolha. Vamos lá?




O mais importante

  • O videogame retrô, além de mais barato do que os consoles modernos, resgatam as origens da popularização dos vídeo jogos.
  • As opções originais como o console da Sega ou Nintendo, apresentam mais qualidade, apesar de terem mais limitação com relação à quantidade de jogos disponíveis em comparação aos modelos que rodam jogos de todas as marcas.
  • Na hora de comprar um videogame retrô, é fundamental ficar atento a aspectos como a conectividade. Falaremos sobre este e outros pontos essenciais na seção "Critérios de Compra".

Os melhores videogames retrô do mercado: nossos favoritos

Você pode estar querendo relembrar os velhos tempos ou ter a oportunidade de jogar com seu filho os "joguinhos" que consumiam suas tardes na época em que não havia smartphone nem redes sociais. A questão é, como escolher o melhor modelo? Nossa dica é optar por aquele que você mais gostava — ou desejava ter — na infância. No entanto, há muitas opções no mercado e, por isso, destacamos as principais aqui:

O videogame retrô para quem jogava Mega Drive

Este console é um sonho para quem foi criança ou adolescente nos anos 90. O destaque para essa reedição de um dos mais famosos videogames da história é para a manutenção de todo o design do aparelho e seus joysticks.

Com memória integrada de 64 K e 22 títulos clássicos da marca já instalados, ele conta com um cartão SD que permite a instalação de mais 570 jogos. Entre os jogos que já vêm de fábrica, o destaque é, sem dúvidas, para a franquia Sonic, além de Alex Kid e Castlevania.

O console universal para até 9 mil jogos

Esta é a melhor opção para quem não está preocupado necessariamente com o design de um videogame retrô e sim com a experiência de voltar à partidas clássicas da história dos jogos eletrônicos. O recalbox é um emulador de diversos consoles e, assim, permite reproduzir os games das mais diversas marcas.

Com conexão à Internet, é possível baixar jogos de Atari a PlayStation e relembrar todos os games que marcaram época. Ele possui entradas USB e acompanha um cabo HDMI para conectar à TV e dois controles estilo PS2.

O videogame retrô para os fãs de Nintendo

Imagine a sensação de jogar os clássicos jogos lançados há quase 30 anos pela Nintendo, com o icônico joystick da marca em mãos... Essa reedição do Nintendo vai te proporcionar essa experiência novamente, com todos os principais games daquele tempo.

Ele vem com 30 títulos clássicos, como a saga Mario Bros. e outros de destaque (Final Fantasy, Zelda e Pac-man). Além disso, ele foi adaptados com conexão USB e HDMI para conexão com a sua smart TV. Para completar, ele pode ser conectado ao Wii ou Wii U, para jogar games comprados no Virtual Console.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre o videogame retrô

Como você acabou de ver, há desde os modelos clássicos até hubs modernos, que permitem jogar diversos jogos dos diferentes consoles mais tradicionais dos anos 90. Por isso, julgamos que vale a pena lembrarmos alguns pontos importantes sobre este tipo de videogame. A partir de agora, vamos responder as perguntas mais frequentes sobre estes aparelhos. Siga com a gente!

jogos de vídeo retrô

Alguns consoles de videogame retrô permitem personalizar as configurações, adicionando uma infinidade de jogos extras. (Fonte: Atmosphere1: 84256566/ 123rf.com)

O que é um videogame retrô?

Podemos classificar o videogame retrô de duas formas. Por um lado, temos um dispositivo moderno que permite reproduzir e jogar títulos antigos, da forma como eles foram concebidos e eram jogados antigamente. Por outro, existem os modelos de consoles clássicos como o Master System, o Nintendo e o Mega Drive.

Assim, é possível escolher entre ter o console com o design original e reproduzindo os jogos exclusivos da marca ou contar com um pequeno aparelho em que é possível adicionar games dos mais diversos consoles. As semelhanças são o fato de todos apresentarem jogos originais, com gráficos 2D e não permitirem conexão on-line.

Quais as vantagens e desvantagens de um videogame retrô?

Se você é um apaixonado por videogames, certamente sabe exatamente as diferenças entre um console retrô e um moderno e conhece todas as vantagens e desvantagens desta aquisição. No entanto, pode ser que esteja chegando agora ao mundo dos games e queira saber os prós e contras deste tipo de aparelho.

Então, preparamos um quadro com os benefícios e alguns inconvenientes que podem acompanhar a compra de um videogame retrô. Veja quais são:

Vantagens
  • Relativamente barato
  • Opções para todos os gostos
  • Muitos modelos são portáteis
  • Pode ser conectado à TV
  • Alguns modelos são altamente personalizáveis
  • Fácil de transportar
  • Permite uma viagem ao passado
  • Simples de utilizar
  • Ideal para todas as idades
Desvantagens
  • Alguns consoles genéricos podem ter problemas para rodar determinados jogos
  • Os consoles clássicos reeditados contam com número limitado de títulos

Quais os principais tipos de videogame retrô?

