violão eletro-acústico preto
Ultima atualização: 29 de julho de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

17Horas investidas

4Estudos avaliados

80Comentários coletados

O som encorpado do violão é uma das paixões de grande parte dos músicos e de quem, apesar de não tocar um instrumento, admira a melodia das canções. No entanto, para fazer com que toda essa sonoridade acústica chegue mais longe — sem o timbre metálico de uma guitarra —, o ideal é optar por um violão eletroacústico.

Ao contrário do que muitos pensam, ele é diferente dos modelos elétricos. Basicamente, trata-se de um violão convencional que pode ser conectado a um amplificador de som. Assim, quando desconectado, é como qualquer violão acústico. Ao longo deste guia, vamos mostrar todas as vantagens e as diferenças deste instrumento em comparação com a guitarra e o violão elétrico.  Siga conosco.




O mais importante

  • Poucos instrumentos oferecem uma sonoridade como a de um violão eletroacústico. Ele é relativamente novo, mas já se tornou o preferido de músicos profissionais e amadores. De maneira geral, consiste em um violão acústico equipado com conexão para amplificadores. Assim, é possível aumentar o volume sem perder a sonoridade característica do instrumento.
  • Há muitos tipos de violão eletroacústico: dreadnought, jumbo, folk ou ressonador, entre outros. Cada um é projetado para um estilo musical distinto e para um tipo de músico. Entre suas vantagens, é preciso destacar a versatilidade já que, conectado ao amplificador, também permite reproduzir diversos efeitos sonoros.
  • Escolher um bom violão eletroacústico não é uma tarefa simples. Antes de tudo, é preciso entender o funcionamento do instrumento e se familiarizar com seus componentes. Os fatores mais importantes a se avaliar na hora da compra são que será dado ao violão e o estilo musical que você prefere tocar.

Os melhores violões eletroacústicos do mercado: nossos favoritos

Escolher um com instrumento pode ser mais complicado do que parece, a começar pela enorme quantidade de opções disponíveis no mercado. Para ajudar na sua decisão, criamos uma lista com os produtos mais vendidos e bem avaliados. Assim, já dá pra começar a pensar em qual deles é o melhor para fazer "aquele" som!

Violão eletroacústico em madeira refinada

Um violão que combina qualidade e estética é um dos novos modelos da Strinberg. A linha Black Series traz captação SE-60 e é confeccionada em madeiras da mais alta qualidade, com corpo em Sapele e tampo em Spruce, e acabamento refinado.

O violão eletroacústico tem um som limpo e agradável, oferecendo um tom brilhante e com agudos limpos, sem prejudicar os graves naturais provenientes do tampo laminado e das suas cordas de calibre 011.

Som nítido e limpo

Esse violão eletroacústico da Ibanez tem 20 trastes, costas e lados de Sapele, pescoço de mogno, pré-amplificador com sintonizador Onboard e topo de cedro. Quem já comprou o modelo elogia o som produzido, nítido e limpo.

Um violão eletroacústico mais sofisticado

Imagine tocar suas músicas favoritas em um violão construído em madeira de lei, com design sofisticado e acabamento perfeito... Esta é a proposta deste instrumento da Strinberg.

Com cordas de aço e tampo em mogno, esse violão eletroacústico conta com uma performance de som encorpado e melodioso. Seus captadores altamente fiéis traduzem com precisão a limpeza musical ao amplificador.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre o violão eletroacústico

O violão eletroacústico reúne, em apenas um instrumento, a qualidade de som de um violão convencional com a versatilidade e o volume de uma guitarra. Se você está se perguntando se este é o modelo ideal, vamos mostrar, a partir de agora todos os detalhes sobre o violão eletroacústico, seus principais tipos e vantagens.

tocando em uma banda country

Poucos instrumentos oferecem uma sonoridade comparável a de um violão eletroacústico.
(Fonte: Ferrero: 95622080/ Pexels.com)

Como é um violão eletroacústico?

Em linhas gerais, o violão eletroacústico nada mais é do que um violão convencional — o chamado violão acústico — ao qual é possível conectar um amplificador de som. A diferença entre os dois tipos de violão é, basicamente, a capacidade de aumentar e modular o som.

Isso ocorre porque o instrumento conta com um pré-amplificador integrado ao próprio corpo. Por meio dele, é possível fazer a pré-equalização dos níveis de som enviados para o amplificador. Dependendo do modelo, há filtros e efeitos sonoros no pré-amplificador.

A qualidade sonora também depende das pastilhas piezoelétricas, normalmente instaladas na parte inferior do cavalete para captar toda a vibração das cordas e do corpo do violão. Além delas, muitos modelos contam com microfones internos, que garantem a captura de sons com mais profundidade.

foco

O violão eletroacústico também pode ser usado sem amplificador. A chamada versão unpluged garante um clima intimista ao som.

Quais são os tipos de violão eletroacústico?

Basicamente, todo violão — com cordas de aço — que permita conexão a um sistema de amplificação pode ser chamado de eletroacústico. No entanto, há diversos tipos de violão com essa característica, cada qual com suas especificidades.

Para diferenciá-los, detalhamos a seguir os principais tipos de violão eletroacústicos existentes atualmente.

  • Dreadnought: é o tipo mais popular de violão eletroacústico. Tem formas mais quadrada e costuma ser maior do que os modelos tradicionais. Seu som é potente, com médios e agudos muito agradáveis;
  • Jumbo: Ele tem as formas bem arredondadas, remetendo ao modelo mais clássico de violão. Proporciona uma maior sonoridade e costuma ser o instrumento preferido de solistas;
  • Auditorium. Tem tamanho similar ao do dreadnought, mas com formas arredondadas. Oferece equilíbrio entre comodidade, volume e qualidade sonora;
  • Roundback. Se caracteriza por ter a parte posterior mais arredondada que a superior. Seu corpo é fabricado em fibra de vidro e madeira. Não é tão grande quanto os outros tipos de violão eletroacústico. Por este motivo, dependem mais das pastilhas piezoelétricas do que da acústica propriamente dita;
  • Ressonador: A sonoridade deste tipo de violão eletroacústico vem de uma espécie de caixa de ressonância em metal inserido no corpo do instrumento. O chamado ressonador captura as vibrações das cordas e as amplifica. Com isso, oferece um volume mais alto do que o de outros tipos de violão;
  • Folk: É o menor dos tipos de violão eletroacústico. Por isso, gera volume de som menor do que os demais. No entanto, possui uma grande riqueza sonora, com incomparável qualidade de som.
Guitarra eletroacústica para estúdio

Há muitos tipos de violão eletroacústicos no mercado: dreadnought, folk, ressonadores ou auditorium, entre outros. (Fonte: Chuttersnap: r3dQGXRgScI/ Unsplash.com)

Quais as principais partes de um violão eletroacústico?

Se você está chegando agora ao mundo do instrumentos musicais, pode ser que não ainda não conheça muitos dos nomes que citamos até agora, quando falamos de alguns componentes do violão acústico.

Para avaliar cada modelo na hora de comprar o seu novo instrumento, é preciso conhecer seus principais componentes e a função de cada um deles. Para isso, preparamos um pequeno resumo. Veja só:

  • Pastilhas piezoelétricas: dispositivos sensíveis ao movimento, encarregados de captar todas as vibrações das cordas e do corpo do violão e enviá-las ao pré-amplificador;
  • Tomada de saída: entrada para o cabo que conecta o instrumento ao amplificador externo;
  • Pré-amplificador ou "preamp": dispositivo integrado ao corpo do violão eletroacústico, responsável pelo ajuste do volume e dos tons agudos e graves;
  • Mão ou cabeça: localizada na extremidade do braço, é onde ficam as tarraxas que mantêm a tensão das cordas;
  • Pestana: fica na divisão entre o braço e a mão do violão. É sobre ela que as cordas se apoiam;
  • Braço: é a estrutura, divida por trastes, por onde as cordas se prolongam presas nas extremidades;
  • Trastes: pequenas barras perpendiculares ao braço, instaladas em intervalos regulares. Servem para marcar a divisão das notas e compor os acordes, formados pela pressão de um conjunto de cordas dentro de um determinado espaço;
  • Ponte ou cavalete: é uma das extremidades onde as cordas ficam presas. Está localizada, na parte inferior do instrumento, logo abaixo da boca do violão eletroacústico.