Atualmente, é possível encontrar três tipos diferentes de videogame retrô. A verdade é que, para os colecionadores ou para os fieis às marcas, só entram neste rol os modelos originais. No entanto, essa divisão básica apresenta as três formas básicas de ter à sua disposição os games do século passado!

  • Console original: são os consoles oficiais de cada marca, produzidos nas décadas passadas, da época sdo lançamento do produto. Obviamente, trata-se de uma compra de segunda mão. Dependendo do estado de conservação do videogame, seus periféricos e cartuchos, podem custar verdadeiras fortunas;
  • Videogame reeditado: neste caso, o fabricante fez readaptações que permitem, ao aparelho antigo, a conectividade com as novas TVs. O console mantém o design e a compatibilidade com os cartuchos originais. A diferença são as entradas e saídas e, na maioria dos casos, os jogos mais clássicos da marca já instalados no console;
  • Console universal: fabricados em sua maioria na China, este produto funciona como um emulador de consoles antigos. Nele, é possível instalar games das principais marcas e rodar em qualquer televisão. Se você pretende ostentar o design retrô dos videogames antigo, esta não é a melhor opção. Ele se parece mais com um modem do que com um console.
David Martínezsite Hobby Consoles

"A reedição do Mega Drive aposta em uma seleção dos jogos imprescindíveis para os fás da marca, em todos os gêneros (luta, tiros, ação e RPG)''.

O que são os emuladores de videogame retrô?

Os emuladores são softwares que permites imitar o sistema de um console em outro aparelho. Para ilustrar, podemos dizer que em um emulador é possível jogar desde jogos de Atari e Master System até títulos do PlayStation ou Nintendo.

O videogame retrô chinês vem com emuladores pré-instalados.

A maioria dos modelos de videogame retrô universal vendidos atualmente são produzidos na China e oferecem conexão com a Internet. Esse fator possibilita a sincronização com outros dispositivos e permite instalar novos emuladores e baixar mais jogos além dos que já vêm instalados de fábrica.

O videogame retrô oficial é melhor do que o console universal?

Depende. E depende especialmente do seu objetivo a partir desta escolha. Se você pretende reviver a sensação de jogar, com o mesmo joystick, o game que era sucesso na década de 1990, então, o melhor para você é um modelo oficial.

Por outro lado, se a ideia é ter o máximo de títulos possível, a opção mais adequada é o console universal. No entanto, para apoiar a sua decisão, elaboramos um comparativo das duas versões.

Console retrô oficial Console retrô universal
Input lag Inexistente De médio a alto (nos colsoles de qualidade, ele é inexistente)
Títulos Limitados Mais possibilidades, podem ser baixados pela Internet
Qualidade Superior De média a alta
Grau de personalização Baixo De médio a alto
Portabilidade De baixa a média Alta

O que é o input lag de um videogame retrô?

Mais do que qualquer adversário na tela, o input lag é o inimigo mortal de todo gamer. Comum nos consoles universais e em alguns sistemas de streaming, é quando se perde a sincronia entre o áudio e o vídeo de um jogo.

Além disso, também é considerado input lag quando os personagens demoram para responder aos comandos do jogador. Nos consoles universais, isto costuma ser um problema grave e recorrente, que atrapalha a jogabilidade e impede o aproveitamento total do jogo.

Por este motivo, se você pretende comprar um videogame retrô universal, é fundamental conferir a descrição do aparelho com cuidado e pesquisar sobre o histórico do produto, consultando a opinião de outros usuários da marca. Na dúvida, vale optar pelos modelos clássicos reeditados, que são livres deste problema.

cartucho super nintendo

Os modelos clássicos reeditados permitem utilizar cartuchos antigos dos seus jogos favoritos. (Fonte: Neonbrand: t2EVNLbEjXg/ Unsplash.com)

Quais jogos vêm instalados no videogame retrô?

Se você está pensando em comprar um console reeditado do Mega Drive ou do Nintendo NES, certamente deve estar se perguntado sobre os títulos que vão acompanhar o seu videogame retrô. É importante avaliar este ponto com calma, pois os consoles clássicos não permitem instalar novos jogos.

Pesquisamos a lista dos games que acompanham cada um dos dois consoles mais procurados pelos usuários — o Sega Mega Drive e o Nintendo NES Classic. Atualmente, eles incluem, respectivamente:

Videogame retrô Sega Mega Drive:

  1. Sonic 3;
  2. Alex Kidd in the Enchanted Castle;
  3. Alien Storm;
  4. Altered Beast;
  5. Arrow Flash;
  6. Bonanza Brothers;
  7. Columns;
  8. Zone;
  9. E-Swat;
  10. Fatal Labyrinth;
  11. Flicky;
  12. Gain Ground;
  13. Golden Axe;
  14. Golden Axe 3;
  15. Jewel Master;
  16. Kid Chameleon;
  17. Last Battle;
  18. Collumns III: Revenge of Columns.;
  19. Sega Soccer;
  20. Shadow Dancer;
  21. Shinobi 3;
  22. Crystal’s Pony Tale.