Quais as vantagens do violão eletroacústico?

Uma das principais vantagens de um violão eletroacústico é a possibilidade de tocá-lo mesmo quando desconectado de um amplificador. Desta forma, você pode tocar o instrumento em qualquer lugar. Além disso, existe uma grande variedade, para diversos estilos musicais.

Mas as vantagens não param aí! A facilidade de equalização do som, por meio do preamp, faz toda diferença na hora de tocar. Com ele, é possível modular as vibrações emitidas pelo violão, ajustando a sonoridade de graves, médios e agudos.

Assim, você poderá controlar a tonalidade produzida para se adequar ao estilo de música ou ao tom de voz de quem canta. A maioria dos modelos incorpora um afinador, o que facilita muito a tarefa e manter as cordas em harmonia e dispensa o investimento em um aparelho avulso de afinação, como o diapasão metálico.

Mas, sem dúvidas, o benefício que mais se destaca é o fato de que, com o violão eletroacústico, você consegue produzir música em um volume que seria impossível com um violão acústico convencional. Isso, com já vimos, ocorre graças a conexão com o amplificador.

A desvantagem, neste caso, é a impossibilidade de locomoção, já que seus movimentos ficarão limitados à extensão do cabo que conecta os dois aparelhos.

violão ao lado de uma biblioteca

Escolher um bom violão eletroacústico não é uma tarefa simples. Antes, é preciso conhecer como funciona e se familiarizar com as distintas partes do instrumento. (Fonte: Jordan: 39fy-rebgcs/ Unsplash.com)

Critérios de compra

Agora que você já sabe mais sobre o violão eletroacústico, conheceu os tipos e modelos mais comuns, deve estar pronto para clicar no carrinho de compras e já começar a preparar o palco para suas novas músicas! Mas antes vale a pena conferir os critérios de compra que listamos a seguir. Eles são pontos que podem fazer a diferença no desempenho do seu violão eletroacústico.

Tipo de violão

Dreadnought, jumbo, ressonador ou auditorium são alguns dos tipos de violão eletroacústico, como mostramos anteriormente. Ainda que à primeira possa não parecer, cada um deles é desenhado para emitir sons com diferentes características.

Por este motivo, é importante que você tenha clareza sobre o que espera do seu violão eletroacústico antes de escolher por este ou aquele tipo de instrumento. O formato, o tamanho e a até mesmo os componentes internos podem ter muita influência no tipo de som  produzido.

Para exemplificar: um violão pequeno e estreito vai emitir tons mais agudos. Já os modelos maiores, com caixa de ressonância mais espaçosa, costumam produzir sons mais graves e encorpados.

Assim, além de adequar as dimensões do instrumento para sua comodidade ao tocar, também é preciso que ele esteja de acordo com o estilo musical e o tipo de som que você costuma tocar.

garoto tocando violão com seus amigos

O violão eletroacústico é simplesmente um instrumento acústico que pode ser conectado a um amplificador externo. (Fonte: Rangel: r5zhgy-a8e4/ Unsplash.com)

Madeira

A qualidade da madeira com a qual o seu violão eletroacústico foi produzido tem interferência direta para a qualidade do som. Ainda que existam outros componentes importantes, como as pastilhas e o pré-amplificador, a estrutura do instrumento é muito importante.

A maioria dos modelos de violão é produzida em cedro ou abeto, madeiras mais utilizadas na tampa e na parte traseira do instrumento. Os modelos mais sofisticados podem ser estruturados em mogno e são os preferidos dos músicos que tocam blues, por exemplo.

Para as laterais do violão eletroacústico, as madeiras mais usadas são o
bordo, mogno e pau-rosa.

A madeira de bordo, além da estética refinada, ainda favorece graves potentes e agudos bem definidos. Já o mogno e o pau-rosa promovem agudos harmônicos e graves ressonantes.

Acessórios

No mercado, é possível encontrar ofertas de produtos que são vendidos em conjunto. Assim, ao adquirir o violão eletroacústico, você já compra também todos os itens que vai precisar para fazer um som de qualidade — e cada vez mais profissional.