Videogame retrô Nintendo NES Classic:

  1. Mario Bros.;
  2. Super Mario Bros.;
  3. Super Mario Bros. 2;
  4. Super Mario Bros. 3;
  5. Balloon Fight;
  6. Bubble Bobble;
  7. Castlevania;
  8. Castlevania II: Simon'S Quest;
  9. Donkey Kong;
  10. Donkey Kong Jr.;
  11. Double Dragon II: The Revenge;
  12. Dr. Mario;
  13. Excitebike;
  14. Final Fantasy;
  15. Galaga;
  16. Ghosts N' Goblins;
  17. Gradius;
  18. Ice Climber;
  19. Kid Icarus;
  20. Kirby'S Adventure;
  21. Mega Man 2;
  22. Metroid;
  23. Ninja Gaiden;
  24. Pac-Man;
  25. Punch-Out!! Featuring Mr. Dream;
  26. Startropics;
  27. Super C;
  28. Tecmo Bowl;
  29. The Legend of Zelda;
  30. Zelda II: The Adventure of Link.

super nintendo retro

Os consoles clássicos reeditados levam a uma viagem pelas décadas de 1980 e 1990, sem sair da sua sala. (Fonte: Leung: ZV7lnfyQLmA/ Unsplash.com)

Critérios de compra

Como você pode conferir, um videogame retrô proporciona uma viagem muito maior do que parece à primeira vista. Se relembrar estes aparelhos já trouxe empolgação para finalizar a compra, lamentamos refrear seu impulso! Mas é só por alguns instantes. Antes de decidir, é importante refletir sobre alguns critérios para fazer a melhor escolha. Veja o que destacamos:

Tipo de jogador

Para os mais nostálgicos, apostar nos modelos com design clássico dos antigos consoles pode fazer mais sentido do que optar pela "caixinha quadrada" de um videogame genérico. Porém, se sua ideia é desfrutar do máximo possível de títulos dos velhos tempos, a melhor escolha pode ser pelo modelo universal.

super nintendo controller

A moda retrô está em todos os segmentos, inclusive na reedição de clássicos da indústria de games. (Fonte: Kamil: 13W6AqIKV_I/ Unsplash.com)

Grau de personalização

Antes de comprar, leve em conta que um console original pode oferecer mais possibilidades de títulos, permitindo emular mais de um console e ampliar ainda mais a quantidade de jogos à sua disposição. No entanto, eles trazem o inconveniente do input lag, sobre o qual falamos há pouco.

Avalie cada um desses fatores positivos e negativos para escolher a opção que melhor se ajuste às suas expectativas e objetivos de jogabilidade e experiência.

Portabilidade

Se você deseja jogar no metrô ou no ônibus enquanto vai para o trabalho, por exemplo, um console convencional não será o mais adequado. Neste caso, você pode optar por modelos dos chamados minigames, na década de 1990. Há produtos produzidos na China que simulam os games portáteis originais.

Christian GleinserProgramador de jogos retrô

"As pessoas querem se divertir com amigos relembrando os velhos pixels das gerações passadas''.

Conexão à TV

Pode parecer bobagem falar sobre a possibilidade de conectar seu videogame retrô a um aparelho de TV, mas é fundamental conferir essa funcionalidade. Isso porque no mercado há muitas opções de emuladores que reproduzem o ambiente da TV utilizando a conexão ao computador.

Portanto, se sua ideia é jogar no televisor como nos velhos tempos, verifique se o console escolhido possui conexão RCA ou HDMI. Assim, terá a certeza de não se frustrar na hora de ligar o seu videogame retrô.

Acabamento

Já falamos sobre o design característico de cada console, mantidos nas versões reeditadas dos videogames mais clássicos como o Mega Drive, o Master System e o Nintendo. Estes certamente têm um acabamento muito superior se comparados ao chamado console universal.

Ainda assim, é possível encontrar esses modelos com bons acabamentos e design discreto. Fique atento ao material do qual o console é produzido, os detalhes da montagem, e a durabilidade dos botões, entradas e outros comandos para não correr o risco de ficar sem o seu videogame retrô em poucos meses.

Resumo

O mundo dos equipamentos retrô está cada dia mais recheado de novidades e adeptos. E para quem tem paixão pelos games clássicos, essa é a chande de reviver os grandes sucessos do passado sem sair da própria sala. Basta contar com um videogame retrô para ver surgir na tela os gráficos 2D e os sons computadorizados dos títulos mais jogados daquela época.

Para falar sobre esse revival, mostramos neste artigo as possibilidades de consoles disponíveis no mercado para reproduzir, na sua casa, os primeiros jogos de videogame. Com um emulador, você poderá disputar uma corrida com o tradicional Atari ou correr em busca dos anéis dourados com o porco espinho mais famoso do mundo, o Sonic. Já com os clássicos reeditados, terá em sua sala toda a nostalgia de um videogame retrô, que vai ser destaque na decoração.

Por fim, esperamos ter ajudado nesta viagem pelo tempo em busca do melhor videogame retrô. Se gostou deste material, aproveite para compartilhar com seus amigos e deixar-nos um comentário falando sobre seus games preferidos. Até mais!

(Fonte da imagem destacada: Nick: biqtcb-52yg/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em nós?