No entanto, mesmo que a sua intenção seja comprar apenas o violão neste momento, lembre-se que, se deixar para comprar cada um deles separadamente, o investimento será maior. Por isso, é sempre bom conhecer e considerar a possibilidade de utilizar alguns destes acessórios.

  1. Encordoamento: pode ser necessário trocar as cordas do seu violão eletroacústico caso elas não se adequem à sua forma de tocar e ao estilo pretendido;
  2. Amplificador externo: para obter o melhor som, é preciso avaliar a qualidade do amplificador, para garantir que ele converta o sinal elétrico recebido em som de alta qualidade;
  3. Afinador: se o violão eletroacústico não dispõe de afinador incorporado, é fundamental adquirir um para apoiá-lo nos momentos de ajustar a harmonia das cordas;
  4. Capotraste: também conhecido como "pestana fixa", é um dispositivo utilizado para encurtar as cordas, tornando as notas mais agudas. A variação total depende do traste onde o capotraste é colocado.

Microfones

A quantidade, a localização e a localização dos microfones são pontos que influenciam diretamente a qualidade de som do seu violão eletroacústico. Basicamente, há três tipos de microfones: os de ponte, os fono captadores e os internos.

Os primeiros são pastilhas piezoelétricas que absorvem a vibração das cordas e as conduz ao preamp do instrumento. Os fono captadores atuam recebendo as vibrações do corpo do violão e, igualmente, levando estes estímulos ao pré-amplificador.

Há alguns fabricantes que colocam um microfone adicional dentro da caixa de ressonância do violão. Isso produz um som mais profundo, encorpado e, portanto, de melhor qualidade. Além disso, em apresentações profissionais é comum que se coloque um microfone extra diante da boca do violão, para obter um som ainda mais limpo e natural.

menino tocando violão electro

O som do instrumento é recolhido por dispositivos chamados pastilhas piezoelétricas. (Fonte: Cloudypixel: ekut_nicp-g/ Unsplash.com)

Pré-amplificador

O pré-amplificador — também chamado de preamp — é um dispositivo normalmente embutido na parte superior do violão eletroacústico. Este aparelho amplifica o sinal que chega dos captadores (pastilhas e microfones) e o envia para o amplificador por meio de sinais elétricos.

Cada fabricante conta com diferentes tipos de preamp em seus instrumentos. Por este motivo, antes de escolher o modelo ideal para você, é essencial avaliar o dispositivo e as funcionalidades, ajustes e efeitos oferecidos.

violão eletroacústico ao lado de uma árvore

Um dos elementos chave de todo violão eletroacústico é o pré-amplificador. Ele costuma contar com um equalizador e pode até oferecer alguns efeitos sonoros. (Fonte: Picjumbo.com: 225230/ Pexels.com)

Cordas

As cordas de um violão eletroacústico costumam ser de metal. Isso porque ele é o material que melhor interage com as pastilhas piezoelétricas. No entanto, não basta que o encordoamento seja de metal, é preciso que as cordas sejam de alta qualidade, para garantir o som mais limpo.

Fique atento também ao calibre das cordas. Normalmente, quanto maior é o violão eletroacústico, mais grossas serão cada uma das cordas. Por outro lado, os instrumentos menores costumam ter encordoamento mais fino.

Resumo

O violão eletroacústico pode até parecer uma novidade no mercado, mas ele já é utilizados por músicos há bastante tempo. O instrumento garante qualidade de som para quem gosta do clima mais intimista gerado por um violão acústico, mas permite o uso em situações que exigem um alcance maior do som.

Ao longo deste artigo, mostramos quais as principais características de um violão eletroacústico, com destaque para sua versatilidade. Escolhemos alguns modelos para que você pudesse conhecer um pouco mais sobre as opções de mercado. Junto a isso, falamos de pontos fundamentais que devem ser observados no instrumento antes da sua decisão de compra.

Por fim, esperamos ter ajudado a escolher o violão eletroacústico ideal para todos os seus momentos. Se você gostou, aceite nosso convite e deixe um comentário falando sobre o seu estilo musical. Um abraço e até logo!

(Fonte da imagem destacada: Herhelizhiu: 88224265/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?